Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 15/04

Comece o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG!


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bom dia! Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo fala sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança.

Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance histórica dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP.
Por que essas informações são importantes? 
Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias.

Esperamos que aproveite a leitura!

Gostaria de receber esse conteúdo por e-mailClique aqui.
Gostou do conteúdo, tem alguma dúvida ou quer nos enviar uma sugestão? Basta deixar um comentário no final do post!


Brasil

Empresas

As criptomoedas querem ser verdes. Dá para chegar lá?

“Não é só o preço do bitcoin que está em alta. A quantidade de energia que a criptomoeda consome no processo de mineração também não para de escalar, tornando cada vez mais difícil ignorar seu impacto negativo sobre o meio-ambiente. De olho nas críticas crescentes, um grupo de órgãos de pesquisa e advocacy em energia e finanças lançou na semana passada um compromisso de descarbonizar o setor de criptomoedas — e de todas as tecnologias que envolvem blockchain — em tempo recorde. […] O compromisso é ter todos os ativos em blockchain do mundo alimentados por fontes de energia 100% renovável até 2025 e alcançar a neutralidade em carbono, incluindo emissões passadas, até 2040.”

Fonte: Capital Reset, 13/04/2021

Para 90% das empresas abertas, informe de governança ajuda no crescimento

“O “G” do ESG tem importância estratégica e os informes obrigatórios de companhias sobre governança corporativa provocam melhorias e amadurecem seu posicionamento no mercado, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), principal instituição de fomento às boas práticas de governança do país.”

Fonte: Exame, 14/04/2021

Em meio à onda ESG, empresas brasileiras ainda engatinham no quesito diversidade

“A onda de IPOs no Brasil, que ganhou força em 2020, está cada vez mais robusta. Somente nos quatro primeiros meses deste ano, mais de dez companhias já fizeram sua oferta inicial de ações, segundo a CVM. O crescimento, contudo, não trouxe muitos avanços no que diz respeito ao quesito diversidade dentro dessas organizações. Enquanto o lado social do ESG (sigla, em inglês, para designar bom desempenho social, ambiental e de governança)  vem ganhando força no mercado acionário internacional, liderado pela norte-americana Nasdaq, aqui o tema ainda parece engatinhar.”

Fonte: Época Negócios, 14/04/2021

Falta capacidade crítica para analisar a narrativa de sustentabilidade das empresas, diz fundador da FAMA Investimentos

“O capitalismo de stakeholders prega que as empresas deveriam tomar decisões pensando nos impactos sobre investidores, fornecedores, consumidores e sociedade. Por outro lado, todos esses agentes pressionam as companhias nos temas que lhes são caros, como o meio ambiente e pautas sociais. Mas esses stakeholders são capazes de cobrar, de fato, ações reais das empresas em relação a essas questões? Para Fabio Alperowitch, fundador da FAMA Investimentos, pioneira do ESG no Brasil, não. “A vida dos greenwashers está muito fácil”, disse, em mesa online do Brazil Conference at Harvard & MIT 2021 nesta terça-feira (13). Para o especialista, o vácuo das últimas décadas no debate ambiental nos meios empresariais faz com que a maioria dos atores não entenda o ESG com profundidade.”

Fonte: Época Negócios, 14/04/2021

Regulação

OCDE recomenda ao Brasil acabar com desmatamento

“A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recomendou nesta quarta-feira ao governo brasileiro pôr fim ao desmatamento, como uma das “novas prioridades” numa lista de reformas para o país. […] Países europeus, a começar pela França, e agora mais e mais os Estados Unidos com Joe Biden, só vão aceitar a OCDE iniciar negociações formais para o país entrar na entidade se Brasília tomar ações concretas pela proteção das florestas.”

Fonte: Valor Econômico, 15/04/2021

Política

Em carta a Biden, Bolsonaro promete acabar com desmatamento ilegal até 2030

“Em carta enviada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prometeu eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030, no mais forte aceno feito até o momento à agenda ambiental do líder americano […] dias antes de o presidente dos EUA realizar uma cúpula com dezenas de chefes de Estado sobre mudanças climáticas. O encontro organizado por Washington será realizado em 22 de abril.”

Fonte: Valor Econômico, 15/04/2021

Brasil solicita US$ 1 bilhão às nações ocidentais para preservação da Amazônia

“O governo brasileiro já fez o suficiente para preservar a floresta amazônica para garantir ajuda financeira de bilhões de dólares das nações ocidentais, disse seu ministro do meio ambiente em comentários que provavelmente complicarão a cúpula do clima organizada pelo presidente dos EUA, Joe Biden, na próxima semana. O Brasil solicitou US$ 1 bilhão às nações ocidentais, que o ministro do Meio Ambiente do país, Ricardo Salles, disse que seria usado para reduzir o desmatamento na maior floresta tropical do mundo em até 40 por cento nos próximos 12 meses.”

Fonte: Financial Times, 13/04/2021

Com governo pressionado sobre Amazônia, Mourão publica plano de redução de desmate

“O vice-presidente Hamilton Mourão publicou no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 14, o Plano Amazônia 2021/2022, sobre as metas de redução do desmatamento na região amazônica. Em fevereiro, Mourão, que preside o Conselho Nacional da Amazônia Legal, já havia antecipado que o foco do plano seria intensificar a fiscalização em 11 municípios da região com as taxas mais altas de desmate. Após o aumento das taxas de destruição da floresta, a política ambiental da gestão Jair Bolsonaro tem sido alvo de críticas no Brasil e no exterior.”

Fonte: Estadão, 14/04/2021

Terceiro Setor

ONGs tentam evitar ‘boiada’ no Congresso com PL do licenciamento e regularização fundiária

“No momento mais crítico da pandemia em todo o País, organizações socioambientais se articulam para tentar evitar que o Congresso Nacional paute projetos de lei que alteram sensivelmente as regras de licenciamento ambiental e regularização fundiária, temas que ainda precisam de ajustes e debate até que se chegue às melhores propostas possíveis, para então serem levados ao plenário.”

Fonte: Estadão, 14/04/2021

Colunas e artigos

O Brasil precisa de investimentos ESG em infraestrutura

“Um dos maiores desafios do Brasil é o avanço dos investimentos em infraestrutura. A Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB) estima que os investimentos anuais para a próxima década em transportes e logística, energia elétrica, telecomunicações e saneamento girarão em torno de R$ 285 bilhões (4,31% do PIB), enquanto os investimentos realizados em 2019 somaram R$ 124 bilhões (1,71% do PIB), sendo a maior fatia em energia elétrica (R$ 51, 4 bilhões) e a menor, em saneamento (R$ 14,4 bilhões), uma das áreas em que mais precisamos avançar no Brasil.”

Fonte: Estadão, 13/04/2021

Internacional

Empresas

Para zerar emissões, Nestlé investe em veículos elétricos e a biometano

“O plano traz um roteiro de ações para zerar as emissões de carbono até 2050, em linha com a meta definida pelo Acordo de Paris de manter o aumento da temperatura global em 1,5°C. Uma importante mudança será a criação de um comitê exclusivo de sustentabilidade no conselho – a área era agregada a outro comitê e será separada. No Brasil, as medidas de redução das emissões envolvem o investimento em mobilidade elétrica. A Nestlé anunciou que irá investir 15 milhões de reais na compra de 100 veículos elétricos ou movidos a biocombustíveis, como GNV e biometano. A iniciativa irá evitar a emissão de 5,7 mil toneladas de CO2 por ano.”

Fonte: Exame, 15/04/2021

CEOs europeus e legisladores pedem aos EUA que aumentem a meta climática

“Políticos, empresas e sindicatos europeus pediram aos Estados Unidos na terça-feira (13 de abril) que reduzissem suas emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 50% nesta década, aumentando a pressão sobre o governo Biden antes da cúpula do clima na próxima semana. […] Um movimento que poderia estimular outros grandes emissores a fazer os cortes de emissões acentuados necessários para evitar uma mudança climática catastrófica.”

Fonte: Euractive, 13/04/2021

Olam conclui rastreamento de trabalho infantil e desmatamento em sua cadeia de cacau

“A Olam, multinacional de agronegócios sediada em Cingapura, alcançou sua meta de rastrear o trabalho infantil e o desmatamento relacionado a todo o cacau que compra no mundo. A companhia concluiu o rastreamento do trabalho infantil em 183 mil produtores de cacau de nove países, e concluiu o rastreamento relacionado ao desmatamento de fornecedores diretos.”

Fonte: Valor Econômico, 15/04/2021

Regulação

Reguladores bancários iniciam testes de estresse climático

“Ao longo da última década, os reguladores financeiros usaram testes de estresse para medir a exposição dos bancos a diversos tópicos, desde perdas em derivativos a transações indecentes e crimes cibernéticos. Agora, eles têm um objetivo mais complexo em vista: avaliar a vulnerabilidade dos bancos aos efeitos das mudanças climáticas. Este ano, o Banco da Inglaterra e o Banco Central Europeu estão realizando testes de estresse temáticos inéditos da exposição de seus bancos a tudo, desde eventos climáticos anormais ao declínio de indústrias como manufatura pesada e energia tradicional. Nos EUA, o Federal Reserve prometeu que a mudança climática terá um papel maior em seus testes anuais de estresse.”

Fonte: Financial Times, 15/04/2021

Política

Casa Branca cobra ‘comprometimento claro’ do Brasil contra desmatamento na Amazônia

“A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta quarta-feira, 14, que os Estados Unidos querem “ver um comprometimento claro” do Brasil contra o desmatamento ilegal na Amazônia. Ao ser questionada, durante uma coletiva de imprensa, sobre o teor das discussões na Cúpula do Clima que será realizada pelo governo de Joe Biden na próxima semana, a assessora respondeu que haverá uma abordagem geral, sem reuniões bilaterais entre os líderes. O presidente Jair Bolsonaro foi convidado para o encontro.”

Fonte: Estadão, 14/04/2021

Produtos


Índices ESG e suas performances

(1) O Índice ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3) tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas com reconhecido comprometimento com o desenvolvimento sustentável, práticas e alinhamento estratégico com a sustentabilidade empresarial.
(2) O Índice S&P/B3 Brasil ESG mede a performance de títulos que cumprem critérios de sustentabilidade e é ponderado pelas pontuações ESG da S&P DJI. Ele exclui ações com base na sua participação em certas atividades comerciais, no seu desempenho em comparação com o Pacto Global da ONU e também cias sem pontuação ESG da S&P DJI.
(3) O ICO2 tem como propósito ser um instrumento indutor das discussões sobre mudança do clima no Brasil. A adesão das companhias ao ICO2 demonstra o comprometimento com a transparência de suas emissões e antecipa a visão de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono.
(4) O objetivo do IGCT é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de emissão de empresas integrantes do IGC que atendam aos critérios adicionais descritos nesta metodologia.
(5) A série de índices FTSE4Good foi projetada para medir o desempenho de empresas que demonstram fortes práticas ambientais, sociais e de governança (ESG).
(6)
O Índice MSCI ACWI, que representa o desempenho de todo o conjunto de ações de grande e médio porte do mundo, em 23 mercados desenvolvidos e 26 emergentes.


Nossos últimos relatórios

  • Sondagem XP/ESG com investidores institucionais (link)
  • O melhor dos dois mundos: Seleção de 10 BDRs para exposição internacional ao tema ESG (link)
  • Radar ESG | Enjoei (ENJU3): O usado é o novo “novo”? (link)
  • Radar ESG | CSN Mineração (CMIN3): Explorando os campos ESG (link)
  • Radar ESG | Jalles (JALL3): Plantando as sementes ESG (link)
  • Radar ESG | Incorporadoras de alta renda: ESG ainda em construção (link)
  • Radar ESG | Setor de saúde: O ESG ainda está na sala de espera? (link)
  • Radar ESG | Quão sustentáveis são as empresas de e-commerce? Uma análise ESG dessas gigantes (link)
  • Radar ESG | IMC (MEAL3): Por que a empresa ainda tem muito espaço para melhorar? (link)
  • Radar ESG | Aeris (AERI3): Uma das empresas melhor posicionada para surfar o vento ESG (link)
  • Radar ESG | 3R Petroleum: Construindo um caminho que incorpora metas ESG (link)
  • Radar ESG | Setor de supermercados: Vale a pena encher o carrinho? (link)
  • Radar ESG | JHSF (JHSF3): Espaço para melhorias (link)
  • Radar ESG | Quem é o melhor aluno da classe? Avaliando os líderes em ESG dentre as empresas de educação no Brasil (link)
  • Panorama do marco regulatório de investimentos ESG no Brasil (link)
  • CVM e B3 estudam intensificar critérios ESG para as companhias listadas (link)
  • Radar ESG | Setor de vestuário e joias: ESG ainda na confecção (link)
  • ESG: Tendências e preferências para 2021 (link)
  • Radar ESG | LOG Commercial Properties (LOGG3): Oportunidades em empreendimentos verdes (link)
  • Eleições americanas: Quais os efeitos para a agenda ESG nos EUA e no Brasil? (link)
  • Radar ESG | Farmácias: Raia Drogasil como a ação prescrita no setor para exposição a ESG (link)
  • Radar ESG | Shoppings: Entenda o que importa para eles quando o tema é ESG (link)
  • Radar ESG | Ambev (ABEV3): Um case que desce redondo (link)
  • Feedback do roadshow ESG: O que as gestoras no Brasil estão fazendo em relação ao tema? (link)
  • ESG de A a Z: Tudo o que você precisa saber sobre o tema (link)

Ainda não tem conta na XP? Clique aqui e abra a sua!

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.