Seu perfil é conservador? Diversificação Internacional também é para você!

Entenda as novas opções para o perfil conservador e o que é renda fixa internacional.


Compartilhar:


Em maio demos o primeiro passo para um novo projeto dentro da XP, a nova régua de risco de ativos, visando a maior ciência do risco embutido em cada um dos ativos da plataforma da XP, começando pelos fundos de investimentos.

O resultado além de proporcionar uma maior transparência, possibilita uma gama maior de fundos permitidos para os perfis conservadores e moderados. Não se aplica ao perfil agressivo dado que este sempre pode operar qualquer tipo de ativo.

E qual o maior ganho do cliente conservador com essa nova regra? A possibilidade de diversificar seu patrimônio em fundos internacionais de renda fixa. Neste mês incluímos o fundo Morgan Stanley Global Fixed Income Advisory FIC FIM IE que possui 10 pontos de risco.

Por que incluir na carteira?

Carrego Atrativo

O carrego de um fundo de renda fixa nada mais é que as taxas médias dos papeis que ele possui em sua carteira. Atualmente o do fundo encontra-se em 4,10% ao ano. Pode não parecer tão atrativo num primeiro momento, mas é importante considerar não só esse valor bruto, mas considerar o risco para tal retorno que é baixo e que a taxa básica de juros do Brasil (SELIC) está atualmente em 2,25%.

Baixa correlação

Quando analisamos a correlação do fundo, considerando desde seu início em Maio de 2019, ela é apenas 8 com o IDA DI – índice da Anbima de ativos de crédito privados indexados ao CDI – e 25 com Fundo Trend Inflação Curta – fundo que alocamos nosso percentual de inflação atualmente – valores considerados bem baixos. Quanto menor for o valor da correlação entre dois ativos, maior a diversificação.

Sendo assim, mesmo sendo todos ativos de renda fixa, a inclusão de ativos internacionais traz uma diversificação muito interessante também para o cliente conservador.

Valor agregado ao portfólio

Até o ultimo mês nossas carteiras eram composta de 90% de ativos pós fixados (IDA-DI) e 10% indexados à inflação (Trend Inflação Curta FIRF LP), principalmente atrelados e este mês diminuímos em 5% a parcela de pós fixado para inclusão do Morgan Stanley Global Fixed Income Advisory FIC FIM IE. Abaixo uma comparação de um carteira com o fundo (A) e sem (B) o mesmo desde de sua criação.

Apesar do período curto, o portfólio com essa inclusão tem um retorno superior, com um aumento muito pequeno de volatilidade. Conservador B teve volatilidade anualizada no período de 1,38% versus o Conservador A com 1,44 no mesmo período. Importante considerar que retornos passados não garantia de futuro e que atualmente temos prêmio de crédito mais atrativos que o histórico.

Existe diferença entre a renda fixa no Brasil e no exterior?

Quando falamos em renda fixa, necessariamente estamos nos referindo a dívidas, o que muda é quem a está emitindo, se ela é estruturada ou não e com qual indexador. No ultimo ponto, divergimos muito em relação a lá fora por emitirmos muito mais dívidas pós-fixadas do que prefixadas essa é uma das famosas jabuticabas brasileiras. Em relação aos tipos de estruturas e emissores, ainda estamos caminhando em direção à complexidade do mercado exterior. Afinal não tínhamos porque nos desenvolver nesse sentido com títulos soberanos pagando 1% ao mês, mas como bem sabemos, essa realidade não existe mais. Explicarei um pouco mais desses tipos de ativos contextualizando com os operados pelo fundo recomendado.

O fundo

O Morgan Stanley é uma das maiores instituições financeiras do mundo, com mais de 40 anos e presente em mais de 23 países. Sua área de gestão de ativos tem atualmente mais de 500 bilhões de dólares sob gestão, sendo em torno de 85 bilhões em renda fixa.

A equipe de gestão do fundo é liderada por Michael Kushma que possui mais de 30 anos de mercado e conta com uma gama de analistas bastante seniores espalhados pelo mundo. Em seu mandato, o fundo pode comprar títulos de renda fixa de governos, empresas privadas com ou sem grau de investimentos, empréstimos, títulos lastreados em hipotecas, títulos de mercado de emergentes, moedas, etc.

Distribuição atual:

Para selecionar os melhores ativos, o processo de análise passa não só por uma avaliação do ambiente macroeconômico mas também por uma análise dos setores e papeis em si considerando: fundamentos dos títulos selecionados, fatores ESG, carrego (rentabilidade do papel se levado até o vencimento), expectativa de retorno ajustado ao risco, grau de liquidez, expectativa de default (não pagamento de um título), métodos quantitativos.

O fundo brasileiro Morgan Stanley Global Fixed Income Advisory FIC FIM IE compra cotas do Morgan Stanley Investment Funds Global Fixed Income Opportunities, mas está hedgeado, ou seja, não há exposição cambial no produto, apenas oscilação da cota do fundo domiciliado em Luxemburgo.

Preferimos fundos de renda fixa não hedgeado pois sua volatilidade e expectativa de retorno podem ser muito mitigadas em momentos em que há uma valorização ou desvalorização muito expressiva do real, possibilitando que a análise dos prêmios de crédito sejam secundárias frente a eventos macroeconômicos nacionais e mundiais.

Histórico do Produto

Confira abaixo a rentabilidade desde o início do fundo.

Outras recomendações

Para conhecer outras recomendações para o conservador ou para os demais perfis acesse o Onde Investir e as carteiras recomendadas.

Se você ainda não tem conta na XP, abra a sua aqui.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM