Radar Imobiliário XP #43

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em queda de -1,35%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos no segmento de ativos logísticos. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -1,70%, o XPFT de -2,20% e XPFP de -1,05%.

No Brasil, em destaque essa semana, a reunião do Copom que elevou a taxa Selic em 1,50 p.p. atingindo 7,75% a.a., em linha com as expectativas do mercado. O comunicado pós-reunião afirmou que o aumento do ritmo da alta de juros foi justificado “pela deterioração do balanço de riscos e pelo aumento das projeções de inflação”. Os economistas da XP esperam uma taxa Selic terminal em 11,00% ao fim desse ciclo aperto monetário. (março/22).

No âmbito político, as atenções se mantiveram voltadas à repercussão do enfraquecimento do arcabouço fiscal. Nesse cenário, a percepção de risco do mercado subiu consideravelmente nos últimos dias, pressionando ativos financeiros e deteriorando as perspectivas da economia.

No campo dos indicadores econômicos, a semana foi marcada pela divulgação do IGP-M, que apresentou alta de 0,64%. No acumulado de 12 meses, o índice atingiu 21,73%. O INCC subiu 0,80% em outubro, a publicação foi superior ao 0,56% apresentado no mês anterior. No acumulado o índice apresenta alta de 15,35% em 12 meses.

Por fim, na seara dos fundos imobiliários, divulgamos hoje nossa Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários para novembro. Adicionalmente, publicamos a atualização das teses de investimentos dos fundos BLMR11, VIFI11, HFOF11 e RVBI11.

Sexta-feira | Dia 29/10

Inflação [IGP-M] tem alta de 0,64% em outubro e vai para 21,73% em 12 meses (Folha)

Falta de alerta sobre risco fiscal frusta o mercado (Valor)

Amazon decepciona e tem queda de 50% do lucro líquido no 3º tri, para US$ 3,156 bi (Infomoney)

Relatório de análise – FII VBI REITS FOF (RVBI11) (ExpertXP)

Quinta-feira | Dia 28/10

Por que os fundos imobiliários são menos voláteis em períodos de maior turbulência? CEO da RBR Asset explica (Infomoney)

Copom eleva selic para 7,75% e sinaliza nova alta de 1,5% (Valor)

Relatório de análise – FII Hedge Top FOF III (HFOF11) (ExpertXP)

PATC11 – Negativo: o Fundo recebeu uma notificação do TRISUL S.A. (“Trisul”), inquilino dos conjuntos 205, 205, 207 e 208 do Edifício Cetenco Plaza, sobre a intenção de rescindir antecipadamente seu contrato de locação. O inquilino ocupa 1.152 m² do Imóvel, ou 9,4% da área bruta locável do Fundo. O contrato de locação prevê 6 meses de aviso prévio, além do pagamento de multa rescisória e da devolução do volume total concedido a título de carência no início da locação. Desta forma, o Fundo somente será impactado por esta rescisão a partir de novembro de 2022, caso o imóvel permaneça vago até esta data. O possível decréscimo nas distribuições do Fundo em decorrência desta desocupação é de aproximadamente R$ 0,04 (quatro centavos) por cota.

Quarta-feira | Dia 27/10

Após IPCA-15, 12 casas projetam inflação entre 9,1% e 9,8% em 2021 (Valor)

Custo da Construção da FGV sobe 0,80% em outubro e 15,35% em 12 meses (Valor)

Summit Imobiliário 2021 debate o futuro do setor (Estadão)

Crise da evergrande não vai afetar em nenhuma hipótese nenhuma das incorporadoras brasileiras (Estadão)

Central de FIIs: fundos imobiliários voltam a cair e Ifix tem 6ª sessão de queda consecutiva (Infomoney)

Relatório de análise – FII Vinci Instrumentos Financeiros (VIFI11) (ExpertXP)

HSML11 – Positivo: o fundo assinou um Memorando de Entendimentos conjuntamente com o HSI V REAL ESTATE FIP  – MULTIESTRATÉGIA, por meio do qual se comprometeu a adquirir 100% das ações da REC 2017 I, sociedade proprietária dos seguintes ativos: I) 51% do imóvel Shopping Paralela, localizado no município de Salvador – Bahia, e; II) 100% da área de expansão do ativo, que conta com a Unime, faculdade do grupo Cogna, como locatária sob um contrato de locação BTS. A transação está condicionada à superação de determinadas condições precedentes. A aquisição representa um acréscimo de área bruta locável própria ao Fundo de 37.614 m². O preço de aquisição dos Ativos, caso concluída, será de R$ 432.721.212,00 a ser pago ao Vendedor e contará com uma estrutura de Renda Garantida por 3 anos.

Terça-feira | Dia 26/10

Pressão de custos na construção preocupa (Valor)

Construção terá o maior crescimento em dez anos, estima CBIC (Valor)

Quem optar pelo home office vai sair perdendo” diz professor de Wharthon (Valor)

HGRE11 – Positivo: o fundo assinou a Escritura por meio da qual concluiu a venda da totalidade dos conjuntos 11, 21, 31, 41 e 171 do Condomínio Centro Empresarial Mario Garnero, Torre Norte – Bloco 2000, localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.485 – São Paulo/SP . A área total locável dos Imóveis é de 3.654,20 m², estando ela 100% locada. O preço total de venda é de R$ 67.968.120,00 , equivalente ao valor médio de R$ 18.600/m². Com o recebimento do Valor de Venda, a operação gerou um lucro em regime de caixa de R$ 36.497.715,48, equivalente a R$ 3,09 por cota. O Valor de Venda é 116% superior ao valor investido e 29% superior ao valor contábil dos Imóveis, com base no laudo de avaliação contabilizado em dezembro de 2020.

Segunda-feira | Dia 25/10

Mercado imobiliário perde fôlego no terceiro trimestre, após série de recordes (Estadao)

Fundos imobiliários incorporam mau humor do mercado e têm pior semana desde agosto (Infomoney)

Empresas lançam negociação de imóveis via blockchain (Folha)

Representatividade das mulheres cresce no mercado imobiliário (Estadao)

RBRP11 – Positivo: o fundo concluiu a transação de venda do imóvel ‘SLB Anima”, com o recebimento no valor de R$ 4,85 milhões. Considerando o recebimento do Preço de Venda, a operação gerará um ganho de capital estimado em R$ 0,07 por cota, representando uma Taxa Interna de Retorno equivalente a 25% ao ano.

Últimos Relatórios

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.