XP Expert

No Brasil, agenda econômica cheia com divulgação da ata do Copom e IPCA de julho

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA 0,2% | 123.019 Pontos

CÂMBIO 0,1% | 5,2/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Ibovespa fechou praticamente estável nesta segunda-feira (9), registrando alta de 0,2% aos 123.019 pontos, em dia marcado pela baixa dos preços do petróleo e do minério de ferro e pelo bom desempenho das ações de Itaú (ITUB4) e dos frigoríficos. Os papéis do maior banco privado do país registraram ganhos de 1,2% ontem, lembrando que a ação sozinha representa cerca de 6,6% do Ibovespa. Já no caso das empresas de proteínas, destaque para a expectativa pelos resultados do setor, que serão divulgados ao longo da semana: Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) tiveram suas ações valorizadas em cerca de 4%, BRF (BRFS3) avançou 1,3% e JBS (JBSS3) teve alta de 1%. Juntos, os papéis dos quatro frigoríficos respondem por 3,3% da composição do benchmark.

Hoje, mercados globais amanhecem sem movimentos expressivos (EUA 0,0% e Europa +0,2%) enquanto investidores aguardam dados da inflação nos EUA e a votação final no senado americano do pacote trilionário (US$ 1,2tri) de infraestrutura. Na Europa, o mercado inicia o dia positivo após fechar em máximas históricas, suportado pela forte temporada de resultados das empresas na região. Na China (+1,2%) preocupações com o avanço da variante delta parecem mais amenas e o mercado volta a fechar positivo. Por fim, o Bitcoin negocia próximo aos US$ 46 mil, após apreciar 12% nos últimos 5 dias.

Do lado da Renda Fixa, as taxas futuras de juros fecharam o dia de ontem em alta, especialmente nos vencimentos mais longos, o que levou a ganho de inclinação na curva. O movimento teria sido resultado das persistentes incertezas fiscais relacionadas ao Bolsa Família e à PEC dos Precatórios. Soma-se a estes fatores a crise institucional no governo e preocupações relacionadas ao IPCA, cuja divulgação ocorrerá no dia de hoje, assim como a ata do Copom. DI jan/22 fechou em 6,525%; DI jan/24 foi para 8,84%; DI jan/26 encerrou em 9,32%; e DI jan/28 fechou em 9,66%.

Nesse contexto, do lado de Economia, hoje é um dia cheio no Brasil: além da ata do Copom e do IPCA de julho, o Ministro da Fazenda deve detalhar a Emenda Constitucional que posterga o pagamento de precatórios. O projeto de lei foi enviado ontem ao Congresso e é um importante instrumento para abrir espaço no orçamento de 2022 para o novo programa de transferência de renda “Auxílio Brasil”, que substituirá o atual programa Bolsa Família. Segundo nosso time de Política, os valores serão definidos depois, mas o ministro João Roma falou novamente em “ao menos” 50% de aumento sobre o Bolsa Família, para um público acima de 16 milhões de pessoas – a estimativa é de um gasto extra de R$ 18 bilhões, segundo o noticiário.

No campo da Política Internacional, destaque para o fato de que o Senado americano chegou a um acordo para realizar a votação final do pacote de infraestrutura nesta terça-feira. A expectativa permanece positiva para a aprovação do projeto na Casa; no entanto, o cenário é mais complexo na Câmara, onde parlamentares da ala mais à esquerda do partido democrata pedem sinais de que o Plano das Famílias Americanas avançaria também.  Nesse contexto, lideranças democratas procuram avançar o segundo projeto nesta semana no Senado, mas as alas do partido ainda não chegaram a um acordo sobre o valor da inciativa.

Do lado das empresas, a São Martinho divulgou ontem o 1º trimestre do ano safra 21/22 e apresentou um resultado forte com aumento de receita e EBITDA, apesar dos efeitos negativos de uma das piores secas dos últimos anos, sinalizando que o bom momento do setor de açúcar e etanol deve continuar no curto prazo – mantemos nossa recomendação de Compra para o papel, com preço-alvo de R$ 38/ação. Além disso, a Blau reportou um forte resultado no 2T21 com receita superior à esperada e margens também melhores. Os resultados reforçam a nossa visão construtiva sobre a Blau que tem uma perspectiva de crescimento muito forte, fruto do desenvolvimento de novos medicamentos aliado a uma maior capacidade de produção. Reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$64/ação.

Tópicos do dia

Agenda de resultados

Klabin (KLBN11): antes da abertura
Aura (AURA33): após o fechamento
Petrobras Distribuidora (BRDT3): após o fechamento
Porto Seguro (PSSA3): após o fechamento
Positivo Tecnologia (POSI4): após o fechamento
C&A (CEAB3): após o fechamento
Grupo NotreDame Intermédica (GNDI3): após o fechamento
Marfrig (MRFG3): após o fechamento
Raia Drogasil (RADL3): após o fechamento
Santos Brasil (STBP3): após o fechamento
Vulcabras (VULC3): após o fechamento
Allied Tecnologia (ALLD3): após o fechamento
Calendário do 2T21
Temporada de resultados do 2º trimestre 2021 – o que esperar?

Economia

  1. A confiança dos agentes econômicos despenca na Europa, à medida que a variante delta se espalha. No Brasil, dia cheio com ata do Copom, IPCA de julho e o Ministro da Fazenda detalhando a Emenda Constitucional que posterga o pagamento de precatórios

Política

  1. Bolsonaro entrega MP do Auxílio Brasil e PEC dos Precatórios ao Congresso
  2. Câmara deve votar PEC do voto impresso
  3. Política internacional: O Senado americano chegou a um acordo para realizar a votação final do pacote de infraestrutura nesta terça-feira

Empresas

  1. XP Monitor: Número de investidores pessoas físicas atinge 3,9 milhões em julho
  2. Fluxo em foco: Estrangeiros saem da Bolsa em julho, mas saldo continua positivo em 2021
  3. São Martinho (SMTO3): preços mais altos compensam clima desafiador
  4. Blau (BLAU3) – 2T21: Melhora da receita líquida combinada com margens mais altas
  5. BR Partners (BRBI11): Resultados sólidos | Revisão 2T21
  6. Noite de Resultados das Incorporadoras (DIRR3, EVEN3, MELK3) – Todo o foco nas margens brutas
  7. Notícias Diárias do Setor Financeiro
  8. Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

Internacional

  1. Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Buffett supera o consenso

ESG

  1. Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 10/08

Veja todos os detalhes

Economia

A confiança dos agentes econômicos despenca na Europa, à medida que a variante delta se espalha. No Brasil, dia cheio com ata do Copom, IPCA de julho e o Ministro da Fazenda detalhando a Emenda Constitucional que posterga o pagamento de precatórios

  • O Índice de Expectativas da Europa Zew caiu para 42,7 de 61,2 em agosto, em meio a preocupações com a variante delta do Coronavirus. O indicador eliminou os ganhos apresentados neste ano e voltou ao nível mais baixo desde o final do ano passado. É o primeiro sinal de que a nova variante pode de fato afetar globalmente a recuperação econômica;
  • O Senado dos EUA deve aprovar um pacote de infraestrutura de US $ 1 trilhão, em votação bipartidária. Se confirmado, o movimento será visto como uma importante conquista legislativa da presidência de Biden;
  • No Brasil, o Banco Central publica hoje a ata da sua última reunião do Copom. O documento deve dar esclarecimentos adicionais sobre a decisão de acelerar o ritmo de aperto monetário;
  • O Ministério da Economia realizará hoje coletiva de imprensa para dar detalhes sobre a Emenda Constitucional que posterga precatórios (precatórios). O projeto de lei foi enviado ontem ao Congresso e é um importante instrumento para abrir espaço no orçamento de 2022 para o novo programa de transferência de renda “Auxílio Brasil”, que substituirá o atual programa Bolsa Família;
  • A inflação do IPCA de julho será divulgada esta manhã (XP: 1,0%, consenso de mercado 0,95%)

Política

Bolsonaro entrega MP do Auxílio Brasil e PEC dos Precatórios ao Congresso

  • O presidente Jair Bolsonaro apresentou ontem à Câmara a PEC dos Precatórios e a Medida Provisória do novo Auxílio Brasil, programa social que vai substituir o Bolsa Família. Os valores serão definidos depois, mas o ministro João Roma falou novamente em “ao menos” 50% de aumento sobre o Bolsa Família, para um público acima de 16 milhões de pessoas. A estimativa é de um gasto extra de R$ 18 bilhões, segundo o noticiário. Já o texto da PEC ainda não se tornou público, mas o governo informou que ela trata da possibilidade de parcelamento (15% à vista mais nove parcelas anuais) de dívidas acima de R$ 66 milhões e, quando a soma ultrapassar 2,6% da receita corrente líquida, também dos precatórios que estiverem além desse limite. Há criação de um fundo para pagamento das dívidas – que não mais explicita a possibilidade de distribuição de benefícios sociais – e previsão de que as dívidas passem a ser corrigidas pela Selic. A estimativa, com o desenho da semana passada, era de redução de R$ 41 bilhões nos gastos do ano que vem.

Câmara deve votar PEC do voto impresso

  • O presidente Arthur Lira anunciou para esta terça-feira a votação, em plenário, da proposta de emenda à Constituição que institui o voto com comprovante impresso nas eleições de 2022. O tema já havia sido rejeitado por uma comissão especial na semana passada, mas Lira decidiu levá-lo ao conjunto de deputados para tentar dar uma palavra definitiva e reduzir as pressões de Jair Bolsonaro sobre o tema. Também hoje, as Forças Armadas farão uma exibição na Esplanada para apresentar um convite a Bolsonaro para assistir a uma manobra militar, o que tem sido apontado por congressistas como tentativa de intimidação em relação à decisão do voto impresso.

Política internacional: O Senado americano chegou a um acordo para realizar a votação final do pacote de infraestrutura nesta terça-feira

  • O Senado americano chegou a um acordo para realizar a votação final do pacote de infraestrutura nesta terça-feira às 11:00. A expectativa permanece positiva para a aprovação do projeto na Casa, no entanto, o cenário é mais complexo na Câmara, onde parlamentares da ala mais à esquerda do partido democrata pedem sinais de que o Plano das Famílias Americanas avançaria também;
  • Nesse contexto, lideranças democratas procuram avançar o segundo projeto nesta semana no Senado, mas as alas do partido ainda não chegaram a um acordo sobre o valor da inciativa. Apesar de USD 3,5 trilhões ser o valor determinado pelos democratas membros da comissão de Orçamentos, vozes moderadas manifestam oposição ao valor e pedem mais cautela na pauta fiscal;
  • Além das divergências, democratas enfrentam um calendário apertado para negociações – o Senado deve entrar em recesso no final da semana e retomar atividades apenas na semana de 14 de setembro;
  • Em paralelo, ainda há incerteza sobre o teto de dívidas. Democratas não incluíram o aumento do teto na resolução orçamentária (primeiro passo para o Plano das Famílias Americanas), parecendo apostar que republicanos devem retornar à mesa de negociações. Entretanto, líderes da oposição afirmam que o partido governista não contará com seu apoio.  

Empresas

XP Monitor: Número de investidores pessoas físicas atinge 3,9 milhões em julho

  • O número de investidores pessoas físicas (PFs) na Bolsa aumentou + 1,9% em julho quando comparado a junho, atingindo 3.863.080 investidores;
  • A maioria dos investidores se encontram na faixa etária de 26 a 35 anos. Continuando a tendência vista desde 2013, dados mais antigos disponibilizados, as pessoas estão começando a investir cada vez mais jovens;
  • Há uma concentração de investidores no Sudeste do país, que vem diminuindo, porém em um ritmo ainda lento. Desde 2019, houve uma variação de -1,8p.p de investidores nessa região. Por outro lado, o número de PFs na Bolsa vem aumentando principalmente no Nordeste, com uma variação de +0,9p.p. desde 2019;
  • Por fim, apesar da representatividade de mulheres na Bolsa ser ainda pequena, em 27,8% no último mês, sua taxa de crescimento é mais acelerada. O número de mulheres aumentou +26,9% desde 2020, em comparação com +17,0% de homens no mesmo período.
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Fluxo em foco: Estrangeiros saem da Bolsa em julho, mas saldo continua positivo em 2021

  • O fluxo de capital estrangeiro na Bolsa brasileira foi negativo no mês de julho de 2021com um saldo de -R$ 8,3 bilhões. Este foi o primeiro saldo negativo mensal desde março, quando houve uma saída de -R$4,6 bilhões. Porém, no total, o saldo em 2021 continua positivo e acumula +R$62,3 bilhões;
  • A alocação dos fundos de investimentos em ações teve um fluxo positivo em junho, último dado disponível, de +R$716 milhões (+0,1% M/M), chegando a R$819,9 bilhões alocados em ações;
  • Quando olhamos apenas para os fundos de pensão, segundo dados mais recentes disponíveis de março de 2021 da Abrapp, o fluxo de alocação em ações foi positivo em +R$43,2 bilhões em relação à dezembro do ano passado (+57,2%). Com isso, eles fecharam o mês de março com uma alocação de R$118,7 bilhões em ações;
  • Investidores estrangeiros (49%), instituições(23,6%) e pessoas físicas (20,8%) possuem as maiores participações na Bolsa;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo:

São Martinho (SMTO3): preços mais altos compensam clima desafiador

  • Diante de uma das piores secas dos últimos anos, além do trimestre mais curto devido ao início tardio da colheita, a São Martinho divulgou um trimestre robusto com EBITDA crescendo 40,1% A/A e EBIT +99,4% A/A, sanando qualquer dúvida sobre o momento positivo para o setor de açúcar e etanol.
  • A alta dos preços do açúcar e do etanol deve sustentar a briga pelo ATR no mercado, o que mais do que compensa os efeitos negativos na produtividade devido a uma das piores estiagens em muito tempo, somando ainda plantações queimadas pela geada que afetaram inúmeras empresas do setor, felizmente a São Martinho não foi uma delas.
  • Nós continuamos otimistas com o setor de açúcar e etanol e esperamos que o preço médio para o 2T22 fique acima do 1T22, com isso mantemos nossa recomendação de Compra para SMTO3 com preço-alvo de R$ 38/ação para março/22.
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Blau (BLAU3) – 2T21: Melhora da receita líquida combinada com margens mais altas

  • A Blau reportou um forte resultado no 2T21 com receita superior à esperada e margens também melhores. O forte desempenho de especialidades, oncológicos e outros medicamentos, compensou o resultado abaixo do esperado dos produtos biológicos levando a um crescimento de receita de 15% em comparação ao 2T20 e 4% acima de nossas estimativas.
  • A alavancagem operacional com vendas maiores levou a uma melhora importante da margem EBITDA que atingiu 40,5%, com isso o EBITDA atingiu R$150M, 7% acima das nossas estimativas e 32% acima de 2020.
  • O lucro líquido atingiu R$99,5M, 8% acima de nossas estimativas e 35% acima do 2T20, devido ao forte desempenho operacional. O Capex em 2021 de R$93M é 2x maior do que em 2020, já que a empresa investe em capacidade adicional e inovação para garantir o crescimento futuro.
  • Os resultados reforçam a nossa visão construtiva sobre a Blau que tem uma perspectiva de crescimento muito forte, fruto do desenvolvimento de novos medicamentos aliado a uma maior capacidade de produção. Reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$64/ação.
  • Clique aqui para o relatório completo.

BR Partners (BRBI11): Resultados sólidos | Revisão 2T21

  • A BR Partners apresentou bons resultados no segundo trimestre de 2021 (2T21), com lucro de R$ 35 milhões (vs. R$ 31 milhões no 1T21 e R$ 24 milhões no 2T20), o que implica um bom Retorno Sobre Patrimônio Líquido (ROE) de 19% no trimestre (recursos do IPO já incorporados);
  • O resultado foi impulsionado principalmente por: i) Sales & Trading, que saltou 81% anualmente e 159% trimestralmente para R$ 10,4 milhões, impulsionado pela maior demanda e capacidade do banco de aumentar limites devido aos recursos; ii) Mercado de Capitais, que continuou a apresentar bons resultados, expandindo 76% anualmente para R$ 18 milhões; e iii) Menor Alíquota de Imposto, uma vez que a empresa beneficiou de um crédito tributário extraordinário. Por outro lado, as despesas de pessoal foram piores do que o esperado, crescendo 135% anualmente e 43% trimestralmente para R$ 22 milhões, implicando em um índice de remuneração de 25% (vs. 22% esperado para 2021, embora acreditemos que seja sazonal);
  • Embora acreditemos que a combinação de maiores despesas de pessoal com impostos extraordinariamente menores possa afetar a percepção de rentabilidade do banco por alguns investidores, reiteramos nossa recomendação de Compra com preço alvo de R$ 29,00/ação e esperamos que o mercado reaja positivamente aos bons sinais de crescimento apresentados pela administração no próximo pregão;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Noite de Resultados das Incorporadoras (DIRR3, EVEN3, MELK3) – Todo o foco nas margens brutas

  • Direcional (DIRR3) – 2T21: Nadando contra a maré – Ligeira melhora na margem bruta apesar das pressões de Custo. Direcional apresentou resultados positivos referente ao segundo trimestre de 2021 e em linha com nossas estimativas. Ao contrário da maioria dos seus pares de mercado, a companhia conseguiu apresentar uma melhora na margem bruta, apesar dos custos crescentes nos materiais de construção. Isso foi atribuído principalmente à redução de custos de projetos em estágios mais avançados do ciclo de construção. O resultado positivo reforça nossa visão positiva para o papel e reiteramos nossa recomendação de compra e preço-alvo de R$20,50/ação;
  • Even (EVEN3) – 2T21: Margem bruta acima do esperado levou a um lucro maior do que as estimativas. A Even apresentou resultados sólidos no 2T21, ligeiramente acima de nossa projeção. A receita ficou próxima das nossas estimativas (+4% vs. XPe), mas uma margem bruta mais forte do que o esperado de 28,4% (+1,4 pp vs. XPe) levou o lucro líquido para R$54 milhões (+13% vs. XPe). No balanço patrimonial, a Even registrou geração de caixa marginal de R$11 milhões, o que levou o dívida líquida/PL para -34,5%. Embora possamos observar uma reação positiva do mercado, mantemos nossa visão conservadora sobre a ação e neutra (preço-alvo de R$13,0/ação);
  • Melnick (MELK3) – 2T21: Receita mais forte foi compensada pelo impacto no custo de construção. Melnick postou resultados próximos do esperado no 2T21. A receita líquida ficou acima da nossa estimativa, mas foi compensada pela margem bruta mais fraca devido ao impacto dos custos mais elevados de material de construção. Adicionalmente, as despesas operacionais mais altas levaram o lucro líquido para próximo das nossas estimativas. No balanço patrimonial, a Melnick reportou uma queima de caixa de R$23 milhões, levando para uma alavancagem de -47% dívida líquida /PL, que consideramos saudável. Apesar da pressão momentânea nas margens por conta do aumento dos custos, esperamos uma recuperação gradual nos próximos trimestres à medida que a companhia consiga repassar inflação para os preços. Como resultado, mantemos nossa recomendação de compra (preço-alvo de R$9,0/ação);
  • Para mais detalhes, acesse o relatório completo.

Notícias Diárias do Setor Financeiro

  • Acesse este relatório com notícias do setor financeiro que complementam nossos comentários publicados no Morning Call, mas que não consideramos relevantes o suficiente para serem analisadas. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

  • Nesta publicação diária, trazemos as principais notícias do setor de varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.) nacional e internacional, complementando nossa visão sobre as tendências e acontecimentos mais importantes do dia. Além disso, o relatório contém um resumo dos múltiplos e recomendações para as empresas de nossa cobertura;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

Internacional

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Buffett supera o consenso

  • Berkshire Hathaway reporta acima do consenso impulsionada pela reabertura econômica;
  • AT&T e Verizon oferecem preços promocionais com o intuito de captar clientes para seus serviços de 5G;
  • Google planeja construir um novo campus no Vale do Silício focado dedicado apenas ao desenvolvimento de hardware;
  • No acumulado do ano, REITS residenciais nos EUA superam o retorno do S&P 500, 33,1% vs. 19,1%;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 10/08

  • Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo falam sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança;
  • Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance histórica do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP;
  • Por que essas informações são importantes? Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.