XP Expert

Bolsas globais em baixa com perspectiva de política monetária mais dura nos EUA

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA +0,8% | 113.368 Pontos

CÂMBIO +0,3% | 5,25/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Destaque do dia

Na agenda doméstica de hoje, as atenções estarão voltadas para a divulgação do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) relativo a dezembro. O time econômico da XP e o consenso de mercado esperam elevação de 0,6% para a proxy mensal do PIB em comparação a novembro (crescimento de 1,2% ante dezembro de 2020). Se essa estimativa estiver correta, o IBC-Br apresentará virtual estabilidade entre o 3º e o 4º trimestres de 2021. A estimativa de alta frequência para o PIB do 4º trimestre indica avanço de 0,3% em relação ao trimestre anterior, o que implicaria expansão de 4,5% em 2021.

Brasil

O Ibovespa fechou a sessão de quinta-feira (3) com uma alta de +0,8% aos 113.368 pontos, registrando o terceiro dia consecutivo de ganhos e descolado das Bolsas americanas que reagiram a expectativas de aperto de política monetária pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano). Enquanto isso, o dólar subiu +0,3% e fechou cotado a R$ 5,25. No mercado de juros, a curva de juros brasileira acompanhou o movimento vindo do exterior de elevação nas taxas de juros americanas, após o índice de preços ao consumidor (CPI) ser divulgado e alcançar 7,5% nos últimos 12 meses, muito acima do esperado. James Bullard, membro do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) sinalizou a necessidade de ser mais duro com o aperto monetário. DI jan/23 fechou em 12,35%; DI jan/24 foi para 11,85%; DI jan/26 encerrou em 11,225%; e DI jan/28 fechou em 11,35%.

Inflação nos EUA

A inflação ao consumidor nos Estados Unidos atingiu 7,5% no acumulado em 12 meses até janeiro, o maior patamar em 40 anos. A persistência da pressão inflacionária tem reforçado avaliações de que o Federal Reserve conduzirá a política monetária de forma mais agressiva em 2022. Neste sentido, o Presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard, afirmou ontem ser favorável a aumentos de juros (cumulativos) de 1 p.p. até o início de julho. O dirigente, que compõe o grupo de membros votantes do Fed este ano, sinalizou estar inclinado a uma elevação de juros de 0,5 p.p. na reunião do banco central em março (ao invés de 0,25 p.p.), além de comentar sobre a possibilidade de início da redução do balanço patrimonial da autoridade monetária no 2º trimestre deste ano.  

Mundo

E os mercados globais amanhecem negativos (EUA -0,5% e Europa -1,1%) após o dado de inflação culmina em comentários mais duros do presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard. Além disso, os dados de inflação causaram uma venda generalizada no mercado de títulos, elevando a taxa de juros do título de 10 anos americano para 2%, o que pressionou as ações globais. Na China, ambos o CSI 300 (-0,8%) e o índice de Hang Seng (-0,1%) encerraram em baixa, acompanhando os pares internacionais. Por fim, o Bitcoin (-1,7%) amanhece em campo negativo com a venda generalizada dos ativos de risco.

Setor de serviços no Brasil

No Brasil, o faturamento real do setor de serviços exibiu elevação mensal de 1,4% em dezembro, resultado muito acima das expectativas do mercado (alta ao redor de 0,5%). Com isso, o setor terciário avançou 0,4% no 4º trimestre e 10,9% em 2021, mais do que compensando a contração de -7,8% observada em 2020. A expansão dos serviços prestados às famílias segue em destaque, como reflexo da reabertura econômica e normalização do padrão de consumo entre bens e serviços.

A crise na fronteira entre Rússia e Ucrânia

Apesar das expectativas de líderes europeus, as negociações entre Rússia e Ucrânia em Berlin foram concluídas após nove horas sem entendimentos entre as partes. Em paralelo, Rússia e Belarus iniciam exercícios militares conjuntos. O momento foi descrito pelo primeiro ministro britânico como um dos mais perigosos da crise por reduzir significativamente o tempo de alerta em caso de invasão.

Ações Internacionais (BDRs)

Publicamos as novas páginas de ações internacionais (BDRs) da XP, e exploramos o modelo de negócios, catalisadores, riscos e valuation de alguns dos principais nomes dos mercados globais. Em termos de tamanho, o Brasil representa menos de 1% do mercado de ações global, e investir só em ações brasileiras é ignorar de 99% das oportunidades oferecidas por diversas empresas globais. Diante disso, o time de Research Internacional da XP criou um material onde explora mais a fundo o modelo de negócios de 10 grandes empresas do mercado global. Clique aqui para acessar o relatório.

Veja todos os detalhes

Agenda de resultados

Banco ABC Brasil SA (ABCB4): Após o fechamento
Usiminas (USIM5): Após o fechamento

Calendário do 4T21

Temporada de resultados do 4º trimestre 2021 – o que esperar?

Economia

Inflação ao consumidor nos EUA atinge nível mais alto em 40 anos; no Brasil, setor de serviços cresce muito acima das expectativas no final de 2021

  • No cenário internacional, o índice de preços ao consumidor dos Estados Unidos (CPI, em inglês) subiu 0,6% entre dezembro e janeiro, resultado acima da expectativa do mercado, que apontava para elevação de 0,4%. A medida de núcleo da inflação – exclui os itens voláteis de alimentos e energia – também registrou alta de 0,6% no período (o consenso indicava avanço de 0,5%). No acumulado em 12 meses até janeiro, a inflação geral atingiu 7,5%, o maior patamar em 40 anos; enquanto isso, o núcleo da inflação chegou a 6,0% na mesma base comparativa. Em relação aos dados desagregados, destaque para a forte elevação dos preços de alimentos em janeiro, ao passo que os preços de habitação e automóveis usados exibiram desaceleração significativa. Em linhas gerais, a inflação corrente continua bastante pressionada, reforçado avaliações de que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) conduzirá a política monetária de forma mais agressiva em 2022;
  • Neste sentido, o Presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard, afirmou ontem (10) ser favorável a aumentos de juros (cumulativos) de 1 p.p. até o início de julho. O dirigente, que compõe o grupo de membros votantes do Fed em 2022, sinalizou estar inclinado a uma elevação de juros de 0,5 p.p. na reunião do banco central em março (ao invés de 0,25 p.p.), além de comentar sobre a possibilidade de início da redução do balanço patrimonial da autoridade monetária no 2º trimestre deste ano. Por sua vez, o Presidente do Fed de Richmond, Tom Barkin, afirmou ontem (após fechamento dos mercados) que estaria “conceitualmente” aberto ao aumento das taxas de juros a um ritmo de 0,5 p.p., mas que não considera isso necessário atualmente;
  • Conforme já publicado nesta manhã (11) pelo Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS, em inglês), o PIB do Reino Unido cresceu 1,0% no 4º trimestre de 2021 em relação ao trimestre imediatamente anterior, resultado ligeiramente abaixo da mediana de projeções do mercado (1,1%). Em comparação ao último trimestre de 2020, a economia britânica avançou 6,5% (o consenso apontava para elevação de 6,3%). A expansão do consumo das famílias representou a maior contribuição para a atividade econômica geral no trimestre passado. O PIB britânico saltou 7,5% em 2021, após ter contraído 9,4% em 2020. Por sua vez, a produção industrial do Reino Unido exibiu elevação de 0,3% entre novembro e dezembro, mais ou menos em linha com o consenso de mercado (0,2%). A atividade manufatureira da região está cerca de 2,5% abaixo do nível observado em fevereiro de 2020, antes da deflagração da crise de Covid-19. Em suma, o setor industrial britânico continua em trajetória de recuperação gradual. Ainda na agenda econômica de hoje, destaque para a publicação do índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan/EUA referente a fevereiro (consenso: 67,0; anterior: 67,2);
  • No Brasil, as receitas reais do setor de serviços avançaram 1,4% entre novembro e dezembro, após ajuste sazonal, resultado muito acima da nossa projeção e do consenso de mercado (0,5% e 0,6%, respectivamente). Segundo dados divulgados ontem pelo IBGE, a atividade de serviços registrou crescimento de 10,4% em comparação a dezembro de 2020. Com isso, o setor terciário teve alta de 0,4% no 4º trimestre de 2021 em relação ao trimestre imediatamente anterior. Em 2021 como um todo, o setor mostrou expansão de 10,9%, mais do que compensando a retração de 7,8% vista em 2020. O crescimento do setor de serviços em dezembro teve perfil disseminado entre as atividades, já que quatro dos cinco grupos acompanhados pelo IBGE apresentaram números positivos na comparação mensal. Vale chamar a atenção para a retomada dos segmentos de serviços mais sensíveis à demanda das empresas (particularmente à indústria, que exibiu bom desempenho no último mês de 2021). Ademais, a recuperação dos serviços prestados às famílias continua em firme trajetória ascendente. A categoria mostrou em dezembro o nono aumento consecutivo na base mensal, como reflexo da reabertura econômica e normalização do padrão de consumo entre bens e serviços. A disseminação da variante Ômicron da Covid-19 deve implicar desaceleração no ritmo de crescimento dos serviços mais ligados à demanda das famílias no início de 2022, mas a contribuição para a atividade econômica total deve permanecer positiva;
  • No calendário doméstico de hoje, as atenções estarão voltadas para a divulgação do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) relativo a dezembro. O time econômico da XP e o consenso de mercado esperam elevação de 0,6% para a proxy mensal do PIB em comparação a novembro (crescimento de 1,2% ante dezembro de 2020). Se essa estimativa estiver correta, o IBC-Br apresentará virtual estabilidade entre o 3º e o 4º trimestres de 2021. A estimativa de alta frequência para o PIB do 4º trimestre indica avanço de 0,3% em relação ao trimestre anterior, o que implicaria expansão de 4,5% em 2021.

Política

A crise na fronteira entre Rússia e Ucrânia segue em destaque.

  • Apesar das expectativas de líderes europeus, as negociações entre Rússia e Ucrânia em Berlin foram concluídas após nove horas sem entendimentos entre as partes;
  • Em paralelo, Rússia e Belarus iniciam exercícios militares conjuntos. O momento foi descrito pelo primeiro ministro britânico como um dos mais perigosos da crise por reduzir significativamente o tempo de alerta em caso de invasão.

Empresas

Itaú Unibanco (ITUB4): Indo contra a corrente | Revisão 4T21

  • O Itaú reportou resultados acima das expectativas no quarto trimestre de 2021 (4T21), apesar das provisões acima do esperado, principalmente impulsionado pela Margem Financeira Bruta (MFB) mais forte;
  • O desempenho da MFB foi atribuído principalmente a um crescimento mais forte da carteira de crédito. Como resultado do crescimento da carteira de crédito, o banco aumentou as provisões no trimestre. Por consequência, o índice de cobertura aumentou para 241% (+7p.p. T/T e -79p.p. A/A), enquanto a taxa de inadimplência permaneceu estável T/T;
  • Por fim, esperamos que o mercado reaja positivamente ao lucro construtivo combinado com a boa qualidade dos resultados no próximo pregão. No entanto, reiteramos nossa recomendação Neutra e preço-alvo de R$ 28,0/ação diante do cenário macroeconômico mais desafiador a frente;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Vale: Produção e Vendas no 4T21

  • A Vale divulgou seu Relatório de Produção e Vendas do 4T21;
  • A produção de minério de ferro totalizou 82,5Mt no 4T21, 3,7% abaixo do nosso número e consenso de mercado de 86Mt. A menor produção foi explicada pela redução de produção no Sistema Sul, onde as compras de minério de ferro de terceiros recuaram devido aos preços mais baixos do minério de ferro, e no Sistema Norte, uma vez que o S11D foi impactado pela maior relação estéril-minério;
  • Com a produção do quarto trimestre, a Vale totalizou 316Mt de produção em 2021 ficando no limite inferior do guidance da empresa de 315-320Mt;
  • Por outro lado, as vendas de minério de ferro se recuperaram da queda no 3T21, chegando a 83,1Mt (+22,6% contra o trimestre anterior e 0,4% frente ao mesmo trimestre do ano passado) e implicando em uma redução nos níveis de estoque. Mas o destaque positivo foi a venda de pelotas, chegando a 10,4Mt: 29,4% acima do nosso número e 15% acima do consenso;
  • Vemos esses resultados como mistos, no lado positivo a estratégia da Vale de reduzir a produção de minério de ferro e aumentar as vendas de pelotas impulsiona a agregação de valor enquanto mantém o mercado de minério de ferro apertado, mas no lado negativo a menor produção entre as divisões diminui a alavancagem operacional da empresa. Mantemos nossa recomendação de compra no nome (TP US$ 17,6/ADR R$ 97,1/sh);
  • Para mais detalhes, acesse o relatório completo aqui.

Vitrine XP: Alpargatas (ALPA4) reporta resultados fracos, mas isso não é surpresa 

  • A Alpargatas (ALPA4) reportou resultados fracos, conforme esperado, com o EBITDA em linha com nossas estimativas mas com o lucro acima por conta de efeitos não recorrentes. A Receita Líquida cresceu 7% A/A puxada por uma melhora de preço/mix uma vez que houve uma queda de volumes de 2,5% A/A, com Brasil -4% A/A por conta de uma base mais difícil e o internacional subindo 16% A/A, puxado por EMEA (+62%) e mercados distribuidores;
  • A rentabilidade foi o ponto fraco do resultado, conforme esperado, com queda de margem bruta de 7,3p.p. A/A uma vez que a margem no Brasil continuou sendo pressionada pela alta de matéria prima e aumentou seu gap A/A vs. o 3T21 enquanto o internacional acompanhou a pressão de margem e apresentou uma queda de 4,9p.p. A/A (vs. +4,3p.p. no 3T21);
  • Além disso, acreditamos que o resultado já foi antecipado pelo mercado, com as ações caindo 28% no ano vs. IBOV +8%. Mantemos nossa recomendação de Compra;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Multiplan (MULT3) – Resultados 4T21: Resultado financeiro forte e acima de nossas estimativas, impulsionado por uma receita de aluguel robusta

  • A Multiplan apresentou resultados fortes e bem acima de nossas estimativas no 4T21. Do lado operacional, o portfólio da Multiplan operou cerca de 100% do horário normal no 4T21, impulsionando as vendas dos lojistas para (+8,1% vs. níveis do 4T19). A receita de locação aumentou (+35,4% vs. níveis do 4T19), principalmente devido ao efeito do reajuste do IGP-DI e redução dos descontos. Além disso, a taxa de inadimplência líquida manteve-se saudável atingindo 4,6% no 4T21 vs. 3,9% no 3T21, mesmo com aluguel das mesmas lojas (SSR) mais forte que o esperado. A Multiplan também destacou o mês de janeiro de 2022, com vendas aumentando 4,4% em relação a janeiro de 2019, apesar das preocupações com a Omicron. Portanto, reiteramos nossa recomendação de compra e TP de R$28,0/ação;
  • A taxa de ocupação aumentou levemente para 95,3% (+8bps q/q), com turnover recorde (7,9% em 2021 vs. 5,2% em 2019) devido à forte demanda de lojistas que buscam soluções de omnichannel e shoppings dominantes. O custo de ocupação atingiu 12,7% no trimestre (vs. 11,6% no 4T20). Além disso, SSR e SSS subiram +41,4% e +10,3%, respectivamente, em comparação com os números do 4T19;
  • A receita líquida foi de R$ 446 milhões, bem acima das nossas estimativas (+17% vs. nossa projeção). O Ebitda também ficou acima de nossas estimativas (+12% vs. nossa projeção). Com isso, o lucro líquido e o FFO ficaram acima de nossas estimativas (20% e 36% vs. nossa projeção), respectivamente. Em relação ao balanço, a Multiplan apresentou menor alavancagem financeira (dívida líquida/Ebitda) atingindo 3,06x no 4T21 vs. 3,36x no 3T21. A empresa registrou FFO de R$ 308 milhões, com dívida líquida atingindo R$ 2,48 bilhões no 4T21;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Cogna (COGN3): CEO Deixa o Cargo + Programa de Recompra de Ações

  • A empresa anunciou que Rodrigo Galindo está deixando o cargo de CEO:
    • O Sr. Galindo assumirá a presidência do conselho, com mandato de 4 anos;
    • Roberto Valério, CEO da Kroton – unidade de negócios de ensino superior da Cogna –, substituirá o Sr. Galindo como novo CEO;
    • De acordo com o fato relevante, a sucessão foi há muito planejada, iniciada em 2018 e postergada em 2020 devido à pandemia;
    • Segundo a empresa, não deve haver mudanças na estratégia da empresa, e o Sr. Valério vai focar na digitalização do negócio.
  • Adicionalmente, a empresa anunciou um programa de recompra de ações
    • Dentro do programa, até 102,8 milhões de ações (5,48% do total de ações em circulação) podem ser adquiridas pela Cogna;
    • Usando o preço de fechamento de hoje, de R$ 2,42, o programa pode chegar a R$ 248M;
    • A Cogna tem uma alavancagem muito alta, com resultados financeiros eliminando totalmente os lucros nos 9M21;
    • Portanto, nossa visão é que o melhor uso para qualquer excesso de caixa seria pagar dívidas
    • Apesar de sinalizar que a ação está desvalorizada, vemos o anúncio com cautela.

Small Caps – Prévia do 4T21, Parte 1: incluímos Burger King, Estapar, Grendene, IMC e Kepler Weber

  • Dentro do universo de cobertura Small Caps, esperamos um trimestre forte para as empresas do setor de bens de capital (Kepler Weber, Mills e Priner), resultados robustos para empresas varejistas (como Grendene e Vulcabras) e distribuidoras (Allied), e números positivos para restaurantes (IMC e Burger King Brasil), porém ainda em recuperação devido aos impactos da Covid;
  • Nesta primeira parte da nossa prévia do quarto trimestre de 2021 (4T21), estamos incluindo nossos comentários para Burger King, Estapar, Grendene, IMC e Kepler Weber;
  • Destaques incluem:
    • Resultados recordes da Kepler, tanto em receita quanto em margens: Clique aqui
    • Retorno das receitas do Burger King para níveis pré-pandêmicos: Clique aqui
    • Despesas mais altas da IMC parcialmente compensadas por vendas mais fortes: Clique aqui
    • Efeitos de sazonalidade positiva e alavancagem operacional na Grendene: Clique aqui
    • Receitas em recuperação na Estapar diante de melhoras na mobilidade urbana: Clique aqui

Hermes Pardini (PARD3) – Resultados 3T21: números não muito animadores de cima a baixo

  • O Pardini apresentou resultado levemente negativo no 4T21, com lucro de R$40M:
    • As receitas ficaram estáveis A/A mesmo com o número de unidades aumentando 31% no mesmo período, já que a receita por unidade diminuiu 18% A/A enquanto o número de clientes L2L aumentou apenas 2,5% A/A;
    • A margem EBITDA diminuiu 0,9 p.p. por conta da inflação de custos e menor participação dos testes Covid-19 na receita total;
    • O resultado final teve algum alívio devido a uma menor carga tributária e menores despesas financeiras líquidas, apesar das taxas de juros mais altas;
    • Em nossa opinião, os resultados indicam que 2022 – com inflação alta e provavelmente desaceleração na demanda por testes de Covid-19 a partir do 2T22 – pode apresentar um cenário difícil para a empresa.
  • Acesse o relatório completo aqui.

Jalles Machado (JALL3): números “doces” no 3T22 (ano-fiscal 4T21) e perspectivas positivas

  • A Jalles Machado (JALL3) apresentou bons números em seu 3T22 (ano-fiscal 4T21), diante de uma tendência de alta nos preços de açúcar e etanol, o que confirma nossa visão de um ano doce para a empresa;
  • A Receita Líquida ficou acima da nossa estimativa em R$ 360mi (+35% A/A e +10% XPe), com uma surpresa positiva no EBIT de R$ 204mi (excluindo ativos biológicos), muito acima da nossa previsão de R$ 124mi e com aumento de 189% A/A, em parte devido aos preços mais altos, mas também devido a uma maior participação nas vendas de etanol;
  • Permanecemos otimistas com as perspectivas para o setor de açúcar e álcool, especialmente levando em consideração os preços do açúcar travados (hedge) para 22/23, e reforçamos JALL3 como nossa top pick do setor com recomendação de Compra e preço-alvo de 14,20/ação;
  • Clique aqui para acessar nosso relatório completo.

GNDI (GNDI3): Expandindo as operações no RJ + Último dia de pregão 

  • O GNDI anunciou a aquisição de 100% do Hospital do Coração de Duque de Caxias (HSCOR) por R$83M:
    • A empresa tem 70 leitos e atualmente opera um hospital cardiológico de alta complexidade no Estado do Rio de Janeiro (RJ);
    • O HSCOR apresentou uma Receita Líquida de R$50,6M em 2021, implicando em um múltiplo EV/Vendas de 1,7x;
    • O valor do EV por leito foi de R$1,2M incluindo os imóveis onde se localiza o hospital, preço o qual nós consideramos como justo;
    • Vemos o anúncio como positivo tanto no ponto de vista de preço quanto de estratégia, conforme o GNDI continua crescendo em um dos mercados mais relevantes do Brasil.
  • Também notamos que, devido à fusão com a Hapvida (HAPV3), amanhã (11 de fevereiro) será o último período de pregão das ações do GNDI:
    • Investidores com ações ao final do pregão de amanhã irão receber (i) dividendos extraordinários no valor de R$1,6130 por ação, (ii) um pagamento de R$5,1260 por ação, e (iii) 5,2436 ações da Hapvida por ação do GNDI;
    • As ações da Hapvida serão creditadas em 16 de fevereiro e os pagamentos serão feitos dia 29 de março.

Orizon (ORVR3): Orizon adquire aterro sanitário no Centro-Oeste; Positivo 

  • A Orizon adquiriu um aterro sanitário próximo a Cuiabá por R$ 66 milhões (2,6x EV/EBITDA 22E). O preço, surpreendentemente baixo, foi resultado da execução de uma opção de compra detida pela EMPESA em parceria com a Orizon. A companhia deterá 51% do ativo que está em operação há mais de 10 anos e atualmente atende apenas clientes privados;
  • A Companhia segue de forma ativa com a estratégia de expansão de suas operações no contexto do Novo Marco Regulatório do Saneamento e a aquisição de Cuiabá é prova disso. A cidade é uma das últimas capitais com lixões a céu aberto (população ~630k hab.) e é vizinha de outros 14 municípios na mesma condição (população ~400k hab.). Os dois maiores municípios, Cuiabá e Várzea Grande, já anunciaram o encerramento de suas operações insalubres e destinarão seus resíduos ao ativo recém-adquirido pela Orizon, estimados em 900 ton/dia, com expectativa de aumentar pelo menos mais 500 ton/dia quando outros municípios regularizarem a destinação de seus resíduos urbanos. Estimamos R$ 120/ton para as operações atuais, o que implica R$25MM no EBITDA 22E;
  • Vemos a aquisição como muito rentável. A Orizon parece ter uma forte capacidade para fusões e aquisições de alto retorno. A aquisição é 100% em dinheiro e não há dívida herdada. Considerando apenas o tratamento, processamento e destinação de resíduos, estimamos uma TIR de 33,8%. Embora vejamos espaço para adicionarmos Biogás e Créditos de Carbono ao mix. O acréscimo de VPL ao nosso preço-alvo, ajustado pela participação, é de R$ 1,7/ação (6,0% sobre o preço de fechamento de hoje). Reiteramos nosso recomendação de Compra da Orizon, com preço-alvo de 12 meses de R$ 30/ação (que ainda não incorpora a operação analisada neste relatório);
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Transações de cartões atinge R$ 2,65 trilhões em 2021

  • A Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) divulgou ontem os dados referentes às transações de cartões em 2021, totalizando um volume de R$ 2,65 trilhões, com crescimento de 33,1% A/A;
  • No cartão de crédito, o volume total foi de R$ 1,6 trilhão com crescimento de 36,6% A/A. No cartão de débito, o volume total foi de R$ 916 bilhões com crescimento de 20,2% A/A. Por fim, o volume no cartão pré-pago foi de R$ 117,1 bilhões com crescimento de 158,5%;
  • O setor segue beneficiado pela retomada da atividade econômica e o forte crescimento ocorre em função da fraca base comparativa. Em nossa visão, os bancos de modo geral devem se beneficiar das sólidas estatísticas com destaque para o Itaú que foi líder em termos de volume de transações de crédito em 2020. Além disso, ressaltamos que o avanço do Pix pode ter pressionado o crescimento mais tímido das transações de débito.

Data Expert: Lançamento do Etiqueta XP – Beleza 

  • Nós estamos lançando o Etiqueta XP, um relatório focado no segmento de Beleza onde nós monitoramos os preços de produtos selecionados de Avon, Natura e O Boticário. Nosso objetivo é ver se as companhias já começaram a implementar aumentos de preços e, caso sim, em qual magnitude;
  • Clique aqui para o relatório completo.

Nova Análise: Copel

  • A Companhia Paranaense de Energia (Copel) é uma holding integrada do setor energético, sendo a quarta maior empresa de energia do país em termos de receita. As atividades-fim da companhia são executadas por quatro subsidiárias integrais: Copel Geração e Transmissão (GT), Copel Distribuição (DIS), Copel Comercialização e Copel Serviços. Seu acionista majoritário é o Governo do Estado do Paraná, sendo, portanto, uma estatal de economia mista;
  • Nos 9 primeiros meses de 2021, o EBITDA ajustado avançou 16,6% ano a ano, dado aumento da comercialização de energia no contexto da crise hídrica, do despacho temporário da UTE Araucária e crescimento das receitas de transmissão, após as revisões tarifárias, parcialmente ofuscado pelo maior custo com compra de energia elétrica;
  • O processo de turnaround em curso vem se mostrando bem sucedido: a razão Dívida Líquida/EBITDA atingiu 0,8x no último mês de setembro, ante pico de 3,1x em 2018;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Itaú supera previsões e lucra no 4º tri R$ 7,16 bilhões (Valor);
    • Santander coloca caixa do Banco24Horas em agência pela 1ª vez (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Alpargatas confirma oferta primária de ações em valor estimado de R$ 2,52 bilhões. (Valor);
    • Com saída do Uber Eats, Aiqfome, do Magalu, vira 2º maior app de comida do Brasil. (Broadcast);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Jalles Machado tem lucro 3 vezes maior (Valor);
    • Safras apontando para preços recordes, sinalizando para mais pressões no preço dos alimentos (Bloomberg);
    • Diminuição na carne? Consumidores americanos tentam vencer a inflação (Bloomberg);
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • GD Solar atinge 9 GW em potência instalada desde 2012. (Canal Energia);
    • Governo cria tumulto sobre corte de preço de combustíveis. (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Ações internacionais (BDRs): Saiba se vale a pena investir em Apple, Google, Amazon, Disney e mais

  • Neste conteúdo, apresentamos a nova página de ações internacionais (BDRs) da XP, e exploramos o modelo de negócios, catalisadores, riscos e valuation de alguns dos principais nomes dos mercados globais;
  • Em termos de tamanho, o Brasil representa menos de 1% do mercado de ações global, e investir só em ações brasileiras é ignorar de 99% das oportunidades oferecidas por diversas empresas globais;
  • Ao investir em ações internacionais (BDRs), o acesso a setores como streaming, carros elétricos, biotecnologia, semicondutores e muitos outros que não existem na Bolsa brasileira de diversas empresas ao redor do mundo se torna possível, possibilitando uma diversificação setorial e geográfica;
  • Diante disso, o time de Research Internacional da XP criou um material onde explora mais a fundo o modelo de negócios de 10 grandes empresas do mercado global;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Coca-Cola se beneficia de reabertura econômica

  • Bons resultados da Coca-Cola, impulsionados pela reabertura gradual dos estabelecimentos;
  • Twitter desaponta com desaceleração de investimentos em anúncios digitais;
  • Ford anuncia novos investimentos em veículos elétricos;
  • Tempo de permanência dos contêineres nos portos continua em alta;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

Empresas brasileiras seguem avançando na agenda ESG | Café com ESG, 11/02

  • O Ibov e o ISE fecharam o pregão de quinta-feira em leve alta de +0,8% e +0,2%, respectivamente;
  • No Brasil, a Eve, empresa de mobilidade aérea urbana da Embraer, deu início ao processo para obter o Certificado de Tipo (CT) para seu veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL, seu “carro voador”); e (ii) a Agrogalaxy lançou ontem o Instituto Agrogalaxy, uma ONG criada para promover conhecimento, educação e inovação para impulsionar o desenvolvimento sustentável no campo – a ideia é reforçar o pilar ESG da empresa, destinando às ações 1% de sua receita líquida;
  • No internacional, a senadora democrata norte-americana Elizabeth Warren criticou a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) por atrasos em suas regras históricas de divulgação de riscos de mudanças climáticas e pediu “ação rápida” sobre o assunto;
  • Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.