XP Expert

Coronavírus em números – 23 de julho

Relatório diário de acompanhamento da evolução do número de casos do coronavírus no Brasil e no mundo

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O número de novos casos de coronavírus atingiu seu patamar mais alto na última quarta-feira. Foram 67.860 diagnósticos produzidos, resultado muito acima dos quase 55 mil casos do dia 19 de junho, até então o dia com maior número de registros. Além do recorde, o país também manteve níveis altos de mortes, 1.284 ontem, elevando o total a quase 83 mil. Já são 2.227.514 diagnósticos positivos para a covid-19 no Brasil. O estado de São Paulo segue com grave situação em seu interior e contribuiu com quase 17 mil casos e 361 óbitos ontem. (https://bit.ly/2Sd45Tz e https://bit.ly/3jzo4HV)

Em evento realizado em Florianópolis, o ministro interino da saúde, Eduardo Pazuello, justificou o aumento de casos pela chegada do inverno, mas sustentou que o número de óbitos não deve acompanhar os diagnósticos na mesma proporção, visto que o sistema de saúde em geral já se encontra mais preparado. O Sul do país segue em situação preocupante, com crescimento de 25% nos casos em uma semana. (https://bit.ly/3fUd9q2).

O Tribunal de Contas da União (TCU), por meio de auditoria, desvelou que o Ministério da Saúde havia gasto menos de 30% dos recursos destinados para a pandemia até o final de junho – cerca de R$ 11,5 bi contra R$ 39 bi reservados à pasta. O relatório destacou a ausência de um plano estruturado para compras, logística e transferência de recursos. Por fim, os técnicos reconheceram que houve graves atrasos no fornecimento de insumos e equipamentos para todo o setor. (https://bit.ly/3juOomA)

O estado do Texas reportou 197 óbitos, a maior contagem diária até então. Já o governador da Flórida, após pressão, recuou da tentativa de reabrir escolas nas próximas semanas; o estado é o terceiro mais afetado pela pandemia nos Estados Unidos, apenas atrás da Califórnia e de Nova Iorque. Mediante tamanha crise, o governo americano anunciou acordo para a aquisição de 100 milhões de vacinas junto à Pfizer, o que lhes concede exclusividade na compra de todas as doses produzidas em 2020. (https://bit.ly/30Cry3U e https://cnn.it/3hsMT6K)

Com os graves números brasileiros, a América Latina ultrapassa 4 milhões de infectados. Para além do Brasil, as situações epidemiológicas do México, Argentina e Peru seguem em rápida deterioração nas últimas semanas. Na Ásia, Hong Kong registrou 113 novos casos e se mantém em alerta, enquanto Tóquio registra recorde de 300 casos, mesmo caso da Índia, com 45.720.

Na África, os sul-africanos mais uma vez reportaram recorde diário de mortes. A Austrália, por sua vez, continua a observar crescimento descontrolado de infectados em suas principais províncias. No agregado, a Johns Hopkins University atualizou para 15,22 milhões de casos no mundo, além de 623 mil mortes. (https://reut.rs/39jijJX)

Histórico de relatórios

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.