XP Expert

No Brasil, destaque será a divulgação do IPCA; No exterior, Powell fala perante o Senado

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA -0,7% | 101.945 Pontos

CÂMBIO +0,4% | 5,66/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa acompanhou os índices no exterior e terminou a sessão de ontem em queda de (-0,75%) cotado aos 101.945 pontos. No mercado de câmbio, o dólar teve mais uma sessão de valorização frente o real. O dólar comercial fechou em alta de +0,49%, cotado aos R$ 5,66. Os juros fecharam ontem em alta, pressionados pela aversão ao risco no exterior decorrente das apostas de antecipação no aperto monetário nos Estados Unidos e receios sobre o quadro fiscal doméstico, dada a desoneração da folha de pagamentos e a mobilização do funcionalismo por reajuste salarial. O DI jan/23 fechou em 12,08%; DI jan/24 foi para 11,815%; DI jan/26 encerrou em 11,375%; e DI jan/28 fechou em 11,37%.

Bolsas internacionais amanhecem positivas (EUA+0,5% e Europa+1,2%) com o recuo de 3,4 bps nas taxas dos títulos de 10 anos americanos. Ainda nos EUA, hoje o presidente do Federal Reserve participará da audiência de confirmação do seu próximo mandato, podendo compartilhar um pouco do seu plano para a contenção da inflação americana nos próximos meses. Na China, o índice de Hang Seng (0%) encerra sem movimentos expressivos, encerrando a sua sequência de ganhos ao passo que preocupações com a queda no consumo chinês, desaceleração econômica e riscos de novas pressões regulatórias retornam ao radar. O petróleo (+1,5%) também amanhece em alta, na esteira do maior apetite por risco global. Por fim, o Bitcoin (+0,9%) recupera-se levemente após cair para US$ 39 mil nesta segunda-feira, seu menor patamar desde setembro de 2021. O mercado de criptos vem passando por um período de negociações reduzidas, conhecido como “o inverno das criptomoedas” após forte movimento de risk-off dos investidores.

Do lado de economia, conforme mencionado, o presidente do Fed (banco central americano), Jerome Powell, fala hoje perante o Comitê Bancário do Senado. Em suas declarações, publicadas ontem, Powell disse que o banco central usará suas ferramentas para dar suporte a economia, garantir um mercado de trabalho sólido e impedir que a inflação mais alta se torne mais permanente. Os mercados de títulos públicos já estão precificando cerca de quatro aumentos nas taxas dos Fed Funds em 2022.

No Brasil, o destaque de hoje são os números do IPCA de dezembro. Estimamos que 2021 tenha fechado com inflação de 10%, o maior patamar desde 2015, mas abaixo do resultado de novembro (10,74%). Analistas vão monitorar de perto as medidas de núcleo da inflação, para avaliar se a inflação mensal está finalmente recuando em resposta à economia mais fraca e à política monetária mais apertada.

Tópicos do dia

Economia

  1. Inflação do IPCA no Brasil deve fechar 2021 em 10%. Powell fala perante o Senado

Empresas

  1. CESP (CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo
  2. Totvs (TOTVS3): Aquisição InovaMind Tech
  3. AgroGalaxy (AGXY3): AgroGalaxy anuncia conclusão de aquisição de 80% da AgroCat
  4. Aura Minerals (AURA33): Dando a volta por cima no 4T21 após um 3T difícil, resultados operacionais positivos
  5. Enjoei (ENJU3): Prévia operacional do 4T21
  6. Grupo Soma (SOMA3): Anúncio de recompra de ações
  7. Principais notícias dos setores

Mercados

  1. Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Recorde da Apple Store

ESG

  1. Energias renováveis em foco | Café com ESG, 11/01

Veja todos os detalhes

Economia

Inflação do IPCA no Brasil deve fechar 2021 em 10%. Powell fala perante o Senado

  • O presidente do Fed (banco central americano), Jerome Powell, fala hoje perante o Comitê Bancário do Senado. Em suas declarações, publicadas ontem antes da audiência de hoje, Powell disse que o banco central usará suas ferramentas para dar suporte a economia, garantir um mercado de trabalho sólido e impedir que a inflação mais alta se torne mais permanente. Os mercados de títulos públicos já estão apreçando cerca de quatro aumentos nas taxas dos Fed Funds em 2022;
  • No Brasil, o destaque de hoje são os números do IPCA de dezembro. Estimamos que 2021 tenha fechado com inflação de 10%, o maior patamar desde 2015, mas abaixo do resultado de novembro (10,74%). Analistas vão monitorar de perto as medidas de núcleo da inflação, para avaliar se a inflação mensal está finalmente recuando em resposta à economia mais fraca e à política monetária mais apertada.

Empresas

CESP (CESP6): Comitê Independente Aprova Relação de Troca na Incorporação da CESP pela Votorantim; Positivo

  • Ontem, o Comitê Independente divulgou a proposta de relação de troca de ações no âmbito da fusão entre os ativos da Votorantim Energia (VE), VTRM e CESP. A relação de troca proposta foi de 6,5679:1 e R$0,03 por ação da CESP;
  • Valuation Justo. A relação de troca proposta implica em um novo e melhor valuation proposto para a transação de: (i) R$ 8,85 bilhões para os ativos da VE e VTRM (ex participação na CESP e incluindo R$ 1,5 bilhão em caixa da CPPIB); e (iii) R$ 9,1 bilhões para a CESP (R$ 27,93/ação ou upside de 32,7% em relação ao preço atual). Por um lado, vemos a proposta de valuation dos ativos da VTRM como ligeiramente acima de nossas estimativas (R$ 8,8 bilhões vs R$ 8,6 bilhões XPE). Por outro lado, vemos a proposta como mais favorável para os acionistas da CESP do que a inicial apresentada. Destacamos que a proposta anterior era baseada em 30 de julho de 2021 e a nova é em 31 de dezembro de 2021;
  • Vemos a transação como ligeiramente positiva. Apesar do valuation justo vemos a transação como estratégica devido: (i) à diversificação da matriz energética, que reduz o risco hídrico da CESP e permite uma melhor estrutura de alocação de energia; (ii) o potencial upside do desenvolvimento do pipeline que não é considerado em nossos modelos, e (iii) a nova companhia sendo listada no segmento do Novo Mercado na B3, melhorando a governança;
  • Próximos passos. Uma assembleia geral extraordinária de acionistas da CESP será convocada para aprovar a incorporação. Segundo a empresa, a expectativa é concluir a incorporação de ações até o final de abril de 2022;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Totvs (TOTVS3): Aquisição InovaMind Tech

  • A Totvs comunicou na segunda-feira (10) que a Dimensa, subsidiaria da companhia que tem a B3 como sócia, celebrou contrato para aquisição da InovaMind (comunicado ao mercado), startup de inteligência artificial;
  • A empresa foi avaliada em R$ 23,5 milhões, considerando a aquisição de 100% do seu capital. Com base nas notícias, a receita bruta anual da empresa é de ~R$ 11 milhões, estimamos um múltiplo EV/Receita de ~ 2,4x vs 4,6x para TOTS3 em 2021e;
  • Um comentário sobre a empresa adquirida: A InovaMind é uma startup de inteligência artificial que utiliza big data para criar produtos e serviços digitais para empresas de todos os portes. Por meio da análise e enriquecimento de dados, machine learning e automação de processos de captura de documentos, a InovaMind cria produtos e serviços digitais de onboarding, validação de identidade, background check e gestão de riscos para empresas e conta com cerca de 31 colaboradores e de 40 clientes;
  • Apesar do porte pequeno da aquisição, vemos a aquisição como positiva dado que a companhia está fortalecendo sua posição no segmento de tecnologias B2B para o setor financeiro e de fintechs. Mantemos nossa recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 48,0 por ação para o final de 2022.

AgroGalaxy (AGXY3): AgroGalaxy anuncia conclusão de aquisição de 80% da AgroCat

  • Em 10 de janeiro, a AgroGalaxy anunciou que concluiu a aquisição de 80% da AgroCat pelo valor total de R$ 180 milhões (com a possibilidade de atingir R$ 195 milhões);
  • Vemos o anúncio como positivo pois:
    • a empresa concluiu as aquisições prometidas em seu processo de IPO;
    • a aquisição aumenta a capilaridade da AgroGalaxy em regiões de rápido crescimento onde a empresa não tinha operações; e
    • a gestão já provou que possui forte expertise em alavancar as vendas das empresas adquiridas, conforme discutido em nosso relatório de início de cobertura.
  • Portanto, esperamos uma reação positiva no preço das ações da AGXY, atualmente negociadas a 7,2x EV/EBITDA para o fim de 2022 vs. nosso múltiplo alvo de 11,8x.

Aura Minerals (AURA33): Dando a volta por cima no 4T21 após um 3T difícil, resultados operacionais positivos

  • Ontem (10), a Aura divulgou seus resultados operacionais do 4T21 com uma produção recorde de 78kGEO, um crescimento de 12% A/A e 26%T/T;
  • Os principais fatores para esta performance após um 3T difícil foram: (i) o fim dos eventos não recorrentes nas minas de San Andrés, que produziram 267kGEO no 4T21 (+52% T/T); (ii) a produção recorde nas minas de Aranzazu de 33kGEO (+23% T/T), resultado de um crescimento na alimentação da planta combinado com melhores teores, e (iii) o encerramento gradual da produção na mina Gold Road, que produziu apenas 0,8kGEO no trimestre;
  • Com o bom trimestre, a produção de 269kGEO da Aura no ano de 2021 ficou dentro do guidance da empresa divulgado em janeiro;
  • Mantemos nossa recomendação de Compra com preço alvo de R$ 95/BDR.

Enjoei (ENJU3): Prévia operacional do 4T21

  • Ontem o Enjoei reportou sua prévia operacional dos resultados do 4T21, com o GMV em R$251mi, 11% acima do esperado e +55% A/A (vs. +46% no 3T21). A aceleração do crescimento reflete os investimentos em branding e bom desempenho da companhia durante a Black Friday;
  • Além disso, o Enjoei também anunciou uma atualização em sua política comercial, ajustando a comissão de 13% para 18%, o que deverá contribuir para a recomposição do take-rate e margens a partir do 1T22;
  • Enxergamos os dados como positivos, mas mantemos nossa recomendação Neutra e preço-alvo de R$7,5/ação, por enxergamos a rentabilidade como um risco para o 4T21 e um cenário macroeconômico ainda desafiador em 2022.

Grupo Soma (SOMA3): Anúncio de recompra de ações

  • Ontem, o Grupo Soma anunciou a aprovação do programa de recompra de ações, com duração de até 18 meses, até 07 de julho de 2023;
  • O número máximo de ações a serem adquiridas será de até 44 milhões de ações, o que representa 5,6% das ações atualmente em circulação;
  • Mantemos nossa recomendação de Compra e preço-alvo de R$22,0/ação para o final de 2022.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.) e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Grupo Soma inicia programa de recompra de até 44 milhões de ações. (Valor Econômico);
    • Volume de vendas da Enjoei cresce 55% no 4° trimestre. (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Reservatórios melhoram, mas precisam de mais chuva. (Valor Econômico);
    • Cesp define relação de troca de ações em incorporação pela VTRM. (Valor Econômico);
    • Petróleo recua com alívio dos temores sobre a oferta no Cazaquistão e Líbia. (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

XP Monitor: Rumo aos 5 milhões de pessoas investindo na Bolsa em 2022

  • O número de investidores pessoas físicas (PFs) na Bolsa aumentou +21,7% em dezembro, quando comparado a novembro, atingindo 4.976.145 investidores, maior alta percentual de 2021;
  • A maioria dos investidores se encontram na faixa etária de 26 a 35 anos, que correspondem em 34,1%. Continuando a tendência vista desde 2013, as pessoas estão começando a investir cada vez mais jovens;
  • A maior concentração de investidores é na região Sudeste do país. Os estados de SP, RJ e MG juntos possuem 56,7% do total de investimentos, 39,8 p.p. à frente de PR, RS e SC somados (16,9%);
  • A representatividade de mulheres na Bolsa ainda é pequena, 23,2% no último mês, mas superou a marca de 1 milhão de investidoras em 2021. No ano, o número de mulheres aumentou +36,2%, porém esse valor ainda é baixo quando comparado aos homens, que tiveram aumento de +60,5% durante o mesmo período;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Recorde da Apple Store

  • Apple poderá bater recorde de faturamento em vendas de aplicativos;
  • Take-Two anuncia aquisição da Zynga, criadora do “Farmville”, por US$ 11,4 bilhões;
  • Pfizer e Beam Therapeutics fecham parceria visando o desenvolvimento de medicamentos para doenças genéticas;
  • Rentabilidade do setor de utilidades públicas americano está no patamar mais atrativo em 35 anos;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

Energias renováveis em foco | Café com ESG, 11/01

  • O mercado fechou o pregão desta segunda-feira em território negativo, com o Ibov e o ISE em queda de -0,8% e -0,9%, respectivamente;
  • No Brasil, pelo menos quatro empresas de energia renovável de grande porte estão à venda no país, atraindo o interesse de grupos e gestoras de dentro e de fora do Brasil, sendo os dois principais ativos – Ibitu e Rio Energy – avaliados em R$ 12 bilhões;
  • No internacional, (i) o Japão e a Indonésia concordaram em cooperar na tecnologia de descarbonização, como hidrogênio, amônia e captura e armazenamento de carbono (CCS), para fazer a transição para energia limpa, de acordo com um anúncio feito pelo ministério da indústria japonês ontem; e (ii) a Comissão Europeia disse ontem que adiou para o final deste mês o prazo para que os especialistas retornem com o feedback sobre os planos decisivos para permitir que alguns projetos de gás natural e energia nuclear sejam rotulados como investimentos sustentáveis, de acordo com a “taxonomia” da União Europeia. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.