Expo Dubai: Todos os olhos voltados para o futuro da mobilidade

Ontem foi o Dia Internacional da Tolerância na Expo Dubai e, hoje, foi comemorado o Dia Internacional da Criatividade, reforçando a importância do pensamento fora da caixa para se produzir soluções sistêmicas com os recursos que temos para endereçar os desafios atuais, como as mudanças climáticas.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Ontem foi o Dia Internacional da Tolerância na Expo Dubai (clique aqui para acessar o relatório completo) e, hoje, foi comemorado o Dia Internacional da Criatividade, reforçando a importância do pensamento fora da caixa para se produzir soluções sistêmicas com os recursos que temos para endereçar os desafios atuais, como as mudanças climáticas.  

Ao longo do dia, focamos em explorar o distrito da Mobilidade. Dentre os vários tópicos explorados, destacamos: (i) interdependência e cooperação entre países; (ii) veículos elétricos e autônomos; (iii) mobility as a service (MaaS). 

(i) Interdependência e cooperação entre países

Em um mundo em que a globalização reina, a interdependência entre os países e, consequentemente, a importância da cooperação entre os mesmos, se faz imprescindível e, inclusive, a pandemia deixou isso ainda mais claro. 

Bilhões de produtos são transportados pelo mundo todos os dias, de forma que as diferentes necessidades por parte dos países são rapidamente atendidas. Conforme os serviços, bens, dinheiro, pessoas e informações viajam rapidamente pelo globo, é necessário que saibamos navegar o complexo mundo da mobilidade. à título de referência, trazemos alguns números interessantes que vimos hoje: (i) desde 2000, o número de pessoas imigrantes no mundo aumentou 57%, e hoje são mais de 272 milhões de imigrantes globalmente; (ii) em 2019, as companhias aéreas transportaram um número recorde de 4,4 bilhões de pessoas, com mais de 100 mil voos sendo feitos por dia ao redor do mundo; e (iii) nos Emirados Árabes Unidos, onde estamos, 85% da população é formada por imigrantes e a grande maioria dos alimentos são importados, uma vez que, apesar de todo o sistema de irrigação, a região é um deserto. 

No fim do dia, os fluxos crescentes comerciais e migratórios, bem como os desafios compartilhados que colocam todo o planeta em risco, como a questão climática, deixam claros que o futuro da humanidade depende de um sistema de mobilidade que torne eficiente o fluxo de bens, pessoas e serviços entre os países, dada a interdependência entre eles, ao mesmo tempo em que a cooperação se faz essencial para que tais objetivos sejam atingidos. 

(ii) Veículos elétricos e autônomos

Considerando o cenário alarmante em relação ao aquecimento global e a necessidade de ação urgente, a mudança em termos do uso de carros à combustão para veículos elétricas é uma tendência clara. Em 2019, na Noruega, por exemplo, as vendas de veículos elétricos aumentaram 86% em relação ao ano anterior. E, conforme explorado pelos diferentes países no distrito de mobilidade da Expo Dubai, esse movimento deve somente se intensificar adiante. 

Além disso, embora a maior parte das pessoas ainda tenham carros comuns, os veículos autônomos não são mais uma coisa do futuro. No ano passado, só na Califórnia, 3,2 milhões de quilômetros foram rodados por carros desse tipo. 

À medida em que as cidades caminham para modelos inteligentes e totalmente conectados à tecnologia (clique aqui para acessar o relatório com o feedback do dia do evento em que trazemos mais detalhes), os carros autônomos são parte fundamental para garantir cidade mais eficientes. 

(iii) Mobilidade como um serviço (MaaS)

Um dos tópicos bastante abordados pelos diferentes pavilhões foi o modelo Mobility as a Service (MaaS), ou em português, Mobilidade como Serviço. 

De forma resumida, ele é um formato de negócios caracterizado pela oferta de serviços de transporte personalizado, de acordo com as necessidade de cada indivíduo, o que permite (i) otimizar a experiência do usuário ao acompanhar a demanda em tempo real e combiná-la de forma dinâmica com a oferta de transportes; (ii) melhorar o funcionamento das cidades; e (iii) tornar mais eficiente o uso de recursos e, consequentemente, reduzir as emissões de gases do efeito estufa. 

Conforme mencionamos acima, à medida em que os serviços, bens, dinheiro, pessoas e informações viajam rapidamente pelo globo, é necessário que saibamos navegar o complexo mundo da mobilidade. E, pensando nisso, o MaaS é uma clara tendência adiante. 

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.