Sondagem XP/ESG com investidores institucionais

A sondagem XP com investidores institucionais evidência a importância do tema ESG, ao mesmo tempo em que mostra quais os principais desafios do ponto de vista dos respondentes - veja o relatório completo!


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Fizemos uma pesquisa com 45 clientes institucionais, buscando compreender o interesse e como os mesmos tem lidado com o tema ESG, tanto internamente em suas instituições, quanto nos investimentos.

De forma geral, fica claro o interesse crescente na temática, ao mesmo tempo em que ainda existem desafios claros para avanço dessa agenda.

Conforme temos mencionado, na nossa visão ESG é um processo, e acreditamos que a integração desses valores nas instituições não acontecerá de um dia para o outro mas, como todo processo, será de forma paulatina. No Brasil, já tivemos avanços consideráveis nessa agenda, mas ainda estamos em estágios incipientes quando comparado ao cenário internacional.

Olhando para frente, conforme ressaltamos em nosso relatório de início de cobertura ESG no Research da XP, vemos que a atual onda de mudança impulsionada pelos investidores e instituições financeiras têm assumido um papel cada vez mais relevante no fomento desses princípios, e esperamos que a participação dos investimentos ESG ganharão força crescente no Brasil.

Neste relatório temático, feito pela equipe ESG do Research e o time de Macro Sales da XP, trazemos os resultados da sondagem XP feita com os clientes institucionais e nossas conclusões.


A sondagem Macro Sales/ESG da XP Investimentos com investidores institucionais mostra uma percepção entre agentes do mercado de aumento em interesse à pauta ESG*: 100% dos respondentes disseram notar maior interesse no tema em 2020. No entanto, apenas 16% dos investidores disseram saber “muito” sobre ESG.

*A sigla ESG se refere aos termos Environmental, Social and Governance em inglês – ou, em português, ASG, Ambiental, Social e Governança.

O levantamento foi realizado com 45 clientes institucionais no período de 11 a 23 de fevereiro. Os respondentes são gestores, economistas, traders, diretores de instituições financeiras, entre outros. O formulário foi enviado eletronicamente e os resultados são tornados públicos de maneira agregada. 

Consideração dos fatores ESG internamente

Em relação aos passos tomados internamente, 27% dos respondentes disseram estar começando e 40% afirma que passos já foram tomados, mas ainda é preciso fazer mudanças relevantes. Dos 97% dos respondentes que consideram que suas instituições já adotam alguma medida para integrar os valores ESG, 29% deles afirmam estar adequando suas estratégias de análise, 28% diz estar com iniciativas internas, 15% pratica o engajamento corporativo, enquanto 12% possui investimentos de impacto.

Dentre os principais obstáculos para integração dos valores ESG em suas estratégias e análises, 42% dos investidores destacaram a falta de dados confiáveis, 20% a falta de regulação e 11% a falta de interesse. Além disso, apenas 2% dos respondentes consideram que os padrões e critérios ESG são suficientemente claros no mercado brasileiro

Integração dos fatores ESG nos investimentos

Já em relação à consideração dos fatores ESG em estratégias de investimentos, 29% dos respondentes disseram estar começando e 40% afirma que passos já foram tomados, mas ainda é preciso fazer mudanças relevantes, porém apenas 20% consideraram que os valores já são parte da cultura e visão de suas instituições.

Agora quando questionados sobre os principais obstáculos para os investimentos ESG, 32% dos respondentes destacaram as opções limitadas de produtos. Outros 14% dos investidores sondados apontaram retornos inferiores como o principal obstáculo, 12% ressaltaram desconfiança do real impacto da iniciativa, 12% desconhecimento do tema e 3% maior risco. Já 27% disseram não ver obstáculos para investimentos ESG


Tem interesse pelo tema ESG? Acesse nossa seção em que publicamos relatórios sobre o tema, além de análises ESG das empresas sob a cobertura do Research da XP!
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.