XP Expert

Hidrogênio verde pode se tornar competitivo muito antes do esperado na Europa | Café com ESG, 12/04

Comece o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG!

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bom dia! Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo fala sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança.

Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance histórica dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP.
Por que essas informações são importantes? 
Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias.

Esperamos que aproveite a leitura!

Principais tópicos do dia

• Na segunda-feira, o mercado fechou em território negativo, com o Ibov e o ISE em queda de -1,1%.

• No Brasil, a Totvs Consulting — braço de consultoria estratégica da Totvs — apoiou o processo de diagnóstico e amadurecimento da agenda ESG na unidade brasileira da Owens-Illinois (O-I), maior fabricante de embalagens de vidros do mundo, no qual foram diagnosticadas as práticas positivas e mapeadas as oportunidades de melhoria da companhia americana com relação aos pilares ESG em suas operações no país.

• No internacional, (i) o esforço da Europa para cortar sua dependência do gás natural russo está gerando bilhões de dólares em novos compromissos para a construção de um mercado para o hidrogênio feito com baixo uso de carbono, tornando o combustível alternativo do futuro competitivo em termos de custos cerca de uma década antes do previsto, de acordo com a BloombergNEF; e (ii) a Honda Motor anunciou que planeja produzir 2 milhões de veículos elétricos anualmente e introduzir 30 modelos globalmente até 2030 como parte de sua tentativa de reduzir as emissões de carbono.

Gostaria de receber os relatórios ESG por e-mailClique aqui.
Gostou do conteúdo, tem alguma dúvida ou quer nos enviar uma sugestão? Basta deixar um comentário no final do post!


XPInc CTA

Abra a sua conta na XP Investimentos!

XPInc CTA

Assine conteúdos exclusivos aqui!

XPInc CTA

Receba conteúdos da Expert pelo Telegram!

Brasil

Empresas

Totvs Consulting contribui para diagnóstico e aceleração de agenda ESG na Owens-Illinois

“A Totvs Consulting — braço de consultoria estratégica em gestão da maior empresa de tecnologia do Brasil — apoiou o processo de diagnóstico e amadurecimento da agenda ESG na unidade brasileira da Owens-Illinois (O-I), maior fabricante de embalagens de vidros do mundo. Num trabalho conjunto, foram diagnosticadas as práticas positivas e mapeadas as oportunidades de melhoria da companhia americana com relação aos pilares ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança) em suas operações no Brasil. A Totvs é signatária do Pacto Global da ONU desde 2014 e a consultoria estratégica ESG, lançada em 2021, foca sua operação no âmbito de sustentabilidade no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 9: Indústria, Inovação e Infraestrutura, investindo em tecnologia para criar produtos, serviços e modelos de negócios que promovam uma infraestrutura sustentável, moderna e resiliente, sempre focando em promover uma produtividade também sustentável.”

Fonte: Info Channel, 11/04/2022

Clique aqui para acessar o relatório | “Radar ESG | Totvs (TOTS3): A melhor posicionada no setor de tecnologia sob a cobertura da XP

Bolsa Verde Rio anuncia primeiro leilão de créditos de carbono de micromobilidade no mundo

“No dia 30 de março, no Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR), foi realizado o anúncio oficial do primeiro leilão de créditos de carbono de micromobilidade no mundo. A iniciativa é da Bolsa Verde Rio, da Prefeitura do Rio de Janeiro, em parceria com a Tembici, líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina e a ZCO2. […] Para ter informações mais detalhadas sobre todo o processo do leilão de créditos de carbono e tirar eventuais dúvidas, as empresas interessadas poderão participar de um webinar, que será realizado pela Tembici e pela ACX, no dia 13/04. Para participar basta enviar um e-mail para: esg@tembici.com.”

Fonte: Estadão, 31/03/2022

ABBC lança guia para ajudar bancos com iniciativas ESG

“A Associação Brasileira de Bancos (ABBC) está lançando um guia de melhores práticas para ajudar as instituições financeiras de pequeno e médio porte a avançar na adoção de padrões sociais, ambientais e de governança (ESG, na sigla em inglês), elaborado em parceria com a consultoria Resultante, que é especializada no tema. A área é uma das principais frentes de trabalho de Silvia Scorsato, que agora completa um ano à frente da entidade. “Esse guia é fruto de um trabalho extenso e participativo entre nossas associadas. Primeiro fizemos um levantamento com elas, que nos permitiu ver as maiores oportunidades e desafios, e na sequência devolvemos um retorno, mostrando como elas estão em relação aos pares. Agora, com o guia, vamos ajudar ainda mais nessa jornada ESG, inclusive a montar uma matriz de materialidade, para analisar o que é mais importante para aquelas instituições especificamente”, conta Scorsato.”

Fonte: Valor Econômico, 12/04/2022

Shopping de Diadema é modelo de sustentabilidade com uso de energia 100% renovável

“O Shopping Praça da Moça, em Diadema, na Grande São Paulo, acaba de ser reconhecido internacionalmente como modelo de sustentabilidade, com o recebimento do selo Trinity Energia padrão International REC Standard, que atesta o consumo de energia do empreendimento sendo 100% proveniente de fontes renováveis. Em assunto de sustentabilidade, o mall é uma verdadeira vitrine de boas práticas ao setor varejista. Mensalmente, os mais de 800 mil visitantes que frequentam o local convivem com ações como água de reuso em sanitários e mictórios, arrecadação de lacres de latinhas e tampinhas de garrafas para doação à Ongs, bebedouros com contagem de redução de garrafas pet, torneiras com redutor de consumo, secadores de mãos, teto no estilo Skylight, que promove a iluminação natural na maior parte do dia, sendo necessário ativação da luz artificial apenas por algumas horas e geradores à gás.”

Fonte: ABCD OAB, 11/04/2022

Regulação

Ferramenta avalia nível de sustentabilidade na pecuária de corte

“Uma ferramenta para auxiliar na avaliação do nível de sustentabilidade da fazenda está sendo disponibilizada aos pecuaristas de corte. O GIPS, Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável, aponta o que deve ser melhorado e sugere como isso pode ser feito, com base na legislação brasileira, protocolos de boas práticas e em princípios globais de sustentabilidade. Para isso, a SIA, Serviço de Inteligência em Agronegócios, conta agora com nove aplicadores credenciados para auxiliar pecuaristas rumo ao crescimento sustentável dos sistemas produtivos.”

Fonte: AgroLink, 11/04/2022

Opinião

O Brasil pode liderar a descarbonização da siderurgia 

“O aço foi o pilar do processo de industrialização que se iniciou em meados do século XIX. Passados quase dois séculos, um coproduto ignorado por muitos anos força a indústria siderúrgica mundial a se transformar: o dióxido de carbono (CO2). Atualmente, existem duas principais maneiras de fabricar aço: 75% da produção global envolve altos-fornos a carvão mineral, a rota mais intensiva em carbono, enquanto cerca de 25% da produção é feita por fornos elétricos, que geram menores emissões diretas e utilizam sucata de aço como matéria-prima principal.  Embora em termos mundiais não seja uma rota de produção significativa, o aço também pode ser produzido com carvão vegetal, técnica que, no Brasil, responde por 10% da produção total e contribui para uma menor intensidade de CO2 na indústria nacional..”

Fonte: Capital Reset, 11/04/2022

RH é fundamental na implantação de práticas ESG

“As práticas ESG têm sido muito discutidas no mundo corporativo, em especial nas esferas de diretoria e junto a lideranças e tomadores de decisão dentro das empresas. Porém, o RH também tem se tornado cada vez mais relevante na implementação de ações ambientais, sociais e de governança dentro das organizações. Essa movimentação tem evidenciado a importância do envolvimento do departamento nas práticas ESG, tanto que o mercado tem proposto discussões com relação ao tema. Uma delas acontecerá na 13ª edição do HR First Class (grande evento voltado a profissionais da área), que abordará justamente a importância do RH na implantação das práticas de ESG.”

Fonte: Bem Paraná, 11/04/2022

Internacional

Empresas

Alta no preço do gás viabiliza o hidrogênio verde na UE

“O esforço da Europa para cortar sua dependência do gás natural russo está gerando bilhões de dólares em novos compromissos para a construção de um mercado para o hidrogênio feito com baixo uso de carbono. Um salto de quase 450% no preço do gás na Europa em um ano tornou o combustível alternativo do futuro competitivo em termos de custos cerca de uma década antes do previsto, de acordo com a BloombergNEF. Agora, fundos de investimento estão se juntando a governos e empresas do setor elétrico com planos ambiciosos para tornar o hidrogênio um substituto viável para os combustíveis fósseis em fábricas, transporte e aquecimento.”

Fonte: Valor Econômico, 12/04/2022

Clique aqui para acessar o relatório | “Seis temas-chave no investimento ESG frente ao conflito Rússia/Ucrânia

Honda Motor planeja produzir 2 milhões de veículos elétricos anualmente até 2030

“A Honda Motor disse nesta terça-feira que planeja produzir 2 milhões de veículos elétricos anualmente até 2030 como parte de sua tentativa de reduzir as emissões de carbono. A montadora japonesa disse que pretende introduzir 30 modelos globalmente até 2030. A Honda planeja usar baterias de íons de lítio da General Motors, Contemporary Amperex Technology e Envision AESC, por enquanto. A Honda disse que pretende usar a bateria de estado sólido que está desenvolvendo para os modelos a serem vendidos no final da década de 2020. A meta é investir 8 trilhões de ienes (US$ 63,86 bilhões) em pesquisa e desenvolvimento nos próximos dez anos. A Honda e a Sony Group Corp. disseram em março que pretendem desenvolver e vender em conjunto veículos elétricos, a partir de 2025.”

Fonte: Valor Econômico, 12/04/2022

Clique aqui para acessar o relatório | “Apertem os cintos, já foi dada a largada para a corrida dos Veículos Elétricos

Activision nomeia Kristen Hines como diretora de diversidade, equidade e inclusão

“A Activision Blizzard Inc nomeou a ex-executiva da Accenture Kristen Hines como sua nova diretora de diversidade, equidade e inclusão, a fabricante de “Call of Duty” que tem sido criticada pela cultura da empresa disse na segunda-feira. A Califórnia, em julho do ano passado, entrou com uma ação contra a empresa alegando que ela “fomentava uma cultura sexista”. A Activision também foi objeto de histórias investigativas detalhando alegações de assédio sexual internamente, com funcionários fazendo greves para protestar contra a resposta da empresa aos problemas.”

Fonte: Reuters, 11/04/2022

Empresa argentina de energia Genneia diz que investirá US$ 200 milhões em parques de energia renovável

“A produtora argentina de energia térmica e renovável Genneia SA disse nesta segunda-feira que investirá 200 milhões de dólares em parques argentinos de energia renovável nos próximos dois anos, em um momento em que o país passa por um grave déficit energético que afeta seu equilíbrio fiscal. O parque solar “Tocota III”, localizado na província de San Juan, terá 60 megawatts de capacidade instalada, enquanto o parque eólico “La Elbita”, localizado na província de Buenos Aires, deverá ter 103,5 megawatts de capacidade instalada ..”

Fonte: Reuters, 11/04/2022


Índices ESG e suas performances

(1) O Índice ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3) tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas com reconhecido comprometimento com o desenvolvimento sustentável, práticas e alinhamento estratégico com a sustentabilidade empresarial.
(2) O Índice S&P/B3 Brasil ESG mede a performance de títulos que cumprem critérios de sustentabilidade e é ponderado pelas pontuações ESG da S&P DJI. Ele exclui ações com base na sua participação em certas atividades comerciais, no seu desempenho em comparação com o Pacto Global da ONU e também cias sem pontuação ESG da S&P DJI.
(3) O ICO2 tem como propósito ser um instrumento indutor das discussões sobre mudança do clima no Brasil. A adesão das companhias ao ICO2 demonstra o comprometimento com a transparência de suas emissões e antecipa a visão de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono.
(4) O objetivo do IGCT é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de emissão de empresas integrantes do IGC que atendam aos critérios adicionais descritos nesta metodologia.
(5) A série de índices FTSE4Good foi projetada para medir o desempenho de empresas que demonstram fortes práticas ambientais, sociais e de governança (ESG).
(6)
O Índice MSCI ACWI, que representa o desempenho de todo o conjunto de ações de grande e médio porte do mundo, em 23 mercados desenvolvidos e 26 emergentes.


Nossos últimos relatórios

  • Radar ESG | Cruzeiro do Sul (CSED3): No caminho certo (link)
  • Radar ESG | Juniores de O&G (RRRP3 e RECV3): Envolvidas com a agenda ESG, enquanto enfrentam ventos contrários ao setor (link)
  • Radar ESG | Petz (PETZ3): A caminho de se tornar uma empresa ESG para cachorro (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no nosso portfólio para abril (link)
  • Seis temas-chave no investimento ESG frente ao conflito Rússia/Ucrânia (link)
  • SEC anuncia proposta para divulgação obrigatória de dados climáticos; Positivo (link)
  • Update ESG | Petrobras (PETR4): Feedback do webinar sobre clima (link)
  • Radar ESG | Telefônica Brasil / Vivo (VIVT3): Conectando-se à agenda ESG (link)
  • Mulheres na liderança: Um olhar sobre a representatividade feminina nas empresas da B3 (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no nosso portfólio para março (link)
  • ISE B3: Um raio-X da nova carteira do Índice de Sustentabilidade da B3 (link)
  • Radar ESG | Panvel (PNVL3): Prescrevendo a agenda ESG (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no portfólio para fevereiro (link)
  • Radar ESG | Omega Energia (MEGA3): Líder em energia renovável, surfando a onda da sustentabilidade (link)
  • Radar ESG | Desktop (DESK3): No início da jornada ESG (link)
  • Carteira ESG XP: Sem alterações em nosso portfólio para janeiro (link)
  • Radar ESG | AgroGalaxy (AGXY3): Plantando as sementes ESG (link)
  • Radar ESG | Petrobras (PETR4): E o campo ESG, como a Petrobras está explorando? (link)
  • Radar ESG | Oncoclínicas (ONCO3): Ainda na sala de espera (link)
  • Radar ESG | Aviação Brasil (EMBR3, AZUL4 e GOLL4): Voando pelos ares ESG (link)
  • Radar ESG | Alpargatas (ALPA4): Iniciando a caminhada pela agenda ESG (link)
  • Radar ESG | Kepler Weber (KEPL3): Um começo promissor (link)
  • Radar ESG | TIM (TIMS3): Chamando a agenda ESG (link)
  • ESG: O que moldará os investimentos sustentáveis em 2022? (link)
  • Carteira ESG XP: Sem alterações em nosso portfólio para dezembro (link)
  • Radar ESG | Burger King Brasil (BKBR): Espaço para avanço na agenda, mas os planos ambiciosos adiante animam (link)
  • COP26: Implicações do documento final (link)
  • Expo Dubai: Buscando soluções diante de recursos finitos (link)
  • Expo Dubai: Todos os olhos voltados para o futuro da mobilidade (link)
  • Expo Dubai: Tecnologia e sustentabilidade centralizam os destaques do evento nesta terça-feira (link)
  • Expo Dubai: Três principais destaques do evento nesta segunda-feira, dia do Brasil na feira (link)
  • COP26: Um encontro decisivo para conter o aquecimento global (link)
  • Seleção BDRs ESG​: 15 nomes para exposição internacional ao tema (link)
  • Radar ESG | Kora Saúde (KRSA3): Ainda há um caminho a ser percorrido (link)
  • Radar ESG | Empresas de Autopeças: Preparando a estrada ESG; Governança e segurança em primeiro lugar (link)
  • Radar ESG | Unifique (FIQE3) e Brisanet (BRIT3): O que as empresas de telecomunicações brasileiras têm feito? (link)
  • Radar ESG | Natura&Co. (NTCO3): Não é apenas maquiagem; ESG é uma realidade! (link)
  • Vale (VALE3): Feedback do Webinar ESG; Todos os olhos voltados para a redução de riscos (link)
  • Radar ESG | Totvs (TOTS3): A melhor posicionada no setor de tecnologia sob a cobertura da XP (link)
  • Assembleia Geral da ONU: Cenário climático alarmante centraliza as discussões (link)
  • Amazônia: Entendendo a importância da maior floresta tropical do mundo (link)
  • ESG no centro das discussões; Três principais aprendizados da Expert XP 2021 (link)
  • Radar ESG | Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3): Uma líder em alumínio verde, com forte posicionamento ESG (link)
  • Relatório do IPCC: Um chamado para todos, inclusive para o mercado, frente a um cenário alarmante do clima (link)
  • Radar ESG | WEG (WEGE3): Um player ESG bem equipado para se beneficiar das tendências adiante (link)
  • Radar ESG | Boa Safra (SOJA3): Agenda ESG em produção, semente por semente (link)
  • Água: Onde há escassez, há oportunidade (link)
  • Radar ESG | Positivo (POSI3): Um trabalho em andamento (link)
  • B3 anuncia nova metodologia para o ISE; Positivo (link)
  • Radar ESG | G2D (G2DI33): Abraçando os pilares S e E através do portfólio de investimentos de impacto (link)
  • Ambev (ABEV3): Feedback do evento ESG; Reforçamos nossa visão positiva (link)
  • Radar ESG | Setor de infraestrutura (CCRO3, ECOR3, RAIL3, HBSA3, STBP3): Preparando o asfalto (link)
  • Crédito de carbono: Capturando parte da solução; 5 nomes para exposição ao tema (link)
  • Radar ESG | Incorporadoras de Imóveis Residenciais Populares: Construindo os andares ESG (link)
  • Radar ESG | Arezzo & Co. (ARZZ3): Caminhando com seus próprios passos pela agenda ESG (link)
  • Trilogia ESG (Pt. I): Um mergulho no pilar E; Três nomes que são parte da solução (link)
  • Radar ESG | Blau (BLAU3) e Hypera (HYPE3): Em busca da fórmula ESG (link)
  • Bitcoin e ESG: Entenda os dois lados da moeda (link)
  • Radar ESG | Bemobi (BMOB3): Diversidade é o nome do jogo (link)
  • Radar ESG | Setor de Logística (SIMH3, JSLG3 e VAMO3): Preparando-se para a estrada ESG (link)
  • Radar ESG | Laboratórios: ESG ainda na triagem; Fleury se destacando em relação aos pares (link)
  • Cúpula de Líderes sobre o Clima: Tecnologia, economia e agenda verde centralizam as discussões no segundo dia do evento (link)
  • Cúpula de Líderes sobre o Clima: Cooperação global é uma das três principais mensagens do evento (link)
  • Radar ESG | Locadoras de automóveis: Rumo à agenda ESG; Localiza liderando a corrida (link)
  • Radar ESG | São Martinho (SMTO3): Quanto mais se semeia, maior é a colheita (link)
  • Radar ESG | Orizon (ORVR3): Quando ESG está escrito no DNA (link)
  • Sondagem XP/ESG com investidores institucionais (link)
  • O melhor dos dois mundos: Seleção de 10 BDRs para exposição internacional ao tema ESG (link)
  • Radar ESG | Enjoei (ENJU3): O usado é o novo “novo”? (link)
  • Radar ESG | CSN Mineração (CMIN3): Explorando os campos ESG (link)
  • Radar ESG | Jalles (JALL3): Plantando as sementes ESG (link)
  • Radar ESG | Incorporadoras de alta renda: ESG ainda em construção (link)
  • Radar ESG | Setor de saúde: O ESG ainda está na sala de espera? (link)
  • Radar ESG | Quão sustentáveis são as empresas de e-commerce? Uma análise ESG dessas gigantes (link)
  • Radar ESG | IMC (MEAL3): Por que a empresa ainda tem muito espaço para melhorar? (link)
  • Radar ESG | Aeris (AERI3): Uma das empresas melhor posicionada para surfar o vento ESG (link)
  • Radar ESG | 3R Petroleum: Construindo um caminho que incorpora metas ESG (link)
  • Radar ESG | Setor de supermercados: Vale a pena encher o carrinho? (link)
  • Radar ESG | JHSF (JHSF3): Espaço para melhorias (link)
  • Radar ESG | Quem é o melhor aluno da classe? Avaliando os líderes em ESG dentre as empresas de educação no Brasil (link)
  • Panorama do marco regulatório de investimentos ESG no Brasil (link)
  • CVM e B3 estudam intensificar critérios ESG para as companhias listadas (link)
  • Radar ESG | Setor de vestuário e joias: ESG ainda na confecção (link)
  • ESG: Tendências e preferências para 2021 (link)
  • Radar ESG | LOG Commercial Properties (LOGG3): Oportunidades em empreendimentos verdes (link)
  • Eleições americanas: Quais os efeitos para a agenda ESG nos EUA e no Brasil? (link)
  • Radar ESG | Farmácias: Raia Drogasil como a ação prescrita no setor para exposição a ESG (link)
  • Radar ESG | Shoppings: Entenda o que importa para eles quando o tema é ESG (link)
  • Radar ESG | Ambev (ABEV3): Um case que desce redondo (link)
  • Feedback do roadshow ESG: O que as gestoras no Brasil estão fazendo em relação ao tema? (link)
  • ESG de A a Z: Tudo o que você precisa saber sobre o tema (link)

Ainda não tem conta na XP? Clique aqui e abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.