XP Expert

Temporada de Resultados Renda Fixa – 1º trimestre de 2024

Confira aqui os resultados do 1º trimestre de 2024 dos emissores sob cobertura do Research Renda Fixa da XP.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A página será atualizada conforme a divulgação dos resultados pelas companhias.
Confira aqui o calendário de divulgação de resultados das empresas de capital aberto

CTEEP

A CTEEP reportou resultados que consideramos neutros, uma vez que a melhora do EBITDA foi parcialmente compensada por maiores despesas financeiras. No 4T23, a Receita Líquida consolidada atingiu quase R$ 1,1 bilhão (+24% A/A), EBITDA Ajustado de R$ 897 milhões (+21% A/A) e Lucro Líquido de R$ 409 milhões (+33,7% A/A).
O maior faturamento e a melhora da performance do EBITDA foram motivados, principalmente, pela receita auferida com a energização de novos projetos greenfield e de reforços e melhoria, e pelo reajuste da inflação do período. Apesar das maiores despesas financeiras, em decorrência do aumento da dívida bruta, o resultado de equivalência mais que compensou e contribuiu para um maior lucro na comparação anual.
Apesar do forte Capez (R$ 835,1 no trimestre), o volume da dívida continua em níveis razoáveis, totalizando R$ 10,3 milhões ao final do período. Com disponibilidades totais de R$ 2,2 milhões, o endividamento líquido da CTEEP atingiu R$ 8,1 milhões. Com um melhor EBITDA, a alavancagem foi de 2,3x no trimestre, uma queda frente à 2,7x no 1T23 e mais distante dos covenants mais restritivos de 3,0x.

Para saber mais, acesse a página do emissor no link abaixo:

Irani

A reportou resultados mistos, com melhora no comparativo trimestral (4T23), mas piora no comparativo anual (1T23). O desempenho operacional foi pautado principalmente por um controle rígido sobre custos e despesas, compensando preços mais baixos A/A e T/T e impulsionando uma margem EBITDA que consideramos sólida de 30,5% (vs. 29,1% no 4T23).
Os volumes de embalagens de papelão ondulado (+9,0% A/A) acabaram por compensar a o pior desempenho do segmento de resinas (-2,0% A/A).
A dívida líquida/EBITDA manteve-se estável em 2,1x no 1T24 (vs. 2,1x no 4T23, ainda abaixo da meta de 2,5x da Irani e de 4,0x de seus covenants). O Capex foi de R$ 45 milhões no 1T24, comparado a R$ 65 milhões no 4T23.
Em março de 2024, a empresa aprovou a reforma Gaia XI (MP#5), que ocorrerá na unidade Papel SC e deve aumentar a produção de papel em 7%. 

Para saber mais, acesse a página do emissor no link abaixo:

Klabin

A Klabin reportou resultados que consideramos mistos, com melhora no comparativo trimestral, mas piora no comparativo anual. O EBITDA Ajustado foi de R$ 1.652 milhões no 1T24, +2% T/T e -15% A/A, implicando em margem EBITDA de 37,3% (+1p.p T/T e -2,9p.p. A/A).
Os principais destaques foram: (i) menores custos caixa de celulose (-4% T/T), impulsionados por menores compras de madeira de terceiros (-9% T/T); (ii) menores volumes de vendas de celulose (-12% T/T), compensados por maiores preços realizados (+12% T/T); e (iii) menores resultados na divisão Papel e Embalagem, impulsionados pela maior defasagem entre produção e vendas, dados os problemas operacionais nos portos do Sul. Para celulose, o EBITDA atingiu R$ 662 milhões (+34% T/T), impulsionado por maiores preços de madeira dura (+13% T/T), enquanto para Papel e Embalagens o EBITDA atingiu R$ 990 milhões (-17% T/T), impulsionado por um pior desempenho de custos.
Houve aumento no endividamento, principalmente devido ao aumento de sua posição de caixa em dólares para apoiar o Projeto Caetê, que prevê um investimento de US$ 1,16 bilhão para o 2T24. Vale destacar que a Companhia não está sujeita a covenants financeiros.

Para saber mais, acesse a página do emissor no link abaixo:

Assaí (Sendas)

O Assaí divulgou resultados sólidos no 1T24. As vendas líquidas cresceram +14% A/A, suportadas pelo plano de expansão da Companhia (+28 lojas UDM – últimos doze meses -, sendo 14 conversões do Extra), enquanto as vendas nas mesmas lojas vieram em +3,4% (vs. Atacadão em +1,8%), dada a recuperação dos volumes (+0,4% A/A) e à contribuição positiva das conversões.
Em termos de rentabilidade, o EBITDA subiu 0,8p.p. A/A, com alavancagem operacional e otimização de despesas gerais e administrativas. Por fim, o lucro líquido atingiu R$ 60 milhões (-17% A/A), impactado por despesas financeiras mais pesadas e maior alíquota de imposto de renda, enquanto o fluxo de caixa operacional ficou positivo em R$ 53 milhões, mesmo dada a sazonalidade do trimestre, apoiado por um rígido controle capital de giro de estoques e recebíveis.
A alavancagem, de acordo com a metodologia dos contratos financeiros, encerrou em 2,1x dívida líquida/EBITDA no 1T24, o que se compara ao seu covenant de 3,0x.

Para saber mais, acesse a página do emissor no link abaixo:


Veja mais

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “XP”) tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados.
Os instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.