XP Expert

Petrobras lucra R$ 54,3 bi no 2º trimestre e estatal distribuirá R$ 87,8 bilhões em dividendos; veja o Radar Energia XP | Julho

Criamos este relatório com notícias do setor de energia que complementam nossos comentários publicados no Morning Call.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bom dia! Neste relatório diário publicado todas as manhãs, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo falam sobre os principais assuntos, tendências e companhias que formam o setor. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo.

Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo que tem impactos diretos ou indiretos no setor; e (ii) Nossos últimos relatórios publicados.

Gostaria de receber esse conteúdo por e-mailClique aqui.
Gostou do conteúdo, tem alguma dúvida ou quer nos enviar uma sugestão? Basta deixar um comentário no final do post!

Sexta-Feira, 29 de Julho

Destaques: (i) Petrobras lucra R$ 54,3 bi no 2º trimestre e estatal distribuirá R$ 87,8 bilhões em dividendos (Valor Econômico); (ii) Leilão da CEEE-G irá ocorrer na tarde desta sexta-feira, 29 (Estado do RS); (iii) Petróleo fecha sem direção única em dia de PIB fraco nos EUA (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

ONS: carga no SIN deve subir 0,6% em agosto
A previsão da carga para o Sistema Interligado Nacional em agosto é de aumento de 0,6% na comparação com o mesmo mês do ano passado, ficando em 68.040 MW med. O percentual esperado foi revelado na reunião do Programa Mensal da Operação nesta quinta-feira, 28 de julho. (Canal Energia)

Distribuidora deve implementar novo modelo de negócio
As mudanças estruturais em curso no setor de energia estão transformando as empresas de distribuição. A partir da liberação do mercado livre, haverá divisão entre tarifas de comercialização e de distribuição. Marcos Madureira, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), afirma que as distribuidoras não encolherão como alguns preveem, apenas vão se tornar diferentes. (Valor Econômico)

Leilão da CEEE-G irá ocorrer na tarde desta sexta-feira, 29
O governo do Estado esclarece que o leilão das ações da Companhia Estadual de Geração de Energia Elétrica (CEEE-G) está mantido. O leilão irá ocorrer nesta sexta-feira (29/7), a partir das 14h, na B3, em São Paulo. A decisão liminar proferida pela Justiça Federal na tarde desta quinta-feira (28/7) não impacta a operação que será realizada, por não envolver diretamente os imóveis referidos na decisão. (Estado do RS)

Transmissão tende a ganhar destaque
O Operador Nacional do Sistema (ONS) fez um alerta sobre o descompasso entre a velocidade de expansão do parque gerador – sobretudo de fontes renováveis – e os investimentos em transmissão. Os cálculos apontam que pode haver uma sobra de potência de 5,5 GW no Norte e no Nordeste até 2026.(Valor Econômico)

MME apresenta desafios e propostas ao setor elétrico
Serviços ancilares, redução de encargos e subsídios, papel ativo do novo consumidor e a eficiência no suprimento dos sistemas isolados e remotos. Esses foram alguns dos desafios e propostas apresentadas pelo Ministério de Minas e Energia na última quarta-feira, 27 de julho, durante a abertura da Iniciativa Mercado Minas e Energia (IMME). O evento, que acontece até sexta-feira no auditório subsolo do MME, tem o propósito de discutir políticas públicas que melhorem os marcos legais do setor elétrico brasileiro, assim como de mineração, petróleo, gás e biocombustíveis. (Canal Energia)

O leilão que pode adicionar R$ 4 à ação da Eneva
O Citi acredita que a Eneva pode adicionar R$ 4 por ação ao seu valor justo caso ganhe o leilão de termelétricas a gás que o Governo vai realizar em setembro. (Brazil Journal)

O futuro da Eletrobras privatizada, na visão do JP Morgan e BTG
O JP Morgan e o BTG Pactual iniciaram hoje a cobertura da ex-estatal com preços-alvo de R$ 64 e R$ 62, um potencial de alta em relação ao preço de tela de 46% e 41%, respectivamente.  (No cenário mais otimista do JP, o papel poderia valer R$ 88, quase o dobro do que vale hoje.) (Brazil Journal)

ONS: Carga de energia cresce 0,4% em junho, para 66.447 MW médios
Segundo o ONS, o resultado de junho foi melhor do que o verificado em maio, quando apurou recuo de 0,7%. No acumulado dos últimos 12 meses, o ONS registrou alta de 1,1% em relação a igual período no ano passado.(Valor Econômico)

GE vai parar de vender turbinas eólicas no Brasil
A GE Renewable Energy — a divisão da multinacional americana focada em equipamentos para a geração de energia renovável — vai parar de produzir turbinas eólicas no Brasil, fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal. A notícia deve ser um baque para o setor de energia renovável, dado que a GE Wind era uma das maiores fornecedoras de turbinas eólicas do Brasil.  (Brazil Journal)

Ministro fala em acabar com leilão por fonte e adotar “neutralidade tecnológica”
A mudança estrutural na forma de contratação de energia foi mencionada nesta quarta-feira (27) pelo ministério de Minas e Energia, Adolfo Salchsida, e por outros integrantes do ministério em evento para tratar da melhoria dos marcos legais do setor, promovido pela pasta. (Agência Infra)

. . .

XPInc CTA

Abra a sua conta na XP Investimentos!

XPInc CTA

Assine conteúdos exclusivos aqui!

XPInc CTA

Receba conteúdos da Expert pelo Telegram!

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 108,3/Barril +1,59%

CÂMBIO

R$ 5,24/USD +0,01%

Petróleo fecha sem direção única em dia de PIB fraco nos EUA
Diante de uma recessão técnica nos EUA, por conta de um Produto Interno Bruto mais fraco, o investidor calibra sua expectativa sobre qual deve ser a demanda pela commodity nos próximos meses. (Valor Econômico)

Petrobras lucra R$ 54,3 bi no 2º trimestre
Estatal distribuirá dividendo trimestral recorde, no valor de R$ 87,8 bilhões, sendo R$ 32 bi para a União. A Petrobras anunciou ontem que vai pagar R$ 87,8 bilhões em dividendos, referentes ao segundo trimestre deste ano. O valor é recorde para um trimestre e reflete o lucro da companhia no período, que ficou em R$ 54,33 bilhões, aumento de 26,8% em relação ao registrado em igual período no ano passado, informou a companhia em comunicado ao mercado. (Valor Econômico)

Petrobras: Custo cresce 40%, mas avanço da receita compensa; lucro operacional é recorde
Lucro operacional antes do resultado financeiro e dos tributos somou R$ 96,43 bilhões, 85% maior que o do mesmo período de 2021. O custo dos produtos vendidos da Petrobras no segundo trimestre cresceu 40% em comparação com o mesmo período do ano passado e 12% em relação ao primeiro trimestre deste ano, acompanhando os maiores preços de petróleo e derivados importados. (Valor Econômico)

Alemanha vai taxar consumidor por uso de gás, para compensar restrição da Rússia
A Alemanha vai começar a repassar as altas do gás para moradores do país, com a criação de um imposto extraordinário que pode custar cerca de mil euros por ano para cada residência alemã. (Valor Econômico)

Sachsida: redução de preços com queda da ICMS é “a ponta do iceberg”
O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, afirmou durante a entrega do Premio Abradee que a queda nos preços da energia elétrica e dos combustíveis com a fixação em  lei do teto do ICMS para esses serviços é apenas “a ponta do iceberg.” Segundo o ministro, o projeto que resultou na Lei Complementar 194 foi uma da maiores contribuições estruturais do Congresso Nacional à sociedade brasileira. (Canal Energia)

Petrobras reduz preço da gasolina pela 2ª vez em menos de 10 dias
A Petrobras anunciou uma nova redução, dessa vez de 3,9%, no preço do litro da gasolina vendida às distribuidoras. O ajuste é válido a partir de sexta-feira (29/7), nas refinarias. O preço do diesel foi mantido inalterado. (epbr)

Oceaneering fecha contrato com a Petrobras
Oceaneering assinou um contrato com a Petrobras para oferecer serviços de pesquisa e de veículo submarino de operação remota (ROV) para o Aker Wayferer, uma embarcação de suporte de equipamento submarino (SESV) da AKOFS Offshore, subsidiária da Aker Solutions, informou a companhia estadunidense em comunicado na quarta-feira (27). A duração do contrato é de quatro anos, com opções para estendê-lo. (Petróleo Hoje)

Karoon inicia segunda intervenção em Baúna
Karoon deu início à segunda intervenção no campo de Baúna, na Bacia de Santos. A segunda das quatro intervenções de poço previstas para o ativo começou em julho e consiste na instalação de equipamento de gás lift no poço SPS-56. Assim como na primeira intervenção, a sonda Maersk Developer, da Maersk Drilling, está sendo utilizada na operação. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quinta-Feira, 28 de Julho

Destaques: (i) Saída do mercado regulado deve reduzir conta de luz (Valor Econômico); (ii)ONS registra seis recordes de geração eólica e solar em dois dias(Canal Energia); (iii) Petrobras aprova ‘diretriz’ que permite a conselho discutir preços (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Saída do mercado regulado deve reduzir conta de luz

É uma questão de tempo – que pode ser acelerado caso o Congresso aprove principalmente o PL 414 – até que a maioria dos consumidores brasileiros possa escolher qual será sua fornecedora de energia elétrica. (Valor Econômico)

ONS registra seis recordes de geração eólica e solar em dois dias

Produção média dos aerogeradores nordestinos apresentou seu melhor resultado no ano e painéis fotovoltaicos se destacaram no Nordeste e no SIN. (Canal Energia)

Bandeiras antecipam custos, mas todos precisariam pagar, avaliam distribuidoras

Com fontes eólicas e solares em alta e o regime hidrológico difícil de prever, o acionamento do mecanismo continuará importante e ainda mais caro. (Valor Econômico)

Distribuidora deve implementar novo modelo de negócio

As mudanças estruturais em curso no setor de energia estão transformando as empresas de distribuição, que ainda são as grandes fornecedoras do mercado cativo porque acumulam tarifas de venda e de distribuição. (Valor Econômico)

Transmissão tende a ganhar destaque

O Operador Nacional do Sistema (ONS) fez um alerta sobre o descompasso entre a velocidade de expansão do parque gerador – sobretudo de fontes renováveis – e os investimentos em transmissão. (Valor Econômico)

Pulverizado, setor da microgeração consolida alta

Em 2018 havia 35.300 unidades geradoras de energia até 75 kW. Apenas em 2021, entraram em operação mais 290.154 sistemas. (Valor Econômico)

Grandes consumidores aceleram transição com fontes eólica e solar

Inciativas relacionadas às práticas ESG ajudam a impulsionar o mercado. (Valor Econômico)

Pequenos fazem consórcios para sair do segmento cativo

Gestoras de energia ajudam pequenas empresas a entrar no segmento livre e reduzir despesas. (Valor Econômico)

Para especialista, eficiência energética deve ser prioridade

Para Edvaldo Santana, ex-Aneel, o mercado livre é dotado de potencial para promover uma transformação radical na maneira de comprar e consumir energia. (Valor Econômico)

Setor privado alonga prazo e financia energia

Aumento do custo no BNDES e amadurecimento do mercado favoreceram uso de novos instrumentos de financiamento. (Valor Econômico)

País já tem 54 projetos eólicos para o mar

Propostas para geração de energia na costa marítima (offshore) totalizam capacidade de 133,3 gigawatts (GW) de potência. (Valor Econômico)

Indústria de máquinas identifica oportunidades na expansão do mercado livre

A transição energética e o incentivo ao uso de fontes renováveis têm impulsionado negócios. (Valor Econômico)

Incertezas marcam desfecho de leilão emergencial

Abrace alerta que recursos de usinas estão sem análise a cinco dias do fim do prazo para iniciar operação. (Valor Econômico)

Neoenergia busca parceiros para transmissão e renováveis

A companhia também pretende se desfazer de ativos nos próximos seis a 12 meses. (Valor Econômico)

Energia eólica e solar no NE pode gerar 2 milhões de empregos

Plano Nordeste Potência busca produzir mais energia com fontes renováveis e aumentar o volume de água no rio São Francisco. (Valor Econômico)

Furnas vence licitação para venda de certificados de energia renovável ao Banco do Brasil

A ideia é compensar emissões de gases de efeito estufa gerados pelo consumo de energia elétrica do banco. (Valor Econômico)

Spic Brasil fecha acordo para construção de dois parques solares no NE

Parceria com a Canadian Solar prevê 438 MW e R$ 2 bilhões em investimentos. Operação deve iniciar no final de 2023. (Canal Energia)

Renova conclui venda de projetos eólicos para AES Brasil

Unidade Produtiva Isolada Cordilheira dos Ventos rendeu R$ 42 milhões para a empresa que passa por recuperação judicial. (Canal Energia)

Moody’s prevê recuo na busca por hidrelétricas a partir de 2022

Segundo análise, custos e incertezas devido a mudança climática motivam previsão. (Canal Energia)

Angra 2 volta ao SIN após parada de 45 dias

Central nuclear passou por reabastecimento de combustível e manutenção. (Canal Energia)

Sachsida fala em entregar dez projetos de lei ao próximo governo

Ministro participou ao lado de Paulo Guedes e Joaquim Leite do evento Iniciativa Mercado de Minas e Energia. (Canal Energia)

GE vai parar de vender turbinas eólicas no Brasil

A GE Renewable Energy — a divisão da multinacional americana focada em equipamentos para a geração de energia renovável — vai parar de produzir turbinas eólicas no Brasil, fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal. (Brazil Journal)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 108,3/Barril +1,59%

CÂMBIO

R$ 5,24/USD +0,01%

Petróleo fecha em alta com redução na oferta e dólar mais fraco

O contrato do petróleo Brent para outubro fechou a sessão com valorização de 2,2%, a US$ 101,67 por barril, enquanto o do WTI americano para o mesmo mês avançou 2,4%, a US$ 97,26 por barril. (Valor Econômico)

Petrobras aprova ‘diretriz’ que permite a conselho discutir preços

Petrobras anuncia diretriz que mantém política de preços com diretoria-executiva, mas aproxima conselho de administração do tema.(Valor Econômico)

Participação do conselho da Petrobras na política de preços é boa para a governança, dizem especialistas

Especialistas em governança e advogados veem o anúncio feito hoje pela Petrobras, da aprovação de uma diretriz sobre os preços dos combustíveis, sob diferentes ângulos, mas em geral de forma positiva.(Valor Econômico)

Alemanha aprova € 177 bilhões para energias limpas

O plano do governo também prevê o investimento de € 20 bilhões para expandir o setor de hidrogênio e reduzir as emissões industriais de carbono.(Valor Econômico)

Petrobras vai investir R$ 1 bilhão para compensar multas por descumprimento de conteúdo local

De acordo com a Petrobras, a conversão das multas em previsões de investimentos vai resultar em redução no passivo de R$ 639 milhões.(Valor Econômico)

Rússia cumpre promessa e diminui para 20% o fluxo de gás para a Europa

Novo corte segue a tendência de Moscou de diminuir os envios para países que sancionaram os russos por conta da invasão da Ucrânia.(Valor Econômico)

Equinor tem resultado acima do esperado, sustentado por altos preços do gás

A petrolífera estatal norueguesa disse que o lucro ajustado subiu de 4,64 bilhões de euros há um ano para 17,5 bilhões de euros. (Valor Econômico)

Petrobras nega que tenha suspendido processo de venda do Campo de Albacora

Segundo a companhia, não há decisão de suspender o processo de desinvestimento, negando informações veiculadas na mídia. (Valor Econômico)

Usinas veem ‘novos ataques’ do Ministério de Minas e Energia ao RenovaBio

Empresas avaliam que descarbonização da matriz energética e benefícios socioeconômicos dos biocombustíveis estão em segundo plano. (Valor Econômico)

Copa Energia lança 1º relatório de sustentabilidade após fusão da Copagaz com Liquigás

A empresa tem metas de em médio e longo prazo continuar investindo na distribuição do GLP, além da produção e comercialização de novas fontes de energia limpa e renovável e diversificar matriz energética. (Valor Econômico)

Oceaneering fecha contrato com a Petrobras

Companhia fornecerá serviços de pesquisa e de ROV para o Aker Wayferer, embarcação da AKOFS Offshore. (Petróleo Hoje)

Transocean firma novo contrato com Petrobras

Unidade, que irá operar com dedicação exclusiva ao campo de Mero, é afretada com taxa diária acima de US$ 350 mil/dia. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quarta-Feira, 27 de Julho

Destaques: (i)Petrobras fica com Albacora (Petróleo Hoje); (ii)Com aval da Aneel, novo leilão de energia pode atrair R$ 3,2 bi (Valor Econômico); (iii) Demanda de diesel pode superar oferta em setembro, novembro e dezembro, diz IBP (Valor Econômico) .

Elétricas e Saneamento

Com aval da Aneel, novo leilão de energia pode atrair R$ 3,2 bi

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem a minuta de edital para novo leilão de linhas de transmissão de energia, previsto para 16 de dezembro. (Valor Econômico)

Furnas tem recurso negado e pagará multa por interrupções em linha de transmissão

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve uma multa que supera os R$ 26 milhões a Furnas, subsidiária da Eletrobras, após negar um recurso da empresa que pedia a revogação de multa por conta de interrupções na Linha de Transmissão Itumbiara – Rio Verde. (Broadcast)

MME abre consulta pública para ampliar limites de migração para mercado livre de energia

Proposta prevê que todos os consumidores atendidos em alta tensão possam optar pela compra de energia elétrica de qualquer supridor a partir de 1º janeiro de 2024. (Valor Econômico)

Neoenergia tem lucro de R$ 1,1 bi no segundo trimestre

A Neoenergia registrou lucro de R$ 1,1 bilhão no segundo trimestre de 2022, aumento de 7% em relação a igual período no ano passado, segundo o resultado trimestral da empresa divulgado na noite de ontem. (Valor Econômico)

Aneel usa crédito tributário para reduzir tarifa em MS e MT

Os clientes da EMS terão a redução média de 1,38% no valor da energia consumida e os da EMT contarão com a queda de 1,38% em média. (Valor Econômico)

Setor de energia e recursos naturais prevê reduzir em 28% suas próprias emissões de CO²

Meta seria alcançada até 2030, segundo pesquisa realizada pela consultoria Bain com 1 mil executivos de 125 grandes empresas da área em todo o mundo. (Valor Econômico)

Energisa registra alta de 1,4% no consumo total de energia no 2º trimestre

No trimestre, as classes que mais contribuíram para o resultado foram as classes comercial, outros e industrial. (Canal Energia)

Aneel confirma desligamento de comercializadora por inadimplência

A Agência Nacional de Energia Elétrica manteve o desligamento da Ideal Energia Comercializadora do quadro de associados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. O pedido de revisão da penalidade apresentado pela empresa foi negado nesta terça-feira, 26 de julho. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,9/Barril +0,46%

CÂMBIO

R$ 5,35/USD +0,00%

Petróleo fecha em queda após interromper sequência de perdas na sessão de ontem

Os temores de recessão, que vêm pressionando os preços da commodity, voltam a pesar sobre o humor dos investidores. (Valor Econômico)

Petrobras fica com Albacora

Sem conseguir chegar a um acerto de preço para venda do ativo, petroleira encerrará negociações. (Petróleo Hoje)

Petrobras não vê entraves para atender União com dividendos

O governo fez o pedido por maiores dividendos à Petrobras e a outras grandes estatais – BNDES, Caixa e BB – como forma de cobrir a conta de despesas fixadas pela chamada PEC das Benesses. (Valor Econômico)

Venda de petróleo para os EUA cresce 54% no 1º semestre

Sanções à Rússia favorecem produto brasileiro e valor exportado sobe 121%, mostra Amcham. (Valor Econômico)

Combustível recua e prévia da inflação desacelera em julho

Os cortes recentes de impostos em itens de peso na cesta do consumidor ajudaram a trazer, conforme esperado, alívio para a prévia da inflação de julho, que contou ainda com o arrefecimento nos preços de bens industriais. (Valor Econômico)

Alvo de Bolsonaro, política da Petrobras vira trunfo do governo

Governo federal busca agora se beneficiar do que o presidente chamou, há menos de três meses, de “estupro” cometido pela estatal. (Valor Econômico)

Valor Inovação: Petrobras é a sexta mais inovadora e foca em soluções de baixo carbono

A aposta da estatal petroleira é em tecnologias para descarbonizar operações, aumentar a segurança e a produção, com apoio de robôs, supercomputadores e alta conectividade. (Valor Econômico)

Demanda de diesel pode superar oferta em setembro, novembro e dezembro, diz IBP

No entanto, o boletim de monitoramento do abastecimento, divulgado pelo Instituto Brasileiro do Petróleo e do Gás, aponta que o déficit poderá ser suprido com os atuais estoques do país. (Valor Econômico)

Rússia manterá fluxo de gás para a Europa em níveis mínimos, dizem fontes

A Rússia está usando as interrupções no gasoduto Nord Stream para aumentar a pressão política sobre os líderes europeus, a fim de que reconsiderarem as sanções que impuseram ao país. (Valor Econômico)

UE aprova plano para reduzir consumo de energia em 15%

Acordo acontece um dia depois que as exportações de gás através do gasoduto Nord Stream para a Alemanha pela empresa russa Gazprom caíram para 20% da capacidade total. (Valor Econômico)

Eneva irá perfurar novo poço produtor em Gavião Caboclo

Revisão do plano de desenvolvimento aprovado pela ANP prevê nova perfuração em 2023. (Petróleo Hoje)

ANP aprova prorrogação contratual de Lorena

Operado pela PetroReconcavo na Bacia Potiguar, o campo terá o contrato estendido até 2052.(Petróleo Hoje)

Diretor da ANP pede vistas sobre proposta que eleva estoques de diesel

O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Fernando Moura, fez um pedido de vistas sobre a minuta de resolução da agência que visa aumentar temporariamente o volume obrigatório de estoques operacionais de diesel S10 para produtores e distribuidores com mais de 8% de participação no mercado nacional. (Broadcast)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Terça-Feira, 26 de Julho

Destaques: (i) Unigel tem demanda garantida para produção de hidrogênio, diz CEO (Poder360); (ii) Especialistas não veem queda brusca do petróleo com recessão econômica (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em alta, com dólar fraco compensando temor sobre demanda (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Unigel tem demanda garantida para produção de hidrogênio, diz CEO
Petroquímica lança nesta 3ª feira (26.jul) pedra fundamental da 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil, com operação em 2023. A petroquímica Unigel deve ter demanda para todas as 60.000 toneladas de amônia verde produzidas em sua fábrica em Camaçari, na Bahia. É o que afirma o CEO, Roberto Noronha, em conversa com jornalistas na 2ª feira. (Poder360)

Transformações elétricas
A forma como a Eletrobras se organizará para a empreitada também implicará mudanças de paradigma Desde 2015 a transição energética é tema de seis em dez grandes eventos realizados no Brasil. Mas, neles, é rara a preocupação em adaptar o sistema elétrico à acelerada e conveniente mudança na matriz. Fica a compreensão de que a construção de linhas de transmissão seria o suficiente. Não é. É uma condição necessária, mas não suficiente. A flexibilidade, hoje um atributo não valorado, é o fator crítico para garantir confiabilidade. (Valor Econômico)

EPE divulga NT com sensibilidades What If do PDE 2031
A Empresa de Pesquisa Energética divulgou a nota técnica “Estudos Complementares de Geração Centralizada de Energia Elétrica – Sensibilidades What If” do PDE 2031”. Uma das análises what if, a que considerou diferentes históricos de vazões para a geração dos cenários hidrológicos sintéticos, alertou sobre a disponibilidade de recursos para o atendimento simultâneo aos diferentes usos da água, em especial nos cenários  críticos, reforçando a importância de ações coordenadas entre os vários setores da economia, além de aprofundamento sobre as restrições operativas das UHEs. (Canal Energia)

Justiça do RJ barra termelétricas flutuantes na Baía de Sepetiba
A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão imediata da instalação e operação de quatro usinas termelétricas flutuantes (UTEs), que seriam instaladas na zona portuária da Baía de Sepetiba, no Rio, pela empresa turca Karpowership. A juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, Georgia Vasconcellos da Cruz, instituiu multa diária de R$ 50 mil por descumprimento. (Valor Econômico)

CTG Brasil anuncia hub de hidrogênio verde no Porto de Suape
A CTG Brasil em parceria com o Departamento Nacional do Senai, Senai Pernambuco e o Governo do Estado lançaram nesta segunda-feira, 25 de julho, o TechHub Hidrogênio Verde, na Casa da Indústria, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. A iniciativa concentrará em Suape a implementação de projetos inovadores focados na produção, transporte, armazenamento e gestão de hidrogênio verde (H2V). Juntos, os projetos receberão inicialmente investimentos de até R$ 45 milhões. (Canal Energia)

Lightsource bp e América Energia assinam PPA solar no Ceará
A britânica Lightsource bp firmou um contrato de compra e venda de energia de 15 anos com a América Energia, comercializadora independente com média de 600MW mensais no mercado livre brasileiro. O PPA (Power Purchase Agreement) servirá para financiar parte da planta solar de Milagres (210MWp), localizada em Abaiar (CE), com a energia sendo oferecida a pequenas empresas a custos competitivos. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta, com dólar fraco compensando temor sobre demanda
Os contratos futuros do petróleo fecharam a sessão desta segunda-feira (25) em alta, recebendo algum suporte de mais uma desvalorização do dólar. Os investidores seguem aguardando a decisão referente à taxa de juros americana do Federal Reserve (Fed, o BC dos Estados Unidos), em meio aos temores de que o aperto monetário agrave a desaceleração econônima e prejudique a demanda da commodity. (Valor Econômico)

Especialistas não veem queda brusca do petróleo com recessão econômica
Os temores de uma recessão global ao fim deste ano se intensificaram nas últimas semanas, e levaram a uma redução da pressão que mantinha o preço do barril de petróleo acima dos US$ 100 desde março. Especialistas acreditam, no entanto, que mesmo em uma eventual desaceleração da economia global, o barril dificilmente terá uma queda significativa e é que o atual cenário não deverá refrear os investimentos. (Valor Econômico)

Rússia reduz ainda mais o envio de gás à Europa
A Rússia vai reduzir ainda mais o fornecimento de gás natural à Europa nesta semana, e a decisão levanta novas perguntas sobre como manter a indústria funcionando e como suportar as baixas temperaturas no próximo inverno. A estatal russa de energia Gazprom informou que o envio de gás para a Alemanha cairá em cerca de 20%, devido a problemas em turbinas, preços aumentaram 12% ontem. (Valor Econômico)

3R Petroleum devolve novo bloco offshore
A 3R Petroleum devolveu um bloco na Bacia do Ceará, encerrando as atividades exploratórias offshore na região. Cinco meses após entregar o POT-M-475, a petroleira optou por não prosseguir com os trabalhos no CE-M-603, ambos arrematados na 11ª Rodada da ANP, em 2013. (Petróleo Hoje)

Gasolina cai 17,4% em julho; veja ranking por Estados e cidades
Em trajetória de queda nas últimas semanas por conta da redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o preço médio da gasolina no Brasil já acumula queda de 17,4% no mês de julho, segundo dados da ANP (Agência Nacional de Petróleo). (Valor Econômico)

Petrobras estuda antecipar distribuição de dividendos após pedido do governo
A Petrobras estuda antecipar a distribuição de dividendos a seus acionistas relativos aos resultados financeiros deste ano. De acordo com fontes ligadas ao alto comando da estatal, a estratégia é ajudar no reforço de caixa do governo federal. (Valor Econômico)

Centro-Oeste assume a liderança na produção de etanol
O Centro-Oeste tornou-se a maior região produtora de etanol do país em 2022. Com 3,025 milhões de m³ ofertado até maio, a região desbancou o Sudeste. São Paulo, no entanto, permanece como o maior estado produtor do biocombustível. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Segunda-Feira, 25 de Julho

Destaques: (i) Unigel constrói primeira fábrica de hidrogênio verde no Brasil (Estadão); (ii) Preço da gasolina cai pela 4ª semana e já está abaixo de R$ 6 por litro (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha sessão em queda com temores sobre a demanda, mas sobe na semana (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Unigel constrói primeira fábrica de hidrogênio verde no Brasil
Uma das maiores indústrias químicas da América Latina e líder em segmentos como fertilizantes e amônia, a Unigel vai investir US$ 120 milhões (cerca de R$ 650 milhões) na construção da primeira fábrica brasileira de hidrogênio verde, produto que substitui combustíveis fósseis. O plano é que a planta seja, em princípio, a maior do mundo. (Estadão)

“Mercado livre se tornou ‘camarote’ do setor elétrico”
Para o presidente da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia, Rodrigo Ferreira, benefícios do mercado livre são restritos a 0,03% dos consumidores. Mais do que proporcionar a abertura do mercado livre para todos os consumidores, o projeto de lei 414/2021 deve ter como objetivo acabar com o “camarote” que se tornou a modalidade, na avaliação da Associação Brasileira de Comercializadores de Energia (Abraceel). (Valor Econômico)

Aneel fixa repasse de CDE da Eletrobras para distribuidoras
A Agência Nacional de Energia Elétrica fixou os valores dos recursos da Conta de Desenvolvimento Energético referentes aos valores aportados pela Eletrobras que deverão ser repassados para as distribuidoras. A Enel São Paulo ficará com o maior valor, de R$ 553.985.132,59. O fator de rateio ficou em 10,5%. (Canal Energia)

Aegea mira leilões de novas concessões nos Estados do RS e do CE
A Aegea Saneamento, que nos últimos anos se consolidou como maior grupo privado do setor, planeja participar de novos leilões. A empresa se prepara para disputar as Parcerias Público Privadas (PPPs) no Ceará, que deverão ser licitadas em setembro deste ano, e manifesta interesse em novos projetos no Rio Grande do Sul, disse ao Valor, Radamés Casseb. (Valor Econômico)

Previsão melhora e carga deve subir 1,8% em julho
A carga no Sistema Interligado Nacional deve terminar o mês de julho com aumento de 1,8% na comparação com o aferido em julho de 2021. O valor está acima da última previsão, de aumento de 1,2%.  (Canal Energia)

Light: Retorno de créditos ao consumidor agrava a crise
O mercado começa a se questionar qual será a decisão tomada pelos controladores da Light, cuja área de concessão abrange a segunda mairo cidade do país, o Rio de Janeiro, Alguns bancos e consultorias apontam que a devolução do ativo pode ser o melhor negócio. (Agência Infra)

CPFL Energia desiste de participar do leilão da CEEE-G
A CPFL Energia desistiu de participar do leilão de privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica-Geração (CEEE-G). O certame está previsto para ocorrer no dia 29 deste mês, na B3, em São Paulo, por um valor mínimo de R$ 837 milhões. (Valor Econômico)

Comerc conclui compra de usinas fotovoltaicas da Energea Global, por R$ 209 milhões
A Comerc Energia concluiu nessa sexta-feira (22) a aquisição de usinas fotovoltaicas localizadas em Minas Gerais, detidas pela Energea Global, com o pagamento de R$ 209,2 milhões em valores corrigidos. A compra das usinas foi anunciada em maio. (Valor Econômico)

Engie animada com setor de transmissão
Depois de arrematar lote 7, companhia analisa oportunidades nos próximos leilões e M&A’s dê olho na pressão sobre a cadeia de fornecedores e possível escassez de mão de obra qualificada no futuro. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Bolsonaro vai a posto para fiscalizar preços dos combustíveis e diz esperar que Petrobras faça novas reduções
Ao comentar acusações de que interfere na empresa, presidente diz que é acionista “dos que mais têm ações” e que, por isso, conversa e dá sugestões. (Valor Econômico)

Com guerra, Rússia passa a vender mais petróleo para China e Brasil “perde” o mercado asiático
As sanções impostas à Rússia pela União Europeia e os Estados Unidos depois da invasão à Ucrânia tiverem efeito colateral no Brasil e levaram a uma forte queda nas exportações de petróleo do país no primeiro semestre. A redução é causada pela menor compra do óleo brasileiro pela China, que, historicamente, é o principal destino da produção do pré-sal. (Valor Econômico)

Petróleo fecha sessão em queda com temores sobre a demanda, mas sobe na semana
Os contratos futuros do petróleo fecharam a sessão em queda, mas se mantiveram em alta no acumulado da semana, recebendo suporte da desvalorização do dólar frente às principais moedas globais nos últimos dias. (Valor Econômico)

Preço da gasolina cai pela 4ª semana e já está abaixo de R$ 6 por litro
O preço da gasolina caiu mais 2,9% nos postos brasileiros esta semana, voltando ao patamar equivalente ao registrado em abril de 2021, em valores corrigidos pela inflação. É a quarta semana seguida de queda, com redução acumulada de 20,3%. (Valor Econômico)

Eneva cria ‘hubs’ de gás natural para novos negócios
A Eneva quer contratar até 1 gigawatt (GW) de novas térmicas no Norte do país, estuda novos projetos de geração e busca novos clientes de gás natural, dentro de sua estratégia de monetizar suas reservas e diversificar receitas.(Valor Econômico)

Produção da Petrobras cai no 2T22
A produção total da Petrobras no segundo trimestre de 2022 foi de 3,55 milhões de boed, totalizando um decréscimo de 2,9% em comparação ao primeiro trimestre. Desse total, 73% pertence a produção no pré-sal, que foi de 1,94 milhão boed. (Petróleo Hoje)

Petrobras libera RFI para FPSOs próprios
A Petrobras lançou RFIs (Request for Information) para  verificar o interesse do mercado em relação a possíveis mudanças no processo de contração de seus FPSOs próprios, destinados especificamente a projetos com alto teor de CO2. (Petróleo Hoje)

Geração de energia na Petrobras cai 68% no segundo trimestre
Com a melhora nos níveis dos reservatórios, a geração de energia elétrica pela Petrobras apresentou redução de 68% no segundo trimestre em relação ao anterior e de 83% na comparação anual. Melhora nos níveis dos reservatórios também reduziu vendas de gás natural para termelétricas. Produção de óleo e gás caem 5% em média. (Canal Energia)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Sexta-Feira, 22 de Julho

Destaques: (i) Produção de petróleo e gás natural da Petrobras cai 5% no 2º trimestre. (Valor Econômico); (ii) Energia solar térmica, potencial reprimido. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em queda em dia de aperto monetário na Europa e retomada de gasoduto russo. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Energia solar térmica, potencial reprimido
Nações vão percebendo cada vez mais a importância dessa fonte limpa e inesgotável. Considerando os significativos ganhos econômicos e ambientais, é animador observar que, em 2021, o Brasil foi o segundo país no qual mais cresceu a utilização da energia solar térmica, com expansão de 28% em relação a 2020. (Valor Econômico)

Harmonização de regras será grande desafio para concessões, aponta estudo
A uniformização das regras aplicáveis às concessões do setor elétrico será o grande desafio do debate sobre a renovação de 129 outorgas de geração, transmissão e distribuição que vencerão nos próximos dez anos. É o que mostra estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas, que mapeou a multiplicidade de leis e de regimes regulatórios criados no país a partir da década de 1990, em projeto de Pesquisa e Desenvolvimento da EDP Energias do Brasil. (Canal Energia)

MME diz que diretrizes para renovação de contrato de distribuição saem este ano
O Ministério de Minas e Energia (MME) espera ter prontas e divulgadas até o fim do ano as diretrizes para a renovação de concessões de distribuidoras de energia elétrica que vencerão a partir de 2024, disse hoje o chefe da Assessoria Especial de Assuntos Econômicos do MME, Gustavo Manfrim. (Valor Econômico)

Hidrelétrica de São Roque, controlada pela Nova Participações, entra em operação
Depois de 11 anos em construção e R$ 1,1 bilhão investidos, a última hidrelétrica com reservatório entrou em operação comercial no Brasil. A usina de São Roque, no Rio Canoas, entre os municípios de Vargem (SC) e São José do Cerrito (SC), deve adicionar 142 megawatts (MW) de capacidade instalada ao sistema elétrico brasileiro. (Valor Econômico)

Modernização de UHEs agregaria 4,7 GW ao Brasil, afirma BID
A modernização de hidrelétricas poderia resultar em 4,7 GW de energia adicional ao sistema elétrico brasileiro. A estimativa do Banco Inter-Americano de Desenvolvimento (BID) é uma das principais propostas que derivam de um trabalho feito nos últimos oito meses em parceria com a Empresa de Pesquisa Energética e o Fórum Econômico Mundial (WEF), que criaram um grupo de trabalho para identificar as oportunidades de aportes estratégicos em energia sustentável no Brasil. (Canal Energia)

Aneel libera operação de empreendimentos que somam 57,3 MW de capacidade
A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou para início da operação comercial, a partir de 20 de julho, unidades geradoras da CGH Enxadrista, com 1 MW de capacidade instalada, além de UG da UHE São Roque, com 47,3 MW e da UTE Luiz Oscar Rodrigues de Melo (Antiga Linhares), com 9 MW. Juntos, os empreendimentos somam 57,3 MW de capacidade instalada. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda em dia de aperto monetário na Europa e retomada de gasoduto russo
Preocupação com uma economia global abalada por apertos monetários também cresce entre os investidores, com balanços corporativos e dados econômicos mostrando um esfriamento da atividade. (Valor Econômico)

Produção de petróleo e gás natural da Petrobras cai 5% no 2º trimestre
Segundo a petroleira, a produção de petróleo, gás natural e líquido de gás natural (LGN) da companhia ficou em 2,6 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/dia), no período. Queda de 5% em relação a igual período no ano passado, informou a petroleira nesta quinta-feira (21). A queda na produção já estava prevista e não impacta a meta anual, disse a petroleira, em comunicado ao mercado divulgado nesta quinta. (Valor Econômico)

União vai manter indicação na Petrobras de executivos rejeitados
O Ministério de Minas e Energia (MME) confirmou que a União vai insistir na indicação de dois candidatos ao conselho de administração da Petrobras que haviam sido rejeitados pelo Comitê de Elegibilidade (Celeg) da companhia. O comitê identificou conflito de interesses na indicação do número dois na hierarquia da Casa Civil da Presidência, Jônathas de Castro, e do procurador-geral da Fazenda Nacional (PGFN), Ricardo Alencar. (Valor Econômico)

Consumidor pode levar até 6 dias para sentir redução na gasolina
Isso porque distribuidoras e postos têm estoques de produtos com as cotações antigas e, até que os volumes sejam substituídos, os preços seguirão refletindo a média mais alta das negociações anteriores. Segundo fontes, pode levar de cinco a seis dias para que os consumidores sintam uma redução efetiva da gasolina nas bombas. (Valor Econômico)

Retomada de gasoduto Nord Stream traz alívio a empresas de energia e indústria da Europa
Mesmo assim, algumas empresas de setores intensivos em energia, como a química e a produção de vidro, ainda estão ocupadas elaborando planos para reduzir sua dependência do gás russo, com a ameaça de Moscou diminuir ou cortar os fluxos nos próximos meses ainda pairando sobre a Europa. (Valor Econômico)

Petrobras pode se tornar alavanca da transição energética em eventual governo Lula, diz analista da Control Risks
O analista de Riscos Políticos e ESG do escritório do Cone-Sul da consultoria Control Risks, Gabriel Brasil, afirma que a companhia pode ser utilizada como instrumento de uma política externa baseada nas credenciais verdes do Brasil. “Se confirmado o favoritismo de Lula em outubro, vislumbramos um pouco menos a política de preços e mais a política de investimentos da Petrobras em 2023”, disse o executivo. (Petróleo Hoje)

BOLSONARO SOBRE PETROBRAS: NÃO ESTAVA TENDO VIÉS SOCIAL PREVISTO EM LEI
Em tom de comemoração com a mais recente queda dos combustíveis anunciada pela Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 21, que a estatal “não estava tendo viés social previsto em lei”. Foi a primeira vez que o presidente se referiu à suposta falta de aplicação da função social da empresa no passado. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quarta-Feira, 20 de Julho

Destaques: (i) Petrobras reduz preço da gasolina em 5% (Valor Econômico); (ii) Energia solar se torna a terceira maior fonte da matriz elétrica brasileira (Valor Econômico); (iii) Petrobras marca AGE sem 2 nomes do governo (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Energia solar se torna a terceira maior fonte da matriz elétrica brasileira

A energia solar fotovoltaica ultrapassou a potência instalada das termelétricas de gás natural e de biomassa, perdendo só para hidrelétricas e eólicas. (Valor Econômico)

A ‘nova’ Eletrobras entra no radar dos analistas e no clube das 10 mais valiosas da bolsa

Os analistas voltaram. Depois de uma quarentena autoimposta, os bancos aos poucos retomam a cobertura da “nova” Eletrobras, agora privatizada. (Valor Econômico)

Resolução altera condições para operação de estações hidrológicas

Norma que vai vigorar a partir de janeiro de 2023, substituindo a resolução conjunta nº3, tem como uma das principais alterações a atribuição à ANA da fiscalização do uso de recursos hídricos por usinas até 5 MW. (Canal Energia)

Âmbar deve somar R$ 1,2 bilhão de investimentos em GD até 2025

Empresa também atua para implantar meta net zero do grupo J&F até 2040. (Canal Energia)

Normas de geração são consolidadas pela Aneel

Agência finalizou processos sobre outorgas e reuniu regras para acompanhamento de concessões hidrelétricas.(Canal Energia)

Aneel aprova consulta para leilão de capacidade de setembro

Contribuições serão recebidas por 15 dias, para que a agência consiga cumprir o prazo de publicação do edital. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta impulsionado pela desvalorização do dólar

Preço da commodity foi beneficiado pela desvalorização do dólar e temores de que a Opep seja incapaz de aumentar significativamente sua produção. (Valor Econômico)

Petrobras reduz preço da gasolina em 5%

Especialistas avaliam que a decisão era esperada, que segue a lógica da política de paridade de preços internacional (PPI). (Valor Econômico)

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias a partir de amanhã

A Petrobras vai reduzir o preço médio de venda da gasolina nas refinarias às distribuidoras a partir de amanhã. Com isso, o preço médio da gasolina passará de R$ 4,06 para R$ 3,86 por litro. (Valor Econômico)

Gasolina vendida pela Petrobras está próxima à paridade internacional, diz StoneX

O preço do diesel vendido pela Petrobras nas refinarias está 4,6% acima da paridade internacional levando em consideração as cotações da manhã de hoje, de acordo com os cálculos da consultoria StoneX. (Valor Econômico)

Redução no litro da gasolina deve atingir R$ 1,75, prevê Sachsida

O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, prevê que o conjunto de medidas adotadas pelo governo federal e pelo Congresso já garante redução média de R$ 1,50 no litro da gasolina. (Valor Econômico)

Redução dos preços da gasolina deve corresponder a queda média de R$ 0,15 nas bombas, diz Fecombustíveis

Redução seria mais limitada porque o anúncio da Petrobras refere-se à gasolina do tipo A, enquanto a vendida nos postos é a do tipo C, com adição de 27% de etanol. (Valor Econômico)

Petrobras marca AGE sem 2 nomes do governo

Assembleia, fixada para 19 de agosto, pode ser judicializada caso União insista em reapresentar nomes vetados ao conselho de administração. (Valor Econômico)

Diesel russo no Brasil: por que os planos do governo de trazer o combustível até agora não deram certo

Dificuldades em realizar o pagamento e para obter licença estão entre os obstáculos à importação. (Valor Econômico)

Carros elétricos: o Brasil na contramão?

Além de dar subsídio à gasolina, país não incentiva transição para um transporte sem emissões. (Valor Econômico)

Debêntures da Petrobras que podem ser recompradas equivalem a R$ 7,5 bilhões

As debêntures da Petrobras que podem ser adquiridas no âmbito do plano de recompra somam R$ 7,5 bilhões a preços de mercado, o equivalente a menos de 5% do endividamento bruto da companhia de petróleo, informou a companhia ao Valor nesta terça-feira. (Valor Econômico)

Heftos e Trident Energy renovam contrato por mais 12 meses

Por R$ 131 milhões, companhias estendem o contrato de prestação de serviços offshore nas plataformas PPM-1, PCE-1, P-8 e P-65, que operam nos polos Pampa e Enchova, localizados na Bacia de Campos. (Petróleo Hoje)

Equinor retoma produção em Peregrino

Após dois anos de interrupção, ativo retorna em vias de inaugurar novo sistema de produção. (Petróleo Hoje)

Petrorio em busca de benefícios fiscais para a revitalização de Frade
A petroleira carioca solicitou ao Ministério de Minas e Energia (MME) prioridade para que o projeto possa ser enquadrado no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento de Infraestrutura (REIDI). (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Terça-Feira, 19 de Julho

Destaques: (i) Hidrelétricas reversíveis voltam à discussão. (Canal Energia); (ii) Gazprom alega motivos de “força maior” para reduzir fornecimento de gás para empresas da Europa. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em alta superior a 5% em dia de dólar fraco e menor temor por recessão. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Saneamento demanda solução integrada
Apesar da abundância, a água está em risco até mesmo no Brasil, país que concentra perto de 12% da água doce do planeta. Fatores como mudança climática e desequilíbrio entre disponibilidade e consumo exigem integração de esforços entre governos, empresas de água, consumidores agrícolas, industriais e comerciais e sociedade civil para encontrar a melhor solução. (Valor Econômico)

Para especialistas, transição energética deve ser inclusiva
Sol forte, bons ventos, biomassa abundante e mão de obra qualificada, entre outros atributos, colocam o Brasil em condições favoráveis para se tornar uma potência energética. Contudo, o país tem ainda diversos obstáculos a superar, como as políticas públicas erráticas, a desigualdade social, o corte de recursos para pesquisa e a pouca participação das comumidades na tomada de decisões. (Valor Econômico)

Redução de ICMS na energia afeta receita além do previsto
O imposto agora, além de ter uma alíquota menor, incide apenas sobre 55% da conta e não mais sobre os 100%. A medida deve ampliar as perdas de receita alegadas pelos Estados, já impactados pela limitação do ICMS entre 17% e 18%. (Valor Econômico)

Compesa firma parceria público-privada para construção de usina solar em Pernambuco
A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) firmou nesta segunda-feira (18) uma Parceria Público-Privada (PPP) de Autoprodução de Energia, para a construção de uma usina solar no Estado. O grupo vencedor do contrato foi o Consórcio Pernambuco Energia, formado pelas empresas Kroma e ElétronEnergy, ambas sediadas em Pernambuco. (Valor Econômico)

Hidrelétricas reversíveis voltam à discussão
As chamadas hidrelétricas reversíveis ainda não existem no Brasil, mas o tema já está recebendo atenção do setor. Essa hídrica é vista como uma UHE ‘ruim’, por ser mais ineficiente que as tradicionais. Porém a sua capacidade de atuar no armazenamento como bateria supera a ineficiência. O artigo, escrito pelo aluno do Mestrado em Metrologia do CTC/PUC-Rio Gabriel Cosentino, identifica que esse tipo de usina pode contribuir com o sistema através de serviços de flexibilidade, reserva operativa, auto restabelecimento e controle de frequência. (Canal Energia)

EDP inaugura sua maior usina solar flutuante
A EDP inaugurou na região de Alqueva, sul de Portugal, o que alega ser o maior projeto de geração solar flutuante instalado em um reservatório hidrelétrico europeu. Com cerca de 12 mil painéis ocupando 4 hectares, equivalente a 0,016% da área total do lago, a nova plataforma possui 5 MW de potência e capacidade de produzir cerca de 7,5 GWh por ano, podendo abastecer mais de 30% das famílias na região de Portel Moura e Moura. (Canal Energia)

Equatorial define novo membro do conselho de administração
Após renúncia de Augusto Miranda expressa em uma carta, o Grupo Equatorial Energia elegeu Karla Bertocco Trindade como novo membro do Conselho de Administração da companhia, com Miranda permanecendo como CEO da empresa. A informação foi divulgada nessa segunda-feira, 18 de julho, em comunicado ao mercado. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta superior a 5% em dia de dólar fraco e menor temor por recessão
O petróleo terminou a sessão desta segunda-feira registrando um crescimento consistente em meio a uma menor preocupação do investidor com uma recessão, principalmente nos Estados Unidos, uma vez que se dissipou o temor de um aperto monetário mais agressivo pelo Federal Reserve (Fed). (Valor Econômico)

Gazprom alega motivos de “força maior” para reduzir fornecimento de gás para empresas da Europa
A Gazprom, gigante russa do setor de energia, alegou motivos de “força maior” para diminuir o fornecimento de gás natural de pelo menos três companhias da União Europeia. A justificativa foi dada em carta do dia 14 de julho enviada para clientes da empresa. (Valor Econômico)

União Europeia fecha acordo para dobrar o fornecimento de gás do Azerbaijão
A União Europeia assinou um acordo com o Azerbaijão para dobrar os envios de gás do país para o bloco. Segundo comunicado, o aumento será de “pelo menos” 20 bilhões de metros cúbicos (bmc) por ano até 2027, acima dos 8,1 bmc do ano passado. (Valor Econômico)

Estatuto da Petrobras protege governança, mas está sujeito a alterações, diz Itaú BBA
O estatuto e o regimento interno da Petrobras instrumentalizam os requisitos de governança estabelecidas em leis e instituem um conjunto mais amplo de práticas voltadas a proteger a governança da empresa, mas ao longo do tempo este quadro está sempre sujeito a alterações que podem afetar sua continuidade ou a eficácia de seu escopo. (Valor Econômico)

Petrobras confirma ter acatado integralmente decisão do Celeg sobre indicados
A Petrobras confirmou nesta segunda-feira, 18, que o Conselho de Administração da estatal validou integralmente as análises do Comitê de Elegibilidade (Celeg) em relação aos nomes indicados pelo acionista controlador e acionistas minoritários para o CA da companhia, conforme antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. (Broadcast)

Novo poço em Mero
A Petrobras está se preparando para interligar o segundo poço produtor do projeto de Mero 1 ao FPSO Guanabara. Desde a semana passada, a petroleira deu início ao processamento de gás do sistema, assegurando o início da campanha de reinjeção após 69 dias da entrada em produção do primeiro óleo do projeto. (Petróleo Hoje)

Licenças ambientais para o setor de óleo e gás aumentaram 55% no primeiro semestre de 2022
O Ibama já emitiu 48 licenças para operações relacionadas à indústria de óleo e gás em 2022. Esse número representa um aumento de 55% em relação às emissões realizadas no mesmo período do ano passado. O tipo de licença mais emitida no ano de 2022 foram as de perfurações marítimas, que cresceram de apenas duas no primeiro semestre de 2021 para 15 neste ano. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Segunda-Feira, 18 de Julho

Destaques: (i) Gasolina cai mais 6,4% nos postos e volta a nível de maio de 2021. (Valor Econômico); (ii) ONS registra primeiro recorde de geração eólica de 2022. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha sessão em alta, mas acumula forte queda na semana em meio aos temores de recessão. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

O setor elétrico precisa de novo choque de governança?
Interferências decisórias, sobreposição de funções entre autoridades, tensões institucionais. Estes são alguns dos sintomas de que a governança do setor elétrico vem sofrendo enfraquecimento — que ficou evidenciado na crise hídrica no ano passado. Em meio à tramitação de um novo marco legal, já existem questionamentos sobre a necessidade de um choque de governança no setor elétrico. (Valor Econômico)

ONS registra primeiro recorde de geração eólica de 2022
O recorde ocorreu no dia 8 de julho e os dados estão em fase de validação pelo ONS. A fonte foi responsável por produzir 14.167 MW, montante suficiente para atender 123,2% da demanda do Nordeste, ou seja, a quantidade de energia seria capaz de suprir o consumo de energia de toda a região durante um minuto e ainda sobraria 23,2%. (Valor Econômico)

Lei do saneamento vive desafio de tirar 1.117 cidades do ‘limbo’
Passados dois anos desde a publicação da nova lei do saneamento, a euforia em torno das novas concessões do setor arrefeceu, e os desafios de implementação da política começam a se tornar mais evidentes. Hoje, uma das principais incertezas é como tirar do “limbo” as 1.117 cidades – 21% do total de municípios do país – cujos contratos de prestação de serviços foram considerados irregulares pelo marco legal. (Valor Econômico)

Previsão de vazões em julho recua em todo o país, aponta ONS
A revisão semana do Programa Mensal de Operação de julho apresentou uma nova redução de vazões para o período quando comparado à expectativa da semana anterior. A projeção de energia natural afluente em todos os submercados do país ficou menor ante o esperado sete dias atrás. Os maiores índices são esperados no Sul e no Norte com 83% da média de longo termo. No Nordeste esse valor é de 74% da média histórica enquanto no Sudeste/Centro-Oeste está o nível mais baixo, 65% da MLT. (Canal Energia)

Térmica Viana inicia operação comercial de ampliação contratada em leilão emergencial
A termelétrica Viana iniciou ontem operação comercial da ampliação da usina, que foi contratada no leilão de energia emergencial realizado em outubro do ano passado, informou a Tevisa, dona do empreendimento. Com a ampliação, a usina passou a contar com quatro novas unidades geradoras movidas a gás natural que acrescentam 37,5 MW de potência aos 174,6 MW instalados antes da expansão. (Valor Econômico)

Concessionárias de água e esgoto do Rio têm metas de corrigir ineficiências
Empresas que arremataram concessão de água e esgoto da Cedae investem para que usuários de menor renda possam usufruir de serviços. De acordo com o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, a meta da companhia é fornecer a tarifa social para o abastecimento de água e coleta de esgoto para 20% dos usuários em sua área de atuação. (Valor Econômico)

Cemig SIM deve iniciar segunda onda de investimentos em GD no 3° tri
A Cemig SIM, empresa da estatal mineira que investe em geração distribuída, quer chegar ao final deste ano com aportes de R$ 300 milhões. Dois terços desse valor devem ser aplicados nos cinco meses restantes. A perspectiva é de que colocar no mercado uma licitação para viabilizar a construção de 22 novas usinas de cerca de 3 MWp na região central e sul do estado em 13 municípios diferentes. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha sessão em alta, mas acumula forte queda na semana em meio aos temores de recessão
Os preços do petróleo têm anotado fortes perdas recentemente, conforme as perspectivas de uma recessão econômica global alimentam os temores de uma queda da demanda pela commodity. (Valor Econômico)

EUA confiam em aumento na produção de petróleo
Um representante do departamento de energia dos Estados Unidos disse estar confiante de que os produtores do Golfo aumentarão a produção de petróleo após a visita do presidente Joe Biden à Arábia Saudita, onde se reuniu com líderes regionais. (Valor Econômico)

Gasolina cai mais 6,4% nos postos e volta a nível de maio de 2021
O preço médio da gasolina nos postos brasileiros caiu mais 6,4% esta semana, voltando ao patamar de maio de 2021. O governo tenta reduzir ainda mais, pressionando a Petrobras a acompanhar a queda recente das cotações internacionais do petróleo. (Valor Econômico)

Bolsonaro diz que vai visitar postos a partir de amanhã para fiscalizar redução de preços
O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que vai começar a visitar postos de gasolina a partir desta segunda-feira, 18, para verificar se houve redução dos preços após a sanção do projeto de lei que estabelece teto na cobrança do ICMS dos combustíveis. (Broadcast)

Arábia Saudita vai agir nas próximas semanas para ampliar oferta de petróleo, diz Biden
O presidente dos EUA, Joe Biden, sugeriu nesta sexta-feira que Arábia Saudita vai agir para aumentar a produção de petróleo após uma reunião com altos funcionários sauditas em Jeddah, incluindo o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman. (Valor Econômico)

3R Petroleum: Produção cresce 88,6% no 2º tri, para 13 mil barris de óleo equivalente por dia
A 3R Petroleum registrou produção média consolidada dos cinco polos onde atua de 13 mil barris de óleo equivalente por dia (boed) no segundo trimestre deste ano, alta de 88,6% em base anual. A parcela referente às participações da 3R atingiu 12,2 mil boed, mais do que o dobro da produção de 5,6 mil boed do segundo trimestre de 2021. (Valor Econômico)

Petrobras realizará teste de longa duração em Marlim Sul
A ANP autorizou, na segunda-feira (11), a realização do teste de longa duração (TLD) do poço 6-BRSA-1349-RJS, localizado no campo de Marlim Sul na Bacia de Campos. A Petrobras terá o prazo de oito meses para executar o TLD. O pedido pelo TLD está ligado ao compromisso firme do plano de avaliação de descoberta (PAD) de Poraquê Alto, descoberta do pré-sal de Marlim Sul, pertencente ao Polo Marlim. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Sexta-Feira, 15 de Julho

Destaques: (i)Bolsonaro volta a cobrar redução da margem de lucro da Petrobras (Valor Econômico); (ii)Após assumir Light, Octávio Lopes deve deixar chapa que disputa conselho da Eletrobras (Valor Econômico); (iii)Macron pede que França poupe energia; UE poderá cortar gás de indústrias (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Após assumir Light, Octávio Lopes deve deixar chapa que disputa conselho da Eletrobras

A chapa única que deve disputar a eleição para o conselho de administração da Eletrobras vai passar por uma alteração, após a contratação de Octávio Lopes para a presidência da Light, apurou o Valor com fontes a par do tema. (Valor Econômico)

Santo Antônio Energia: Justiça suspende execução de ação contra empresa no valor de R$ 962 milhões

A decisão, nesta quinta-feira (14), está mantida “até que sejam apreciados pelos Tribunal Arbitral os pedidos de esclarecimentos apresentados pelas partes”, diz a empresa, em comunicado. (Valor Econômico)

Mesmo deficitária, privatização de distribuidoras foi vantajosa, diz TCU

Entre as seis empresas da Eletrobras no Norte e no Nordeste, apenas a Cepisa gerou bônus de outorga de 95 milhões. (Canal Energia)

Âmbar Energia inaugura usina de GD solar em São Paulo

A Âmbar Energia, empresa do grupo J&F, inaugurou nesta quinta-feira, 14 de julho, a Usina Fotovoltaica Âmbar Saltinho, em Saltinho (SP). A central teve um investimento de R$ 23 milhões, segundo dados fornecidos pela empresa, e é apenas uma parte do plano de R$ 6,5 bilhões iniciado em 2021 e que deverá durar até 2025 para o crescimento da empresa na fonte. (Canal Energia)

Congresso derruba vetos ao marco legal da micro e mini GD

O Congresso Nacional derrubou os dois vetos presidenciais a dispositivos da Lei 14.300, que institui o marco legal da micro e minigeração distribuída. (Canal Energia)

ONS: Brasil tem sobras de potência de pelo menos 10,4 GW em 2022

Estudo realizado para o PEN 2022-2026 aponta que o suprimento não possui riscos com base em cenário de chuvas de 2008, atendimento a Manaus requer atenção a partir de 2025. (Canal Energia)

Fitch: atual nível de reservatórios reduz risco hidrológico dos geradores

A forte recuperação do nível dos reservatórios em 2022 reduz o risco hidrológico dos geradores de energia, avalia a Fitch. (Broadcast)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda com receio sobre recessão e alta do dólar

Temores de uma recessão da economia global continuam pressionando os preços do petróleo para baixo. (Valor Econômico)

Bolsonaro volta a cobrar redução da margem de lucro da Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro cobrou da Petrobras uma diminuição de sua margem de lucro a fim de reduzir o preço dos combustíveis. E disse que o presidente da companhia tem poder para adotar essa medida. (Valor Econômico)

Comitê da Petrobras veta dois nomes ao CA

Celeg concluiu que secretário executivo da casa civil, Jônathas de Castro, e procurador-geral da Fazenda Nacional, Ricardo Alencar, são inelegíveis ao colegiado. (Valor Econômico)

Para Lira, Petrobras não é assunto encerrado

Nas contas do presidente da Câmara, cotação internacional do barril de petróleo caiu US$ 35 desde que a Câmara aprovou corte no ICMS dos combustíveis, sem contrapartida da empresa na redução de preços. (Valor Econômico)

Macron pede que França poupe energia; UE poderá cortar gás de indústrias

O líder francês disse que diante do cenário incerto em relação ao fornecimento russo o país deve começar a desligar a iluminação pública em alguns períodos da noite e pediu por um período de “sobriedade” para o uso de eletricidade pela população. (Valor Econômico)

TAC de conteúdo local da Petrobras é aprovado

ANP aprovou integralmente a proposta da estatal, com valor de referência em aproximadamente R$ 855 milhões e com prazo até 31 de dezembro de 2026. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quinta-Feira, 14 de Julho

Destaques: (i) Risco político afasta interessados por refinarias (Valor Econômico); (ii) Equatorial e Energisa são candidatas mais prováveis à compra da Celg-D, diz BofA (Valor Econômico); (iii) Diesel russo ao Brasil teria que ter ‘desconto significativo’ para compensar pressão política, diz S&P Global (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Equatorial e Energisa são candidatas mais prováveis à compra da Celg-D, diz BofA

Embora nenhuma oferta oficial tenha sido divulgada, os analistas estimam que a empresa tenha R$ 7,5 milhões em base de ativos regulatórios (RAB) e 10,3% de taxa interna de retorno (TIR) real. (Valor Econômico)

Com nova gestora, fundo do biogás mira girar até R$ 1 bi

Fundo Garantidor de Crédito do Biogás, criado pela Abiogás será administrado pela FG/A Gestora de Recursos. (Valor Econômico)

Transição para fontes de energia renováveis entra de vez na pauta das empresas

Companhias de geração afirmam que não há descompasso entre geração e transmissão, com demanda crescente. Setor terá, até 2026, mais 241 novas usinas eólicas e solares. (Valor Econômico)

ONS: crescimento da carga cai para 3% em novembro

Previsão de armazenamento máximo dos reservatórios para o final do mês está em 18,3% no Sudeste; 35% no Sul; 32,2%, no Nordeste; e 20,5% do Norte. (Valor Econômico)

Energia injetada pela Neoenergia cresce 0,8% no 2º trimestre

Produção eólica mais que dobrou na comparação anual e hidrelétricas demonstram recuperação da crise hídrica. (Canal Energia)

EDP inicia construção de subestação em Jacareí

O empreendimento de 40 MVA será distribuído em quatro alimentadores de média tensão, que devem elevar significativamente a capacidade do sistema local, assegurando a infraestrutura energética necessária para o crescimento econômico da cidade e região, que atualmente possui duas subestações. (Canal Energia)

Aeris Energy aprova programa de recompra de ações ordinárias 2022

Por meio do programa de recompra 2022, a companhia poderá adquirir ações que, somadas às ações atualmente em tesouraria, atinjam o limite de 10% das ações em circulação, ou seja, cerca de 16.739.335 ações ordinárias de emissão da empresa.(Canal Energia)

ANEEL mantém benefício polêmico dado à Âmbar Energia sobre leilão simplificado

 A Âmbar Energia foi autorizada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (12) a usar a térmica de Cuiabá no lugar de quatro outras usinas a gás que tiveram atraso no início de suas operações. (Agência Infra)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha sessão volátil em leve alta com suporte da desvalorização do dólar

Os preços do petróleo chegaram a recuperar brevemente a marca dos US$ 100 mais cedo, quando o DXY chegou a operar em alta de mais de 0,4%, com o Brent tocando os US$ 106,56 na máxima intradiária. (Valor Econômico)

Risco político afasta interessados por refinarias

A petroleira recebe até amanhã manifestações de interesse nas unidades Abreu e Lima (Rnest), Presidente Getúlio Vargas (Repar) e Alberto Pasqualini (Refap). (Valor Econômico)

Impasse do gás russo ofusca impacto de decisão do BCE para o euro

A reabertura, ou não, de um importante gasoduto russo na próxima semana pode ser mais relevante para o euro do que o primeiro aumento de juros em uma década pelo Banco Central Europeu (BCE). Ambos estão marcados para o dia 21 de julho.(Valor Econômico)

Petrobras: posição do celeg s/ membros do conselho será analisada em reunião extraordinária

O Comitê de Elegibilidade (Celeg) da Petrobras retomou nesta quarta-feira, 13, a reunião para avaliar os nomes indicados pelo governo para o Conselho de Administração da estatal. A primeira etapa havia sido realizada no último dia 7. (Broadcast)

Cenário externo ajuda a adiar novas altas de combustíveis

Ainda que volátil, o cenário externo tem contribuído para manter os preços dos combustíveis nas refinarias da Petrobras próximos aos praticados pelo mercado internacional. Mesmo com estoques externos baixos, a perspectiva de uma recessão econômica global, aliada ao risco de um eventual novo lockdown na China, tem arrefecido pressões sobre a estatal. (Valor Econômico)

Xangai teme novo lockdown mesmo com menos casos

Os casos de covid-19 parecem estar se estabilizando em Xangai, após um pico recente, mas autoridades locais orientaram parte dos moradores a estocar alimentos e remédios para 14 dias, reforçando temores de um novo lockdown. (Valor Econômico)

Compra de diesel russo é inviável, dizem importadores

Fornecedores de combustíveis da Rússia procuraram empresas brasileiras para conversas sobre importação, mas dificuldades no pagamento devido às sanções internacionais complicam as operações. (Valor Econômico)

Conselho da Petrobras se reunirá na segunda-feira para debater convocação de assembleia

Os nomes foram avaliados pelo comitê interno que verifica compatibilidades dos indicados com o estatuto da companhia e com a Lei das Estatais, mas não há ainda informação se todos tiveram parecer favorável. (Valor Econômico)

CVM: ex-diretor da Petrobras vai pagar R$ 480 mil para encerrar processo que envolve política de preços

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aceitou proposta de acordo com o ex-diretor de relações com investidores da Petrobras, Rafael Grisolia. O executivo vai pagar R$ 480 mil para encerrar processo que envolveu a política de preços da estatal petroleira. (Valor Econômico)

ICMS: Gilmar dá 5 dias para governadores se manifestarem sobre proposta da União

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para os governadores dos Estados e do Distrito Federal (DF) se manifestarem sobre a contraproposta de acordo apresentada pela União a respeito do ICMS dos combustíveis. (Valor Econômico)

Títulos da Petrobras parecem caros com queda de prêmio de risco

Alguns dos títulos denominados em dólar da petrolífera estatal brasileira estão sendo negociados com um yield (rendimento) menor do que títulos soberanos com vencimento similar. (Valor Econômico)

Diesel russo ao Brasil teria que ter ‘desconto significativo’ para compensar pressão política, diz S&P Global

Consultoria afirma que esse movimento faz pouco sentido para países latino-americanos, além dos tradicionais aliados da Rússia na região. (Valor Econômico)

Preço do óleo diesel deveria ser cortado em 2% e o da gasolina elevado em 3% por paridade internacional, diz Abicom

No fechamento do mercado de ontem, o barril do petróleo Brent encerrou negociações com cotações abaixo dos US$ 100, o que não ocorria desde abril. (Valor Econômico)

AIE corta previsão de demanda de petróleo para 2022 e 2023

A entidade espera que o impacto da queda na demanda seja modesto, já que a recuperação da economia chinesa está ajudando a compensar as perdas em outras partes do mundo. (Valor Econômico)

CGG lança o banco de dados GeoWells Brasil

O GeoWells apresenta todos os dados geológicos e de engenharia dos 197 poços presentes nas bacias de Campos, Santos e do Espírito Santo dentro de um único ecossistema digital. (Petróleo Hoje)

Não há necessidade de regulação para manter estoques de diesel, diz IBP

Em carta à ANP, entidade afirma que o abastecimento é garantido com a autorregulação. (Petróleo Hoje)

Petronas em acerto final para o DS-15

Sem sucesso na licitação, petroleira acerta acordo com TotalEnergies para campanha da Bacia de Campos. (Petróleo Hoje)

Petrobras: Pagamento a investidores em oferta de recompra de títulos globais ocorrerá na sexta

“Considerando que o montante total ofertado pelos investidores não excedeu o limite de US$ 1,5 bilhão previamente estabelecido na oferta de recompra, o volume total ofertado em cada uma das séries foi aceito”, diz a companhia. (Valor Econômico)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quarta-Feira, 13 de Julho

Destaques: (i) Petróleo fecha em queda de mais de 7% e perde nível dos US$ 100 com temores sobre demanda (Valor Econômico); (ii) Conta de luz vai ficar 19,5% mais barata, calcula Ministério de Minas e Energia (Valor Econômico); (iii) Opep mantém projeção da demanda de petróleo em 2022 inalterada (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Hidrogênio verde ganha espaço, mas custo ainda limita avanço rápido

Com a busca pelo hidrogênio verde ganhando espaço na agenda da transição energética, os obstáculos dessa jornada vão ficando claros. (Valor Econômico)

Aneel autoriza Âmbar Energia a substituir usinas contratadas no leilão emergencial

Decisão do colegiado da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) não foi unânime e contrariou orientação da área técnica. (Valor Econômico)

Conselho de Política Energética aprova plano para recuperar reservatórios

Na prática, a resolução do CNPE, que ainda precisa ter o aval do presidente Jair Bolsonaro, é uma proteção contra novas crises hídricas. (Valor Econômico)

Elétricas brasileiras estão entre as melhores do mundo em retorno sobre o capital investido

Alupar, Engie, Equatorial e Enel Brasil estão entre as 23 empresas globais com melhores desempenhos no setor elétrico, segundo estudo da consultoria Roland Berger. (Valor Econômico)

Aneel reduz tarifa de energia elétrica de 10 distribuidoras em até 5,26%

A revisão tarifária extraordinária de 2022 ocorre duas semanas após o governo sancionar uma lei 14.385/22 que destina os valores e tributos recolhidos de maneira excessiva pelas distribuidoras. (Valor Econômico)

Conta de luz vai ficar 19,5% mais barata, calcula Ministério de Minas e Energia

Estimativa leva em consideração as medidas aprovadas recentemente pelo Congresso, que incluem o novo teto de 18% para o ICMS cobrado sobre as tarifas de energia e a devolução de créditos tributários aos consumidores. (Valor Econômico)

BYD e Aliança pela Mobilidade Sustentável se unem para acelerar o mercado de veículos elétricos

Com isso, a partir desta semana o modelo D1 EV, primeiro veículo elétrico feito sob medida para atender o mercado de transporte por aplicativo, começa a circular na cidade de São Paulo, em fase de teste com um motorista da 99. (Canal Energia)

ONS realiza licitação para contratação de consultoria para o Projeto Meta II – Valor Agregado

O objetivo é mensurar os benefícios proporcionados pela atuação do ONS em termos financeiros e estabelecer um conjunto de indicadores que permitam avaliar a evolução do Sistema Interligado Nacional (SIN) e a performance do ONS em sua operação. (Canal Energia)

Vibra vai deliberar sobre compra do controle da Comerc em AGE no dia 11 de agosto

Na pauta da AGE está a aquisição, do controle acionário da Comerc, em virtude do eventual exercício de opção de compra de titularidade da Companhia ou de opção de venda de ações de titularidade dos atuais acionistas da Comerc, assim como a consequente autorização para os administradores da Vibra praticarem todos os atos necessários à efetivação da aquisição desse controle acionário. (Canal Energia)

Guedes e Sachsida defendem no Senado que Brasil é atrativo a investimentos

O ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida ressaltou em audiência pública do Senado Federal que a conta de energia deverá cair, segundo cálculos do MME, 19,49%, na média no Brasil. (Canal Energia)

Volume negociado na BBCE tem crescimento de 43,2% em junho

Infraestrutura viabiliza maior volume histórico para esse mês. (Canal Energia)

Equatorial: CSA assume amanhã serviços de saneamento no amapá

A Equatorial comunicou nesta terça-feira, 12, que foi firmado hoje, entre a Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA), controlada indireta da companhia, e o Estado do Amapá, o Termo de Transferência do Sistema. (Broadcast)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda de mais de 7% e perde nível dos US$ 100 com temores sobre demanda

Investidores temem desaceleração econômica global e possíveis novos lockdowns na China por causa da covid-19.(Valor Econômico)

Guedes critica política da Petrobras

Ministro de Minas e Energia disse que o governo tem sido cobrado a ter uma interferência mais forte na política de preços da Petrobras, mas que isso não é possível. (Valor Econômico)

Comitê da Petrobras retoma ritual de análise de indicados

Comitê de Elegibilidade da estatal reinicia hoje a reunião interrompida na semana passada para a análise dos nomes dos indicados para o colegiado da estatal. (Valor Econômico)

Governo pede crédito suplementar de R$ 379,7 milhões para Petrobras

Segundo o Planalto, verba será usada para arcar com despesas relativas à implantação de unidades de processamento de gás natural do Polo Pré-Sal da Bacia de Santos. (Valor Econômico)

Pacheco diz que veto do ICMS pode ser incluído na pauta do Congresso de quinta-feira

O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse que avalia incluir na pauta de quinta-feira (14), quando está prevista uma nova sessão deliberativa, a apreciação do veto presidencial feito ao projeto que limita o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre itens como diesel, gasolina, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. (Valor Econômico)

Sachsida volta a dizer que governo não pode intervir nos preços dos combustíveis

“Muitas pessoas cobram do governo uma interferência mais forte no mecanismo de preços da Petrobras, mas isso não é possível.(Valor Econômico)

Governo nega acordo sugerido por Estados sobre ICMS de combustíveis e apresenta contraproposta ao STF

Mediador da possível conciliação no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Gilmar Mendes deve abrir prazo para os governadores se manifestarem a respeito. (Valor Econômico)

Opep mantém projeção da demanda de petróleo em 2022 inalterada

Para 2023, organização espera desaceleração do crescimento da demanda mundial de petróleo, de 2,7 milhões de barris por dia, para uma média de 103 milhões de barris/dia.(Valor Econômico)

Rota 3 sem previsão de início

Petrobras informou que as obras da UPGN do Polo GasLub estão paralisadas, em função de uma decisão unilateral da SPE Kerui-Método de desmobilização da força de trabalho. (Petróleo Hoje)

Queda do petróleo derruba empresas do setor

Num dia de fortes perdas do petróleo, as empresas do setor negociadas na B3 fecharam em queda. (O Estado de S.)

Petrobras: frequência de reajustes praticados é inferior à dos pontos de venda

A Petrobras afirmou, em comunicado à CVM na noite desta terça-feira, 12, que realizou em 2022 um aumento e uma redução nos preços do GLP, quatro reajustes nos preços de diesel e três reajustes na gasolina. (Broadcast)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Terça-Feira, 12 de Julho

Destaques: (i)Petrobras assina linha de crédito com compromissos de sustentabilidade no valor de US$ 1,25 bi (Valor Econômico); (ii) Prio dobra produção de petróleo no campo de Frade, na Bacia de Campos (Valor Econômico); (iii) Neoenergia Coelba fecha empréstimo de R$ 550 mi com metas ESG(Canal Energia).

Elétricas e Saneamento

Governo aprova plano para recuperação dos reservatórios das hidrelétricas

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou nesta segunda-feira (11) a resolução que estabelece o Plano de Recuperação dos Reservatórios de Regularização de Usinas Hidrelétricas. (Valor Econômico)

Neoenergia Coelba fecha empréstimo de R$ 550 mi com metas ESG

Prazo é de oito anos, recursos serão aplicados em melhorias e expansão da rede e digitalização com redução do custo ao atingir índices de acordados para 2026. (Canal Energia)

Vale rebate acusações da Cemig de calote milionário no setor elétrico

Cemig acusou a Vale de deixar de pagar R$ 781 milhões por causa da perda de geração da energia da Usina Hidrelétrica Risoleta Neves. (Valor Econômico)

Light vai à Justiça para tentar adiar redução na conta de luz

O tema será discutido nesta terça-feira (12) na reunião de diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). (Valor Econômico)

Marco das eólicas offshore une oposição e bolsonaristas

Uma parceria incomum entre o líder do governo de Jair Bolsonaro, senador Carlos Portinho (PL-RJ), e o líder da minoria oposicionista, senador Jean Paul Prates (PT-RN), foi formada para a elaboração de um projeto no Senado sobre a exploração da geração de energia elétrica para empreendimentos situados fora da costa brasileira, como o mar territorial. (Valor Econômico)

Setor precisa evoluir para fontes de maior controle, diz executivo da Safira

Raphael Vasques defendeu que as biomassas e o biogás “unem o útil ao agradável” pois são fontes sustentáveis e mais firmes que a eólica ou solar, que dependem de armazenamento para otimizar suas produções. (Canal Energia)

Copel e Lactec criam sistema com sensores para monitorar linhas de energia à distância.

Engenheiros da Copel e do Lactec desenvolveram uma nova técnica para monitorar de forma remota o desempenho de isoladores em linhas de transmissão e distribuição de energia e, assim, prevenir falhas e desligamentos na rede elétrica. (Canal Energia)

Plataforma de eficiência energética é disponibilizada pelo MME

Ferramenta apresenta mais de 200 instituições que trabalham com o tema no governo, indústria, academia e sociedade civil. (Canal Energia)

Análise: ‘Subprime energético’ demandará subsídios e reestatizações para evitar quebra generalizada

As contas cada vez mais altas que chegam aos milhões de consumidores do outro lado do Atlântico e as perspectivas de que a pressão de custos se arrefecerá apenas em 2025 já fazem vítimas corporativas. (Agência Infra)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha sessão em alta, mas cai na semana com temores de queda da demanda

Os contratos futuros do petróleo fecharam a sessão desta sexta-feira em alta, mas anotaram fortes perdas na semana, em meio aos temores de que a desaceleração econômica e uma possível recessão derrubem a demanda pela commodity. (Valor Econômico)

Petrobras pede pareceres sobre indicações a conselho de administração

Comitê de Elegibilidade da empresa ainda não concluiu checagem dos nomes.(Valor Econômico)

Senado vota na terça-feira criação de subcomissão sobre abastecimento de combustíveis.

Serão 7 titulares e 7 suplentes que terão 120 dias para se debruçar sobre o planejamento de combustíveis.(Valor Econômico)

Preço médio da gasolina cai R$ 0,90 no país em três semanas, mostra ANP

O valor médio da gasolina nas últimas três semanas caiu R$ 0,90 no país, invertendo a tendência de alta que vinha se verificando desde o início do ano. O Estado com menor valor médio do litro da gasolina comum, na última semana é o Amapá, a R$ 5,54. Já o Estado com maior valor médio é o Piauí, com R$ 7,25.(Valor Econômico)

Deputado do SC quer propor uma PEC para os futuros royalties da Bacia de Pelotas

Devido ao fato de a bacia sedimentar não ter recebido nenhuma proposta no 3º ciclo da oferta permanente, o parlamentar indagou a agência sobre os planos da agência para aquela área e se existe a previsão para inclui-la em um próximo leilão. (Petróleo Hoje)

Alvopetro faz nova descoberta no Recôncavo

A Alvopetro anunciou uma descoberta multi-zona no poço 183-B1, que começou a ser perfurado no início de junho deste ano no bloco REC-T-183, na Bacia do Recôncavo, a uma profundidade total de 2,9 mil m. (Petróleo Hoje)

Siem Offshore anuncia renovação do contrato do Siem Maragogi

A Siem Offshore anunciou, na última quinta-feira (7/7), a renovação do afretamento do navio de resposta a derramamentos de óleo Siem Maragogi, com duração de três anos e início a partir do quarto trimestre deste ano. (Petróleo Hoje)

Novo desfecho para os risers de Tupi

A Petrobras deve inserir o escopo da campanha de  substituição de parte dos risers flexíveis do campo de Tupi no bid para contratação do TiPT (Titanium Pull-in Tube) de Búzios, cujo edital foi lançado no final de junho. (Petróleo Hoje)

Petrobras é alvo de projeto que eleva a taxação sobre lucro da empresa

Aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o relator-geral do Orçamento de 2022, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), apresentou um projeto de lei que aumenta a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) das empresas que tiverem lucro superior a R$ 10 bilhões. (Broadcast)

Fup: petroleiros aprovam indicativo de greve contra privatização da PE.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou neste sábado, 9, que seus 12 sindicatos espalhados pelo país rejeitaram a contraproposta da Petrobras para acordo coletivo de trabalho (ACT) e aprovaram indicativo de greve por tempo indeterminado. (Broadcast)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Segunda-Feira, 11 de Julho

Destaques: (i) Carga no SIN deve crescer 1,2% em julho (Canal Energia); (ii) Senado vota na terça-feira criação de subcomissão sobre abastecimento de combustíveis.(Valor Econômico); (iii) Renováveis estão no foco da Honeywell em energia elétrica (Canal Energia).

Elétricas e Saneamento

Carga no SIN deve crescer 1,2% em julho

A carga no Sistema Interligado Nacional deve ter um aumento de 1,2% em julho, de acordo com dados do Informe do Programa Mensal de Operação referentes ao período de 9 a 15 de julho. No Sudeste/ Centro-Oeste, a expectativa é de aumento de 2,1%. A região Norte deverá apresentar a maior variação, de 4% e o Sul a menor, com 1,3%. (Canal Energia)

Renováveis estão no foco da Honeywell em energia elétrica

Modernização do setor e avanço das fontes solar e eólica são os campos de atuação que devem promover a expansão da empresa no segmento no Brasil. (Canal Energia)

Por que é necessário modernizar o setor elétrico?

O setor elétrico passa por profundas mudanças na composição de fontes de geração, na forma de operar o sistema e na forma de transacionar a energia. A regulação vigente não foi concebida para este contexto, e carece de adaptações.(Valor Econômico)

Aposta solar

Meta da Âmbar Energia, controlada do conglomerado da J&F, é investir R$ 6,5 bilhões em geração solar no Brasil até 2025 e atingir 1,26 gigawatt (GW) de capacidade instalada. (Valor Econômico)

A ‘revolucionária’ bateria de areia que promete aquecer as casas no duro inverno da Finlândia

Pesquisadores finlandeses desenvolveram a primeira “bateria de areia” totalmente operacional, que pode armazenar energia renovável por meses. (BBC News)

Hydro Rein fecha PPA de 530 MW solar no Brasil

Braço de energia renovável da Norsk Hydro irá implementar complexo fotovoltaico no Rio Grande do Norte em parceria com a Equinor e Scatec. (Canal Energia)

Maiores fornecedores de inversores possuem 82% do mercado, diz Wood Mackenzie

Maiores fornecedores de inversores possuem 82% do mercado, diz Wood Mackenzie.(Canal Energia)

Especialistas acreditam que usinas Waste-to-Energy deverão avançar no Brasil

Usinas Waste-to-Energy, aquelas que geram energia elétrica a partir da queima de resíduos sólidos urbanos, ganham cada vez mais espaço no mercado externo. Aqui no Brasil, o modelo ainda não tem tanto destaque, mas especialistas acreditam que o País deverá avançar nesse sentido. (Canal Energia)

Eletrobras: madeira energia tem novo conselho de administração

Os acionistas da Madeira Energia (Mesa), controladora da hidrelétrica Santo Antônio, elegeram um novo conselho de administração, após Furnas, subsidiária da Eletrobras, assumir o controle da empresa. (Broadcast)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha sessão em alta, mas cai na semana com temores de queda da demanda

Os contratos futuros do petróleo fecharam a sessão desta sexta-feira em alta, mas anotaram fortes perdas na semana, em meio aos temores de que a desaceleração econômica e uma possível recessão derrubem a demanda pela commodity. (Valor Econômico)

Petrobras pede pareceres sobre indicações a conselho de administração

Comitê de Elegibilidade da empresa ainda não concluiu checagem dos nomes.(Valor Econômico)

Senado vota na terça-feira criação de subcomissão sobre abastecimento de combustíveis.

Serão 7 titulares e 7 suplentes que terão 120 dias para se debruçar sobre o planejamento de combustíveis.(Valor Econômico)

Preço médio da gasolina cai R$ 0,90 no país em três semanas, mostra ANP

O valor médio da gasolina nas últimas três semanas caiu R$ 0,90 no país, invertendo a tendência de alta que vinha se verificando desde o início do ano. O Estado com menor valor médio do litro da gasolina comum, na última semana é o Amapá, a R$ 5,54. Já o Estado com maior valor médio é o Piauí, com R$ 7,25.(Valor Econômico)

Deputado do SC quer propor uma PEC para os futuros royalties da Bacia de Pelotas

Devido ao fato de a bacia sedimentar não ter recebido nenhuma proposta no 3º ciclo da oferta permanente, o parlamentar indagou a agência sobre os planos da agência para aquela área e se existe a previsão para inclui-la em um próximo leilão. (Petróleo Hoje)

Alvopetro faz nova descoberta no Recôncavo

A Alvopetro anunciou uma descoberta multi-zona no poço 183-B1, que começou a ser perfurado no início de junho deste ano no bloco REC-T-183, na Bacia do Recôncavo, a uma profundidade total de 2,9 mil m. (Petróleo Hoje)

Siem Offshore anuncia renovação do contrato do Siem Maragogi

A Siem Offshore anunciou, na última quinta-feira (7/7), a renovação do afretamento do navio de resposta a derramamentos de óleo Siem Maragogi, com duração de três anos e início a partir do quarto trimestre deste ano. (Petróleo Hoje)

Novo desfecho para os risers de Tupi

A Petrobras deve inserir o escopo da campanha de  substituição de parte dos risers flexíveis do campo de Tupi no bid para contratação do TiPT (Titanium Pull-in Tube) de Búzios, cujo edital foi lançado no final de junho. (Petróleo Hoje)

Petrobras é alvo de projeto que eleva a taxação sobre lucro da empresa

Aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o relator-geral do Orçamento de 2022, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), apresentou um projeto de lei que aumenta a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) das empresas que tiverem lucro superior a R$ 10 bilhões. (Broadcast)

Fup: petroleiros aprovam indicativo de greve contra privatização da PE.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou neste sábado, 9, que seus 12 sindicatos espalhados pelo país rejeitaram a contraproposta da Petrobras para acordo coletivo de trabalho (ACT) e aprovaram indicativo de greve por tempo indeterminado. (Broadcast)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quinta-Feira, 08 de Julho

Destaques: (i) Abastecimento de água: Cantareira opera com 39% da capacidade, menor nível desde fevereiro (Valor Econômico); (ii) Estoques semanais de petróleo dos EUA sobem em mais de 8 milhões de barris (Valor Econômico); (iii) Queda do ICMS não tem reflexos imediatos nas tarifas de energia e causa desgaste político (Agência Infra).

Elétricas e Saneamento

Abastecimento de água: Cantareira opera com 39% da capacidade, menor nível desde fevereiro
O volume do Sistema Cantareira, que abastece em torno de 7 milhões de pessoas da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), continua em queda e opera hoje em 39% da capacidade. É o menor nível desde o início de fevereiro e o menor valor para meses de julho desde 2015.(Valor Econômico)

Queda do ICMS não tem reflexos imediatos nas tarifas de energia e causa desgaste político
A lei que determinou teto de até 17% de cobrança do ICMS já provoca reflexos na queda dos preços dos combustíveis nas bombas, para a alegria do governo e do Legislativo a três meses da eleição. No caso da tarifa de energia, porém, ainda não houve esse resultado efetivo no bolso dos consumidores. (Agência Infra)

Abertura do mercado livre de energia elétrica completa 27 anos
Nesta 6ª feira (8/jul), o Brasil completa 27 anos da lei que deu início à abertura do mercado livre de energia elétrica –ambiente no qual consumidores e comercializadores, ou geradores, negociam livremente os preços que querem pagar pela energia. Mesmo com flexibilização no mercado, 99,97% dos consumidores não têm acesso à modalidade, aponta a Abraceel. (Poder360)

Cemig acusa Vale de dar calote de R$ 781 milhões no setor elétrico
Mineradora firmou compromisso de repasse do valor em razão da perda de geração de energia da Usina Hidrelétrica Risoleta Neves, devastada pela onda de lama e rejeitos após o rompimento da Barragem de Fundão, da Samarco. (Valor Econômico)

Energia no ACL está 53% mais baixo, aponta Abraceel
Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Comercializadores de Energia aponta que a economia para os consumidores no mercado livre ficou em 53% na média. Esse é o resultado da diferença entre a tarifa média das distribuidoras que está em R$ 377/MWh e o preço de longo prazo do ACL em R$ 177/MWh. Ambiente conta com 28.156 unidades consumidoras sendo 10.218 consumidores, o que representa um aumento de 20% nos últimos 12 meses. (Canal Energia)

Estudo indica que América Latina pode se tornar potência global em energias renováveis
Um estudo feito pela Siemens Energy e a consultoria Roland Berger, com cerca de 530 executivos formuladores de políticas e representantes governamentais do setor de energia na América Latina apontando as prioridades energéticas predefinidas, mostrou que a região tem uma grande oportunidade de se tornar potência global em energias renováveis.(Valor Econômico)

CMSE destaca melhora no Sul em junho
O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico se reuniu na última quarta-feira, 06 de julho, e as condições operativas do sistema em junho foram destacadas. De acordo com dados apresentados pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico, em junho, as principais bacias hidrográficas da região Sul apresentaram montantes de precipitação superiores à média histórica, devido ao avanço regular de frentes frias pela região. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta superior a 3% e recupera parte das perdas recentes
O petróleo terminou a sessão desta quinta-feira em alta, buscando recuperar parte de suas perdas recentes. Apenas nos dois últimos dias, ambos os contratos Brent e WTI acumularam quedas de 10% em meio à preocupação de que uma recessão possa destruir parte da demanda pela commodity. (Valor Econômico)

Estoques semanais de petróleo dos EUA sobem em mais de 8 milhões de barris
Os estoques americanos de petróleo subiram em 8,23 milhões de barris na semana encerrada em 1 de julho, para 423,8 milhões de unidades, de acordo com dados divulgados nessa quinta-feira pelo Departamento de Energia dos EUA (DoE, na sigla em inglês). Alguns analistas projetavam queda nessas reservas no período, da ordem de 1,2 milhão de barris.(Valor Econômico)

ANP aprova regra para movimentação de petróleo e derivados em terminais aquaviários
A diretoria da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou nessa quinta-feira (7) resolução que revisa a Portaria ANP 251/2000. A regra regulamenta o acesso de terceiros aos terminais aquaviários para movimentação de petróleo, derivados e biocombustíveis. Na prática, traz o regramento para que operadores possam movimentar essas cargas em portos e terminais pertencentes a outras empresas.(Valor Econômico)

PetroRio inicia produção de novo poço em Frade
A PetroRio iniciou a produção do poço ODP4, no campo de Frade, nesta quinta-feira (7). Em abril, o Ibama renovou a licença de operação da companhia para que novos poços sejam perfurados em Frade e sua revitalização pudesse começar.(Petróleo Hoje)

FPSO Carioca ultrapassa P-77 no ranking das instalações que mais produziram petróleo
Pela primeira vez, o FPSO Carioca foi a instalação que mais produziu petróleo, segundo dados disponibilizados pela ANP na quarta-feira (6/7). A plataforma produziu, em maio, 165 mil bpd, por meio de quatro poços a ela interligados, ultrapassando a produção da P-77, que opera no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos. (Petróleo Hoje)

Misc Berhad além do afretamento
Atualmente restrita à modalidade de FPSOs afretados, a Misc Berhad avalia a possibilidade de ingressar em projetos de BOT (Build Operate Transfer) e de EPC (Engineering, Procurement and Construction).  A nova estratégia do grupo está sendo estudada em âmbito global, mas tem como foco principal o Brasil. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quinta-Feira, 07 de Julho

Destaques: (i) Privatização da Eletrobras termina com valor de R$ 33,6 bi (Canal Energia); (ii) Neoenergia fecha contrato com Ambev para fornecer energia eólica por uma década (Valor Econômico); (iii) Petrobras fará recompra de títulos globais no total de US$ 1,5 bilhão (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Privatização da Eletrobras termina com valor de R$ 33,6 bi

A Eletrobras comunicou oficialmente o encerramento do processo de privatização da empresa. A operação contou com a emissão de 732.296.898 ações ordinárias de emissão da companhia, incluindo as ADS (American Depositary Shares) e a secundária de 69.801.516 ações do BNDES Participações, que reduziu sua parcela no capital social da empresa. (Canal Energia)

Neoenergia fecha contrato com Ambev para fornecer energia eólica por uma década

A Neoenergia fechou contrato com a Ambev para a venda de energia renovável no mercado livre por dez anos. O acordo prevê o fornecimento de 55 MW médios, entre 2024 e 2033, proveniente de parques eólicos.(Valor Econômico)

Expansão da geração no primeiro semestre atinge 2.328 MW

O Brasil obteve um incremento de 165,6 MW na matriz elétrica em junho, de acordo com os cálculos da Agência Nacional de Energia Elétrica. Desse total, 87,6 MW provêm de usinas eólicas, 49,6 MW de geração solar fotovoltaica e 28,4 MW de termelétricas. (Canal Energia)

Transformação de resíduos em energia ganha destaque no Brasil

A recuperação energética de resíduos é um tema muito atual e vem sendo discutido nos últimos anos e o manejo desses resíduos no Brasil é complexo e na maioria dos locais inadequados. “O novo marco do saneamento no Brasil é uma das medidas mais importantes na história do País e isso determinou várias iniciativas importantes.(Canal Energia)

Energisa amplia segurança e a capacidade energética de Porto Velho

Empresa inaugura um segundo ponto de fornecimento de energia diretamente ligado ao Sistema Interligado Nacional.(Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda com temores por recessão

Os contratos futuros do petróleo fecharam a sessão em território negativo nesta quarta-feira. As cotações começaram o dia com ganhos, mas voltaram a cair ao longo da sessão diante do temor de uma recessão que também vem colaborando com a atual disparada do dólar.(Valor Econômico)

Petrobras fará recompra de títulos globais no total de US$ 1,5 bilhão

A Petrobras informou o início da oferta de recompra de títulos globais, por meio da subsidiária Petrobras Global Finance B.V. (PGF). Conforme o comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os bonds a serem recomprados foram divididos em dois grupos, independentes entre si, e está limitada ao montante a ser dispendido pela PGF de US$750 milhões por grupo, totalizando US$ 1,5 bilhão.(Valor Econômico)

UE confirma gás e nuclear como energias sustentáveis

O Parlamento Europeu aprovou ontem uma resolução que coloca fontes de energia a gás e nuclear na lista de matrizes energéticas “limpas”. A decisão abre espaço para maiores investimentos privados nestas fontes, apesar de críticas de ambientalistas. (Valor Econômico)

Gasolina cairá R$ 1,55 por litro com cortes de impostos, diz governo

O Ministério de Minas e Energia (MME) calcula que os cortes de impostos aprovados pelo Congresso devem reduzir em R$ 1,55 por litro o preço médio da gasolina no país, na comparação com o recorde de R$ 7,390 atingido na semana anterior à vigência das medidas. (Valor Econômico)

Produção de petróleo cai 1,84% em maio, aponta ANP

A produção nacional de petróleo em maio ficou em 2,878 milhões de barris por dia (barris/dia), o que corresponde a uma queda de 1,84% em relação a igual mês em 2021, segundo dados do boletim mensal da Agência Nacional do Petróleo (ANP). (Valor Econômico)

Europa luta para manter luzes acesas com energia a preço recorde

Os preços de energia na Europa bateram novos recordes, e o aperto da Rússia ao fornecimento leva os governos do bloco a tomarem medidas para manter as luzes acesas.(Valor Econômico)

EPE cadastra 37 usinas a gás natural para leilão de reserva de capacidade

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) cadastrou 37 térmicas a gás natural para participar do leilão de reserva de capacidade que está previsto para ocorrer em 30 de setembro. Segundo a EPE, as usinas possuem 11.889 MW de capacidade instalada.(Valor Econômico)

Abegás defende maior transparência aos contratos firmados com as transportadoras

Em carta enviada à ANP, a associação afirma que a divulgação dos principais elementos que constituem as tarifas de transporte de gás natural é essencial para a abertura efetiva do mercado.(Petróleo Hoje)

Tenaris fecha contrato para Búzios

A companhia fornecerá à Petrobras um pacote completo de produtos e serviços para utilizar no campo do pré-sal da Bacia de Santos.(Petróleo Hoje)

Enauta produz menos em junho

A produção foi menor tanto no campo de Atlanta quanto no campo de Manati, quando comparada com os volumes do mês anterior e junho do ano passado.(Petróleo Hoje)

SBM Offshore convida ANP para “construir agenda positiva”

A empresa afirma que a agenda é necessária para “o fortalecimento da cultura de segurança”. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Quarta-Feira, 06 de Julho

Destaques: (i) Capitalização da controladora de Itaipu e de parte da Eletronuclear dá novo passo (Valor Econômico); (ii) Petróleo fecha em queda de quase 10% com temor de recessão (Valor Econômico); (iii) Paridade internacional do querosene afeta setor aéreo no Brasil com ‘requinte de crueldade’, diz secretário (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Capitalização da controladora de Itaipu e de parte da Eletronuclear dá novo passo

O governo encaminhou ontem ao Congresso o projeto de lei que viabilizará a capitalização da ENBPar (Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional S.A.). A estatal foi criada no processo de privatização da Eletrobras e será a controladora da usina Itaipu Binacional e dos ativos nucleares da Eletronuclear. (Valor Econômico)

Eletrobras deve eleger conselho sem disputa

O novo conselho de administração da Eletrobras será definido em 5 de agosto. Os indicados partiram de acionistas como 3G Radar, Banco Clássico, SPX Equities, Vinci Equities e XP Gestão de Recursos, sócios de referência na companhia. (Valor Econômico)

Hidrelétrica pode deixar rombo bilionário

O rompimento da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana (MG) deixou 19 mortos, destruição, consequências ambientais no rio Doce e pode ainda deixar uma conta bilionária para o consumidor de energia e para algumas empresas do setor elétrico. (Valor Econômico)

Energia residencial deve subir 9,8% este ano

A tarifa de energia residencial do brasileiro deve encerrar o ano de 2022 com alta média de 9,8%, de acordo com previsão da TR Soluções, empresa de tecnologia especializada em tarifas de energia. (Valor Econômico)

Congresso mantém vetos de Bolsonaro na privatização da Eletrobras

Com isso, governo não precisará aproveitar funcionários demitidos sem justa causa; também foi mantido veto a trecho que barrava extinção, incorporação, fusão ou mudança de domicílio, por 10 anos, de Chesf, Furnas, Eletronorte e CGT Eletrosul. (Valor Econômico)

Trinity Energia investe R$ 28 milhões em duas usinas solares em Minas Gerais

As plantas têm potência somada de 6,6 megawatt-pico (MWp) e devem estar conectadas até a primeira quinzena de julho. (Valor Econômico)

Aneel autoriza 13,5 MW para operação comercial e em teste

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou para operação em teste, a partir de 05 de julho, as UG 10 e 11 da EOL Baraúnas XV, com 6,8 MW de capacidade instalada, localizada na Bahia. (Canal Energia)

Aneel aprova extensão de outorga de usinas do MRE

Agência emitirá resolução alterando prazos de contratos e minuta com aditivos. (Canal Energia)

EDP Transmissão Litoral Sul entra em operação comercial

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) autorizou a operação comercial das instalações do trecho final da EDP Transmissão Litoral Sul, da EDP Brasil. (Canal Energia)

Região Sul tem recuo de 0,4 p.p e está com 93,8% do volume útil

Os reservatórios do Sul apontaram recuo de 0,4 ponto percentual na última segunda-feira, 04 de julho, segundo o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). (Canal Energia)

Fornecimento de energia é normalizado pela Equatorial em parte de Alagoas

Distribuidora já conseguiu restabelecer o serviço para quase 80% dos clientes que tiveram a rede elétrica desligada por questões de segurança. (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda de quase 10% com temor de recessão

Os preços do petróleo fecharam em forte queda diante de sinais mais expressivos de desaceleração econômica, o que levou os investidores a buscar refúgio em ativos de segurança – como o dólar e Treasuries – penalizando as commodities como o petróleo, que chegou a recuar mais de 10% durante o pregão de hoje.(Valor Econômico)

Ações da Petrobras despencam acompanhando queda forte do petróleo

As ações da Petrobras e de outras petroleiras listadas no Ibovespa tiveram forte queda nesta terça-feira, acompanhando o movimento de correção do petróleo. O pregão marcado pela aversão ao risco causada pelos temores de recessão. (Valor Econômico)

Querosene de aviação tem alta de 70,6% no ano após novo aumento em 1º de julho, diz Abear

Percentual leva em consideração o mais novo ajuste da estatal para o derivado do petróleo de 3,9%.(Valor Econômico)

Paridade internacional do querosene afeta setor aéreo no Brasil com ‘requinte de crueldade’, diz secretário

Técnico do governo lamenta que custo do combustível é calculado por “simulação de importação”, e demanda das companhias aéreas é atendida em 90% por insumo produzido no país. (Valor Econômico)

Shell se juntará a projeto de US$ 30 bilhões de GNL do Qatar e terá 25% de participação

A Shell foi selecionada pela QatarEnergy para participar do projeto de expansão de gás natural liquefeito (GNL) North Field East no Qatar, estimado em US$ 30 bilhões. (Valor Econômico)

Demanda por gás vai diminuir nos próximos anos com preço alto e baixa oferta, diz AIE

A Agência Internacional de Energia (AIE) diz que os altos preços do gás natural e os problemas de fornecimento devido à guerra na Ucrânia vão desacelerar o crescimento da demanda pelo combustível fóssil nos próximos anos. (Valor Econômico)

Petrobras agenda reunião para análise das indicações dos conselheiros

Processo avança nos comitês internos, mas Assembleia Geral Extraordinária permanece sem data até o momento. (Petróleo Hoje)

PetroReconcavo inicia fornecimento de gás para Cegás

Com vigência de um ano a partir da data de início, o contrato prevê o suprimento de 30 mil m³/dia de gás natural e contempla, ainda, a possibilidade de fornecimento de volumes adicionais, além da disponibilidade das infraestruturas necessárias ao processamento e transporte do gás natural até os pontos de entrega. (Petróleo Hoje)

Equinor contrata sonda da Valaris para perfurar em Bacalhau

A Equinor fechou um contrato de 540 dias com a Valaris para perfurar um poço de avaliação, tapar um antigo poço de exploração e conduzir escopo adicional de perfuração em Bacalhau, no pré-sal da Bacia de Santos. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Terça-Feira, 05 de Julho

Destaques: (i) Positiva, redução do ICMS tem efeito limitado, dizem analistas. (Valor Econômico); (ii) Para Omega, entrada da Actis trará valor para empresa. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em alta com menor oferta. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

EPE: Consumo de energia sobe 3% em maio
O consumo de energia elétrica no Brasil atingiu 41.999 GWh em maio, alta de 3% em comparação com mesmo mês de 2021, informa o último boletim da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A classe comercial cresceu novamente 2 dígitos e respondeu por cerca de 60% da expansão, enquanto as residências e indústria também subiram, mas mais modestamente. No acumulado em 12 meses são 504.440 GWh, crescimento de 2,7% comparado com o período imediatamente anterior. (Canal Energia)

Para Omega, entrada da Actis trará valor para empresa
Em teleconferência realizada nesta segunda-feira, 4 de julho, o CEO da Omega Energia, Antonio Bastos Filho, se mostrou empolgado com a entrada do fundo Actis na empresa, divulgada na última semana. De acordo com ele, a vinda trará valor para a Omega, uma vez que ele a considera o investidor mais bem sucedido da América Latina. Geradora renovável se prepara para início de obras de eólica nos EUA e deve anunciar nos próximos dias acordo de US$ 500 milhões com gestora de ativos norte-americana. (Canal Energia)

Governo autoriza instalação de térmicas flutuantes no RJ
O governo federal autorizou a empresa turca Karpowership a executar a instalação de um conjunto de quatro unidades flutuantes para geração de energia térmica a gás natural a serem ancorados em uma área específica da Baía de Sepetiba (RJ) e conectados à terra através de uma linha de transmissão. Os empreendimentos também preveem uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação de GNL (FSRU). (Canal Energia)

Grupo Ambipar cria empresa de certificação
O Grupo Ambipar está investindo mais uma vez na ampliação de seus negócios com o lançamento da Ambipar Certification. Especializada em serviços de certificação, a nova empresa realizará atividades de avaliação em diferentes tipologias de esquemas para produtos, serviços e processos a fim de verificar o cumprimento e atendimento às normas e requisitos legais. (Brazil Journal)

Como mitigar o risco de desequilíbrios contratuais
Diversos fatores e choques recentes confluíram para uma conjuntura de inflação muito elevada e bastante assimétrica entre seus diversos componentes, como aponta meu colega André Braz. Dentre essas causas, destaco a pandemia, a crise hídrica no Brasil, a guerra entre Rússia e Ucrânia, as tensões eleitorais e as preocupações renovadas com as contas públicas. (Valor Econômico)

Santo Antônio Energia é alvo de ação judicial
Santo Antônio Energia (Saesa), sociedade de propósito específico controlada pela Madeira Energia (Mesa), informou ter tomado conhecimento de ação judicial, no valor de R$ 962 milhões, movida por grupo composto pelas empresas CNO, Andrade Gutierrez Engenharia e Novonor (antiga Odebetch). A empresa afirma ainda discordar das alegações e que avalia “as medidas cabíveis”. (Valor Econômico)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta com menor oferta
Os contratos futuros do petróleo Brent para setembro – a referência global da commodity – fecharam em território positivo na primeira sessão da semana, em dia de liquidez menor devido ao feriado de 4 de julho, dia da independência dos Estados Unidos, que fez com que as bolsas americanas permanecessem fechadas nesta segunda-feira. (Valor Econômico)

Positiva, redução do ICMS tem efeito limitado, dizem analistas
A redução das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os preços dos combustíveis, anunciada pela maioria dos Estados brasileiros, é considerada como positiva para a economia, especialmente por abrir espaço para menos sonegação fiscal, já que uma alíquota menor desestimula atividades ligadas à evasão de impostos. (Valor Econômico)

Por que atacar a receita russa com petróleo
A tarefa premente é reduzir as receitas trazidas pelo petróleo russo, mas teme-se que tal medida poderia acabar aumentando o preço mundial do petróleo e os ganhos em dólares de Putin, mesmo se a quantidade de exportações da Rússia diminuísse. (Valor Econômico)

“Quanto mais importadores, mais difícil romper com o PPI”, afirma Rosangela Buzanelli
Com 35 anos de Petrobras, a geofísica Rosangela Buzanelli é a representante dos trabalhadores no Conselho de Administração, onde se define como “a única não privatista”. Embora seja voz isolada e voto vencido na composição atual do CA, formado por mais seis representantes do Governo Federal e quatro dos acionistas minoritários, Rosangela é a única que carrega o “DNA da Petrobras”. (Petróleo Hoje)

Imetame prepara campanha de perfuração na Bahia
A Imetame irá realizar uma nova campanha de perfuração no Recôncavo, envolvendo cinco poços, sendo três de desenvolvimento e dois exploratórios. O trabalho terá início na próxima semana, no campo de Cardeal do Nordeste, com o poço Respeito. (Petróleo Hoje)

A Petrobras e o exemplo da Noruega
País não privatizou sua petrolífera, a Equinor, que abriu capital só com ações ordinárias e se encaixa em categoria na qual governo mantém investimento para obter maior retorno possível ao longo do tempo. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Terça-Feira, 04 de Julho

Destaques: (i) Redução de ICMS da gasolina começa a valer hoje no Rio de Janeiro; veja novo preço. (Exame); (ii) Emissão de carbono por termelétricas cresceu 78% no Brasil em 2021. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em alta com suporte de oferta apertada e demanda forte. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Emissão de carbono por termelétricas cresceu 78% no Brasil em 2021
A geração de energia a partir de usinas termelétricas que utilizam combustíveis fósseis deu um salto de 77% em 2021, por conta da recuperação parcial das atividades econômicas após o período mais crítico da pandemia de covid-19 e, principalmente, a crise hídrica de 2021, que fez com que a geração via hidrelétricas fosse prejudicada de maneira relevante. (Valor Econômico)

BNEF: custos das renováveis registram aumento temporário
Eólicas, solares e armazenamento registraram aumentos nos custos de até 14%, impactados por problemas na cadeia de suprimentos. Os aumentos estão ligados a aumentos no custo de materiais, frete, combustível e mão de obra. Segundo a BNEF, mesmo assim as energias renováveis continuam a ser a fonte mais barata de nova energia em larga escala em países que compreendem dois terços da população mundial e nove décimos da geração de eletricidade.  (Canal Energia)

Carga desacelera e deve crescer 1,3% em julho, aponta ONS
A primeira revisão do Programa Mensal de Operação de julho traz uma desaceleração da carga para o mês. A perspectiva é de um crescimento de 1,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse índice é 0,4 ponto porcentual a menos do que se estimava inicialmente.  (Canal Energia)

Reservatórios do Sul apresentam 91,3% de sua capacidade
Submercado do SE/CO teve recuo de 0,1 p.p, Norte diminuiu 0,5 p.p e Nordeste redução de 0,1 p.p. O submercado do Sul teve queda de 0,4 ponto percentual e estava operando com 94,9% da capacidade, na última quinta-feira, 30 de junho, se comparado ao dia anterior, segundo o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em alta com suporte de oferta apertada e demanda forte
Ainda que o temor pela recessão cresça, o desequilíbrio entre oferta e demanda oferece apoio para o avanço dos preços do petróleo. Sexta (01/07) a commodity voltou a fechar com ganhos, diante de perspectiva de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (Opep+) não consigam garantir a meta de expansão e a crise na Ucrânia mantém apeetado o fornecimento de barris no mercado. (Valor Econômico)

Redução de ICMS da gasolina começa a valer hoje no Rio de Janeiro; veja novo preço
A nova alíquota máxima de 18% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) sobre a gasolina e outros combustíveis começa a valer nesta segunda-feira, 4, no estado do Rio de Janeiro. A medida definida por decreto e publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira, 1º de julho. (Exame)

Governo do RJ usará procon para obrigas posto a reduzir preço da gasolina
O governo do Rio de Janeiro vai se valer do Código de Defesa do Consumidor para obrigar os postos de combustíveis a reduzirem o preço do litro da gasolina e do etanol a partir desta segunda-feira (4), informou a autarquia de Proteção ao Consumidor do Rio de Janeiro (Procon-RJ) ao Estadão/Broadcast. As multas, baseadas no porte da empresa e da infração, podem chegar a R$ 12 milhões, segundo o órgão. (Broadcast)

Órgão regulador alerta para que Alemanha se prepare para falta de gás russo
Temendo que a Rússia possa cortar o fornecimento de gás natural, o chefe da agência reguladora de energia da Alemanha pediu aos moradores neste sábado que economizem energia e se preparem para o inverno, quando o uso de gás natural aumenta. (Valor Econômico)

Petrobras faz acordo de R$ 601 milhões com ANP sobre royalties da unidade de xisto
A Petrobras informou ao mercado que assinou hoje com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) um acordo no valor de R$ 601 milhões relacionado à cobrança de royalties sobre a operação da unidade de industrialização do xisto (SIX), em São Mateus do Sul (PR). (Valor Econômico)

Pernambuco anuncia redução de ICMS sobre combustíveis
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), afirmou neste domingo que o estado vai cumprir as regras da lei complementar que estabelece alíquotas limite do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os preços dos combustíveis. (Valor Econômico)

ANP vai intensificar monitoramento das importações de diesel
A Agência Nacional do Petróleo (ANP) publicou nessa sexta-feira (30) o Sobreaviso no Abastecimento nº 02/2022/SDL/ANP, com o objetivo de intensificar o monitoramento das importações de óleo diesel A S10. A medida foi aprovada pela diretoria da agência nessa quinta-feira (30). (Valor Econômico)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)

Sexta-Feira, 01 de Julho

Destaques: (i) Leilão de energia termina com 10 grupos vencedores e investimentos de R$ 15,3 bilhões. (Valor Econômico); (ii) Petróleo volta a avançar após reunião da Opep+. (Valor Econômico); (iii) Petróleo fecha em queda com indícios de recessão. (Valor Econômico).

Elétricas e Saneamento

Leilão de energia termina com 10 grupos vencedores e investimentos de R$ 15,3 bilhões
O leilão de transmissão de energia promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) terminou com todos os lotes arrematados por uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 1,2 bilhão, deságio médio de 46,16% sobre RAP máxima de R$ 2,2 bilhões. (Valor Econômico)

Neoenergia: Lotes conquistados no leilão de energia deverão ter taxa de retorno real de 2 dígitos
A Neoenergia afirma que prevê uma Taxa Interna de Retorno (TIR) real de dois dígitos para os dois lotes conquistados no leilão de linhas de transmissão, realizado hoje. Na licitação, o grupo espanhol conquistou o Lote 2, que era o maior ativo do dia, e o Lote 11. As ações da companhia neste momento são negociadas a R$ 15,02, uma queda de 4,51%. (Valor Econômico)

Consumo de energia aumentou 3% em maio, com destaque para Sudeste
O consumo de energia teve crescimento de 3% em maio na comparação com igual mês em 2021, ao registrar, respectivamente, 41.999 gigawatts-hora (GWh) contra 40.758 GWh, de acordo com dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) divulgados nessa quinta-feira (30). (Valor Econômico)

Em leilão, Eletrobras mostra que voltou ao jogo
O leilão de transmissão de energia realizado ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na B3, em São Paulo, foi marcado por disputa em quase todos os lotes arrematados e foi a oportunidade para a volta da recém-privatizada Eletrobras entre os vencedores. A expectativa é de investimentos totais de R$ 15,3 bilhões. (Valor Econômico)

Ex-ministro Bento deve assumir ENBPar, estatal que ficará com Itaipu e nucleares
O ex-ministro de Minas e Energia almirante Bento de Albuquerque é cotado para a presidência da ENBPar (Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional S/A), estatal brasileira que está assumindo o controle da Itaipu Binacional e da Eletronuclear depois da privatização da Eletrobras. (Agência Infra)

Leilão de transmissão termina com todos os lotes negociados
Após quase 06 horas de disputa, o leilão de transmissão de 2022 terminou agora há pouco. Todos os 13 lotes colocados à disposição dos investidores foram licitados. O deságio sob a Receita Anual Permitida máxima foi de 46,16% ante o valor estimado inicialmente em R$ 2,2 bilhões estabelecido pela Aneel. (Canal Energia)

Isa Cteep vê chance de antecipação e redução de capex em lotes arrematados
Vencedora dos lotes 3 e 6 do leilão de LTs realizado nesta quinta-feira, 30 de junho, a Isa Cteep prevê chance de antecipação de entrada em operação e redução de capex na implantação dos empreendimentos. Em teleconferência, o CEO da empresa detalhou os planos da transmissora. No lote 3, a Cteep trabalha com a possibilidade de antecipação e redução do capex. Já no lote 6, não está prevista a antecipação, mas sim apenas a tentativa de redução de capex, por ser uma obra com compra de equipamentos e instalação de subestação. (Canal Energia)

Emissões de carbono por térmicas crescem mais de 77% no Brasil
IEMA adianta dado acumulado do próximo estudo enquanto aponta Candiota III, Pampa Sul e Porto do Pecém II como as usinas que mais emitiram gases de efeito estufa por eletricidade gerada em 2020 (Canal Energia)

. . .

Óleo & Gás

BRENT CRUDE

US$ 104,1/Barril +0,88%

CÂMBIO

R$ 5,50/USD +0,05%

Petróleo fecha em queda com indícios de recessão
Os contratos futuros do petróleo fecharam em território negativo em virtude do medo dos investidores em relação a uma possível recessão global. Caso a situação não melhore na última sessão da semana, a commodity deve fechar no prejuízo pela terceira semana seguida. (Valor Econômico)

Petróleo volta a avançar após reunião da Opep+
Os contratos futuros do petróleo operam em território positivo nesta sexta-feira, após o prejuízo contabilizado um dia antes no fim da sessão. Apesar dos contínuos temores sobre uma recessão global e o aumento das taxas de juros, a commodity voltou a se valorizar após a reunião da Organização dos Países Produtores de Petróleo e aliados (Opep+), que decidiram elevar a produção. (Valor Econômico)

Vendas de etanol caíram quase 7% em maio, diz ANP
Em maio, as vendas de etanol hidratado caíram em relação a abril, cedendo espaço para a gasolina. As distribuidoras venderam 1,3 bilhão de litros do biocombustível no mês, 6,9% a menos do que em abril e 12,7% abaixo do volume de maio do ano passado, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). (Valor Econômico)

ANP faz consulta para uso de diesel sem biodiesel
A diretoria da Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou ontem a realização de consulta pública, pelo prazo de cinco dias úteis, seguida de audiência pública, sobre proposta de resolução que visa mitigar riscos ao abastecimento do mercado brasileiro com diesel A (sem mistura de biodiesel) do tipo S10 (com menor teor de enxofre), no segundo semestre de 2022. (Valor Econômico)

Mais tempo para a PetroRio retomar a injeção de água em Frade
A ANP aprovou, nesta quinta-feira (30), a retomada de injeção de água no campo de Frade, operado pela PetroRio na Bacia de Campos. A atividade será executada nos poços 8-FR-29D-RJS e 8-FR-35D-RJS. O período adicional de um ano concedido à operadora, contado a partir de 25 de junho de 2022. (Petróleo Hoje)

McDermott de fora das licitações da Petrobras
A Petrobras suspendeu, temporariamente, os envios de editais e convites de licitação para a McDermott. A medida foi determinada até que a comissão de análise de sanções da petroleira conclua o processo administrativo sobre a empresa fornecedora, definindo se o grupo será formalmente bloqueado ou não de seus bids por um tempo determinado. (Petróleo Hoje)

Nossos últimos relatórios

  • Orizon (ORVR3): Um jovem gigante? Aumentando nosso preço-alvo para R$40/ação e reiterando Compra (link)
  • CESP (CESP6): Aprovação Final da Reorganização Societária e Nova Marca ‘Auren Energia’ (link)
  • O Gambito Da Rainha: O que um embargo ao Petróleo da Rússia significa para a oferta Global, o Brasil e a Petrobrás? (link)
  • Petrobras (PETR4): EBITDA um pouco abaixo da nossa expectativa, mas ainda uma forte geração de caixa (link)
  • CTEEP (TRPL4): Resultados do 4T21 sem surpresas; Neutro (link)
  • Data Expert: Monitor semanal de Preço de Paridade de Importação da Petrobras (link)
  • Petróleo em alta: como o preço dos combustíveis pode afetar seus investimentos? (link)
  • Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo (link)
  • Setor Elétrico: Como funciona o Mercado Livre de Energia? (link)
  • Omega Energia (MEGA3): Mais que um operador (link)
  • Petrobras (PETR4): Revisão da meta de curva de produção e confirmação da oferta da Braskem (link)
  • Petrobras (PETR4): Anúncio de novo aumento nos combustíveis (link)
  • CESP(CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo (link)
  • Petrobras (PETR4): Barata demais para ignorar, mas cuidado com os riscos políticos; veja o início de cobertura e nossa recomendação (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – Um presente de natal dos céus (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP – O pior passou, por enquanto (link)
  • AES Brasil (AESB3): Cenário hidrológico deteriorado ataca novamente (link)
  • Copasa (CSMG3): Resultado do 3T21 abaixo de nossas estimativas; Negativo (link)
  • Equatorial (EQTL3): A Gigante Continua Crescendo (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Adeus Omega Geração, Olá Omega Energia; Reiteramos Compra (link)
  • CTEEP (TRPL4): Sem surpresas no resultado do 3T21 e pagamento de bons dividendos (link)
  • CESP(CESP6): Reestruturação a caminho, mas ainda é cedo para ficar otimista (link)
  • Energias do Brasil (ENBR3): Energias do Brasil adquire plataforma de crescimento em transmissão no Centro-Oeste (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Aprovada uma nova (e melhor) relação de substituição na combinação de negócios (link)
  • Data Expert | Sensor Elétrico XP: O risco de racionamento diminui pela primeira vez (link)
  • Omega Geração (OMGE3): Combinação de negócios pode destravar muito valor; Reiteramos Compra (link)
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.