XP Expert

Investir em fundos imobiliários é seguro? Radar Imobiliário #77

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Cotações

Gráfico de Cotação IFIX


Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em leve alta de 0,01%, impulsionado negativamente pelo segmento de Lajes Corporativas e positivamente pelo segmento de Recebíveis. Quanto aos índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -0,10%, o XPFT de -0,33% e o XPFP de 0,11%, enquanto o IBOV apresentou uma performance de -1,15%.

No noticiário econômico global, o destaque segue com a possibilidade de uma recessão econômica nos EUA e Europa. A discussão vem se intensificando nos últimos dias à medida em que os bancos centrais passaram a sinalizar um aperto monetário ainda mais intenso, com o objetivo de combater os altos níveis inflacionários. Essa perspectiva se refletiu na queda dos juros de títulos governamentais de longo prazo e de índices de preços de commodities.

No Brasil, a política fiscal foi tema de várias notícias reportadas na semana. A arrecadação federal atingiu um novo recorde mensal em maio, aumentando em 4,1% sobre o mesmo mês de 2021. Por outro lado, as medidas de compensação ao aumento dos preços dos combustíveis seguem em crescimento, e os economistas da XP estimam que os gastos acima do teto constitucional podem ultrapassar os R$ 50 bilhões. Nesta sexta-feira houve também a divulgação do IPCA-15 de junho, que foi de 0,69%, em linha com a expectativa da XP, de 0,70%.

Na pauta política nacional, recebeu sanção presidencial o PLP 18/2022, que define um teto para a alíquota de ICMS sobre combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte público. Alguns trechos da versão aprovada pelo Congresso, entretanto, referentes a compensações federais aos estados pela perda de arrecadação, foram vetados. Em sequência ao reajuste nos preços da gasolina e do diesel anunciados na última sexta, a mídia local destacou também o anúncio de planos do governo para aumentar impostos sobre o lucro das empresas do setor petrolífero.

No campo dos FIIs e Fiagros, publicamos esta semana um relatório de pré-emissão sobre a 2ª emissão de cotas do FG/Agro Fundo de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (FGAA11). Nele, destacamos a importância do agronegócio na economia brasileira e o crescimento do mercado de CRAs como meio de financiamento do setor. O foco do FGAA11 é oferecer ao investidor precisamente o acesso a emissões nesse mercado. Clique aqui para conferir o relatório.


Sexta-Feira | Dia 24/06

Mercados

Setor de móveis acompanha ‘boom’ do mercado imobiliário

Indústria moveleira nacional bate recordes de produção e investimentos, com expansão de fábricas, novos negócios e retorno de grandes eventos


SNFF11 paga hoje ‘dividendos inéditos’ aos cotistas

O Suno Fundo de Fundos, o SNFF11, irá distribuir dividendos inéditos aos seus cotistas nesta sexta-feira (24).


Vale a Pena Investir em Fundos Imobiliários? Uma Análise Construtiva e Um Ponto

Os fundos imobiliários são popularmente conhecidos por sua recorrência na distribuição de dividendos e por esses serem isentos do imposto de renda. Um ponto interessante é que esses dividendos, em suas origens, possuem certa proteção contra a disparada inflacionária.


HSML11 conclui aquisição do Shopping Uberaba (MG) por R$ 332,9 milhões

O Fundo de Investimento Imobiliário HSI Malls (HSML11), com gestão da HSI Hemisfério Sul, anunciou nesta quarta (22), em comunicado ao mercado, a conclusão da compra do shopping Uberaba (MG), por R$ 332.952.873,86.


Economia

BC busca inflação abaixo de 4% no fim de 2023 e é esse o recado, diz Campos Neto

Campos Neto disse, em entrevista coletiva, que o BC tem comunicado entender que juros podem ficar mais altos no horizonte relevante


Banco Central eleva projeção de crescimento do PIB de 1% para 1,7% em 2022

BC disse que houve surpresa positiva no PIB do primeiro trimestre, ponderando que efeitos do aperto monetário em curso


Quinta-Feira | Dia 23/06

Mercados

IRDM11 revela estratégia para aumentar distribuição de dividendos (Suno)

A gestão do fundo imobiliário Iridium Recebíveis Imobiliários FII (IRDM11) comunicou aos cotistas nesta terça-feira (21) sua estratégia para o crescimento de seus resultados. A gestora também explicou seu regime de distribuição de dividendos, mostrando que existem valores que ainda poderão ser distribuídos ao longo do ano.


Relatório de pré-emissão | 2ª Emissão de Cotas do FG/Agro Fundo de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (FGAA11)

Relatório completo de análise independente do Follow On do fundo FGAA11.


FII de “papel” é seguro? Especialista dá cinco dicas para entender e reduzir os riscos do investimento

FII de “papel” é seguro? Especialista dá cinco dicas para entender e reduzir os riscos do investimento


FII BTLG11 Pode Incorporar BLCP11 e VVPR11; Saiba Como Será Para os Cotistas

Em maio deste ano, a gestão do BTG Pactual (SA:BPAC11) Logística FII (BTLG11 (SA:BTLG11)) comunicou ao mercado sobre a possível incorporação dos fundos Bluecap Renda Logística (SA:BLCP11) e V2 Properties (V2 Properties (SA:VVPR11)) ao seu portfólio.


Novo fundo imobiliário investe em operações de crédito com garantia de imóvel

O Kinea Creditas é acessível para o público de varejo e está disponível para negociação nas principais plataformas de investimento


Economia

Elevar metas de inflação afetaria credibilidade do BC, dizem economistas

CMN se reúne nesta quinta-feira (23) para definir objetivo a ser perseguido em 2025


Selic passou do ponto ou ainda precisa subir? Gestores divergem sobre alta e têm posições distintas na carteira

Para boa parte dos gestores, BC não tinha opção, dadas as sucessivas surpresas com a inflação; mas algumas vozes começam a verbalizar sensação de “exagero”


FATOS RELEVANTES 

HSML11 – Positivo: O fundo informa aos cotistas e ao mercado em geral o que segue Em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 11/05/2022, superadas as condições precedentes, o Fundo concluiu nesta data a aquisição da integralidade das ações das sociedades Jaguara Empreendimentos Imobiliários S.A. e JPL Estacionamentos S.A., detentoras de 100%  do Shopping Uberaba, localizado na cidade de Uberaba – MG. A aquisição representa um acréscimo de área bruta locável  própria ao Fundo de 25.111 m²  a um preço de aquisição trezentos e trinta e dois milhões e novecentos e cinquenta e dois mil e oitocentos e setenta e três reais e oitenta e seis centavos. Com a operação, a ABL própria total do portfólio passa a ser de 191.449 m² subdivididos em 7  ativos localizados em 5  Estados, tendo o Fundo uma posição controladora em todos eles, além da administração exclusiva da Saphyr Administradora de Centros Comerciais Ltda, empresa pertencente ao Grupo HSI.

Quarta-Feira | Dia 22/06

Mercados

IFIX fecha perto da estabilidade, com IRDM11 e BCFF11 entre as maiores altas

O IFIX, principal índice de fundos imobiliários da bolsa de valores brasileira, terminou a sessão de hoje (21) em alta de 0,09%, aos 2.814 pontos, registrando sua segunda valorização diária consecutiva.


Como os Fiagros devem reduzir a distância entre o agro e a Bolsa

O agronegócio possui apenas 10,8% de peso no Ibovespa, mas o setor representa quase 30% do PIB brasileiro


Custo alto derruba PIB do agronegócio e participação do setor na economia cai

Queda do PIB foi de 0,8% no primeiro trimestre, mas segmento de insumos, devido a aumento de preços, cresce 9,6%


UOL News Economia #13: Qual o melhor fundo imobiliário para viver de renda?

Fundos imobiliários (FIIs) estão se tornando os queridinhos dos brasileiros. Nos últimos três anos, o número de investidores em FIIs no país cresceu mais de 600%, segundo dados da B3, a Bolsa de Valores brasileira. E sabe o foco de grande parte desses jovens investidores? Ganhar dividendos.


Economia

Preço de imóveis comerciais fica 10% abaixo da inflação em 12 meses, aponta levantamento

Para quem pensa em investir no segmento, o retorno médio do aluguel em maio de 2022 para imóveis comerciais ficou 5,69% ao ano, acima da rentabilidade de locação de imóveis residenciais (4,92% ao ano).


Mercado vê Selic em nível elevado por período longo

Ata da última decisão do Comitê de Política Monetária reforçou as apostas em uma taxa de dois dígitos em 2023


Terça-Feira | Dia 21/06

Mercados

Fundo imobiliário oferece chance de ganho para 2023

Com desconto de 25% e sinalização de fim de alta de juros pelo BC, cotas estão perto de piso


Fundos imobiliários encerram sessão com alta de 0,33%; veja destaques

O Ifix, índice de referência do mercado de fundos imobiliários (FIIs), encerrou a sessão desta segunda-feira (20) com alta de 0,33%, aos 2.811 pontos.


FII: HGPO11, BMLC11 e Outros Fundos Imobiliários Podem Deixar de Existir?

Para responder a essa e outras questões, vamos tomar os exemplos do CSHG Prime Offices ((SA:HGPO11)) e do BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11), que negociam atualmente a venda dos imóveis que fazem parte das carteiras.


Escalada da Selic deixa o financiamento imobiliário 20% mais caro

Renda média exigida pelos bancos também subiu para evitar a inadimplência


Economia

‘BCs reconhecem inflação mais persistente’, diz Torós

Para fundador da Ibiuna, Copom indica que vai usar intervalo da meta


Mercado eleva projeção da Selic para 13,75% após sinalizações do Copom

Há uma semana, antes da reunião de política monetária, a estimativa era de 13,25%.


Segunda-Feira | Dia 20/06

Mercados

Devolução de imóveis preocupa setor de construção

O ambiente de crise econômica no Brasil — com inflação e juros altos — está começando a esgarçar a lei dos distratos, criada há três anos e meio para definir regras claras para o cancelamento dos contratos de compra e venda de imóveis na planta.


FII DEVA11 confirma crescimento de dividendos; confira a explicação da gestora

O Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11), fundo de papel gerido pela Devant Asset, volta a aumentar seus dividendos. Após alguns meses com rendimentos abaixo de sua média de distribuição, o fundo teve resultados maiores com o crescimento de sua receita no mês.


Fundos imobiliários ou cotas de empreendimentos? Veja como o estágio do imóvel mexe com os seus investimentos

Há pontos importantes a se conhecer na hora de buscar por opções de investimento que envolvam imóveis


Cotistas do FII BCRI11 querem trocar atual gestor do fundo pela Suno Gestora

Em entrevista ao canal Ticker Research, Amanda Coura, da Suno, sinaliza que há espaço para melhorias no fundo


Economia

Reajuste de combustíveis eleva projeção de inflação em 2022 para 9,2%, aponta FGV

Projeção anterior era de 9%; XP projeta um impacto de 18 pontos-base no IPCA nos próximos meses


Valor do financiamento imobiliário sobe 20%; veja simulações

Taxa básica de juros foi de 2% para 13,25% em dois anos, o que encareceu o sonho da casa própria

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.