Coronavírus em números – 26 de junho

Relatório diário de acompanhamento da evolução do número de casos do coronavírus no Brasil e no mundo


Compartilhar:


Na última quinta-feira, o Brasil registrou 39.483 novos casos de coronavírus, a terceira pior marca desde o início da pandemia, além de 1.141 novas mortes. No acumulado, são 1,2 milhão de casos e 54.971 vidas perdidas, segundo o Ministério da Saúde. A coleta realizada pelo consórcio de imprensa, por outro lado, já contabiliza mais de 55 mil óbitos. (https://glo.bo/2Beupaz)

O estado de São Paulo foi responsável por cerca de 25% desse avanço de novos casos. A imprensa destacou que o ritmo de propagação da doença aumentou em cinco vezes após o anúncio do Plano São Paulo – nome dado às medidas de reabertura criadas pelo governo do estado. É notável que a expansão se deu principalmente no interior, nas cidades médias. São, no total, 248.587 casos confirmados em São Paulo, número superior ao de toda Itália. (https://bit.ly/3dESa8F

Outro fato que ganhou relevância ontem foi a escassez de medicamentos em diversos hospitais do país. O Conselho Nacional dos Secretários de Saúde divulgou que faltam remédios para UTIs em 21 estados brasileiros. Publicamente, os governadores do Amapá, Mato Grosso e Espírito santo culparam a falta de articulação do governo federal pela falta desses medicamentos e outros insumos. (https://glo.bo/380KRac e https://glo.bo/2VfCPoX)

A universidade Johns Hopkins divulgou recorde diário de novos casos no mundo. Somente ontem,  foram quase 180 mil, dos quais 45% foram registrados apenas no Brasil e nos Estados Unidos. Os americanos tiveram, também, seu recorde: 40.806 novos casos. Já o número de novos óbitos subiu para 2.430, o maior valor desde o final de abril. No agregado, o país avança para 2.422.299 casos e 124.410 mortes. Estudos apontam, no entanto, que o número de contaminados seja dez vezes maior do que o reportado. (https://glo.bo/31ivDfF e https://cnn.it/2VjRQ90)

A Alemanha impôs restrições à circulação de indivíduos na região oeste do país. Após controlar com relativo sucesso a primeira onda de casos, o país luta contra surtos localizados. Dessa vez, 640 mil pessoas voltarão às restrições impostas em abril. Outra preocupação da União Europeia está no descontrole da pandemia no leste do continente, fator que deve retardar a reabertura plena das fronteiras na região. (https://bit.ly/3g5u8FP e https://bbc.in/2ZbZ8gs)

Histórico de dados

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM