Orçamento Familiar: 7 dicas para criar o seu orçamento

Não consegue guardar dinheiro e sempre gasta mais do que recebe? Confira nosso guia para organizar o orçamento familiar e organizar as finanças.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Orçamento Familiar: 7 dicas para criar o seu orçamento

Não consegue economizar dinheiro e sempre gasta mais do que recebe? Veja a seguir um passo a passo para organizar suas finanças. Continue lendo o texto, para saber mais sobre:

  • O que é um orçamento familiar?
  • 7 passos para criar o seu orçamento familiar

O que é um orçamento familiar?

Você conhece pessoas que têm um salário justo, mas que, mesmo assim, nunca estão com dinheiro? O que diferencia esses brasileiros de outros que estão sempre no cheque especial ou atolados em dívidas é principalmente o planejamento financeiro.

A capacidade de sempre tentar dar o melhor uso para o próprio dinheiro faz com que as pessoas tenham o suficiente para comprar ou que realmente precisam, consigam ainda construir uma reserva de emergência para os tempos mais difíceis e ainda começar a investir para conquistar a sua liberdade financeira. Mas como fazer o seu planejamento financeiro e controlar o seu orçamento familiar?

Descubra como pessoas comuns estão dominando o mundo dos investimentos
Inscreva-se na maratona Investir Transforma!

7 passos para criar o seu orçamento familiar

Confira abaixo, passo a passo, como começar a colocar suas finanças em dia com alguns princípios básicos de educação financeira:

1) Convencimento pessoal

A primeira etapa é se convencer sobre a importância de colocar a casa em ordem. Se você deseja realizar sonhos, que dependem da sua capacidade de juntar dinheiro, então pare de acreditar que a Mega Sena é uma única solução e comece, aos poucos, a cortar gastos desnecessários.

2) Defina seus objetivos

Nessa etapa é importante entender o que você precisa para ser feliz. Ninguém tem dinheiro para comprar tudo o que vê na frente. Então faça suas escolhas. Defina seus objetivos de curto, médio e longo prazo, como, por exemplo, uma viagem de férias, um carro e um imóvel, respectivamente. Saber exatamente o que você quer ajuda a ter força para salvar.

3) Seja disciplinado e adote os hábitos corretos

Chegou a hora de partir para uma ação. Depois de definir o que precisa e o que não precisa, comece realmente a cortar gastos desnecessários. Se você quiser viajar para os EUA no final do ano, será necessário deixar algumas noites para jantar fora. Isso vale para qualquer coisa que você considere que ficou caro demais. Ter uma planilha para controlar seus gastos pote te ajudar bastante nesse processo.

4) Leia mais sobre finanças 

Pessoas que sabem fazer contas são menos suscetíveis a cair em armadilhas financeiras. Quem entende como funciona os juros do cartão de crédito, por exemplo, nunca vai parcelar ou pagar somente o mínimo da fatura porque sabe que as taxas cobradas pelo banco costumam ser abusivas (a média chega a 300% ao ano). Acesse mais conteúdos para investidores iniciantes e entenda ainda mais alguns conceitos fundamentais que te ajudarão nesse novo hábito.

5) Envolva a família

Quem tem mulher ou filhos deve explicar para toda a família como é o processo de decisão financeira, quais são os objetivos e o que é preciso fazer para chegar lá. Quando a família toda participa e se envolve nos mesmos objetivos, fica muito mais fácil atingir as metas.

6) Use os investimentos a seu favor

Depois que você já tiver pago todas as dívidas, comece a poupar algum dinheiro e invista com sabedoria. Conseguir uma maior remuneração possível para o seu dinheiro vai fazer com que você conquiste o que quer com menos sacrifício. Somente tome cuidado para não correr riscos desnecessários que possam comprometer a rentabilidade do seu portfólio.

7) Só compre o que é barato

Seja semanalmente no supermercado ou na hora de fechar a aquisição de um imóvel para a família, compre somente o que é barato. Sempre há coisas que estão com o preço justo. Então dê preferência a elas e não faça loucuras.

Você quer saber mais sobre os primeiros passos para ter um orçamento familiar mais controlado? Então não deixe de conferir qual é o seu perfil de investidor (conservador, moderado ou agressivo) e comece a investir! E não deixe também de abrir sua conta na XP Investimentos. Dessa forma você poderá contar com a ajuda de um assessor de investimentos para ajudar a alcançar os seus objetivos financeiros!



Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.