Clipping de Agro, Alimentos & Bebidas

Confira os destaques do setor de Alimentos e Bebidas nesta semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Confira as principais notícias do setor nesta semana

Quais tópicos costumamos abordar? Notícias relevantes para os segmentos de proteínas (bovina, suína e frango); açúcar & etanol; milho e soja; exportações brasileiras; dentre outras. Por que essas notícias são importantes? Porque elas podem impactar os preços de ações como ABEV3, BRFS3, JALL3, MEAL3, MRFG3 e SMTO3.

  • Gostaria de receber nossos relatórios por email de Agro, Alimentos & Bebidas (em inglês)? Clique aqui.
  • Quaisquer críticas, dúvidas ou sugestões são bem vindas: basta deixar um comentário no final do post.
  • Para conferir nossas teses de investimento, basta clicar nos links abaixo. Nossas top picks são Marfrig e Jalles.

AmBev (ABEV3): recomendação de Compra, preço-alvo de R$ 20 por ação

BRF (BRFS3):
recomendação de Compra, preço-alvo de R$ 30 por ação

IMC (MEAL3):
recomendação de Neutro, preço-alvo de R$ 4 por ação

Marfrig (MRFG3): recomendação de Compra, preço-alvo de 24 por ação

Jalles Machado (JALL3): recomendação de Compra, preço-alvo de R$ 14 por ação

São Martinho (SMTO3): recomendação de Compra, preço-alvo de R$ 38 por ação


Sexta-feira, 18 de Junho

Destaque para: (i) algumas commodities já teriam apagado os ganhos registrados no rally de 2021, segundo a Blooomberg; (ii) nos EUA, seca estaria se espalhando em alguns dos principais estados produtos de grãos, segundo a Reuters; (iii) Pilgrim’s, da JBS, adquire divisão da britânica Kerry por US$ 952 milhões, destaca o Valor Econômico

Some Commodities Have Now Wiped Out All of Their 2021 RallyBloomberg

For all the talk of a commodities boom, some markets have now wiped out gains for the year and several more are close to doing so. Soybean futures have erased their 2021 advance, sliding more than 20% from an eight-year high reached in May, while corn and wheat have also tumbled. The Bloomberg Grains Spot Subindex slid the most since 2009 on Thursday, before edging higher on Friday as markets recovered some losses.

UEFA Asks Euro 2020 Teams to Stop Removing Sponsor BottlesBloomberg

Reacting to a bottle-snatching trend at the European Championship started by Cristiano Ronaldo, players on the 24 teams have been asked to stop removing strategically placed sponsor drinks from the news conference platforms, UEFA said Thursday. Ronaldo, Paul Pogba and Manuel Locatelli all removed sponsor bottles away from the view of cameras when taking their seats at official media sessions this week.

Drought spreads in key U.S. crop statesReuters

A harsh drought grew more severe across major parts of the U.S. farm belt this week, threatening recently planted corn, soybean and spring wheat crops in Iowa, Minnesota and the Dakotas, meteorologists and climatologists said on Thursday. Rains forecast for the northern Midwest and Great Plains this weekend and next week will bring relief to some areas. But the severe moisture deficits suggest crop yields in key U.S. production areas remain at risk.

Argentina says nearing deal with meat packers to start re-opening beef exportsReuters

Argentina is close to clinching a deal with meat packers aimed at partially restarting exports next week after a one-month suspension aimed at slowing domestic food price inflation, Production Minister Matias Kulfas said on Thursday. Argentina, China’s second-biggest beef supplier after Brazil, halted exports for a month in mid-May as it grapples with fast rising domestic food prices. Meat packers have been negotiating a way to lift the curbs amid fears they could be extended.

Brazil regulation seen allowing more U.S. GMO crop importsReuters

Brazil’s government published a new regulation on Thursday to align rules for genetically modified (GMO) crops with global standards, a move the agriculture lobby says will make it easier to import more GMO soy and corn from the United States. Under the new rules, published by Brazilian biosecurity regulator CTNBio in the official government gazette, crops with different genetic modifications can be transported in the same ship, provided each modification is already approved, industry group CropLife said.

Pilgrim’s adquire divisão da britânica Kerry por US$ 952 milhõesValor Econômico

A JBS acaba de fazer sua segunda aquisição em menos de 15 dias. A Pilgrim’s Pride, controlada pela JBS USA, anunciou há pouco a aquisição do negócio de alimentos preparados que a Kerry Consumer Foods — uma das maiores empresas de ingredientes do mundo — tem no Reino Unido, por US$ 952 milhões. Na semana passada, a empresa brasileira já havia fechado a compra da australiana Rivalea, de carne suína, por US$ 135 milhões.

JBS conclui aquisição da holandesa ViveraValor Econômico

A JBS informou no início da noite desta quinta-feira que concluiu a aquisição da Vivera, terceira maior produtora de proteínas à base de plantas da Europa. O acordo havia sido anunciado há dois meses, em um negócio de € 341 milhões (quase R$ 2,3 bilhões à época). De acordo com gigante brasileira, “a companhia adquirida oferece um amplo portfólio de produtos em mais de 25 países, com presença relevante nos mercados da Holanda, Reino Unido e Alemanha”.

Usinas já fixaram preço de 21% do açúcar a ser exportado em 2022/23Valor Econômico

As usinas sucroalcooleiras já fixaram o preço de 20,9% do açúcar que pretendem exportar na próxima safra (2022/23), que começa em abril do ano que vem, de acordo com levantamento feito pela Archer Consulting até 31 de maio. O percentual equivale a 5,3 milhões de toneladas, negociadas a um preço médio de R$ 1.800 a tonelada (posta no porto de Santos). Só em maio, foram feitas operações de fixação de preço para pouco mais de 1,2 milhão de toneladas a um preço médio de R$ 1.920 por tonelada.

Copersucar agora lidera o comércio de açúcarValor Econômico

A partir desta sexta-feira, a brasileira Copersucar SA assume a liderança do comércio global de açúcar, que movimenta cerca de US$ 20 bilhões por ano, segundo estimativas de mercado que consideram os preços da última safra. A posição, almejada há uma década pela companhia, foi garantida com a conclusão da compra da participação da americana Cargill na Alvean, que transformou a companhia brasileira na única acionista da trading.

Empresas já buscam importar milho dos EUAValor Econômico

Com o aval dado pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) para a importação de milho dos Estados Unidos, empresas brasileiras que aguardavam a liberação já trabalham para começar a trazer o grão. A Resolução Normativa nº 32, que autoriza a importação, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta-feira.

Importação global de alimentos deve aumentar 12%, projeta FAOValor Econômico

A fatura mundial das importações de alimentos poderá atingir um novo recorde neste ano e alcançar US$ 1,715 trilhão, US$ 185 bilhões a mais que em 2020. Essa alta de 12% mostra que as repercussões econômicas da pandemia não estão freando a demanda mundial nessa frente em 2021. A estimativa é da FAO, a Agência das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação, e foi apresentada no Comitê de Agricultura da Organização Mundial do Comércio (OMC), que está reunido até esta sexta-feira.

SLC Agrícola obtém ‘empréstimo verde’ de R$ 200 milhõesValor Econômico

A SLC Agrícola, uma das maiores produtoras de grãos e fibras do Brasil, acaba de fechar um “green deal”, financiamento ligado a metas de sustentabilidade, de R$ 200 milhões com o Rabobank Brasil. Diferentemente de outras operações ESG (sigla em inglês para critérios ambientais, sociais e de governança), o “sustainability linked loan”, utilizado para esse financiamento, não vincula o montante ao cumprimento de metas sustentáveis. Porém, para conseguir o desconto no empréstimo, a companhia assume o compromisso de executá-las, mesmo que a fonte de recursos seja outra.

Pressionados pelo Fed, grãos despencam em ChicagoValor Econômico

As cotações da soja e do milho despencaram na bolsa de Chicago nesta quinta-feira, com alguns contratos atingindo seu limite diário de queda para uma só sessão. Segundo analistas, o movimento decorreu da sinalização do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) sobre possíveis altas nas taxas de juros americanas até o fim de 2023 para conter a inflação.

Com aversão ao risco, café e açúcar recuam em Nova YorkValor Econômico

Os preços do açúcar tiveram forte baixa na bolsa de Nova York nesta quinta-feira, em uma sessão marcada pela aversão ao risco, que pesou sobre o desempenho de praticamente todas as commodities agrícolas. O contrato do demerara para outubro, o mais negociado atualmente, caiu 2,85% (49 pontos), a 16,71 centavos de dólar por libra-peso.

Ex-ministro Franciso Turra é o novo presidente do conselho da AprobioValor Econômico

O ex-ministro da Agricultura Francisco Turra foi eleito hoje presidente do Conselho de Administração da Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio). A escolha foi definida em assembleia com os associados, e a posse está prevista para o dia 30 de junho, em Brasília. Turra, que também presidente o conselho consultivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) – entidade que representa BRF e JBS –, assume o lugar de Erasmo Carlos Battistella, da BSBIOS. O vice-presidente do conselho será Alberto Borges de Souza, da Caramuru.


Quinta-feira, 17 de Junho

Destaque para: (i) na Argentina, frigoríficos estariam próximos de chegar em acordo com o governo para retomada das exportações, segundo a Reuters; (ii) nos EUA, redução do abate de suínos estaria preocupando fazendeiros se o pico do rally teria ficado para trás, segundo a Bloomberg; (iii) no Brasil, famílias Furlan e Fontana enviam carta ao conselho da BRF declarando apoio à entrada da Marfrig na empresa, segundo o Pipeline

Argentine meat packers reach preliminary export deal with government, says sourceReuters

Argentine meat packers have reached a preliminary deal with the government that will allow them to partially reopen beef exports after a month-long suspension aimed at cutting domestic food price inflation, an industry source said on Wednesday. Argentina, China’s second-biggest beef supplier after Brazil, halted exports for a month in mid-May as it grapples with fast rising domestic food prices. Meat packers have been negotiating a way to lift the curbs amid fears they could be extended.

Slower Pig Slaughtering Has Farmers Worried Hog Rally Has PeakedBloomberg

U.S. pork plants are slowing down, threatening to derail the biggest rally pig farmers have seen in years and potentially raising costs for meat giants such as JBS SA. By the end of this month, meatpackers will need to kill fewer hogs per hour after a federal judge in Minnesota threw out a U.S. Department of Agriculture directive that allowed elevated slaughter rates. Producers stand to lose $80 million this year as animals are likely to back up on their farms, said Jen Sorenson, president of the National Pork Producers Council.

Heineken Wants to Link Executive Pay to Green TargetsBloomberg

Salaries and bonuses paid to Heineken NV managers may soon depend on how committed they are to fighting climate change as the world’s second-largest brewer searches for ways to meet its 2040 net-zero emissions goal. “We’re investigating how to link this to executive remuneration,” Chief Executive Officer Dolf van den Brink said in an interview with Bloomberg TV on Wednesday.

Molson Is Shipping More Booze to the U.S. Than It ExpectedBloomberg

Alcohol demand at U.S. bars and restaurants is rebounding faster than Molson Coors Beverage Co. had been expecting. As a result, the maker of Miller High Life beer and Vizzy hard seltzer is ahead of internal shipping forecasts in its home market, its top executive said. “The pent up demand for consumers to get out there is strong,” Chief Executive Officer Gavin Hattersley said.

Euros Championship ‘Bottlegate’ Spreads From Coca-Cola to HeinekenBloomberg

Two of the world’s best-known beverage brands have felt the viral ripples caused by simple gestures from stars of the world’s most popular sport. Manchester United Plc’s Paul Pogba on Tuesday moved a bottle of non-alcoholic Heineken NV beer out of sight when giving a press conference at the UEFA Euro 2020 tournament, where he’s representing France.

O comunicado interno do conselho da BRF sobre a Marfrig, ‘rumores e boatos’ Lauro Jardim

O conselho de administração da BRF, num comunicado de quatro parágrafos distribuído internamente há pouco na empresa, fez duas afirmações destinadas ao público externo. Primeiro, saudou a entrada da Marfrig na empresa: “a aquisição de uma posição superior a 31% do capital da empresa por um expressivo participante do setor de proteínas animais”. E, logo em seguida, citou uma carta enviada ao conselho pelas famílias Fontana e Furlan, controladoras da antiga Sadia e hoje acionistas da BRF: “os líderes das famílias fundadoras enviaram hoje para o presidente do conselho uma declaração assinada em apoio à administração e vendo positivamente a entrada da Marfrig como acionista da companhia”.

Furlan e Fontana põem fim à boataria e apoiam Marfrig na BRFPipeline

Os primos Luiz Fernando Furlan, Walter Fontana e Eduardo D’Ávila decidiram botar fim aos rumores de que participavam de uma articulação para derrubar o chairman Pedro Parente e ajudar a rival JBS a ficar com uma fatia da BRF. Numa carta enviada hoje ao conselho de administração da BRF, os herdeiros mais proeminentes da Sadia declararam apoio à entrada da Marfrig como acionista de referência, apurou o Pipeline. Furlan é membro do conselho da BRF, com 0,76% do capital.

Governo de SC libera licenças ambientais para JBS investir R$ 442 milhõesValor Econômico

O governo de Santa Catarina informou hoje que acelerou a liberação de licenças ambientais para viabilizar investimentos da JBS, maior empresa de proteínas animais do mundo, na região do Planalto Norte. De acordo com o governo, a medida vai garantir aportes de R$ 442 milhões. Os aportes serão destinados a uma unidade da Seara em Itaiópolis e a uma planta de biodiesel em Mafra. 

Tereos surfa a onda do açúcar e lucra 13 vezes mais no BrasilValor Econômico

Enquanto a cooperativa francesa Tereos enfrentou dificuldades no ano passado com a pandemia e a produtividade na Europa e registrou prejuízo, sua subsidiária no Brasil, que contribui para o grupo ser o segundo maior na produção global de açúcar, apresentou desempenho positivo na safra 2020/21. A Tereos Açúcar e Energia Brasil aproveitou os preços mais elevados da commodity em reais e o aumento da moagem de cana para multiplicar por 13 o lucro ante a temporada anterior, para R$ 212 milhões, e diminuir o peso de seu endividamento.

Exportações brasileiras do agro batem novo recordeValor Econômico

As exportações do agronegócio brasileiro permaneceram firmes e alcançaram US$ 13,9 bilhões em maio, 33,7% mais que no mesmo mês do ano passado, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Ministério da Agricultura. Conforme a Pasta, foi um novo recorde para meses de maio, diretamente influenciado pelas elevadas cotações das commodities no mercado internacional.

Sinal verde para importação de milho dos EUA a partir de julhoValor Econômico

Depois da pressão redobrada feita pelos criadores de aves e suínos, devido às altas históricas nos custos de produção este ano, o governo federal vai dar sinal verde para a importação de milho dos Estados Unidos a partir de julho. O movimento é considerado estratégico pela indústria de proteína animal, que ganha poder de barganha para tentar achatar as cotações do cereal, principal insumo da ração animal – ou ao menos criar um teto nos preços no mercado doméstico. Mas a expectativa é que poucos negócios sejam efetivamente concretizados.

Goiana J.Assy inicia investimentos de R$ 200 milhõesValor Econômico

Há duas semanas, a goiana J.Assy, fabricante de soluções e equipamentos para plantio, deu início à terraplanagem para construir uma nova unidade em seu parque fabril, em Caldas Novas (Goiás). O movimento marca o início de um plano de investimentos da ordem de R$ 200 milhões – com recursos próprios, segundo a companhia -, a serem aportados em cinco anos.


Quarta-feira, 16 de Junho

Destaque para: (i) nos EUA, destaque para a alta nos preços da carne de frango em meio à “guerra dos sanduíches”, segundo a Bloomberg; (ii) na Argentina, acordo para retomada de exportações de carne bovina estaria próximo, segundo a Reuters; (iii) ainda nos EUA, Secretário de Agricultura apoia investigação antitruste sobre frigoríficos, segundo o Valor

Poultry Prices Soar to Record Amid U.S. Chicken-Sandwich WarsBloomberg

Chicken-sandwich fever means poultry is pacing U.S. food inflation in the meat case. U.S. producer prices for processed poultry jumped to an all-time high in May, climbing 2.1% in the eighth straight monthly increase, U.S. government data showed Tuesday. Gains in poultry outpaced the 0.8% increase in the broader producer price index.

Argentina says deal on re-opening beef exports may be close; talks continueReuters

Talks between Argentine policymakers and meat industry officials are on track to reach a deal on re-opening exports, officials said on Tuesday, days ahead of the expiration of the government’s month-long suspension of international shipments. Argentina, China’s second-biggest beef supplier after Brazil, halted exports for a month in mid-May as it grappled with runaway domestic inflation.

Vietnam imposes 47.64% anti-dumping tax on some sugar imports from ThailandReuters

Vietnam has imposed an anti-dumping levy of 47.64% on some sugar products from Thailand for five years to replace a temporary tax introduced in February, the country’s industry and trade ministry said on Wednesday. The decision comes after the ministry finished an anti-dumping investigation that started last September on behalf of the domestic industry.

USDA grants biofuel producers $700 million in COVID-19 aidReuters

The U.S. Department of Agriculture (USDA) will give $700 million in aid to biofuels producers as part of a package to assist industries recovering from the financial devastation of the coronavirus pandemic, officials said on Tuesday. Biofuel groups had been advocating for relief after the pandemic slashed fuel demand and sank consumption of biofuels like ethanol.

Oil up nearly 2% to multi-year highs on demand expectationsReuters

Oil prices rose nearly 2% to their highest in more than two years on Tuesday, buoyed by expectations demand will recover rapidly in the second half of 2021. Boosting prices, the world’s biggest oil traders said on Tuesday they see oil prices staying above $70 a barrel with demand expected to return to pre-pandemic levels in the second half of 2022.

End of the cage farming to arrive in 6 yearsEuromeat News

A resolution passed with 558 votes in favor, 37 against and 85 abstentions in the European Parliament may put an end to the cage era in farms in 6 years. A citizens’ initiative called ‘End the Cage Age’ was registered on September 5, 2018, before the European Commission with 1.4 million signatures, from 18 EU member states. Now, the European Parliament calls on the Commission to propose legislative instruments to end the use of cages in EU livestock farming, by 2027, gradually, offering an appropriate transition period and on the basis of an evaluation impact with scientific criteria.

Secretário de Agricultura dos EUA apoia investigação antitruste sobre frigoríficosValor Econômico

O secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack, disse hoje que apoia uma proposta de senadores do país para abrir investigação para apurar supostas práticas anticompetitivas na indústria de carnes. Os legisladores americanos e o USDA querem apurar uma possível concentração na indústria de processamento de carne bovina após um ataque cibernético paralisar as operações da JBS USA, além das interrupções causadas pela pandemia covid-19 dentro das plantas.

Produção agroindustrial tem forte reação, aponta FGV AgroValor Econômico

Depois de reagir em março, o Índice de Produção Agroindustrial Brasileira (PIMAgro) calculado pela FGV Agro disparou em abril – e a tendência é de novos avanços interanuais expressivos nos próximos meses, uma vez que as bases de comparação continuarão sendo baixas em virtude dos reflexos negativos do começo da pandemia em 2020.

Para além da crise hídricaValor Econômico

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou ontem que a ampliação das terras irrigadas precisa ser encarada como uma ferramenta estratégica para o aumento da produtividade agrícola e da produção de alimentos no Brasil. Ela citou as perdas na segunda safra de milho, causadas pela falta de chuvas em algumas regiões produtoras, e disse que a irrigação pode ajudar a mitigar esses riscos em tempos de seca.

Com alívio na estiagem no Brasil, açúcar e café recuam em NYValor Econômico

Nesta terça-feira, notícias de alívio na estiagem do Centro-Sul do Brasil pressionaram mais uma vez as cotações do açúcar e do café em Nova York. O contrato do açúcar demerara para outubro, o mais negociado atualmente, recuou 1,09% (19 pontos), a 17,20 centavos de dólar por libra-peso. O quadro climático impediu que as cotações do açúcar acompanhassem o petróleo.

Clima nos EUA pressiona preços dos grãos em ChicagoValor Econômico

A previsão de chuvas mais consistentes no Meio-Oeste americano pressionou nesta terça-feira as cotações dos grãos negociados na bolsa de Chicago. Nem mesmo a piora nas condições das lavouras do país, reportada ontem pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), conteve a baixa.

Vazio sanitário da soja começa hoje em Mato GrossoValor Econômico

O vazio sanitário da soja da safra 2021/22 em Mato Grosso, o maior Estado produtor do grão no país, começa hoje e vai até o dia 15 de setembro. Nesse período, fica proibida a presença de plantas vivas de soja e também o cultivo da cultura no Estado, alerta a Aprosoja local. A medida é uma estratégia de manejo de pragas e doenças, especialmente para o controle da ferrugem asiática.

Biden deve propor metas modestas para biocombustíveis, diz agênciaValor Econômico

O governo de Joe Biden deve apresentar sua primeira proposta de mandato de mistura de biocombustíveis nas próximas semanas, que valerão para este ano. Porém, a Agência de Proteção Ambiental (EPA) deve apresentar metas modestas, segundo a Bloomberg, que citou fontes a par do assunto.

Estudo vê espaço aberto para os biocombustíveisValor Econômico

O Brasil tem potencial para produzir biocombustíveis suficientes para cobrir até 72% da demanda por combustíveis usados em carros leves e 54% das vendas de diesel esperadas até 2030 sem desmatar nem ocupar áreas de produção de alimentos. A conclusão é de um estudo do WWF-Brasil, que estimou o potencial de crescimento da produção dos renováveis.

Heringer diz à CVM que desconhece motivo da forte baixa de suas açõesValor Econômico

A Fertilizantes Heringer informou hoje à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), após o fechamento do mercado, que desconhece os motivos que fizeram suas ações desvalorizarem mais de 50% em dois dias. (…) A Heringer justifica ainda que suas ações possuem baixa liquidez, e que movimentos mais acentuados no mercado seriam normais.


Terça-feira, 15 de Junho

Destaque para: (i) queda no preço do açúcar NY diante de perspectiva de aumento de oferta no Brasil, conforme destaca a Bloomberg; (ii) grandes tradings criam empresa de frete, segundo o Valor Econômico; (iii) Tereza Cristina afirma que deve haver novidades sobre a possibilidade de importação de milho dos EUA em breve, segundo o Valor

Brazil prepares decree that could lead to electricity rationing in droughtReuters

Facing its worst drought in almost a century, Brazil’s government is preparing a temporary decree that could lead to electricity rationing, according to a draft of the measure seen by Reuters on Monday. The decree, which would need later approval by Congress, would set up a commission that could decide on more drastic measures to control the use of electricity if there are shortages that threaten to slow Brazil’s economic recovery.

Sugar Extends Drop to Two-Week Low on Rising Brazilian SupplyBloomberg

Raw sugar dropped to a two-week low amid signs of increased supply in top exporter Brazil. Brazil produced more of the sweetener than expected in the second half of May, data from industry group Unica showed last week. While a drought in the country lowered the cane crop’s yields, it boosted sugar content, Commerzbank AG said in a note. While that may improve supply in the short term, the bank still expects Brazilian output to fall below last year.

Get Ready for a Flood of Sugar as Brazilians Buy Electric CarsBloomberg

Brazil is set to flood the world market with sugar as the transition to electric vehicles slashes demand for crop-based biofuels, according to a study led by an influential industry executive. Demand for ethanol, made mostly from sugar cane in Brazil, will likely start to decline in 2030 as EVs become more widespread, said Soren Jensen, the former chief operating officer of top sugar trader Alvean, who authored the study together with Mariana Perina Jirousek.

Grandes tradings criam empresa de freteValor Econômico

Ao mesmo tempo em que investem para acelerar a produção da “porteira para dentro” e para consolidar um portfólio de maior valor agregado, as maiores tradings agrícolas do mundo continuam a buscar formas de cortar custos e melhorar a eficiência de suas operações. E uma das frentes dessa estratégia é a logística.

Recordes cada vez maiores para sojaValor Econômico

A colheita recorde desta safra 2020/21, a aquecida demanda da China e as cotações elevadas no mercado internacional continuam produzindo recordes na cadeia produtiva de soja do país – e esses recordes, a cada nova rodada de estimativas públicas e privadas, ficam mais expressivos.

Chuvas no Brasil pressionam café e açúcar em NYValor Econômico

O açúcar demerara para outubro, o mais negociado atualmente, recuou 1,58% (28 pontos), a 17,39 centavos de dólar por libra-peso. Os preços tiveram influência tanto dos registros de chuvas acima da média em parte do Sudeste brasileiro quanto de uma produção de açúcar acima do esperado no Centro-Sul do Brasil na segunda quinzena de maio.

Clima e política de combustíveis nos EUA derrubam grãos em ChicagoValor Econômico

As notícias de chuvas no Meio-Oeste americano e possíveis mudanças no setor de combustíveis nos Estados Unidos exerceram forte pressão sobre as cotações dos grãos negociados na bolsa de Chicago nesta segunda-feira. O milho que vence em dezembro, no momento o contrato de maior liquidez, recuou 4,67% (28,5 centavos de dólar), a US$ 5,8125 o bushel.

Tereza Cristina: CTNBio terá ‘novidades’ sobre milho dos EUAValor Econômico

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou hoje que deve haver novidades sobre a possibilidade de importação de milho dos Estados Unidos ainda nesta semana. Com alta nos preços do cereal, as indústrias de carne querem ampliar os canais de compra do principal insumo da ração animal, mas dependem de aprovação da transgenia utilizada pelos americanos.

Índice vai mensurar uso de soluções digitais no campoValor Econômico

Será lançada nesta terça-feira a primeira ferramenta para medir o uso de soluções digitais pelos agricultores brasileiros, o Índice de Digitalização e Tecnologia (IDT). A plataforma pretende coletar dados de 5 mil produtores de soja de todo o país e quantificar a aplicação de tecnologia no campo. O objetivo é ajudar o setor produtivo a adotar e difundir tecnologias de agricultura 4.0.

Justiça autoriza recuperação da Usina AlvoradaValor Econômico

A Justiça aprovou o processo de recuperação da Usina Alvorada, localizada em Araporã (MG), que fez a solicitação para se proteger de dívidas que passam de R$ 500 milhões. A empresa apresentou o pedido após seu principal credor, o fundo americano Amerra, pedir a execução dos débitos, mesmo depois de meses de negociações.

‘Pacto alimentar global’Valor Econômico

Ex-ministro da Agricultura e indicado neste ano ao Nobel da Paz, Alysson Paolinelli está empenhado na criação de um “pacto alimentar global”. Os esforços passam pela defesa de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento sustentável no Brasil e, no exterior, pela articulação para disseminar as técnicas que permitem ampliar as lavouras sem desmatar novas áreas.

Suíços rejeitam proposta de banir agrotóxicosValor Econômico

A Suíça decidiu rejeitar a proposta de banir o uso de agrotóxicos sintéticos no país, em votação realizada neste domingo. De acordo com o jornal “The New York Times”, o resultado do referendo, com 60,6% dos votos contrários à proibição, mostrou a forte oposição do setor agrícola e do governo à ideia.

Entidades fazem sugestões a projeto sobre defesa agropecuária autocontroladaValor Econômico

Representantes de diferentes cadeias do agronegócio participaram nesta segunda-feira de audiência pública virtual sobre o Projeto de Lei 1293/21, que propõe substituir a legislação atual de defesa sanitária por um modelo novo de fiscalização, baseado em programas de autocontrole executados pelos próprios produtores e indústrias.


Segunda-feira, 14 de Junho

Destaque para: (i) aumento dos custos globais de frete deve atingir consumidores em breve, segundo a Bloomberg; (ii) BTG estaria sondando empresas que poderiam se associar à JBS na tentativa de tomar o controle da BRF, segundo o Pipeline; (iii) cadeias de grãos ajustam estratégias contra quebras de contratos, segundo o Valor Econômico

Biden Moves to Strengthen Market Protections for FarmersBloomberg

The Biden administration announced Friday it will strengthen U.S. regulatory protections for livestock and poultry producers in their dealings with meatpackers after Covid outbreaks and a cyber attack on JBS SA highlighted domination of the industry by a few giant companies. “The pandemic and other recent events have revealed how concentration can take a painful toll on independent farmers and ranchers, while exposing working family consumers to higher prices and uncertain output,” Agriculture Secretary Tom Vilsack said in a statement Friday. 

Out-of-Control Shipping Costs Fire Up Prices From Coffee to ToysBloomberg

The skyrocketing price of shipping goods across the globe may hit your pocketbook sooner than you think — from that cup of coffee you get each morning to the toys you may want to buy for your kids. Transporting a 40-foot steel container of cargo by sea from Shanghai to Rotterdam now costs a record $10,522, a whopping 547% higher than the seasonal average over the last five years, according to Drewry Shipping.

India’s $7 Billion Bet to Turn a Fifth of Its Gasoline GreenBloomberg

India is set to spend almost $7 billion to boost ethanol production as it prepares to roll out a greener mix of gasoline that may cut its dependence on foreign oil. About 10 billion liters of ethanol will be required each year to meet the 20% ethanol-blended fuel standard by 2025, India’s Oil Secretary Tarun Kapoor said in an interview with Bloomberg Television on Friday.

Quebec Pork Plant Strike Has U.S. Packers Making Canadian BaconBloomberg

A workers’ strike at a pork plant in Quebec is allowing U.S meat packers, who are struggling to find enough domestic pigs, to make some Canadian bacon instead. While workers on strike since April were marching through Quebec City demanding higher wages, hogs that would typically be slaughtered at Olymel’s plant in Vallee-Jonction were getting trucked over the border into the U.S.

JBS, BTG e um plano mirabolante para fatiar a BRFPipeline

Sadia de um lado, Perdigão de outro? O BTG Pactual está sondando empresas que poderiam se associar à JBS na tentativa de tomar o controle da BRF, apurou o Pipeline. A abordagem seria conjunta porque, como a JBS não pode avançar sobre a concorrente sem uma severa restrição regulatória, teria que necessariamente promover um fatiamento do negócio.

JBS diz que ataque cibernético pouco afetou operações nos EUAValor Econômico

A JBS informou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta sexta-feira que o ataque cibernético às suas operações nos Estados Unidos não causou “impactos relevantes” à companhia. O anúncio foi feito em resposta a um questionamento do órgão regulador sobre a razão de a empresa não ter divulgado fato relevante sobre o pagamento de US$ 11 milhões a hackers que atacaram sua subsidiária JBS USA na última semana.

Cadeia da soja ajusta estratégias contra quebras de contratosValor Econômico

Em uma temporada com forte oscilação dos preços das commodities e indícios de perdas na produção brasileira na segunda safra, produtores rurais e tradings estudam formas de melhorar a relação contratual para vendas futuras de grãos e evitar desgastes na cadeia. A ideia é criar um mecanismo que evite a judicialização dos casos de quebra dos acordos e puna apenas quem agir de má-fé.

Valorização do milho abre brecha para rompimentosValor Econômico

Embora o número de contratos quebrados para a entrega de soja tenha sido bem menor que o esperado, as tradings veem um cenário mais desafiador para o milho. Com valorização ainda maior que a da oleaginosa, o milho enfrenta problemas climáticos e deve ter produção quase 10 milhões de toneladas menor que o estimado no início da safra.

Agrogalaxy compra rede de insumos paranaense Ferrari ZagattoValor Econômico

A Agrogalaxy, holding de varejo de insumos agrícolas controlada pelo fundo Aqua Capital, anunciou nesta sexta-feira a compra da Ferrari Zagatto, rede paranaense de revendas de insumos. O negócio foi fechado por R$ 112,8 milhões. Segundo o comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Agrogalaxy ficará com 80% da Ferrari Zagatto e também firmará acordo de acionistas para ficar com os 20% restantes.

‘União’ de pragas gera perda de R$ 5 bilhões em canaviaisValor Econômico

Um grupo de pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da USP, descobriu que o fungo que causa a doença da podridão vermelha na cana “manipula” tanto a planta da cana como outra praga, o inseto da broca-da-cana, para se disseminar nas lavouras. A descoberta derruba uma visão de décadas, de que o fungo apenas se aproveitaria dos danos provocados pela broca para infestar canaviais, e pode ter desdobramentos sobre o manejo para o controle das doenças, que hoje provocam perdas anuais de R$ 5 bilhões ao setor.


Veja também o nosso relatório semanal, o Expresso Alimentos & Bebidas

11 de Janeiro
Expresso #18

15 de Fevereiro
Expresso #22

15 de Março
Expresso # 26

10 de Maio
Expresso #30

18 de Janeiro
Expresso #19

22 de Fevereiro
Expresso #23

22 de Março
Expresso #27

17 de Maio
Expresso #31

1 de Fevereiro
Expresso #20

1 de Março
Expresso #24

29 de Março
Expresso #28

24 de Maio
Expresso #32

8 de Fevereiro
Expresso #21

8 de Março
Expresso #25

3 de Maio
Expresso #29

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.