XP Expert

Bolsa brasileira tem alívio; BCE ainda não deverá agir contra inflação

Inflação na Europa, alívio do dólar e questão do salário dos servidores públicos são alguns dos temas de maior destaque nesta quinta-feira, 20/01/2022

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA +1,2% | 108.013 Pontos

CÂMBIO -2,3% | 5,44/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Destaque do dia

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, disse que o BCE tem “todos os motivos” para não responder com tanta força quanto o Fed (banco central americano) ao aumento da inflação. Ela destacou que a inflação na Europa está “claramente mais fraca” e a recuperação econômica na região não é tão sólida quanto nos EUA. É um sinal claro de que o BCE ainda não vê a necessidade de aumentar as taxas de juros este ano, enquanto os mercados estão apreçando 3 a 4 aumentos nas taxas de juros nos EUA. As pressões inflacionárias na zona do euro, no entanto, continuam aumentando. O índice de preços ao produtor da Alemanha (PPI) saltou 5% em dezembro, muito acima das expectativas (0,8%). Ano a ano, o PPI alemão aumentou 24,2%. O aumento de preços aos produtores pode, em algum momento, ser repassado aos consumidores.

Brasil

O alívio do dólar e dos juros dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, após excessos da véspera, quando a T-note de 10 anos tocou a máxima em dois anos, refletiram positivamente na curva de juros local e no Ibovespa. Com isso a bolsa brasileira teve dia de recuperação encerrando com alta de 1,26% aos 108.013 pontos enquanto as taxas futuras de juros encerraram a sessão de ontem em baixa. DI jan/23 fechou em 12,045%; DI jan/24 foi para 11,65%; DI jan/26 encerrou em 11,23%; e DI jan/28 fechou em 11,35%. O dólar futuro, por sua vez, caiu 2,30% e fechou cotado a R$ 5,44, menor nível em 2 meses.

Há dois dias do prazo para o presidente Bolsonaro sancionar o orçamento, não está claro se haverá aumento nos salários dos servidores públicos. O projeto de lei aprovado contempla aumentos salariais apenas para as forças policiais. Sindicatos de outras carreiras públicas, no entanto, pressionam o governo para também ganhar reajustes salariais, o que representaria um gasto adicional que não cabe no teto constitucional de gastos.

Mundo

Os mercados globais amanhecem mistos (EUA +0,4% e Europa -0,2%) após mais um dia de quedas, pressionando as empresas de tecnologia, que colocou o Nasdaq-100em território de correção. Em relação à temporada de balanços, os destaques de hoje serão os resultados do Netflix e American Airlines. No agregado, das 46 empresas do S&P 500 que reportaram seus resultados, 78% superaram as expectativas. Na Europa, a presidente do Banco Central Europeu, Cristine Lagarde, afirmou nesta quinta-feira que, ao contrário do Federal Reserve, o ECB não possui motivos para agir duramente contra a inflação, uma vez que grande parte do aumento de preços da região é causado pelos atuais preços de energia e crise de abastecimento. Ela destacou que a inflação na Europa está “claramente mais fraca” e a recuperação econômica na região não é tão sólida quanto nos EUA.

Na China, os índices CSI 300 (+0,9%) e Hang Seng (+3,4%) encerram em alta após cortes nas taxas de juros para empréstimos (10 bps na de 1 ano e 5 bps na de 5 anos) e sinalização do aumento nos investimentos direcionados a infraestrutura, o que deverá impulsionar a economia e beneficiar o endividado setor imobiliário. Por fim, o petróleo (-0,4%) e o gás natural (-0,6%) recuam levemente.

Veja todos os detalhes

Economia

Lagarde diz que o BCE não deve seguir os passos austeros do Fed em resposta ao aumento da inflação. China toma medidas adicionais para facilitar a política monetária

  • Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, disse que o BCE tem “todos os motivos” para não responder com tanta força quanto o Fed (banco central americano) ao aumento da inflação. Ela destacou que a inflação na Europa está “claramente mais fraca” e a recuperação econômica na região não é tão sólida quanto nos EUA. É um sinal claro de que o BCE ainda não vê a necessidade de aumentar as taxas de juros este ano, enquanto os mercados estão apreçando 3 a 4 aumentos nas taxas de juros nos EUA;
  • As pressões inflacionárias na zona do euro, no entanto, continuam aumentando. O índice de preços ao produtor da Alemanha (PPI) saltou 5% em dezembro, muito acima das expectativas (0,8%). Ano a ano, o PPI alemão aumentou 24,2%. O aumento de preços aos produtores pode, em algum momento, ser repassado aos consumidores;
  • Em um esforço adicional para aliviar gradualmente as condições monetárias, o banco central chinês cortou a taxa básica de juros de um ano em 0,1pp para 3,7%. A autoridade monetária também reduziu sua taxa de referência para empréstimos hipotecários pela primeira vez em quase dois anos. A prime rate de cinco anos, normalmente utilizada em contratos de hipoteca, foi reduzida de 4,65% para 4,60%. O PBOC tem sinalizado que usará mais ferramentas de política monetária para estimular a economia e impulsionar a expansão do crédito;
  • No Brasil, a dois dias do prazo para o presidente sancionar o orçamento, não está claro se haverá aumento nos salários dos servidores públicos. O projeto de lei aprovado contempla aumentos salariais apenas para as forças policiais. Sindicatos de outras carreiras públicas, no entanto, pressionam o governo para também ganhar reajustes salariais, o que representaria um gasto adicional que não cabe no teto constitucional de gastos. Ontem, o presidente Bolsonaro mencionou que o governo desiste do aumento às forças policiais.

Empresas

Vale (VALE3): Ministério Público (MP) determina intervenções em 18 barragens da Vale em MG após chuvas

  • De acordo com o jornal Valor, a Vale será notificada pelo Ministério Público do Estado para apresentar uma relatório fotográfico e uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) sobre 18 barragens no Estado de Minas Gerais;
  • O ART deve ser apresentado em 10 dias e informar quais medidas estão sendo realizadas ou o cronograma detalhado de ações para garantir a segurança das estruturas. As medidas requeridas pelo MP são: corrigir processos erosivos no entorno das estruturas; manutenção e limpeza dos sistemas de drenagem interna, superficial e do extravasor; reduzir a contribuição pluvial da bacia de drenagem para o reservatório da barragem e garantir a manutenção de rotina da estrutura, realizando inclusive o controle de vegetação;
  • Apesar de algumas medidas serem tomadas, elas não devem impactar de forma substancial os resultados da Vale;
  • Mantemos nossa recomendação de compra com preço alvo de R$91/ação.

JHSF (JHSF3): Prévia operacional resiliente no 4T21

  • A JHSF divulgou dados operacionais resilientes no 4T21, impulsionados pelo Complexo Boa Vista, as vendas líquidas chegaram a R$ 340,2 milhões (+28,9% A/A e -10,1% T/T). O projeto da Estates foi o destaque alcançando R$ 212,9 milhões no 4T21 , totalizando R$ 588,2 milhões em 2021. Além disso, o projeto da Estate, representando 37% das vendas totais em 2021 e 63% das vendas totais no 4T21;
  • Portanto, as vendas líquidas cresceram 28,9% A/A, alcançando R$ 340,2 milhões no 4T21, totalizando R$ 1,6 bilhão em 2021 vs. R$ 1,3 bilhão em 2020. Dito isto, a velocidade líquida das vendas atingiu um nível sólido, refletindo a demanda reprimida no segmento de alta renda e para os produtos da JHSF, apesar das preocupações com as perspectivas de taxa de juros do financiamento imobiliário;
  • Por fim, no segmento de shoppings, as vendas consolidadas aumentaram acentuadamente +39% em relação ao 4T19, ajudadas pelo Shopping Cidade Jardim (+61%) e pela Catarina Outlet (+33%) devido as restrições aliviadas, levando a uma forte venda das mesmas lojas (SSS), atingindo +30% em relação ao 4T19;
  • Portanto, mantemos nossa recomendação de compra e TP de R$9,7/ação.

Tenda (TEND3): Performance Operacional Sólida no 4T21 Devido a Lançamentos Maiores

  • A Tenda apresentou números operacionais sólidos, impulsionados em grande parte por lançamentos robustos de R$ 836 milhões no 4T21 (+32% T/T e -6% A/A), totalizando R$ 3,1 bilhões em 2021 vs. R$ 2,7 bilhões em 2020 (+15% A/A);
  • Além disso, as vendas líquidas atingiram R$ 781 milhões no trimestre (-1,8% YoY e +1,4% QoQ), totalizando R$ 3,1 bilhões em 2021 vs. R$ 2,5 bilhões em 2020 (+22% A/A). As vendas mais fortes foram impactadas principalmente pelo maior volume de lançamentos no período. Portanto, a velocidade de vendas se manteve positiva, em 31,9% no 4T21 (-1,1pp T/T e -0,6pp A/A);
  • Não vemos isso como um gatilho para as ações e mantemos nossa visão positiva para a empresa, com base no valuation atrativo, negociando em 6x P/L em 2022.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Creditas quer valer até US$ 10 bi em IPO. Fintech de crédito começou a contratar bancos para listagem nos Estados Unidos. (Valor);
    • Auto Compara, do Santander, entra em assistência automotiva. (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Varejo não é mais o que era antigamente: destaques da NRF 2022 (Mercado e Consumo);
    • Shopee avança no Brasil e ameaça varejistas no e-commerce (Valor);
    • Grupos de luxo superam previsões em um setor em expansão (Financial Times);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Commodities: Com Rússia e Ucrânia no radar, trigo lidera alta dos grãos em Chicago (Valor);
    • Analysis: High U.S. meat prices: packer profiteering or capacity crunch? (Reuters);
    • China’s 2021 soy imports from Brazil fall on lower demand (Reuters);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Petrobras (PETR4) confirma negociação de R$ 1 bi pelo Polo Potiguar (RN) com 3R Petroleum (RRRP3). (Suno);
    • “Levem em conta que vamos mudar de governo”, diz Lula sobre privatizações. (epbr);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Google Wallet

  • ASML lucra com forte demanda por seus equipamentos;
  • Resultados do Morgan Stanley e Bank of America;
  • Google planeja ampliar suar gama de serviços financeiros;
  • Dados apontam que mercados emergentes e commodities costumam ter bons desempenhos em ciclos de alta de juros realizadas pelo Federal Reserve;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

Carta anual aos CEOs, de Larry Fink, é o destaque | Café com ESG, 20/01

  • O mercado encerrou o pregão de quarta-feira em campo positivo, com o Ibov e o ISE em alta de +1,3% e +2,0%, respectivamente;
  • No Brasil, (i) a Corporate Knights, consultoria canadense que avalia e classifica as companhias com base em critérios ESG elaborou a lista com base em uma avaliação de 6.914 empresas de todo o mundo com mais de US$ 1 bilhão em receitas, mas apenas três empresas brasileiras ocupam a lista de 2022 das 100 empresas mais sustentáveis do mundo: Banco do Brasil (22ª posição), a Engie Brasil (23ª posição) e Natura & Co Holding (88ª posição); e (ii) o primeiro leilão mundial de créditos de carbono voltados para a micromobilidade urbana será realizado no Brasil, de acordo com o plano da Prefeitura do Rio de Janeiro;
  • No internacional, em sua Carta Anual aos CEOs de 2022, Larry Fink, o presidente do conselho de administração e CEO da BlackRock, abriu o texto discutindo as relações de trabalho e colocando o CEO e o trabalho realizado pelo RH como fatores verdadeiramente críticos para a boa performance das companhias. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.