XP Expert

Participação de Roberto Campos em painel do FMI é destaque

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA -0,5% | 116.181 Pontos

CÂMBIO +0,2% | 4,70/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Destaque do dia

Na volta do feriado de Páscoa, o mercado inicia a semana atento à divulgação do Livro Bege, que deve ocorrer na quarta-feira (20), relatório sobre as condições econômicas dos distritos do Federal Reserve, que pode dar alguma sinal sobre os próximos passos da autoridade monetária americana em relação aos juros. No mercado local, atenções voltadas para a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, hoje, em painel do FMI, depois que seus comentários sobre a inflação esvaziaram as chances de o ciclo de aperto da taxa Selic terminar em maio, a 12,75%. Além disso, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou em pronunciamento de rádio e TV, na noite deste domingo (17), o fim da emergência de saúde pública em decorrência da pandemia. Segundo o ministro, o anúncio foi possível por causa da melhora do cenário epidemiológico, da ampla cobertura vacinal e da capacidade de assistência do SUS.

Brasil

Em semana mais curta devido ao feriado de Páscoa, a Bolsa brasileira encerrou a quinta-feira (14) em queda, repercutindo a publicação dos dados de desemprego e varejo americano mais fracos do que o esperado, além do avanço nas taxas de juros de títulos de 10 anos americanos, o que pressionou também a elevação da curva de juros local. O Ibovespa encerrou em baixa de -0,51%, aos 116.181 pontos. O dólar fechou em alta, com investidores buscando proteção antes do feriado prolongado. A moeda americana fechou em alta de +0,2%, a R$ 4,70. No mercado de renda fixa, os juros futuros fecharam, na quinta-feira (14) o dia próximas da estabilidade em relação a terça-feira. Após início de dia com movimentos mistos, ao se aproximar do final do dia, a queda no rendimento das Treasuries norte-americanas (títulos do governo dos EUA) e a piora nos preços do petróleo levaram à maior cautela do mercado e as taxas encerraram praticamente inalteradas em relação ao dia anterior, porém com viés de alta. DI jan/23 fechou em 13,055%; DI jan/24 fechou em 12,695%; DI jan/25 foi para 12,020%; DI jan/27 encerrou em 11,720%; e DI jan/29 fechou em 11,79%.

Mundo

A bolsa americana amanhece negativa (EUA -0,5%) à medida que a taxa de juros nos EUA segue pressionando as ações e os investidores aguardam novas divulgações de resultados. Até o momento, 77% das empresas presentes no S&P 500 reportaram lucros acima das expectativas, segundo o FactSet. Nesta semana teremos nomes importantes como Bank of America, Netflix, Tesla e Johnson & Johnson. Ainda nos EUA, a taxa de juros de 10 anos amanhece negociando em 2,86%, um patamar não visto desde 2018. Na Europa, as bolsas permanecerão fechadas por conta do feriado de Páscoa. Na China (-0,5%), as ações encerram em baixa com dados econômicos mistos. O PIB chinês cresceu acima das expectativas no primeiro trimestre 4,8% vs. 4,4% das projeções, mas as vendas do varejo surpreenderam negativamente com uma contração de -3,5% vs. uma queda de -1,6% esperada pelo consenso. Além disso, na última sexta-feira, o PBOC reduziu o requerimento de reserva dos bancos em 25 bps, mas optou por manter a taxa de juros constante, o que também contribuiu para um sentimento negativo do mercado.

Revisão da projeção para PIB e IPCA

Nossa equipe econômica revisou as projeções de PIB e IPCA para 2022, com base nos números do 1º trimestre acima do esperado. Para inflação, a projeção, que antes era de 7,0%, foi para 7,4% e para o crescimento do PIB, a projeção, que antes era de 0,0%, agora passou para 0,8%.

PIB da China

O PIB da China cresceu 4,8% ano-a-ano no primeiro trimestre, acima das expectativas (4,2%). Mas os dados mensais indicaram que a tendência de melhora na economia se interrompeu devido aos lockdowns. Os resultados aumentam a pressão sobre o governo do presidente Xi Jinping, que reafirmou seu compromisso com uma política de zero Covid.

Rússia e Ucrânia

No 53º dia de guerra, a Rússia exigiu a rendição dos soldados ucranianos que resistem em Mariupol e se comprometeu a poupar as vidas daqueles que abaixarem as armas. Mesmo após o horário limite para o ultimato, o primeiro-ministro da Ucrânia afirmou que as forças armadas ‘lutarão até o fim’ e não irão abrir mão do território. A agência de classificação de risco Moody’s afirmou que a Rússia pode estar em default, já que tentou pagar seus títulos, que até então teriam que ser pagos em dólares, com rublos, sua moeda local. Essa seria uma das consequências mais duras da exclusão de Moscou do sistema financeiro ocidental desde o início da invasão da Ucrânia pelo presidente Vladimir Putin. Se essa situação for declarada, isso marcaria o primeiro grande calote da Rússia em títulos estrangeiros desde os anos que se seguiram à revolução bolchevique de 1917, embora o Kremlin diga que o Ocidente está forçando um default ao impor sanções incapacitantes.

Economia

PIB da China cresceu acima das expectativas no primeiro trimestre, mas vendas no varejo caíram 3,5% devido aos lockdowns

  • O PIB da China cresceu 4,8% ano-a-ano no primeiro trimestre, acima das expectativas (4,2%). Mas os dados mensais indicaram que a tendência de melhora na economia se interrompeu devido aos lockdowns. A produção industrial desacelerou para 5,0% de crescimento de 7,5% em janeiro-fevereiro. As vendas no varejo caíram 3,5% após um ganho de 6,7%. Mesmo as vendas online cresceram apenas 0,5% – o mais fraco desde fevereiro de 2020 – devido a uma combinação de entregas mais lentas, crescimento de renda relativamente fraco e políticas governamentais para desencorajar compras online. Os resultados aumentam a pressão sobre o governo do presidente Xi Jinping, que reafirmou seu compromisso com uma política de zero Covid;
  • As reuniões de primavera do FMI/Banco Mundial começam hoje. A inflação estará no topo das discussões. As pressões de preços continuam, com os preços do petróleo mais uma vez se aproximando de 110 dólares por barril e com os bloqueios da China, que afetam as cadeias globais de suprimentos. Muitos membros de bancos centrais de países desenvolvidos e emergentes devem fazer pronunciamentos públicos esta semana. Os mercados vão monitorar de perto em busca de indicações sobre o ritmo do aperto monetário global;
  • O segundo turno das eleições na França também está no radar do mercado. Os franceses votarão em 24 de abril para dar um segundo mandato ao presidente Macron ou para eleger sua adversária de direita Marine Le Pen. Macron está liderando as pesquisas por cerca de 5 a 10 pontos percentuais;
  • No Brasil, elevamos na semana passada nossa projeção de PIB e IPCA para 2022, com base nos números do 1T acima do esperado. Agora vemos a inflação do IPCA em 7,4% (7,0% antes) e o crescimento do PIB em 0,8% (0,0% antes). A inflação persistentemente alta provavelmente afetará as expectativas de inflação de médio prazo, o que, em nossa opinião, forçará o Banco Central a estender o ciclo de aperto até junho. Continuamos projetando uma alta de 1pp em maio e agora esperamos uma alta adicional de 1pp em junho, levando a taxa Selic para 13,75%. Para 2023, mantivemos nossa projeção de IPCA em 4,0% (juros mais altos devem compensar inércia e expectativas pressionadas) e cortamos a projeção do PIB de 1,2% para 0,5% devido à política monetária mais apertada e pior transporte estatístico.

Empresas

Arezzo&Co. (ARZZ3): Cumprindo com as promessas do Follow-On; HG e Sunset alavancando as iniciativas de bolsas e exportações da empresa

  • A Arezzo&Co. anunciou a aquisição da HG e Sunset por R$ 43 milhões, valor que representa um múltiplo implícito de 4,8x EV/EBITDA vs. ~17x para a ARZZ em 2022 segundo nossas estimativas, ao mesmo tempo em que é praticamente em linha com a média de valuation de transações no segmento logístico;
  • Vemos a transação como positiva dado que ela vem em linha com a estratégia da empresa de aumento da sua verticalização, atualmente em 12%, com o objetivo de trazer melhoria em margens e maior controle da cadeia de suprimentos de bolsas, enquanto o conhecimento e experiência em exportação da Sunset deve ajudar a alavancar as operações internacionais da ARZZ;
  • Desta forma, reiteramos nossa recomendação de Compra com preço-alvo de R$105,0/ação;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

EZTec (EZTC3): Dados operacionais neutros explicados pelo desempenho moderado das vendas líquidas no 1T22

  • A EZTec divulgou dados operacionais neutros no 1T22, lançando R$ 489 milhões (-0,4% T/T). Esse volume foi composto por 2 empreendimentos (Expression Ibirapuera, Exalt Ibirapuera) e a aquisição de 60% do empreendimento Villa Nova Fazendinha em parceria com a BP8, com VGV (%EZTec) de R$ 84,1 milhões;
  • Além disso, as vendas líquidas cresceram (+28,9% A/A e caíram -17,0% T/T), atingindo R$ 303 milhões no 1T22, levando a uma velocidade de vendas (VSO) branda de 9,0% no trimestre vs. 11,6% no 1T21. Os distratos aumentaram, atingindo R$48 milhões, representando 13,7% das vendas brutas vs. 8,9% no 1T21, prejudicados pelo segmento de média renda. A EZTec também informou que 48% das vendas brutas foram de projetos de alta renda, refletindo a sólida demanda por este segmento, que em nossa visão parece mais resiliente em relação ao segmento de média renda em um cenário macro desafiador com taxas de juros imobiliárias mais altas;
  • Mantemos nossa recomendação de compra para EZTC3 com TP de R$48,00/ação, baseado em um valuation atrativo, sendo negociada atualmente a 0,9 P/VP;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Banco Pan, controlado pelo BTG Pactual, sofre vazamento de dados (Estadão);
    • Banco Inter retoma plano de listagem na Nasdaq (Valor);
    • Banco Modal conclui aquisição de fatia de 11,25% na fintech KeyCash (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • ‘Assim como a Arezzo, a Vivara pode ter três ou quatro marcas’, diz presidente da empresa. (Estado);
    • O próximo setor na mira do Magalu. (O Globo);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Brasil continua a receber adubo russo, apesar da guerra (Valor);
    • China suspende compra de carne de unidades de JBS, Marfrig e Naturafrig por uma semana (Notícias Agrícolas);
    • Venda direta de etanol aos postos frustra expectativa por queda nos preços (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Eletrobras volta à pauta do TCU, que deve adiar planos de privatização do governo. (Broadcast);
    • Petroleiras médias têm lucro recorde e investem em expansão de negócio. (Broadcast);
    • Preços dos combustíveis: Coelho dá sinal de continuidade na Petrobras. (epbr);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Tesla registra queda de produção na China

  • Goldman Sachs supera estimativas do mercado;
  • Resultados do Morgan Stanley são impulsionados por receita de trading;
  • Tesla registra queda de produção na China;
  • Dados apontam que apesar da alta nos preços dos metais, o setor de mineração investe pouco em exploração;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

Alocação & Fundos

Onde os gestores estão investindo? Confira como estão posicionados nossos fundos recomendados!

  • O relatório trimestral de gestão é segmentado de acordo com as principais classes de ativos: Renda Fixa (com foco em crédito privado), Multimercados e Renda Variável (long only e long biased),e visa consolidar as diferentes opiniões sobre os riscos e desafios macroeconômicos dos gestores presentes em nossas carteiras recomendadas;
  • De tempos em tempos, é sempre importante reavaliar como estão as visões e perspectivas desses profissionais para o cenário a frente, pois elas podem dizer muito sobre a capacidade de que eles terão de gerar retornos para os cotistas dos seus fundos e, nosso caso, consequentemente para as nossas carteiras recomendadas;
  • Clique aqui para conferir o conteúdo completo.

Principais notícias

  • Fundos Imobiliários (FIIs): confira as principais notícias
    • Chegou a Hora de Investir em Fundos Imobiliários (FIIs)? (investing);
    • Como foi o mercado imobiliário para vendas residenciais em 2021? (MoneyTimes);
    • Leilões de imóveis são destaque da semana no setor imobiliário; veja as notícias mais lidas (MoneyTimes);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

ESG

Novo presidente da Petrobras afirma que redução da dívida abre espaço para investimento, inclusive na frente ESG | Café com ESG, 18/04

  • Na quinta-feira, o mercado fechou em território neutro, com o Ibov e o ISE em leve queda de -0,5% e -0,3%, respectivamente. Na semana, tanto o Ibov quanto o ISE encerraram em queda de -1,8% e -1,4%, respectivamente;
  • No Brasil, (i) o novo presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, afirmou na semana passada que a redução da dívida da companhia abre espaço para que a empresa faça investimentos maiores, inclusive em projetos socioambientais e na solução de problemas sociais e ambientais, como a transição energética e o combate às emissões de carbono; e (ii) a Braskem fechou um contrato de compra de energia eólica com a EDF Renewables do Brasil, com o objetivo de contribuir para a construção de um novo complexo eólico no sudoeste da Bahia, a fim de promover a instalação de novas fontes de energia renovável no Brasil, além de garantir o fornecimento de energia para a companhia por um prazo de 20 anos, a partir de 2024;
  • No internacional, o Japão começará a desenvolver uma rede de suprimentos de biocombustível para a aviação com o objetivo de disponibilizá-lo em todo o país no próximo ano, como parte da meta de reduzir as emissões de gases de efeito estufa;
  • Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.