Conheça os 37 BDRs de ETFs disponíveis na Bolsa brasileira

Ativos são oportunidade de acessar rendimento de índices negociados fora do Brasil, através do home broker de corretoras brasileiras


Compartilhar:


Com a liberação dos BDRs para todos os investidores brasileiros, tivemos uma explosão na oferta de ativos internacionais negociados na B3. Primeiramente, os Brazilian Depositary Receipts de ações estrangeiras foram o maior ponto de atenção, com a possibilidade de investimento em empresas. Por exemplo, é possível negociar ações de empresas como Apple, Facebook e Disney através do mercado brasileiro.

No entanto, essa abertura também permitiu o investimento em BDRs de ETFs estrangeiros. Esses ETFs, também conhecidos como fundos de índice, replicam o desempenho de grandes índices disponíveis fora do Brasil. Mas é importante lembrar que os índices não são exclusivamente de ações, listando também de ativos de renda fixa e commodities – como ouro e prata.

Lista de BDRs de ETFs

Atualmente, são 37 BDRs de ETFs disponíveis na B3 – 35 de ações e 2 de commodities. Por exemplo, é possível ter o rendimento de empresas de Infraestrutura (iShares Global Infrastructure ETF), da Prata (iShares Silver Trust) e principais empresas japonesas (iShares MSCI Japan ETF). Veja a lista completa abaixo:

Abra sua conta na XP Investimentos

Regras para investir

A gestão é feita pela BlackRock, maior gestora de recursos do mundo, com cerca de 7 trilhões de dólares sob seu controle. Assim, a intenção da gestora é ampliar esse número para 100 BDRs de ETFs internacionais ainda neste ano.

A única regra para investir é a de paridade, em que o investidor precisa adquirir uma determinada quantidade de ativos, para acessar uma cota inteira do fundo.

O que é um BDR?

Em primeiro lugar, BDR significa Brazilian Depositary Receipts. Dessa forma, são ativos que funcionam como espelhos das ações de Bolsas internacionais. Assim, é possível aproveitar e acompanhar o desempenho das principais empresas do mundo. No entanto, é importante lembrar que a posse de BDRs não te torna sócio das companhias.

O que é um ETF?

ETF é a sigla em inglês para Exchange Traded Funds. Esses fundos, de gestão passiva, tendem a replicar índices como, por exemplo, o Ibovespa, o S&P 500 (índice da bolsa americana) e o IFIX Índice de Fundo Imobiliário da B3.

ETFs diferem dos fundos de gestão ativa, em que o gestor tenta “bater” o desempenho do mercado, o que geralmente aumenta taxas e impostos.  Veja aqui outros ETFs negociados na B3.



Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.