XP Expert

XP Morning Call 29/04/2019: Sinais de melhora no ambiente político

Diariamente compilamos e analisamos diversas notícias e publicamos um relatório com comentários relativos às notícias relevantes para nossa cobertura, assim como eventos importantes para monitorar no cenário político e macroeconômico, tanto no Brasil quanto no mundo, e seus respectivos impactos para a bolsa brasileira.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Tópicos do dia

Brasil

  1.  Política Brasil: Alinhamento de Maia e Bolsonaro, maioria favorável à reforma na Comissão Especial

Internacional

  1. Acima do consenso de mercado, PIB americano avança 3,2% no 1T19
  2.  Preços do petróleo caem após Trump pressionar a Opep para compensar sanções ao Irã
  3.  ​Esquerda vence eleições na Espanha com Sanchez, mas coalizão será necessária

Empresas

  1. JBS (JBSS3): Anúncio de aquisição de uma processadora de suínos da Adelle Indústria de Alimentos
  2.  Banco Central: Crédito cresce 0,7% em março
  3. Vale (VALE3): Empresa terá que apresentar mais informações ao Cade sobre compra da Ferrous Resources

Resumo

Sinais de melhora no ambiente político

Ao longo do final de semana vimos sinais de melhora na relação entre Bolsonaro e Rodrigo Maia, apesar das críticas de Maia aos filhos do Presidente em entrevista na sexta-feira. Ao longo dos últimos dias, Bolsonaro tem dado uma série de acenos a Maia, e as notícias tem sinalizado melhora na articulação política.
 
Em paralelo, o Estadão trouxe levantamento ressaltando que 32 dos 49 deputados que compõe a Comissão Especial para debater a reforma da previdência são a favor do projeto – 25 votos são necessários para a aprovação.
 
Esperamos uma reação positiva à melhora no ambiente, que se continuar nessa tendência poderia levar a um processo de aprovação mais rápido da reforma. Entretanto, ressaltamos que a negociação adiante é complexa, e ainda esperamos volatilidade.
 
Os mercados globais operam em território levemente negativo, mas sem um claro direcionamento. Destaque para dados do PIB americano publicados na sexta, negociações comerciais entre os EUA e a China, petróleo em queda e eleições na Espanha.
 
O PIB americano do 1T19 foi divulgado na última sexta-feira e mostrou crescimento de 3,2%, acima dos 2,3% esperado pelo mercado. Apesar de positivo, as exportações líquidas e estoques ajudaram a dar sustentação, enquanto que o ritmo de crescimento da demanda doméstica ainda seguiu em desaceleração.
 
Em contraste com a surpresa positiva de crescimento do PIB, os dados da inflação do 1T vieram abaixo do esperado, o que dá sustentação aos mercados, corroborando a narrativa de que juros podem ser mantidos em patamares mais baixos.
 
Em relação às negociações comerciais, representantes sêniores do governo americano vão a Pequim esta semana para mais uma rodada de negociação, enquanto que a delegação Chinesa devem ir a Washington na semana que vem. Qualquer sinal de avanço rumo a um acordo final seria bem recebido pelo mercado.
 
Os preços do petróleo caíram quase 4% desde sexta-feira, depois que o presidente Trump exigiu que a Opep aumentasse a produção para amortizar o impacto das sanções dos EUA contra o Irã;
 
Por último, os mercados espanhóis operam em campo negativo essa manhã, seguindo a vitória do socialista Pedro Sánchez, que se mantem como primeiro-ministro da Espanha, e com seus aliados de esquerda próximos a obterem maioria. No entanto, como nenhum partido obteve a maioria no Parlamento, será preciso negociar uma coalizão com a oposição.


Conteúdo na íntegra

Brasil

Política Brasil: Alinhamento de Maia e Bolsonaro, maioria favorável à reforma na Comissão Especial

  • Apesar das críticas de Rodrigo Maia aos filhos de Jair Bolsonaro em entrevista publicada na tarde de sexta feira, os presidentes da Câmara e da República se encontraram duas vezes no final de semana e parecem estar mais alinhados, conforme declarações à imprensa; 
  • Segundo levantamento do Estadão, 32 deputados dos 49 que compõem a Comissão Especial para debater a Reforma da Previdência são a favor do projeto, embora 16 desejem alterações no texto. Para aprovação, são necessários 25 votos;
  • O governo espera contar com apoio dos governadores para angariar votos para aprovação da reforma no plenário. Os sindicatos, por sua vez, preparam convocação de greve para dia 14 de junho;
  • Nas primeiras entrevistas concedidas desde que foi preso, Lula atacou o governo e, especialmente, Sérgio Moro. O ex-presidente defendeu ainda a união da esquerda, apesar de não sinalizar clara composição do PT com os demais partidos. Acenos foram feitos apenas ao STF, que ainda julgará seus recursos, e ao vice-presidente Mourão, que lhe foi solidário quando da morte de seu neto; 

Internacional

Acima do consenso de mercado, PIB americano avança 3,2% no 1T19

  • A economia dos EUA apresentou crescimento de 3,2% no 1T19, número superior ao 2,3% previsto pelo mercado. Apesar de positivo, as exportações líquidas e estoques ajudaram a dar sustentação, enquanto o ritmo de crescimento da demanda doméstica ainda seguiu em desaceleração;
  • A demanda doméstica foi mais forte que a prevista mas ainda marcou o ritmo mais fraco desde 2T13. À medida que o consumo recupere no próximo trimestre e importações aumentem, o déficit comercial provavelmente aumentará e subtrairá do crescimento. A contribuição inesperada dos estoques no 1T também aponta para um risco de queda para o crescimento no segundo trimestre;
  • Em contraste com a surpresa positiva de crescimento do PIB, os dados da inflação do 1T vieram abaixo do esperado, o que dá sustentação aos mercados, corroborando a narrativa de que juros podem ser mantidos em patamares mais baixos.

Preços do petróleo caem após Trump pressionar a Opep para compensar sanções ao Irã

  • Os preços do petróleo caíram quase 4% desde sexta-feira, depois que o presidente Trump exigiu que a Opep aumentasse a produção para amortizar o impacto das sanções dos EUA contra o Irã;
  • As declarações do presidente dos EUA marcaram uma pausa da alta dos preços do petróleo desde que a Casa Branca anunciou que não renovaria as dispensas para a compra de petróleo Iraniano. O presidente Trump afirmou que conversou com a Arábia Saudita sobre o aumento do fluxo de petróleo, e negociadores de commodities mencionaram que o foco será na conformidade com os cortes da Opep a partir de maio;
  • Em uma nota mais positiva sobre os preços do petróleo, a contagem de sondas produtoras nos EUA realizada pela Baker Hughes apontou para a queda de 20 unidades produtoras, um indicativo de menor produção de xisto conforme produtores se esforçam para reduzir custos.

​Esquerda vence eleições na Espanha com Sanchez, mas coalizão será necessária

  • Os mercados espanhóis oscilam no campo negativo essa manhã, seguindo a vitória do socialista Pedro Sánchez como primeiro-ministro da Espanha com seus aliados de esquerda próximos à maioria. No entanto, ele possivelmente terá que contar com os separatistas catalães para governar;
  • O Parlamento possui 350 assentos, e são necessários ao menos 176 lugares para obter a maioria e poder formar o governo. Como nenhum partido obteve isso, será preciso negociar uma coalizão;
  • Sanchez tem duas principais opções: uma aliança com os liberais de Ciudadanos ou um governo com o Podemos e uma miscelânea de partidos regionais menores com o apoio de separatistas moderados da Catalunha. A aritmética para uma aliança com Ciudadanos é mais direta, dado que juntos eles têm 180 assentos. Entretanto, a aliança é politicamente mais problemática.

Empresas

JBS (JBSS3): Anúncio de aquisição de uma processadora de suínos da Adelle Indústria de Alimentos

  • Segundo fato relevante na sexta-feira, a JBS, por meio de sua controlada Seara, anunciou a aquisição de uma processadora de suínos com capacidade de abatimentos de 5 mil suínos por dia, incluindo sistema de integração, da Adelle Indústria de Alimentos por R$ 235 milhões, 0,45% do valor de mercado da JBS;
  • O pagamento será da seguinte forma (1) R$ 80 milhões por meio da entrega do Frigorífico Frederico, em Frederico Westphalen, que tem uma capacidade de 3,4 mil suínos por dia (2) R$ 115 milhões por meio da assunção de determinadas dívidas da Adelle e (3) R$ 40 milhões em moeda corrente nacional;
  • A aquisição aumenta a capacidade total da JBS em 1,6 mil suínos dia. Além disso, a planta é certificada para exportar para a Rússia, porém ainda não para a China.

Banco Central: Crédito cresce 0,7% em março

  • Totalizando R$3,3 trilhões em março, o saldo de crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) apresentou leve aumento (0,7%) em relação a fevereiro. O maior responsável pelo avanço no mês foi o crédito a pessoas jurídicas, que apresentou elevação de 0,8% no mês;
  • Ainda na comparação mensal, a carteira de pessoas físicas cresceu 0,6%, com recursos livres expandindo 0,9%. Além disso, a taxa média de juros dos empréstimos subiu 0,3 p.p. no período, enquanto a taxa o spread bancário registrou aumento de 0,2 p.p;
  • Além disso, na comparação anual, o saldo de crédito do SFN teve crescimento de 5,7%, com elevação tanto para empresas (1,6%), quanto para famílias (9,2%). Apesar do resultado tímido em março, as expectativas são de que o mercado de crédito continue expandindo gradualmente no decorrer de 2019.

Vale (VALE3): Empresa terá que apresentar mais informações ao Cade sobre compra da Ferrous Resources

  • A Vale terá que apresentar mais informações sobre sua aquisição da Ferrous Resources Limited ao Cade, que ao analisar a transação declarou o negócio como “complexo” e determinou a realização de diligência; 
  • A aquisição da Ferrous Resources pela Vale foi anunciada no início de dezembro de 2018 pelo grupo norte-americano Icahn Enterprises, que negociou sua fatia de 77% na empresa com operações de minério de ferro em Minas Gerais e Bahia por US$550mi;
  • O órgão de defesa da concorrência, no entanto, avaliou que a operação pode ter impactos sobre mercados de minério de ferro e minério de ferro pelotizado, além do mercado de minério de ferro “sinter feed” e “pellet feed”.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.