Poupança? Se poupe!

A poupança é o investimento mais popular no Brasil. Mas será que popularidade sempre significa que algo é bom? (Dica: não!)

access_time 18/06/2019 - 21:22
format_align_left 4 minutos e 38 segundos de leitura

A poupança surgiu no Brasil no século XIX e desde então se popularizou. Até hoje é (erroneamente) conhecida pela grande maioria da população como o investimento de mais baixo risco do mercado, uma vez que é coberta pelo FGC até R$250 mil reais por CPF. Não é bem assim, mas vamos chegar lá.

Vivemos em um país em que menos de 45% da população investe, o que por si só é preocupante. Ao considerarmos apenas o universo dos investidores, 88% investem na poupança. Vamos falar sobre ela e entender o porquê de não mais considerá-la uma opção – mesmo para os mais conservadores.

Como funciona a poupança?


Seja qual for o banco que você escolher para realizar seus investimentos na poupança, a rentabilidade desse investimento será a mesma, uma vez que é definida por regulação.

Funciona em duas partes para os investimentos realizados a partir de 04/05/2012:

1) Remuneração básica, dada pela Taxa Referencial (TR); e
2) Remuneração adicional
a) 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano) quando a Taxa SELIC for superior a 8,5% ao ano; ou
b) 70% da Taxa SELIC mensal quando a Taxa SELIC for igual ou inferior a 8,5%.

Para os investimentos em poupança feitos até 04/05/2012, a rentabilidade é de TR + 0,5% ao mês.

Como funcionam os rendimentos da Poupança?

A rentabilidade, ou seja, os ganhos com o investimento na poupança, só ocorre uma vez ao mês, no chamado “aniversário da aplicação”. Esse aniversário corresponde ao dia do mês em que o primeiro depósito for feito. Com isso, uma mesma pessoa pode ter diversas aplicações com diferentes aniversários.

Talvez não pareça óbvio, mas existem diversos investimentos disponíveis para o público em geral que oferecem rentabilidade diária e são ainda mais seguros do que a poupança. Já falaremos deles…

Quando posso ter acesso a essa aplicação e aos rendimentos?

A liquidez da poupança é diária. Ou seja, diariamente é possível sacar seus recursos da poupança em caso de necessidade. Mas tem um porém: caso o investidor faça o resgate antes do próximo aniversário, ele perde todo aquele ganho que seria gerado entre o aniversário anterior e o próximo. E ninguém gosta de perder dinheiro, certo?

Eu pago impostos para sacar meus recursos da poupança?

No caso de pessoa física, a resposta é não. Já no caso de pessoa jurídica, a tributação é de 22,5% sobre os rendimentos (ou seja, não recai sobre o valor aplicado inicialmente).

Mas pelo menos não tem risco, certo?

Errado. A poupança tem risco de crédito relacionado à capacidade de pagamento do banco no qual a aplicação foi realizada. Como mostramos no começo, esses depósitos contam com proteção do FGC para aplicações até R$250 mil. Acima disso, o investidor está descoberto.

Ok, mas quero investir pouco. Não é a melhor opção?

Não. Todos os aspectos apresentados aqui podem ser comparados desfavoravelmente com o investimento em Tesouro Direto.

O que é o Tesouro Direto e por que ele é melhor?

O Tesouro Direto é um programa que possibilita de forma mais fácil a negociação de títulos públicos por pessoas físicas. Títulos públicos são emitidos pelo Tesouro Nacional e compõem a dívida interna do país. Funciona como um meio de captação de recursos pelo governo federal. A XP é líder em Tesouro Direto e com cerca de R$30,00 já é possível investir nesses títulos.

Ele é considerado o investimento mais seguro do Brasil, uma vez que o risco associado é aquele do próprio governo. Pensando de forma muito simplificada, o governo, em último caso, poderia emitir moeda para pagar suas dívidas em um cenário muito estressado. Lembre-se de que o risco da poupança é do banco em que a aplicação foi realizada e bancos não têm essa capacidade em caso de necessidade. Sendo assim o risco de bancos é maior do aquele do governo.

Em termos de rentabilidade, ele também é melhor do que a poupança. Por exemplo, uma aplicação de um ano, com a taxa SELIC a 6,5% ao ano, renderia 4,50%. Já a mesma aplicação, se feita no Tesouro SELIC, que é o investimento mais seguro do país, renderia 5,20%.

Quero saber mais sobre o Tesouro Direto. Como faço?

Ótimo, significa que não quer mais perder oportunidades aplicando na poupança! Para saber mais sobre o Tesouro Direto, acompanhe por aqui.

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) e tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste material foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Para informações e dúvidas sobre sua conta, favor contatar seu operador ou assessor. Para mais informações ligue para 4003-3710 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-880-3710 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4935-2701. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800 722 3710. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades). Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br. ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO.