XP Expert

Bolsas globais mistas na véspera do FED e Brasil atento ao dado de inflação

Inflação no Brasil e decisão do Fed são alguns dos temas de maior destaque nesta terça-feira, 26/07/2022

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Áudio disponível em breve.


IBOVESPA +1,4% | 100.270 Pontos

CÂMBIO -2,5% | 5,36/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Destaque do dia

Os mercados globais acompanham de perto os lucros corporativos, de olho na decisão do Federal Reserve (Fed) amanhã, enquanto que na agenda local a divulgação do IPCA-15 de julho será o destaque.

Brasil

O bom humor com as commodities, sustentado pelo otimismo com o setor imobiliário da China e expectativas de um Fed não tão agressivo, favoreceu moedas e mercados acionários de países emergentes. Impulsionado por esse sentimento, o Ibovespa encontrou espaço para retomar os 100 mil pontos, com valorização de 1,36% no mais alto nível de fechamento (100.269,85 pontos) em mais de duas semanas, com destaque de ganhos para as blue chips, como Vale e Petrobras. Movido pelos mesmo fatores, o real se valorizou frente ao dólar e a moeda americana terminou o dia cotada a R$ 5,36 apresentando queda de -2,53%. Na Renda Fixa, os juros futuros recuaram, trazendo alívio principalmente para os vértices mais longos, que vinham adicionando prêmios devido o estresse do cenário fiscal. Em dia positivo para os países produtores de commodities, a queda nas taxas foi influenciada pela redução de mais de 2% no câmbio e bom humor no mercado externo. DI jan/23 encerrou em 13,84%;  DI jan/24 em 13,745%; DI jan/25 em 13,19%; DI jan/27 fechou em 13,14%; e DI jan/29 em 13,24%.

Ainda sobre Brasil, a inflação do IPCA-15 ganha destaque. O resultado será baixo, próximo de 0,15% segundo pesquisa da Bloomberg, reflexo dos cortes de impostos sobre os combustíveis.

Mundo

Mercados globais amanhecem mistos (EUA -0,2% e Europa +0,2%) enquanto investidores aguardam novas divulgações de resultados e a decisão de política monetária do Federal Reserve, que será divulgada amanhã. Nesta segunda-feira, o Walmart divulgou cortes em suas projeções de lucros, o que acabou escalando as preocupações do mercado em relação à alta da inflação e queda do consumo americano. Os investidores acompanham de perto os lucros corporativos, de olho na decisão do Fed. Se a economia desacelerar mais rápido do que o esperado, o Banco Central americano pode não aumentar as taxas tanto quanto o esperado. A temporada de resultados seguirá hoje com Google, Microsoft, McDonald’s, General Motors e Coca-Cola. Na China, o índice de Hang Seng (+1,7%) encerra em alta, puxado pelas ações da Alibaba e otimismo no setor imobiliário. A gigante do varejo chinês realizou um pedido de listagem primária na bolsa de Hong Kong, o que a permitiria ter acesso ao Stock Connect e, consequentemente maior acesso aos investidores locais da China. O movimento foi recebido com otimismo e as ações fecharam em alta de +4,8% na bolsa de Hong Kong. Além disso, houve uma melhora no sentimento em relação ao setor imobiliário com o anúncio de um fundo de até US$ 44 bilhões para resgatar as altamente endividadas incorporadoras do país.

Crise energética na Europa

Na Europa, a Gazprom anunciou novas reduções no fornecimento de gás natural, que deverá cair 33 milhões de metros cúbicos por dia, a partir desta quarta-feira. Segundo a estatal russa, as exportações de gás através do gasoduto Nord Stream cairão para cerca de 20% da capacidade do duto, levantando questões sobre a capacidade da Europa de evitar o fechamento de fábricas nos próximos meses. O anúncio escalou ainda mais os temores voltados a crise energética na Europa, uma vez que o fornecimento atual já se encontra em apenas 40% da capacidade normal.

Mercado em Gráfico

As principais empresas do S&P 500 estão divulgando seus números referentes ao período entre abril a junho e essa semana será a mais importante da temporada. Cerca de 50% do índice americano, equivalente a mais de US$17 trilhões de valor de mercado, divulgará seus números, com destaque para as big techs. Nomes como Microsoft, Meta e Apple apresentarão seus balanços ao longo dos próximos dias. Até o momento, das empresas do S&P 500 que já reportaram seus números, 70% apresentaram uma surpresa positiva dos lucros e 57% da receita, segundo o Bloomberg. Depois de períodos de surpresa muito acima do esperado, principalmente entre o 2T2020 e o 2T2021, para essa temporada é esperado um crescimento mais moderado nos lucros por ação do S&P 500 na ordem de 5,4%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Essa temporada de resultados será essencial para os analistas avaliarem como as companhias estão navegando um cenário bastante desafiador, com inflação em níveis recordes e a possibilidade de uma recessão econômica. Confira as expectativas para os resultados das empresas dos Estados Unidos neste trimestre.

Veja todos os detalhes

Economia

Os mercados acompanham de perto os lucros corporativos, de olho na decisão do FOMC amanhã. No Brasil, inflação do IPCA-15 ganha destaque

  • Analistas de mercado monitoram de perto as divulgações de resultados corporativos nos EUA e Europa, a fim de avaliar se a economia destas regiões estão entrando em recessão. Ontem, o Walmart alertou sobre os lucros menores pela segunda vez em 10 semanas, sinalizando uma nova deterioração na perspectiva das vendas no varejo dos EUA. De fato, a inflação alta reduz a renda disponível dos consumidores. Na mesma direção, hoje cedo o banco suíço UBS reportou resultados abaixo das previsões dos analistas. Se a economia desacelerar mais rápido do que o esperado, o Fed pode não aumentar as taxas tanto quanto o esperado. Os mercados futuros já apreçam queda de juros no próximo ano. Por outro lado, os números da inflação continuam pressionados, o que deve levar o Fed a manter uma linguagem hawkish na decisão de amanhã;
  • Os preços do petróleo e do gás estão em alta hoje devido às crescentes preocupações com o fornecimento de energia da Europa. A estatal russa Gazprom disse que as exportações de gás através do gasoduto Nord Stream cairão para cerca de 20% da capacidade do duto, levantando questões sobre a capacidade da Europa de evitar o fechamento de fábricas nos próximos meses. Os países da UE chegaram a acordo para cortar o consumo de gas em 15% durante o inverno;
  • No Brasil, a inflação do IPCA-15 é o destaque. O resultado será baixo, próximo de 0,15% segundo pesquisa da Bloomberg, reflexo dos cortes de impostos sobre os combustíveis. Os mercados, no entanto, estarão mais atentos à dinâmica da inflação de serviços, mais sensível à política monetária, que ainda rodam em patamares elevados.

Empresas

Embraer (EMBR3): Dados Operacionais do 2T22 e Principais Implicações do 2022 Farnborough Air Show

  • A Embraer (EMBR3) reportou números operacionais neutros no 2T22, com entregas de aviação comercial de 11 unidades -21% A/A (e contra nossas estimativas de 12 unidades para o 2T22E) e entregas de aviação executiva de 21 unidades +5% A/A (e contra nossas estimativas de 17 unidades), com resultados de entregas do 1S’22 representando 26% e 28%, respectivamente, do ponto médio do guidance da Embraer para entregas em 2022 (reforçando que as entregas devem ser mais concentradas no 2S’22 neste ano);
  • Do lado positivo, vemos uma melhora contínua dos números da carteira de pedidos, os US$17,8 bilhões reportados melhorando sequencialmente +3% vs. o trimestre anterior, impulsionado positivamente pela adição de oito E-175 E1s com a Alaska Air durante o Farnborough Air Show (mais detalhes sobre o evento na nota), com 20 novas unidades de E-195 E2s a serem incluídas no 3T22 com a Porter Airlines;
  • Reiteramos nossa visão positiva sobre a Embraer;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Saúde: Sírio-Libanês Irá Oferecer Planos de Saúde

  • O Hospital Sírio-Libanês passará a oferecer planos de saúde em parceria com operadoras;
  • De acordo com reportagem do Valor Econômico, os planos de saúde oferecidos pelo Sírio-Libanês serão de rede fechada e protocolos definidos, visando a redução de sinistralidade;
  • Na nossa visão, o movimento:
    • Pode ajudar o prestador a se defender dos impactos negativos causados ​​pela combinação entre a Rede D’Or (RDOR3) e a Sul América (SULA3) e;
    • Mostra o compromisso de prestadores e operadoras de saúde em promover iniciativas de coordenação do cuidado.
  • Em suma, vemos a notícia como um pouco negativa para a Rede D’Or, pois acreditamos que outros players podem fazer movimentos semelhantes para proteger seus mercados;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Data Expert | Carrinho XP: Onde os consumidores vão gastar o novo Auxílio Brasil?

  • Na edição deste mês do Carrinho XP, trazemos nossa visão sobre o potencial impacto da aprovação do aumento e da postergação do pagamento do Auxílio Brasil para as varejistas;
  • Nós não esperamos que o impacto seja relevante, com potencial de 1-2% de aumento de vendas para o setor, embora acreditemos que possa ter um efeito positivo de curto prazo em resultados, principalmente para as varejistas de alimentos e em categorias de tíquete médio baixo;
  • Nesse sentido, vemos o Assaí (ASAI3) e Grupo Mateus (GMAT3) como os mais beneficiados da nossa cobertura, já que o Atacarejo é o formato que oferece o melhor custo/benefício, em um momento de renda disponível mais pressionada, enquanto o Norte/Nordeste representam quase 60% dos beneficiários do programa;
  • Clique aqui para o relatório completo.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Após Nubank alterar rendimento de contas, N26 diz que pagará 100% do CDI a partir do 1º dia (Valor);
    • Governo quer dividendo para pagar “bondades” (Valor);
    • Investimento de private equity e venture capital soma R$ 16,5 bi no 2º tri, alta de 17,8% (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Confiança do consumidor sobe 0,5 ponto em julho ante junho, diz FGV (Estadão);
    • Com foco na eleição, governo antecipa para o dia 9 Auxílio de R$ 600 e R$ 2 mil para caminhoneiros; (Estadão);
    • Mercado Pago passa a ser oficialmente um banco digital (Estadão);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Preços devem seguir instáveis, diz USDA (Valor);
    • Os fundos continuam tirando posição do milho na CBOT com os futuros sob pressão (Reuters);
    • USDA reduz índice de lavouras de soja e milho dos EUA em boas/excelentes condições nesta 2ª (Notícias Agrícolas);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Unigel tem demanda garantida para produção de hidrogênio, diz CEO (Poder360);
    • Especialistas não veem queda brusca do petróleo com recessão econômica (Valor Econômico);
    • Petróleo fecha em alta, com dólar fraco compensando temor sobre demanda (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Walmart corta projeção de lucro à medida que a inflação reduz consumo de bens não essenciais

  • Walmart corta projeção de lucro à medida que a inflação reduz consumo de bens não essenciais;
  • Apple anuncia descontos na China;
  • Northvolt, empresa apoiada pela Volkswagen, desenvolverá baterias à base de madeira para veículos elétricos;
  • Goldman Sachs não espera crescimento de lucros para MSCI China em 2022;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

Alocação & Fundos

Principais notícias

  • Fundos Imobiliários (FIIs): confira as principais notícias
    • Dividendos de FIIs: confira os maiores pagadores de julho; HGLG11 rende 2% e lidera (InfoMoney);
    • Cotistas do BTRA11 receberão R$ 0,7000 em rendimentos (Suno);
    • Caixa é notificada pela B3 a explicar aumento de negociações em fundo imobiliário (MoneyTimes);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.

ESG

CSN Mineração lança plano de eletrificação da frota de veículos na mina Casa de Pedra | Café com ESG, 26/07

  • O mercado fechou o pregão de segunda-feira em território positivo, com o Ibov e o ISE em alta de +1,4% e +0,3, respectivamente;
  • Do lado das empresas, (i) a CSN Mineração lançou um plano de eletrificação de sua frota de veículos ligada às operações de transporte na mina Casa de Pedra, em Congonhas (MG), na corrida para reduzir emissões de carbono – atualmente, a companhia conta com uma frota de 64 veículos de grande porte, utilizados para trabalhos pesados de transporte dentro da área da mina, e mais de 200 veículos menores, responsáveis pelo carregamento de subprodutos e rejeitos; e (ii) as empresas europeias que recorrem ao carvão como alternativa ao gás russo têm sofrido um impacto em suas classificações ESG – apesar de uma crise de energia após as sanções à Rússia, os principais investidores europeus dizem que não vão relaxar seus princípios de investimento de atingir metas líquidas zero nas emissões de gases de efeito estufa até 2050 ou antes;
  • Por fim, uma pesquisa realizada pela consultoria Bain & Company com mil executivos globais do setor de energia e recursos naturais mostrou que 88% deles disseram ser fundamental para suas organizações reduzir as emissões dos escopos 1 e 2 – os dirigentes pertencem aos quadros de 125 das principais organizações do setor, sendo 20 brasileiras, que foram alvo do levantamento e atuam nas áreas de óleo e gás, utilities e energias renováveis, mineração, agronegócio e químicos. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.