Dinheiro do FGTS já pode ser sacado. Aproveite para investir

Momento continua oportuno para aplicações, com alternativas para diferentes perfis de investidores Milhares de brasileiros já podem sacar seus recursos no Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).  Embora uma ideia inicial seja de que famílias paguem suas dívidas e equilibrem suas situações financeiras, é uma boa oportunidade para quem já está com contas […]


Compartilhar:


Momento continua oportuno para aplicações, com alternativas para diferentes perfis de investidores

Milhares de brasileiros já podem sacar seus recursos no Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS). 

Embora uma ideia inicial seja de que famílias paguem suas dívidas e equilibrem suas situações financeiras, é uma boa oportunidade para quem já está com contas em dia para investir.

Mas, quando se fala em investimentos, cada um tem uma opinião diferente sobre qual é o melhor. Isso acontece porque os investidores têm perfis e objetivos diferentes, podendo priorizar a segurança de um rendimento mais previsível ou admitindo correr certos riscos para ter a possibilidade de ganhar mais.

Seja qual for o caso, o momento continua oportuno para os investimentos. Ainda mais levando em consideração um dinheiro que estava parado no FGTS, com retornos de 3% ao ano mais a Taxa Referencial, ou seja, perdendo até mesmo para a inflação em determinados períodos.

Perfil do investidor

Por isso, selecionamos algumas sugestões de estratégias de carteiras de acordo com o perfil de cada investidor com base na Política de Suitability da XP Investimentos. Confira:

Conservador: com menos margem de manobra, a dica é permanecer na renda fixa, essencialmente em produtos pós-fixados, com 82,5% dos recursos da carteira. O restante pode ser dividido entre ativos prefixados (10%) e ligados à inflação (7,5%). As possibilidades para aplicar essas estratégias envolvem fundos de investimentos, Tesouro Direto, CDBs, entre outros.

Moderado: esses investidores aceitam mais risco, buscando incrementar os retornos. Um dos grandes diferenciais para o perfil conservador é a inclusão de fundos multimercados. A exposição é de 20% na carteira e uma pequena parcela de ações, representando 5% da alocação. O valor restante é distribuído na renda fixa, com 40% em títulos pós-fixados, 20% em ativos atrelados à inflação e 15% em pós-fixados.

Agressivo: o investidor agressivo tem como característica assumir mais risco para obter retornos acima da média. Por isso, a sugestão é aumentar a exposição em fundos multimercados para 30% e aplicar 17,5% em renda variável. O restante da carteira segue em renda fixa. São 25% em papéis ligados à inflação, 22,5% em prefixados e 5% em pós-fixados.

O modo de remuneração do FGTS deve ser alterado para algo próximo à poupança, mas ainda assim rendendo abaixo das aplicações citadas acima.

Antes de seguir as dicas, no entanto, é importante entender que o mercado financeiro não existe fórmula mágica. Essas são sugestões para servir como um ponto de partida para análises mais aprofundadas em cada caso. Por isso, é importante que o investidor conheça seus objetivos e saiba como identificar as melhores estratégias.

Consulte o seu FGTS, acesse: Consultar FGTS

Invista com um XP. Abra a sua conta. Acesse: www.xpi.com.br

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.