Como começar a investir?

A partir do momento em que você se fez essa pergunta, com certeza você também se perguntou qual seria a melhor opção. A melhor estratégia sempre vai ser uma carteira de investimentos montada especificamente para você, considerando dois pontos principais: sua tolerância ao risco e por quanto tempo você poderia manter cada aplicação. Mas afinal, […]

access_time 30/06/2019 - 12:24
format_align_left 2 minutos de leitura

A partir do momento em que você se fez essa pergunta, com certeza você também se perguntou qual seria a melhor opção. A melhor estratégia sempre vai ser uma carteira de investimentos montada especificamente para você, considerando dois pontos principais: sua tolerância ao risco e por quanto tempo você poderia manter cada aplicação.

Mas afinal, o que é uma carteira de investimentos?

aaaaaaaaaaaaa

Uma carteira ou portfólio de investimentos nada mais é do que o conjunto de todas as suas aplicações. Um bom investidor sempre procura obter o máximo de retorno com o mínimo risco e isso só é possível através de uma carteira de investimentos diversificada, ou seja, que contenha diferentes tipos de ativos de diversas classes (como renda fixa, renda variável, multimercados, etc). Diversificar é importante não só para ter uma melhor performance, mas também para proteger os seus investimentos.

Como descobrir a minha tolerância ao risco?

A sua tolerância nada mais é do quanto você se sente confortável com as oscilações dos retornos do seu portfólio de investimentos. Um perfil mais conservador vai priorizar segurança e previsibilidade ao risco, já um perfil mais agressivo tolera até retornos negativos em alguns intervalos, visando um retorno muito maior, que o conservador ou moderado, no longo prazo. Já o moderado fica entre os dois. Aqui na XP, ao abrir sua conta, você preenche um questionário que indicará em qual desses perfis você se enquadra.

Qual meu horizonte de investimentos?

Já definido o seu perfil, importante dividir os valores a serem investidos por prazo. Por exemplo, se você tem 10 mil reais, importante pensar se todo esse valor seria para daqui 10 anos ou metade para 1 ano, o que fará diferença na hora de escolhermos entre as melhores opções de cada classe de ativo. Para as aplicações em classes com mais risco como multimercado e renda variável é importante considerar um prazo mínimo de 2 a 3 anos, mesmo que o investimento escolhido possibilite um resgate mais rápido.

Qual a melhor carteira de investimentos para mim?

Agora que você já definiu sua tolerância ao risco e horizonte de investimentos, entra a parte da seleção dos melhores ativos e quanto você deveria ter em cada uma das caixinhas que chamamos de classes de ativo. Nós sabemos que são muitas as opções disponíveis, por isso o time de alocação da XP divulga mensalmente um relatório com os percentuais que cada perfil deveria ter em cada classe e quais são as melhores opções em cada classe (confira o último).

Agora ficou fácil! Bons investimentos!

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar