Ibovespa deve abrir em leve alta; inícios de cobertura em SMTO3 (compra), RENT3 (compra), MOVI3 (compra) e LCAM3 (compra)

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Clique para ouvir

IBOVESPA -0,7% | 120.062 Pontos

CÂMBIO 0,34% | 5,57/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa deve abrir em leve alta nesta quinta-feira. Enquanto no Brasil, a B3 esteve fechada por conta do feriado de Tiradentes, nos Estados Unidos, a quarta-feira foi positiva para os mercados com os principais índices de ações avançando entre 0,9% e 1% – o índice de Small Caps chegou a subir +2%. O índice EWZ, que grosso modo, é o Ibovespa negociado nos EUA, avançou 0,23% após chegar a cair 1% no início do pregão. O otimismo foi liderado por ações de empresas sensíveis à recuperação econômica e que se beneficiariam da volta à “normalidade”, como é o caso das empresas do setor aéreo. De olho nas empresas do setor aqui no Brasil.

Depois da forte alta de ontem, bolsas globais amanhecem sem direção definida em meio a temporada de resultados do 1º trimestre. O índice S&P 500 nos EUA (-0,1%) segue beirando níveis recordes, com altas expectativas para os resultados das empresas.

Em economia internacional, destaque para a reunião do Banco Central Europeu. A expectativa do mercado é de manutenção dos juros e de maiores esclarecimentos sobre o ritmo de compras do programa de compras de ativos emergenciais ligados à pandemia – o PEPP. A partir das 9h de hoje (horário de Brasília) também se inicia a Cúpula do Clima, evento convocado pelo presidente Joe Biden para reunir lideranças mundiais com intuito de impulsionar uma agenda ambiental global.

No Brasil, após sanção de mudança na Lei de Diretrizes Orçamentárias que abre caminho para a reedição dos programas emergenciais de créditos e apoio ao emprego formal (Pronampe e BEm), hoje, é o prazo limite para o presidente decidir sobre sanção e vetos à peça aprovada pelo Congresso. É esperado que o Presidente vete parcialmente o texto, cortando R$ 10,5 bilhões de emendas parlamentares.

Do lado das empresas, destaque de hoje fica por conta dos novos inícios de cobertura lançados pelo nosso time de análise:

1. Iniciamos a cobertura da São Martinho (SMTO3) com recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 38 por ação, representando um potencial de alta de 17% em relação ao preço atual da ação. Em nossa opinião, a empresa tem uma execução agroindustrial impecável e está pronta para desfrutar do bom momento pelo qual vem passando o setor de Açúcar e Etanol. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Além disso, publicamos um relatório com uma análise ESG completa da São Martinho. Na nossa visão, apesar da empresa fazer parte de um setor com desafios em relação, principalmente, ao pilar Ambiental, vemos a empresa bastante comprometida com a agenda ESG (link).

2. Também iniciamos a cobertura das Locadoras de Carro (RENT3, MOVI3 e LCAM3) com recomendação de Compra para os três papeis (link para o relatório completo), embasados principalmente em nossa expectativa de criação de valor no setor, combinando forte crescimento com níveis de retorno saudáveis. Vemos fundamentos setoriais sólidos para as três empresas: (i) Aluguel de Carro (RaC) deve manter tendência de consolidação, com um mercado ainda em crescimento; (ii) o segmento de Gestão e Terceirização de Frota (GTF) deve entrar em nova tendência secular de “oceano azul” como mercado a ser explorado (carro por assinatura), além de ainda ter baixa penetração em aluguéis corporativos; e (iii) Seminovos (venda de carros usados) ainda irá desfrutar de um ótimo momento de curto prazo.

Publicamos um relatório com uma análise ESG das três empresas (link). Vemos a Localiza liderando essa corrida, sendo uma das empresas melhor posicionada na agenda ESG sob a cobertura do XP. Logo em seguida vem a Movida, uma “Empresa B” com diretrizes ESG robustas e, por fim, Unidas, que embora também esteja bem posicionada, está numa corrida com outros players mais rápidos e com espaço para melhorias em termos de divulgação ESG.

Tópicos do dia

Acesse aqui o relatório internacional

Economia

  1. Reunião do ECB e sanção do orçamento no Brasil são destaques dessa quinta-feira

Política

  1. Governo sanciona projeto que abre espaço para superar impasse sobre Orçamento
  2. Política internacional: em meio a tensões internacionais, começa hoje Cúpula do Clima

Empresas

  1. Locadoras de Automóveis (RENT3, LCAM3, MOVI3): Sem Trânsito nas Avenidas de Crescimento
  2. Radar ESG | Locadoras de automóveis: Rumo à agenda ESG; Localiza liderando a corrida
  3. São Martinho (SMTO3): iniciando cobertura com Compra e preço-alvo de R$ 38 por ação
  4. Radar ESG | São Martinho (SMTO3): Quanto mais se semeia, maior é a colheita
  5. Lojas Americanas (LAME4): Aquisição do Grupo Uni.co; Marcas únicas se juntam ao portfolio
  6. Notícias Diárias do Setor Financeiro
  7. Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

ESG

  1. Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 22/04

Veja todos os detalhes

Economia

Reunião do ECB e sanção do orçamento no Brasil são destaques dessa quinta-feira

  • Em economia internacional, destaque para a reunião do Banco Central Europeu. A expectativa do mercado é de manutenção dos juros e dos demais programas, e de maiores esclarecimentos sobre o ritmo de compras do PEPP. A promessa de compras no 2T em “passo significativamente maior que nos primeiros meses do ano” foi parcialmente cumprida. As compras até aceleraram, mas o vencimento de títulos foi grande em abril, então o efeito líquido foi marginalmente menor. A dúvida é se as compras se manterão mais fortes à frente;
  • No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem o  Projeto de Lei do Congresso Nacional nº 2 de 2021, que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, dando seguimento ao acordo para destravar o orçamento, e para a reedição dos programas emergenciais de crédito subsidiado para pequenas e médias empresas, o Pronampe e para apoio ao emprego formal, o BEm. Vale lembrar que hoje é o prazo limite para o presidente decidir sobre sanção e vetos à peça aprovada pelo Congresso. É esperado que o Presidente vete parcialmente o texto, cortando R$ 10,5 bilhões de emendas parlamentares;
  • Quanto aos programas de estímulo, a ideia é que o BEm seja regulamentado por duas medidas provisórias. A primeira trataria da compensação do governo sobre a redução salarial dos trabalhadores. Já a segunda, permitiria com que empresas negociem antecipação de férias com funcionários, concessão de férias coletivas, antecipação de feriados e flexibilização no pagamento das férias e na gestão dos bancos de horas. O custo do programa é estimado em BRL 10 bi e esperado que afete cerca de 5 milhões de trabalhadores.

Política

Governo sanciona projeto que abre espaço para superar impasse sobre Orçamento

  • O governo sancionou ontem o PLN 2, aprovado pelo Congresso na última segunda, e agora tem o caminho livre para sancionar o Orçamento – o que precisa ser feito até hoje. O acordo é por vetos parciais, preservando pelo menos R$ 16,5 bilhões da emenda de relator, destinada a deputados e senadores. Com a sanção, o governo fica livre também para reeditar programas emergenciais, como o BEm e o Pronampe;
  • O presidente Jair Bolsonaro discursa por três minutos na Cúpula do Clima. Pressionado, ele deve reeditar o que afirmou em sua carta a Joe Biden: deve reforçar a tese de que o Brasil tem compromisso com esforços internacionais de proteção do meio ambiente, combate à mudança do clima e desenvolvimento sustentável e deve indicar aumento de recursos para o Ministério do Meio Ambiente.

Política internacional: em meio a tensões internacionais, começa hoje Cúpula do Clima

  • A Cúpula do Clima, evento convocado pelo presidente Joe Biden para reunir lideranças mundiais com intuito de impulsionar uma agenda ambiental global, começa hoje às 9h (horário de Brasília). Confira a agenda e lista completa de convidados aqui: https://bit.ly/32PcYHX. A iniciativa é parte de uma estratégia do governo democrata de promover uma agenda contra as mudanças climáticas e reposicionar os EUA como líder da comunidade internacional. Segundo o Washington Post, Biden deve aproveitar o evento para anunciar plano de redução das emissões de carbono do país ao menos pela metade até 2030;
  • Apesar de tensões globais, a China e Rússia confirmaram sua participação no evento;
  • Em paralelo, no Congresso americano, parlamentares dão urgência a uma proposta bipartidária que procura reforçar a competitividade dos EUA em tecnologia diante do crescimento da China no setor. Entre as medidas contempladas estão incentivos para fortalecer a fabricação doméstica de semicondutores. O presidente Biden pediu que USD 50 bilhões sejam alocados;
  • Na Alemanha, o partido de Angela Merkel, o CDU, definiu Armin Laschet como seu candidato para a eleição de setembro. Nas últimas semanas, o aliado de Merkel enfrentou desafio de Markus Soder, candidato da ala mais à direita que registrava maior apoio nas pesquisas. O embate levou a exposição da fragmentação do partido e deteríorizacão de sua posição nas pesquisas. Os líderes promovem agora discurso de união, mas enfrentam um complexo panorama eleitoral com crescimento do partido Verde, de centro-esquerda, e investigação de correligionários de Merkel por corrupção.

Empresas

Locadoras de Automóveis (RENT3, LCAM3, MOVI3): Sem Trânsito nas Avenidas de Crescimento

  • Estamos iniciando a cobertura do setor de Aluguel de Carros com recomendação de Compra para a Localiza (RENT3; preço-alvo de R$76/ação, 22% de potencial de valorização), Movida (MOVI3; preço-alvo de R$23/ação, 33% de potencial de valorização) e Unidas (LCAM3; preço-alvo de R$34/ação, 32% de potencial de valorização), embasados principalmente em nossa expectativa de criação de valor (EVA – valor econômico adicionado), combinando forte crescimento com níveis de retorno saudáveis. Vemos fundamentos setoriais sólidos para as principais empresas: (i) Aluguel de Carro (RaC) deve manter tendência de consolidação, com um mercado ainda em crescimento; (ii) o segmento de Gestão e Terceirização de Frota (GTF) deve entrar em nova tendência secular de “oceano azul” como mercado a ser explorado (carro por assinatura – “LTRFI”), além de ainda ter baixa penetração em aluguéis corporativos; e (iii) Seminovos (venda de carros usados) ainda irá desfrutar de um ótimo momento de curto prazo. Clique aqui para acessar o relatório completo.
    • Localiza (RENT3) – Mantendo a Liderança – Top Pick do Setor. Temos uma visão estruturalmente positiva tanto para o setor de aluguel de carros quanto para a tese de investimento da Localiza, apoiado por (i) crescimento robusto e acima do consenso nos próximos anos (CAGR 2019-2022e do lucro líquido de ~28%); (ii) níveis de EVA recorde, sustentado por retornos saudáveis sobre o custo de capital (ROIC 2021e de 13,2%, 6,8 p.p. acima do nosso WACC em 2021); e (iii) forte combinação de vantagens competitivas sustentadas (principalmente pela escala) com execução acima da concorrência.
    • Movida (MOVI3) – Grandes Melhorias Feitas. Nossa visão positiva em relação à Movida vem principalmente de: (i) uma visão estruturalmente positiva para as grandes empresas de aluguel de carros em relação às menores (consolidação deve continuar no RaC e acelerar no GTF, em nossa opinião); (ii) melhora dos resultados e dos níveis de retorno devido aos ajustes no operacional desde o IPO em 2017 (ROIC 2019-20 de 10,4-7,7%, contra 7,1-7,7% em 2015-16); e (iii) valuation atrativo, pois acreditamos que o múltiplo P/L 2021e da Movida de ~14,1x não captura totalmente nossas expectativas de retorno.
    • Unidas (LCAM3) – M&A Continua no Sangue. Acreditamos que a empresa está bem posicionada para continuar crescendo além do mercado no RaC, mantendo a sua liderança nacional no GTF. Baseamos nossa visão positiva em: (i) mudança significativa da Unidas, se voltando para a eficiência e rentabilidade (spread ROIC-WACC positivo em 2020); e (ii) nossa postura positiva em relação à contínua consolidação do RaC no Brasil (e que deve acelerar no GTF); e (ii) valuation atrativo (2021E P/L de 18,7x).

Radar ESG | Locadoras de automóveis: Rumo à agenda ESG; Localiza liderando a corrida

  • É inegável que o comportamento do consumidor está mudando e de forma rápida. Muitos dos itens mais desejáveis ​​dos jovens por uma década ou mais mudaram drasticamente, passando da propriedade para o uso compartilhado. E esse é o caso dos automóveis. Empresas inovadoras estão adaptando seus modelos de negócios para contemplar um mundo onde usar vale mais do que possuir. E esperamos que esse movimento só se intensifique adiante;
  • Em nossa visão, o setor brasileiro de locação de automóveis está avançando na direção certa para atender a essa demanda crescente e, portanto, vemos as empresas sob cobertura da XP (RENT3, MOVI3 e LCAM3) bem posicionadas para acompanhar essa tendência daqui para frente. Para este setor, vemos o pilar Governança como o mais importante dos três, seguido pelo pilar Social e Ambiental, respectivamente;
  • Em uma perspectiva por empresa, vemos a Localiza liderando essa corrida, sendo uma das companhias melhor posicionada na agenda ESG sob a cobertura do XP. Logo em seguida vem a Movida, uma “Empresa B” com diretrizes ESG robustas e, por fim, Unidas, que embora também esteja bem posicionada, está numa corrida com outros players mais rápidos e com espaço para melhorias em termos de divulgação ESG;
  • Neste relatório, destacamos os tópicos ESG que vemos como os mais importantes para o setor e analisamos como as empresas sob o universo de cobertura da XP (RENT3, MOVI3 e LCAM3) se posicionam quando o tema é ESG. Clique aqui para ler o conteúdo completo.

São Martinho (SMTO3): iniciando cobertura com Compra e preço-alvo de R$ 38 por ação

  • Estamos iniciando a cobertura da São Martinho (SMTO3) com recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 38 por ação, representando um potencial de alta de 17% em relação ao preço atual da ação. Clique aqui para acessar o relatório completo;
  • Em nossas estimativas, a SMTO3 é negociada a 9,2x EV/EBIT 2021, representando um desconto de ~ 13% versus nosso múltiplo-alvo para a empresa de 10x, além do múltiplo de 5x EV/EBITDA que se encontra 8% abaixo da média de 10 anos;
  • A São Martinho é um dos maiores grupos sucroalcooleiros do País. Em linhas gerais, acreditamos que a empresa tem uma execução agroindustrial impecável e que ela está pronta para desfrutar do bom momento pelo qual vem passando o setor de Açúcar e Etanol;
  • Adicionalmente, destacamos que a São Martinho realiza pagamentos recorrentes de dividendos, além de ter uma política disciplinada de alocação de capital e um histórico financeiro sólido.

Radar ESG | São Martinho (SMTO3): Quanto mais se semeia, maior é a colheita

  • Em geral, a indústria de Açúcar e Etanol (S&E, na sigla em inglês) é um setor sensível na perspectiva ESG. Em nossa visão, o pilar Ambiental é o fator mais importante na análise, embora o de Governança e Social não estejam distantes;
  • Apesar da São Martinho (SMTO3) fazer parte de um setor com desafios em relação, principalmente, ao pilar Ambiental, vemos a empresa bastante comprometida com a agenda ESG, sendo uma das melhores do setor, dado seus diversos programas em vigor que focam na redução dos impactos adversos de suas operações ao meio ambiente, com destaque para o programa de controle de emissões de gases do efeito estufa da SMTO e seu mapeamento do uso da terra e das áreas de preservação permanente (APPs), além do controle em relação ao uso da água e projetos de gestão de resíduos;
  • No pilar Social, destacamos os programas comunitários da São Martinho e os esforços da companhia em garantir a segurança de sua força de trabalho. Por fim, acreditamos que a frente de Governança é a que tem maior espaço para melhorias, principalmente no que se refere ao Conselho de Administração da empresa, tanto em termos de independência quanto de diversidade de gênero;
  • Neste relatório, trazemos uma breve perspectiva ESG setorial em relação à indústria de Açúcar e Etanol e destacamos como a São Martinho (SMTO3) está posicionada quando o tema é ESG. Clique aqui para ler o conteúdo completo.

Lojas Americanas (LAME4): Aquisição do Grupo Uni.co; Marcas únicas se juntam ao portfolio

  • A Lojas Americanas anunciou na noite de terça-feira (20/04) a aquisição de 70% do Grupo Uni.co, dono da das marcas Puket, imaginarium e MinD. O valor da transação não foi divulgado, porém estimamos algo em torno de R$250 milhões (ou 0,5% do valor de mercado total da companhia);
  • O Grupo Uni.co possui mais de 1,8 milhão de clientes ativos e opera no canal físico com 445 franquias e 2,800 pontos de venda multimarcas em todos os estados brasileiros. Um diferencial importante da companhia é sua presença na China com um escritório próprio desde 2010, o que garante um acesso mais rápido à inovação e relacionamento próximo com fornecedores;
  • Vemos a aquisição como positiva uma vez que agrega novas categorias ao portfólio da Americanas, expertise em desenvolvimento de produtos e reforça a vertente de atuação da cia. através de franquias. Mantemos nossa recomendação de Compra para LAME4 e preço alvo de R$36,0 por ação. Leia o relatório completo aqui.

Notícias Diárias do Setor Financeiro

  • Acesse este relatório com notícias do setor financeiro que complementam nossos comentários publicados no Morning Call, mas que não consideramos relevantes o suficiente para serem analisadas. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

  • Nesta publicação diária, trazemos as principais notícias do setor de varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.) nacional e internacional, complementando nossa visão sobre as tendências e acontecimentos mais importantes do dia. Além disso, o relatório contém um resumo dos múltiplos e recomendações para as empresas de nossa cobertura.
  • Clique aqui para acessar o relatório.

ESG

Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 22/04

  • Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo falam sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança;
  • Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance histórica do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP;
  • Por que essas informações são importantes? Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.