XP Expert

Tudo sobre o que é renda fixa: o guia para o investidor!

Procura maior rentabilidade do que a Poupança, mas não quer se expor às flutuações do mercado de ações? Conheça a Renda Fixa e comece a investir!

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Tudo sobre o que é renda fixa: o guia para o investidor!

Você como investidor, com certeza, já ouviu falar em renda fixa, isso porque ela é muito atrativa aos investidores brasileiros por não oferecer muitos riscos à sua carteira de investimentos e, ao mesmo tempo, trazer retornos interessantes!  

No mundo dos investimentos há diversas opções para diferentes tipos de investidores, como empresas de capital aberto, também conhecido como açõesrenda variável e renda fixa. Cada investimento pode combinar mais com determinado perfil de investidor e objetivo. 

É possível investir em renda fixa com valores bem baixos, como R$30,00 e garantir segurança e rentabilidade ainda assim. Ficou curioso para conhecer mais sobre o que é a renda fixa e seus benefícios? 

Então, continue a leitura! 

O que é renda fixa?

Renda fixa é uma categoria de investimento considerada uma ótima opção a perfis de investidores iniciantes e conservadores, já que pode oferecer rendimentos mais estáveis e seguros, diferente de ações, por exemplo, em que é possível perder toda ou boa parte do valor investido. 

A renda fixa possui uma rentabilidade previsível, seguindo taxas importantes como a taxa selic e  CDI. No caso do CDI há rendimento de até 130% ao mês

Saiba mais sobre essas taxas: 

Resumindo: ativos de renda fixa são investimentos em que você conhece as condições de remuneração no momento da compra do ativo. 

Como funciona a renda fixa? 

Ok, você entendeu o que é renda fixa, mas como esse investimento funciona? 

Na verdade, é bem simples. A renda fixa funciona como um empréstimo de dinheiro ao investidor, no qual, há uma troca, em que o investidor recebe uma taxa de rentabilidade que é fixa, como indica o nome, e definida na compra. 

Nesse processo, o investidor auxilia no desenvolvimento da empresa de capital aberto, seja para financiamento de projetos ou pagamento de deduções 

Renda fixa x renda variável 

Como você já sabe o que é renda fixa, essa distinção vai ficar bem mais fácil para você! 

Se a renda fixa é aquela que possui uma rentabilidade mais previsível e, portanto, com menos riscos, a renda variável é o contrário. 

A renda variável, por sua vez, refere-se à compra e venda de ações, portanto, não há previsão da rentabilidade devido à volatilidade do mercado. Analistas de corretoras buscam sempre encontrar um meio termo para que os investidores tenham previsões sobre o movimento daquela ação, mas é importante estar sempre atualizado sobre o tema

A XP, em seu blog, traz novidades e atualizações diárias do mercado de investimentos, em geral. Clique e fique por dentro

Vantagens e desvantagens da renda fixa 

Como você viu, a renda fixa é famosa por sua alta rentabilidade e baixo risco, no entanto, há outras vantagens e, também, desvantagens sobre esse investimento que é necessário conhecer antes de investir, evitando possíveis erros. Confira: 

Vantagens 

  • Diversificação: a renda fixa oferece uma diversidade de aplicações, portanto, você tornar a sua carteira muito mais diversificada
  • Acessibilidade: além de rentáveis, aplicações em renda fixa são acessíveis, permitindo investir valores de R$30,00 a R$100,00.  
  • Rentabilidade: uma das mais conhecidas vantagens, a rentabilidade da renda fixa é estável e recorrente, além de previsível, caso mantidos até o vencimento. Há, por exemplo, ativos que rendem mais de 100% do CDI ao mês. 
  • Segurança: assim como muitos investimentos, a renda fixa é assegurada pela garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), portanto, o investidor não perde o valor investido caso o banco emissor dos títulos (CDB, LCI, LCA) venha a quebras. O FGC garante até o limite de R$250 mil por CPF ou CNPJ. 
  • Liquidez: aplicações como CDB títulos do Tesouro Direto possuem liquidez diária, ou seja, que permitem resgate a qualquer momento. Se o objetivo do investidor é construir uma reserva de emergência, a renda fixa é uma ótima opção. 
  • Isenção: aplicações como LCI e LCA possuem isenção de imposto de renda, tornando o investimento mais atrativo. 

Além dessas vantagens, na XP toda a aplicação é feita de forma online! 

Desvantagens 

  • Taxas: como muitos investimentos, a renda fixa possui algumas taxas e tributos, como IR e IOF, para títulos não isentos. 

Saiba mais sobre essas taxas e elabore a estratégia que mais funcione para você! 

Quer ter diversificação, tranquilidade e liquidez nos seus investimentos? Abra sua conta na XP e tenha acesso a produtos com diferentes objetivos de retorno e risco.

Quais são os tipos de títulos de renda fixa disponíveis?

Imagem com homem mexendo em notebook e gráficos. Sob a imagem há uma tela com gráficos de barras e números. 
Investir em renda fixa é uma estratégia inteligente para investidores conservadores, mas também moderados.

Há diferentes tipos de aplicações em rendas fixa, como: 

A poupança se inclui dentro das aplicações em renda fixa, no entanto, não é uma boa alternativa de investimento, tendo em vista o baixo rendimento. Entenda mais o porquê de a poupança não ser uma boa estratégia

A XP desenvolveu uma exclusiva Plataforma de Renda Fixa para você operar Títulos Públicos, CDBs, LCIs, CRIs, LCAs, CRAs e Debêntures de maneira diferenciada. 

Precisa ter muito dinheiro para investir na renda fixa? 

Não, muito pelo contrário. A partir de R$30,00 já é possível começar a investir em renda fixa na XP. 

Para isso, aproveite e cadastre-se na XP, comece a construir sua autonomia financeira e livre de riscos com a renda fixa.  

Se você tem interesse em investir mais dinheiro, a renda fixa também é uma boa opção, só fique de olho na rentabilidade. Saiba mais sobre isso logo abaixo: 

Tipos de rentabilidade da renda fixa? 

Os títulos de renda fixa podem ser pré, pós-fixados ou híbridos.  

  • Os títulos pós-fixados são atrelados a um indexador (ex: CDI ou IPCA), que variam ao longo do tempo.  
  • Já nos prefixados você saberá o quanto o seu dinheiro vai render até a data do vencimento, uma vez que não estão atrelados a um índice. 
  • Os títulos híbridos são compostos por partes fixas e variáveis. Nele você receberá uma taxa fixa + o comportamento do IPCA ou do CDI. Portanto, se o IPCA ou CDI subirem, os seus rendimentos aumentam e vice-versa. 

Quais são os tipos de títulos de renda fixa disponíveis? 

Existem diversos títulos de renda fixa para você investir, dentre eles os 3 principais: 

Qual o melhor investimento para mim?

A melhor opção para você investir depende do seu perfil de investidor e de características da emissão como prazotaxarisco (que pode ser medido pelo rating), tributação e garantias. 

Para saber mais sobre os melhores investimentos para cada perfil, confira: 

Como posso aprender mais sobre renda fixa?

Aqui na plataforma da XP tem muito conteúdo para te ajudar a entender tudo sobre o mundo de investimentos e, com isso, investir melhor.  

Você pode começar explorando os links abaixo. Não deixe de aproveitar! 

Para ficar ainda mais experiente, veja esse vídeo rápido sobre o que é renda fixa e comprove se é o investimento ideal para você? 

Gostou de saber mais sobre o que é renda fixa? Então, compartilhe com seus amigos. Mas, principalmente, não deixe de começar a investir com o auxílio de uma corretora. Conquiste a sua autonomia financeira

Na XP você conta com mais de 80 opções em renda fixa, com taxas e rentabilidades competitivas. 

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.