Navegando águas incertas: onde investir em tempos voláteis

Como entender o cenário e onde investir em tempos de alta volatilidade causada por riscos fiscais e políticos que trazem incertezas, mas também oportunidades

Inscreva-se gratuitamente, baixe o e-book completo e ganhe 25% de desconto no Expert Pass XP
Aguarde, carregando.

Vídeo

Vídeo

INTRODUÇÃO

Como na composição de Paulinho da Viola, em períodos de turbulência, ou “durante o nevoeiro”, o melhor a se fazer é levar o barco devagar.​

No mercado, nevoeiros são frequentes. O ano de 2020 foi um exemplo claríssimo da imprevisibilidade dos movimentos que podem afetar a bolsa e os demais ativos financeiros, com a Covid-19. Mas ele não foi o primeiro evento do gênero e nem será o último.​

Falando especificamente de Brasil, a virada de página para 2021 trouxe certo alívio no que diz respeito à pandemia, principalmente no segundo semestre, com o avanço da vacinação. Mas o cenário segue particularmente incerto em outros aspectos.​

Enquanto os mercados mundiais se recuperam, alguns deles praticamente em linha reta, com pouca volatilidade, como é o caso dos Estados Unidos, a Bolsa brasileira amarga queda de 4,2% até agora no ano em reais e 6,6% em dólares, mesmo diante de um cenário micro favorável às empresas, conforme aprofundaremos na seção de Bolsa desta publicação. Por falar em dólar, o real já desvalorizou 2,4% em relação à moeda americana em 2021.​

Na frente política, um clima de tensão entre os poderes toma conta do noticiário. O desentendimento entre Executivo, Judiciário e Legislativo também dificulta a resolução de questões econômicas (como o imbróglio dos precatórios e o avanço de reformas e privatizações no Congresso) e agrava o risco fiscal, que já era alto, e faz disparar os juros futuros e os prêmios da Renda Fixa. ​

Para se ter uma ideia mais clara, o Brasil hoje possui mais de 80% do seu PIB em Dívida Bruta, sendo uma das maiores relações de Dívida/PIB dentre os países Emergentes. Altas taxas de juros carregariam um peso enorme ao Orçamento do Brasil. O tamanho PIB do Brasil é em torno de R$8,0 trilhões atualmente. Uma taxa de juros de 10% ao ano com uma Dívida Bruta de 80% do PIB traria uma carga de juros anual em torno de R$640 bilhões.​

Nesse caso, há chances de que o aumento da tensão do clima político não se dissipe rapidamente, uma vez que as eleições presidenciais se aproximam, e historicamente carregam consigo mais volatilidade para as bolsas.​

Mas, mesmo se estivéssemos diante de um cenário temporário, a verdade é que as crises seguirão acontecendo, e sempre serão pouco previsíveis. Não existe a possibilidade de investir de maneiras completamente diferentes em períodos de tempestade e de calmaria: é necessário ter um portfólio constantemente preparado para as tempestades.​

O momento é de ter cautela, mas não de tomar decisões precipitadas. Mantenha o foco e confie em um portfólio diversificado, que possa garantir maior tranquilidade para conseguir levar o barco devagar e aproveitar as oportunidades trazidas pelo mar mais agitado. Neste ebook especial, você aprende como fazer isso. Faça o download no botão acima.

Inscreva-se

AUTORES

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2021/08/ferreirax-edited.jpg

Fernando Ferreira

Estrategista-chefe e Head do Research da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2021/05/Jennie-Li-2-e1627262708740.jpg

Jennie Li

Estrategista de Ações da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2021/08/sgavioli-3.jpg

Rodrigo Sgavioli

Head de Alocação e Fundos da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2021/07/Camila-Dolle-8926-Editar-e1627261851446.jpg

Camilla Dolle

Head de Renda Fixa da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2020/11/Caio-Megale.jpg

Caio Megale

Economista-chefe da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2020/11/Marcella-Ungaretti.jpg

Marcella Ungaretti

Head de Research ESG da XP

https://conteudos.xpi.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Paulo-Gama.gif

Paulo Gama

Analista Político da XP

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.