BOVV11: Conheça o ETF do Ibovespa

Saiba mais sobre o ETF que replica o desempenho do Ibovespa, maior índice da bolsa brasileira


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

BOVV11: Conheça o ETF do Ibovespa

O ETF tornar-se uma importante ferramenta de diversificação para o investidor brasileiro. Também conhecidos como Fundos de Índice, são mais famosos como portas de entrada para investir no exterior. No entanto, eles replicam diversos índices tanto nacionais, quanto internacionais.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, tem seu rendimento replicado através do BOVV11. Veja abaixo as principais características deste ativo:

O que é o BOVV11?

O BOVV11 – código do It Now Ibovespa Fundos de Índice – é um ETF, ou seja, um fundo de índice. Ele segue o Ibovespa, maior índice da bolsa brasileira. Replicando o índice, sua rentabilidade representa as variações das 70 maiores empresas negociadas na B3. Assim, este ETF pode ser uma boa opção de ativo de renda variável com foco em longo prazo e diversificação da carteira.

Vale lembrar que este não é o único ETF que replica o Ibovespa. Existem também o BOVA11, o XBOV11 e o PIBB11. A única diferença entre eles são os gestores.

Como funciona o BOVV11?

Como se trata de um Fundo, todo ETF tem um gestor. No caso do BOVV11 é o Itaú, que cobra taxa de administração de 0,3% ao ano. Por replicar o índice, não há gestão ativa, com compra e venda constante de ações. Isso só acontece caso aconteçam mudanças na composição do Ibovespa, tanto de empresas quanto de participação. A negociação é feita em cotas, assim como um fundo de investimento comum.

Quais empresas fazem parte do BOVV11?

Veja abaixo as 10 principais empresas que compõem o Ibovespa e, por consequência, este ativo:

  1. Vale (VALE3) | 10,9% de participação;
  2. Petrobras (PETR3, PETR4) | 9,4% de participação;
  3. B3 (B3SA3| 6,7% de participação;
  4. Itaú Unibanco (ITUB4) | 6,5% de participação;
  5. Ambev (ABEV3) | 3,0% de participação;
  6. Magazine Luiza (MGLU3) | 2,9% de participação;
  7. Banco do Brasil (BBAS3) | 2,6% de participação;
  8. Lojas Renner (LREN3) | 1,8% de participação;
  9. Fleury (FLRY3) | 0,4% de participação;
  10. MRV (MRVE3| 0,3% de participação;

Rentabilidade do BOVV11

Confira abaixo a rentabilidade deste ETF desde setembro de 2016, quando começou a ser negociado:

Abra sua conta na XP Investimentos

Quer conhecer mais sobre outros fundos de índice disponíveis para investir na bolsa de valores brasileira? Então confira também essa lista com os principais ETFs disponíveis na B3!



Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.