XP Expert

Emissão de CBios em março aumenta em relação aos meses anteriores | Café com ESG, 11/04

Comece o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG!

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bom dia! Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo fala sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança.

Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance histórica dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP.
Por que essas informações são importantes? 
Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias.

Esperamos que aproveite a leitura!

Principais tópicos do dia

• Na sexta-feira, o mercado fechou em território neutro, com o Ibov e o ISE em leve queda de -0,5% e -0,7%, respectivamente. Na semana, tanto o Ibov quanto o ISE encerraram em queda de -2,7% e -4,2%, respectivamente.

• No Brasil, (i) a emissão de Créditos de Descarbonização (CBios) em março aumentou em relação aos meses anteriores, e o volume total emitido até o fim do último mês já alcança 19% da meta de compra das distribuidoras, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP); e (ii) o desmatamento na floresta amazônica do Brasil caiu 15% em março em relação ao ano anterior, conforme dados preliminares do governo divulgados na sexta-feira, mas mesmo com essa queda o número revelou a maior destruição durante o primeiro trimestre em pelo menos seis anos.

• No internacional, os principais bancos do Canadá mais que dobraram seu financiamento de areias petrolíferas altamente poluentes para US$ 16,8 bilhões em 2021, apesar de assinarem a aliança bancária zero líquida da ONU sobre emissões de gases de efeito estufa.

Gostaria de receber os relatórios ESG por e-mailClique aqui.
Gostou do conteúdo, tem alguma dúvida ou quer nos enviar uma sugestão? Basta deixar um comentário no final do post!


XPInc CTA

Abra a sua conta na XP Investimentos!

XPInc CTA

Assine conteúdos exclusivos aqui!

XPInc CTA

Receba conteúdos da Expert pelo Telegram!

Brasil

Empresas

Emissões e negociações de CBios cresceram em março

“A emissão de Créditos de Descarbonização (CBios) em março aumentou em relação aos meses anteriores, e o volume total emitido até o fim do último mês já alcança 19% da meta de compra das distribuidoras, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilados pelo ItaúBBA. Em março, foram emitidos 2,71 milhões de CBios, 37,6% a mais do que em fevereiro. Apenas na segunda quinzena, foram 1,6 milhão de títulos. A emissão de CBios está vinculada à comercialização de biocombustíveis, sobretudo etanol hidratado, que compete com a gasolina. Desde o início do ano até o fim de março, a emissão de novos títulos somou 6,83 milhões. A meta de compra das distribuidoras neste ano é de 36,7 milhões de papéis.”

Fonte: Valor Econômico, 08/04/2022

Cresce embarque de café do Cerrado Mineiro com selo de origem

“Os produtores de café da região do Cerrado Mineiro registraram em 2021 um aumento de 62% nas exportações de cafés especiais industrializado com selo de denominação de origem. O volume passou de 156 mil para 254,58 mil embalagens, ou 117,9 mil sacas de 60 quilos, segundo a Federação dos Cafeicultores da Região do Cerrado Mineiro. Os embarques foram sobretudo para supermercados da Europa, com destaque para Bélgica, França, Inglaterra e Rússia, além de Estados Unidos e Japão. As vendas de cafés especiais, incluindo para o mercado brasileiro, totalizaram 131 mil sacas. No país, os principais destinos são cafeterias das capitais e pequenas torrefadoras. “Estamos trabalhando para que a origem e a qualidade do café sejam reconhecidas pelo consumidor”, afirmou Juliano Tarabal, superintendente da federação, ao Valor.”

Fonte: Valor Econômico, 10/04/2022

Política

Desmatamento da Amazônia no Brasil bate recorde no primeiro trimestre, apesar da queda de março

“O desmatamento na floresta amazônica do Brasil caiu 15% em março em relação ao ano anterior, mostraram dados preliminares do governo na sexta-feira, mas mesmo com essa queda foi suficiente para causar a maior destruição durante o primeiro trimestre em pelo menos seis anos. De janeiro a março, o desmatamento da Amazônia brasileira aumentou 64% em relação ao ano anterior, para 941 quilômetros quadrados, mostraram dados da agência nacional de pesquisa espacial Inpe. Essa área, maior do que a cidade de Nova York, é a maior cobertura florestal perdida no período desde o início da série de dados em 2015/2016. A destruição da maior floresta tropical do mundo aumentou desde que o presidente Jair Bolsonaro assumiu o cargo em 2019 e enfraqueceu as proteções ambientais, argumentando que elas impedem o desenvolvimento econômico que poderia reduzir a pobreza na região amazônica.”

Fonte: Reuters, 08/04/2022

Regulação

CPR-Verde: o início, o fim e o meio

“Uma das novidades mais esperadas pelo agronegócio chegou no fim do ano de 2021. Divulgada com toda a pompa e circunstância pelo governo brasileiro durante a COP-26 em Glasgow, na Escócia, a CPR-Verde merece uma análise sob a perspectiva das mudanças recentes na legislação. […] Assim, o novo título chegou, não só para concretizar os compromissos assumidos em Glasgow mas, principalmente, para materializar e “empacotar” sob a forma de preservação ambiental, o que o agronegócio brasileiro já faz há muito tempo: produzir e preservar com competência! Com a nova regulação, o setor passou a oportunizar ao produtor rural, a maximização de sua renda e a minimização dos custos de captação de recursos em acesso a linhas de crédito mais abundantes e baratas.”

Fonte: Valor Econômico, 11/04/2022

Opinião

Neurodiversidade e inclusão tributária

“No dia 2 abril é comemorado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Em época de ESG (do inglês “environmental, social and corporate governance”) essa conscientização é muito apropriada e já tem nome nessa sigla tão famosa: neurodiversidade, e é tratada no “S”, de social. […] Diversas empresas perceberam os “benefícios”, inclusive econômicos, da neurodiversidade e, especialmente, de autistas considerados de alto rendimento (normalmente, são verbais e não apresentam atrasos cognitivos, por vezes até apresentam avanços cognitivos, considerados, vulgarmente, como superdotados).”

Fonte: Valor Econômico, 08/04/2022

Internacional

Empresas

Bancos canadenses dobram financiamento de areias petrolíferas altamente poluentes

“Os principais bancos do Canadá mais que dobraram seu financiamento de óleo altamente poluente de areias betuminosas para US$ 16,8 bilhões em 2021, apesar de assinarem a aliança bancária zero líquida da ONU sobre emissões de gases de efeito estufa. Os credores, incluindo o Royal Bank of Canada, o Toronto-Dominion Bank e o Canadian Imperial Bank of Commerce, aumentaram seu financiamento para os 30 principais produtores de areias betuminosas e seis empresas de oleodutos de areias betuminosas em quase US$ 9 bilhões em 2021, de acordo com dados da Rainforest Action Network, o grupo ativista que produz um relatório anual abrangente de financiamento de combustíveis fósseis. Todos os cinco bancos canadenses, que também incluíam o Scotiabank e o Bank of Montreal, comprometeram-se no ano passado a atingir emissões líquidas zero até 2050 em suas operações e portfólios quando ingressaram na Net-Zero Banking Alliance, liderada por Mark Carney, ex-governador do Bank of Canadá e o Banco da Inglaterra.”

Fonte: Financial Times, 11/04/2022

Volkswagen rejeita pressão de acionistas para divulgações de lobby climático

“A Volkswagen rejeitou uma proposta de acionistas para explicar como suas atividades de lobby se alinham com suas metas climáticas – algo que dois dos principais concorrentes da montadora já prometeram fazer, disse um dos investidores na sexta-feira. Um documento de um grupo de sete acionistas disse que, embora a Volkswagen divulgue suas associações a associações comerciais, deve ir além e dizer se os objetivos das associações são compatíveis com suas metas de redução de emissões. As montadoras Mercedes-Benz e BMW já se comprometeram a fazer isso. “O Conselho não está conseguindo supervisionar de forma transparente o lobby climático da empresa”, disse Charlotta Sydstrand, estrategista de sustentabilidade do regime de pensão sueco AP7, um dos acionistas envolvidos na proposta.”

Fonte: Reuters, 09/04/2022

Orsted vai queimar mais carvão enquanto guerra na Ucrânia atinge suprimentos de madeira

“A empresa dinamarquesa de energia verde Orsted está construindo seu estoque de carvão em antecipação de queimar mais combustível no próximo inverno, assim como a UE aprovou uma proibição às importações de carvão russo como parte de uma quinta rodada de sanções. O presidente-executivo Mads Nipper disse que a escassez global de pellets de madeira, que abastecem as usinas de biomassa de Orsted, significa que a empresa provavelmente usará carvão no final do ano. “Por mais que odeiemos, muito provavelmente veremos um aumento temporário em nosso uso de carvão, em comparação com a trajetória em que estamos”, disse Nipper ao Financial Times. “Isso é impulsionado pela situação fora da guerra”, disse ele, explicando que a invasão da Ucrânia pela Rússia, combinada com os desafios globais da cadeia de suprimentos, tornou extremamente difícil obter os pellets de madeira especializados dos quais Orsted geralmente depende. “A biomassa é difícil de conseguir agora porque todo mundo está procurando combustível”, disse Nipper.”

Fonte: Financial Times, 11/04/2022

Clique aqui para acessar o relatório | “Seis temas-chave no investimento ESG frente ao conflito Rússia/Ucrânia


Índices ESG e suas performances

(1) O Índice ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3) tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas com reconhecido comprometimento com o desenvolvimento sustentável, práticas e alinhamento estratégico com a sustentabilidade empresarial.
(2) O Índice S&P/B3 Brasil ESG mede a performance de títulos que cumprem critérios de sustentabilidade e é ponderado pelas pontuações ESG da S&P DJI. Ele exclui ações com base na sua participação em certas atividades comerciais, no seu desempenho em comparação com o Pacto Global da ONU e também cias sem pontuação ESG da S&P DJI.
(3) O ICO2 tem como propósito ser um instrumento indutor das discussões sobre mudança do clima no Brasil. A adesão das companhias ao ICO2 demonstra o comprometimento com a transparência de suas emissões e antecipa a visão de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono.
(4) O objetivo do IGCT é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de emissão de empresas integrantes do IGC que atendam aos critérios adicionais descritos nesta metodologia.
(5) A série de índices FTSE4Good foi projetada para medir o desempenho de empresas que demonstram fortes práticas ambientais, sociais e de governança (ESG).
(6)
O Índice MSCI ACWI, que representa o desempenho de todo o conjunto de ações de grande e médio porte do mundo, em 23 mercados desenvolvidos e 26 emergentes.


Nossos últimos relatórios

  • Radar ESG | Cruzeiro do Sul (CSED3): No caminho certo (link)
  • Radar ESG | Juniores de O&G (RRRP3 e RECV3): Envolvidas com a agenda ESG, enquanto enfrentam ventos contrários ao setor (link)
  • Radar ESG | Petz (PETZ3): A caminho de se tornar uma empresa ESG para cachorro (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no nosso portfólio para abril (link)
  • Seis temas-chave no investimento ESG frente ao conflito Rússia/Ucrânia (link)
  • SEC anuncia proposta para divulgação obrigatória de dados climáticos; Positivo (link)
  • Update ESG | Petrobras (PETR4): Feedback do webinar sobre clima (link)
  • Radar ESG | Telefônica Brasil / Vivo (VIVT3): Conectando-se à agenda ESG (link)
  • Mulheres na liderança: Um olhar sobre a representatividade feminina nas empresas da B3 (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no nosso portfólio para março (link)
  • ISE B3: Um raio-X da nova carteira do Índice de Sustentabilidade da B3 (link)
  • Radar ESG | Panvel (PNVL3): Prescrevendo a agenda ESG (link)
  • Carteira ESG XP: Uma alteração no portfólio para fevereiro (link)
  • Radar ESG | Omega Energia (MEGA3): Líder em energia renovável, surfando a onda da sustentabilidade (link)
  • Radar ESG | Desktop (DESK3): No início da jornada ESG (link)
  • Carteira ESG XP: Sem alterações em nosso portfólio para janeiro (link)
  • Radar ESG | AgroGalaxy (AGXY3): Plantando as sementes ESG (link)
  • Radar ESG | Petrobras (PETR4): E o campo ESG, como a Petrobras está explorando? (link)
  • Radar ESG | Oncoclínicas (ONCO3): Ainda na sala de espera (link)
  • Radar ESG | Aviação Brasil (EMBR3, AZUL4 e GOLL4): Voando pelos ares ESG (link)
  • Radar ESG | Alpargatas (ALPA4): Iniciando a caminhada pela agenda ESG (link)
  • Radar ESG | Kepler Weber (KEPL3): Um começo promissor (link)
  • Radar ESG | TIM (TIMS3): Chamando a agenda ESG (link)
  • ESG: O que moldará os investimentos sustentáveis em 2022? (link)
  • Carteira ESG XP: Sem alterações em nosso portfólio para dezembro (link)
  • Radar ESG | Burger King Brasil (BKBR): Espaço para avanço na agenda, mas os planos ambiciosos adiante animam (link)
  • COP26: Implicações do documento final (link)
  • Expo Dubai: Buscando soluções diante de recursos finitos (link)
  • Expo Dubai: Todos os olhos voltados para o futuro da mobilidade (link)
  • Expo Dubai: Tecnologia e sustentabilidade centralizam os destaques do evento nesta terça-feira (link)
  • Expo Dubai: Três principais destaques do evento nesta segunda-feira, dia do Brasil na feira (link)
  • COP26: Um encontro decisivo para conter o aquecimento global (link)
  • Seleção BDRs ESG​: 15 nomes para exposição internacional ao tema (link)
  • Radar ESG | Kora Saúde (KRSA3): Ainda há um caminho a ser percorrido (link)
  • Radar ESG | Empresas de Autopeças: Preparando a estrada ESG; Governança e segurança em primeiro lugar (link)
  • Radar ESG | Unifique (FIQE3) e Brisanet (BRIT3): O que as empresas de telecomunicações brasileiras têm feito? (link)
  • Radar ESG | Natura&Co. (NTCO3): Não é apenas maquiagem; ESG é uma realidade! (link)
  • Vale (VALE3): Feedback do Webinar ESG; Todos os olhos voltados para a redução de riscos (link)
  • Radar ESG | Totvs (TOTS3): A melhor posicionada no setor de tecnologia sob a cobertura da XP (link)
  • Assembleia Geral da ONU: Cenário climático alarmante centraliza as discussões (link)
  • Amazônia: Entendendo a importância da maior floresta tropical do mundo (link)
  • ESG no centro das discussões; Três principais aprendizados da Expert XP 2021 (link)
  • Radar ESG | Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3): Uma líder em alumínio verde, com forte posicionamento ESG (link)
  • Relatório do IPCC: Um chamado para todos, inclusive para o mercado, frente a um cenário alarmante do clima (link)
  • Radar ESG | WEG (WEGE3): Um player ESG bem equipado para se beneficiar das tendências adiante (link)
  • Radar ESG | Boa Safra (SOJA3): Agenda ESG em produção, semente por semente (link)
  • Água: Onde há escassez, há oportunidade (link)
  • Radar ESG | Positivo (POSI3): Um trabalho em andamento (link)
  • B3 anuncia nova metodologia para o ISE; Positivo (link)
  • Radar ESG | G2D (G2DI33): Abraçando os pilares S e E através do portfólio de investimentos de impacto (link)
  • Ambev (ABEV3): Feedback do evento ESG; Reforçamos nossa visão positiva (link)
  • Radar ESG | Setor de infraestrutura (CCRO3, ECOR3, RAIL3, HBSA3, STBP3): Preparando o asfalto (link)
  • Crédito de carbono: Capturando parte da solução; 5 nomes para exposição ao tema (link)
  • Radar ESG | Incorporadoras de Imóveis Residenciais Populares: Construindo os andares ESG (link)
  • Radar ESG | Arezzo & Co. (ARZZ3): Caminhando com seus próprios passos pela agenda ESG (link)
  • Trilogia ESG (Pt. I): Um mergulho no pilar E; Três nomes que são parte da solução (link)
  • Radar ESG | Blau (BLAU3) e Hypera (HYPE3): Em busca da fórmula ESG (link)
  • Bitcoin e ESG: Entenda os dois lados da moeda (link)
  • Radar ESG | Bemobi (BMOB3): Diversidade é o nome do jogo (link)
  • Radar ESG | Setor de Logística (SIMH3, JSLG3 e VAMO3): Preparando-se para a estrada ESG (link)
  • Radar ESG | Laboratórios: ESG ainda na triagem; Fleury se destacando em relação aos pares (link)
  • Cúpula de Líderes sobre o Clima: Tecnologia, economia e agenda verde centralizam as discussões no segundo dia do evento (link)
  • Cúpula de Líderes sobre o Clima: Cooperação global é uma das três principais mensagens do evento (link)
  • Radar ESG | Locadoras de automóveis: Rumo à agenda ESG; Localiza liderando a corrida (link)
  • Radar ESG | São Martinho (SMTO3): Quanto mais se semeia, maior é a colheita (link)
  • Radar ESG | Orizon (ORVR3): Quando ESG está escrito no DNA (link)
  • Sondagem XP/ESG com investidores institucionais (link)
  • O melhor dos dois mundos: Seleção de 10 BDRs para exposição internacional ao tema ESG (link)
  • Radar ESG | Enjoei (ENJU3): O usado é o novo “novo”? (link)
  • Radar ESG | CSN Mineração (CMIN3): Explorando os campos ESG (link)
  • Radar ESG | Jalles (JALL3): Plantando as sementes ESG (link)
  • Radar ESG | Incorporadoras de alta renda: ESG ainda em construção (link)
  • Radar ESG | Setor de saúde: O ESG ainda está na sala de espera? (link)
  • Radar ESG | Quão sustentáveis são as empresas de e-commerce? Uma análise ESG dessas gigantes (link)
  • Radar ESG | IMC (MEAL3): Por que a empresa ainda tem muito espaço para melhorar? (link)
  • Radar ESG | Aeris (AERI3): Uma das empresas melhor posicionada para surfar o vento ESG (link)
  • Radar ESG | 3R Petroleum: Construindo um caminho que incorpora metas ESG (link)
  • Radar ESG | Setor de supermercados: Vale a pena encher o carrinho? (link)
  • Radar ESG | JHSF (JHSF3): Espaço para melhorias (link)
  • Radar ESG | Quem é o melhor aluno da classe? Avaliando os líderes em ESG dentre as empresas de educação no Brasil (link)
  • Panorama do marco regulatório de investimentos ESG no Brasil (link)
  • CVM e B3 estudam intensificar critérios ESG para as companhias listadas (link)
  • Radar ESG | Setor de vestuário e joias: ESG ainda na confecção (link)
  • ESG: Tendências e preferências para 2021 (link)
  • Radar ESG | LOG Commercial Properties (LOGG3): Oportunidades em empreendimentos verdes (link)
  • Eleições americanas: Quais os efeitos para a agenda ESG nos EUA e no Brasil? (link)
  • Radar ESG | Farmácias: Raia Drogasil como a ação prescrita no setor para exposição a ESG (link)
  • Radar ESG | Shoppings: Entenda o que importa para eles quando o tema é ESG (link)
  • Radar ESG | Ambev (ABEV3): Um case que desce redondo (link)
  • Feedback do roadshow ESG: O que as gestoras no Brasil estão fazendo em relação ao tema? (link)
  • ESG de A a Z: Tudo o que você precisa saber sobre o tema (link)

Ainda não tem conta na XP? Clique aqui e abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.