XP Expert

XP Morning Call 29/11/2018: Fed impulsiona mercados, mas cessão onerosa deve pesar no Brasil

Diariamente compilamos e analisamos diversas notícias e publicamos um relatório com comentários relativos às notícias relevantes para nossa cobertura, assim como eventos importantes para monitorar no cenário político e macroeconômico, tanto no Brasil quanto no mundo, e seus respectivos impactos para a bolsa brasileira.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Tópicos do dia

Brasil

  1.   Política Brasil: Foco na liderança no congresso e ministérios
  2. Negociações sobre a Cessão Onerosa chegam a novo impasse
  3. Banco Central: Crédito contraí 0,2% em outubro | Neutro

Internacional

  1.  Mercados animam após presidente do Fed dizer que nível de juros está próximo do neutro 

Empresas

  1. Petrobras: ANP reajusta preços do diesel em -15,3%
  2.  Justiça mantém decisão de venda de controle da Eldorado na arbitragem

COE News

  1. Varejistas americanos pressionam fornecedores chineses para se proteger do aumento de tarifas
  2. Surgem dúvidas se o Facebook cobrava pelo uso dos dados dos usuários

Resumo

Fed impulsiona mercados, mas cessão onerosa deve pesar no Brasil

Após discurso mais suave por parte do presidente do Fed ontem, emergentes tiveram forte dia de retomada e o Brasil não ficou para trás. Na contramão, mercados asiáticos fecharam em queda, mesmo após abertura otimista, com receio do G20 neste final de semana e preocupação com alavancagem local. Europa abre em alta, mineradoras seguem movimento mais otimista, mas petróleo tem mais um dia de queda e atinge menor nível desde Ago/17

Como temos destacado ao longo das últimas semanas, após forte correção dos mercados desde outubro (desde março para Emergentes – que negociam a leve desconto contra a média histórica), uma potencial suavização do discurso do Fed poderia ser o grande gatilho pra uma retomada, e emergentes deveriam liderar a mesma. Ainda não vimos um “cavalo de pau” do Fed, mas o discurso indicando que o juro neutro americano poderia ser algo entre 2.5-3.5% (hoje 2,25%), indica que o Fed poderia subir menos juros do que ele mesmo antecipava

No Brasil, a cessão onerosa segue em foco e deve pesar na Petrobras. O risco do projeto de lei não poder ser alterado via MP poderia levar a alterações via emendas, o que levaria a atrasos para sua aprovação dado que o projeto retornaria à Câmara. Índice de confiança de serviços do FGV atinge maior nível desde 2014, subindo 5,1 pontos em Nov, enquanto que confiança da indústria tem primeira alta desde maio.


Conteúdo na íntegra

Brasil

Política Brasil: Foco na liderança no congresso e ministérios

  • Flávio Bolsonaro diz que vai trabalhar para evitar que Renan chegue à presidência do Senado. Existem candidaturas alternativas, mas uma derrota em qualquer uma das casas seria um grande problema no início do governo;
  • Indicação de Osmar Terra para o Ministério da Cidadania gera conflito com a bancada evangélica, mas traz de volta à Câmara o deputado Darcísio Perondi, eleito suplente para o próximo mandato. Ele é reconhecido defensor da reforma da previdência. Foi ainda escolhido Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) para o Ministério do Turismo.

Negociações sobre a Cessão Onerosa chegam a novo impasse

  • ​As negociações para a aprovação do PL da Cessão Onerosa alcançaram novo impasse em torno da divisão dos recursos arrecadados com o leilão do excedente das áreas;
  • O entrave se deve ao fato de que o repasse a Estados e Municípios comprometeria o teto de gastos de 2019, implicando em resistências para que o Ministério da Fazenda contribua para a edição de uma Medida Provisória que assegure a divisão de recursos;
  • O Presidente do Senado Eunício Oliveira já avisou que, se não tiver a garantia de uma MP, vai trabalhar para que o PL seja alterado via emenda, o que levaria a atrasos por sua aprovação dado que o projeto retornaria à Câmara. Além disso, o Senador demonstrou incômodo com a tentativa de Paulo Guedes contornar a situação ao negociar com o TCU;
  • Por outro lado, a equipe de Paulo Guedes também estaria incomodado com o uso de um projeto que amplia renúncias fiscais para beneficiar empresas nas áreas da SUDAM e SUDENE como moeda de troca.

Banco Central: Crédito contraí 0,2% em outubro | Neutro

  • O BCB divulgou ontem as estatísticas mensais monetárias e de crédito. A carteira global de crédito contraiu 0,2% no mês devido ao impacto da valorização do real na carteira PJ, que reduziu -1,6% no mês;
  • Na carteira PF, a tendência de crescimento continuou, com 1,1% no mês e 7,4% acumulado nos últimos doze meses. A carteira global acumula expansão de 3,5% desde novembro de 2017;
  • Em resumo, as estatísticas não surpreenderam, porém a retomada do segmento PJ nos parece estar ganhando menos tração do que esperávamos. Com relação a inadimplência e spreads, ambos seguem em queda gradual na comparação anual.

Equipe do PPI seleciona projetos de concessão do novo Governo

  • A equipe do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) selecionou uma série de novos projetos de aeroportos, portos, rodovias e ferrovias, a serem endossados pelo futuro ministro Tarcísio de Freitas no Governo de Bolsonaro;
  • Entre os novos projetos, o Estadão destaca a possível oferta de um bloco de dez terminais no Sul do País. No setor portuário, a ideia é incluir 17 novos terminais para concessão. Quanto às ferrovias o foco estará na Ferrogrão e na Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, ambas voltadas para o escoamento agrícola de Mato Grosso;
  • Na sexta-feira, 30, serão publicados os editais das concessões da Ferrovia Norte-Sul, de 12 aeroportos e de 4 terminais portuários. De acordo com o Estadão, a estimativa é de que Bolsonaro consiga concluir até 24 concessões nos primeiros cem dias de governo​.

Internacional

Mercados animam após presidente do Fed dizer que nível de juros está próximo do neutro

  • Mercados internacionais animaram-se ontem depois que o do Banco Central americano (Fed), Jerome Powell, diminuiu as preocupações dos investidores com o aumento agressivo das taxas de juros;
  • Segundo Powell, as taxas de juros estão “logo abaixo” de estimativas de um nível neutro, nem acelerando nem desacelerando o crescimento econômico. Além disso, as observações sobre os mercados financeiros foram otimistas, argumentando que a alavancagem corporativa não é um risco sistêmico;
  • ​Com isso, as preocupações dos investidores diminuíram com expectativas de que o aumento da taxa de juros pelo Fed parasse mais cedo ou fosse mais lento, sem desacelerar significativamente a economia.

Empresas

Petrobras: ANP reajusta preços do diesel em -15,3%

  • A ANP anunciou os novos Preços de Comercialização de diesel para o período de 29 de novembro a 15 de dezembro, que já foram implementados pela Petrobras. Na média, os preços caíram -15,3%, comparados à variação de -21,0% dos preços do Brent em reais em relação ao mês passado (-5,8% depreciação do real combinado com queda de -25,4% nos preços do petróleo);
  • Após o anúncio, calculamos um prêmio de exportação de diesel para paridade (incluindo subsídios) de US$ 15,4 / barril, acima dos US$ 13,9 / barril mantidos em novembro e acima de nossa referência de US$ 6,9 / barril para custos de internalização (o que implica em melhores margens de refino);
  • Além disso, estimamos um prêmio doméstico total para paridade de US$ 7,3 / barril após a revisão da ANP, que compara com (1) o prêmio de US $ 8,4 / barril observado em novembro, (2) níveis do 3T2018 de US $ 6,0 / barril e (3) níveis anteriores à greve dos caminhoneiros de US $ 5,4 / barril.​

Justiça mantém decisão de venda de controle da Eldorado na arbitragem

  • ​Em decisão unânime nesta quarta-feira, a Justiça manteve nas mãos da arbitragem a decisão sobre o contrato de venda do controle da Eldorado Brasil, produtora de celulose de eucalipto da J&F Investimentos, para a Paper Excellence;
  • O pedido da PE de que a Eldorado seja obrigada a aceitar recursos para o pagamento de dívidas não foi aceito, já o acordo de acionistas, que garante certos direitos à PE, foi mantido em vigor. Do outro lado, foi recusado o pedido da J&F para ser liberada pela Justiça para vender as ações da Eldorado antes do término da arbitragem, que pode se estender por dois ou três anos;
  • A resolução da disputa agora está atribuída à câmara arbitral e impede que a J&F venda as ações da Eldorado até o fim desse processo.

COE News

Varejistas americanos pressionam fornecedores chineses para se proteger do aumento de tarifas

  • Grandes varejistas americanos estão pressionando fornecedores chineses à medida que as tarifas de importação entram em vigor, cortando pedidos e  negociando preços mais baixos. Walmart e Home Depot, por exemplo, também adiantaram parte de seus pedidos no mês de outubro. A Amazon reduziu em 6% as compras e pedidos de alguns de seus produtos com marca própria devido a forte pressão de margens causado pelo aumento tarifário;
  • Enquanto isso na China, fabricantes de bolsas, iluminação, calçados e outros produtos estão buscando novos clientes fora dos EUA, oferecendo maiores descontos promocionais na tentativa de suprir tal oferta de produtos, até então, destinados ao mercado americano;
  • As tarifas de 10% sobre os US $ 200bi em bens chineses entraram em vigor em 24 de setembro e devem atingir 25% no início de 2019. Trump também ameaçou expandir a lista para mais de US $ 250 bilhões em produtos adicionais, o que representaria quase 100% dos US $ 500bi de produtos importados da China. O foco dos investidores segue na reunião do G20 neste sábado.

Surgem dúvidas se o Facebook cobrava pelo uso dos dados dos usuários

  • Damian Collins, membro conservador do parlamento, lidera a bancada dos líderes britânicos contra os abusos políticos das mídias sociais e pretende lançar um novo dossiê contendo alguns e-mails entre funcionários do Facebook discutindo sobre a cobrança pelo uso de dados dos usuários;
  • E-mails internos mostram que dirigentes consideraram a cobrança pelo acesso contínuo dos dados do usuário ao longo dos últimos anos. Estes e-mails também indicam discussões sobre a possibilidade de alguns anunciantes gastarem mais em troca de maior acesso às informações dos usuários;
  • também fica claro a empresa discutindo como monetizar o uso dos dados de seus usuários, assim como outras empresas de tecnologia já o fazem de maneira independente ao Facebook. Em uma audiência no congresso americano em abril, o presidente, Mark Zuckerberg, havia informado que o Facebook nunca vendeu os dados dos usuários. Em defesa, outro executivo informou que realmente tal tema foi pauta de discussão, mas nunca ocorreu de fato.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.