XP Expert

Semana começa com preocupações sobre emissões do Tesouro Nacional e sucessão na Suprema Corte dos EUA

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA -1,8% | 98.290 Pontos

CÂMBIO 2,84% | 5,39/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Na última sexta-feira, o Ibovespa fechou em queda de 1,8%, aos 98.290 pontos, e terminou a semana praticamente estável, com leve variação negativa de 0,08%.

Nessa segunda-feira, mercados globais amanhecem em queda. Nos EUA (-1,8%), ações de tecnologia caem após China (-1%) ameaçar retaliação às empresas americanas. Na Europa (-2,7%), a possibilidade de um novo confinamento pesa nos papéis, juntamente com alegações de lavagem de dinheiro por grandes bancos.

Em política internacional, o falecimento da mais antiga juíza da Suprema Corte dos EUA, Ruth Bader Ginsberg, foi destaque do noticiário político internacional do fim de semana. Os juízes do colegiado são nomeados de forma vitalícia, à vista disso, a morte abre uma nova vaga a ser preenchida. Trump promete anunciar uma candidata ainda nesta semana, no entanto, com apenas 43 dias até as eleições no país, há pouco tempo para que ela seja confirmada pelo Senado. Já na seara das relações externas, os EUA unilateralmente restabeleceram as sanções da ONU contra o Irã.

No Brasil, destaque no noticiário local para sinais de dificuldade por parte do Tesouro Nacional para o financiamento da dívida pública brasileira. Técnicos do governo relatam que está cada vez mais difícil colocar papeis com vencimentos longos no mercado para cobrir o rombo fiscal e refinanciar a dívida. Por enquanto, o colchão de liquidez (reserva prudencial no balanço do Banco Central) está sendo o suficiente, mas desafios podem emergir no médio-longo prazo.

Na política, expectativa para relatório do senador Márcio Bittar nessa semana para ver o espaço fiscal que o governo poder abrir em 2021, que pode ficar entre R$ 20 bi e R$ 30 bi. Vale manter no radar ainda a tentativa de instalação da CMO na terça-feira e como será a condução dos trabalhos na Câmara após o presidente da Casa, Rodrigo Maia, ter sido diagnosticado com coronavírus.

Na agenda de indicadores da semana, destaque no Brasil para o IPCA-15, além da ata do Copom,  do relatório trimestral de inflação e de dados de arrecadação federal referentes ao mês de agosto. No exterior, teremos falas dos presidentes do Fed, BCE e BoJ. Vale ressaltar que o Banco Central da China começou a semana decidindo manter inalteradas suas taxas de juros. A chamada LPR de um ano permaneceu em 3,85% e a LPR para empréstimos de cinco anos ou mais longos ficou em 4,65%.

Finalmente, em empresas, iniciamos cobertura das ações da d1000 (DMVF3) com recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 20,5/ação para o final de 2021, implicando um potencial de alta de 105% para as ações. Após seu recente IPO, a companhia está bem capitalizada e pronta para acelerar o ritmo de crescimento. Estimamos um crescimento anual médio entre 2019 e 2023 de +17% em receita e +50% em EBITDA. Nos níveis atuais vemos as ações sendo negociadas a um múltiplo de 14,8x P/L em 2021 – um desconto de 40% em relação à média da nossa cobertura de varejo (link para o conteúdo completo).

Tópicos do dia

Coronavírus

Revisamos em agosto o target do Ibovespa para 115.000 pontos
Medidas econômicas para combater o coronavirus no Brasil

Para ler mais conteúdos, clique aqui.

Brasil

  1. Boletim Focus: Projeção para o IPCA de 2020 segue em ritmo de expansão pela sexta semana consecutiva

Internacional

  1. Política internacional: falecimento da mais antiga juíza da Suprema Corte dos EUA, Ruth Bader Ginsberg, foi destaque do noticiário político internacional do fim de semana
    Acesse aqui o relatório internacional

Empresas

  1. d1000 (DMVF3): Iniciamos cobertura com recomendação de COMPRA
  2. Petrobras (PETR4): Lançamento dos programas Biorefino 2030 e Gás+
  3. Magazine Luiza (MGLU3): Empresa anuncia programa de trainee exclusivo para pessoas negras
  4. Proteínas (BRFS3, MRFG3): boi gordo quebra recorde novamente ao atingir R$ 251/@ na semana passada


Veja todos os detalhes

Brasil

Boletim Focus: Projeção para o IPCA de 2020 segue em ritmo de expansão pela sexta semana consecutiva

  • Com a surpresa inflacionária vinda principalmente de alguns alimentos consumidos no domicílio, a projeção de inflação (IPCA) para 2020 passou de 1,94% para 1.99%. Para 2021, permaneceu em 3,01%;
  • Após a divulgação de indicadores de atividade econômica mais fortes do que o esperado no curto prazo (especialmente do comércio varejista brasileiro), a projeção de PIB para 2020 passou de -5,11% para -5,05%. Para 2021, permaneceu em 3,50%.;
  • A projeção da taxa de câmbio permaneceu em 5,25 para 2020 e em 5,00 para 2021. E a projeção de Selic permaneceu em 2,00% ao final de 2020 e em 2,50% ao final de 2021. Clique aqui para conferir as demais projeções de mercado.

Internacional

Política internacional

  • O falecimento da mais antiga juíza da Suprema Corte dos EUA, Ruth Bader Ginsberg, nesta sexta-feira (18) foi destaque do noticiário político internacional do fim de semana. Os juízes do colegiado são nomeados de forma vitalícia, à vista disso, a morte abre uma nova vaga a ser preenchida. Trump promete anunciar uma candidata ainda nesta semana, no entanto, com apenas 43 dias até as eleições no país, há pouco tempo para que ela seja confirmada pelo Senado;
  • Em 2016, por exemplo, a tentativa de Obama de preencher uma vaga na Corte em março foi impedida pelos republicanos, que tinham maioria na Casa. Sendo assim, os republicanos teriam que romper com o precedente que eles mesmo estabeleceram para aprovar um candidato conservador, o que alguns senadores do partido, como Mitch McConnell, parecem dispostas a fazer. Não obstante, a posição dos republicanos moderados é mais incerta e serão esses senadores quem definam a votação. Vale lembrar que são 53 republicanos no Senado e Trump precisaria do apoio de, ao menos, 50 deles, mas 2 senadoras (Susan Collins e Lisa Murkowski) já se manifestaram contra a votação – ou seja,, democratas precisam do apoio de mais 2. Nos próximos dias, os holofotes estarão na decisão de 5 senadores moderados ou institucionalistas: Chuck Grassley, Mitt Romney, Cory Gardner, Lamar Alexander e Pat Roberts;
  • Na seara das relações externas, os EUA unilateralmente restabeleceram as sanções da ONU contra o Irã.

Empresas

d1000 (DMVF3): Iniciamos cobertura com recomendação de COMPRA

  • Iniciamos cobertura das ações da d1000 – DMVF3 – com recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 20,5/ação para o final de 2021. Com base no fechamento de mercado do dia 18 de setembro, vemos potencial de alta de 105% para as ações;
  • A d1000 é a nona maior varejista farmacêutica do Brasil, com 0,9% de participação de mercado, R$ 1,1 bilhão em faturamento anual e 188 lojas em quatro estados. A companhia é resultado de três aquisições realizadas desde 2013 pela Profarma – acionista controlador da d1000 e segunda maior distribuidora farmacêutica do país;
  • Após seu recente IPO, a d1000 agora está bem capitalizada e pronta para acelerar o crescimento. A nossa tese de investimento está baseada em três principais pilares: (i) Progresso no processo de recuperação operacional da empresa; (ii) Aceleração do processo de abertura de lojas – gerando um crescimento anual médio entre 2019 e 2023 de +17% em receita e +50% em EBITDA, de acordo com as nossas estimativas e (iii) Risco-retorno assimétrico;
  • Nos níveis atuais, vemos as ações sendo negociadas a um múltiplo de 14,8x P/L em 2021 – um desconto de 40% em relação à média da nossa cobertura de varejo. Em nosso preço-alvo, as ações seriam negociadas em múltiplos P/L de 2021e e 2022e de 30,4x e 21,3x, respectivamente. Clique aqui para conferir o conteúdo completo.

Petrobras (PETR4): Lançamento dos programas Biorefino 2030 e Gás+

  • Na última sexta-feira (18), a Petrobras anunciou, o lançamento de dois programas que visam preparar suas atividades de refino e gás natural para um mercado aberto, competitivo e em transição para economia de baixo carbono, o Biorefino 2030 e o Gás+;
  • O Biorefino 2030 prevê projetos para a produção de uma nova geração de combustíveis, mais modernos e sustentáveis que os atuais como, por exemplo, o diesel renovável e o bioquerosene de aviação (BioQAv). Ainda na área de refino, a companhia pretende reduzir em 30% a captação de água em suas refinarias e em 16% a intensidade do carbono do segmento até 2025. Além disso, a Petrobras prevê investimentos para o aumento da produção de diesel S-10, de baixo teor de enxofre, em detrimento do diesel S-500;
  • O Gas+, visa implantar ações que aumentam a competitividade da Petrobras no segmento de gás natural. Estão previstas novas modalidades de comercialização e segmentação de produtos, bem como a prestação de serviços de processamento de gás em suas Unidades de Tratamento e o uso de ferramentas como contratos digitais e vendas por meio de plataformas automatizadas. Nesse contexto, a companhia está ampliando a capacidade operacional do terminal de regaseificação de gás natural liquefeito da Baía de Guanabara (TR-BGUA), implementando a entrada de operação do gasoduto Rota 3, e implementando o projeto de adequação da UTGCA (Unidade de Caragutatuba);
  • Na área de geração termoelétrica, o foco da companhia está em ativos de alta performance. Para isso, está realizando a modernização dos ativos existentes para melhoria da eficiência energética e redução de emissões, como também, realizando pesquisas com novas turbinas de CO2 em ciclo combinado, aumentando a geração de energia sem captação de água e sem impacto nas emissões. A companhia também está em fase inicial de estudos de um projeto de nova termelétrica de alta eficiência e integrada ao Polo Gaslub;
  • Temos uma visão positiva das iniciativas lançadas pela Petrobras, tanto do ponto de vista (1) financeiro, pois a companhia deverá ampliar o escopo das receitas do segmento de gás natural, como (2) na frente ESG, conforme visto nas iniciativas do segmento de refino. Mantemos recomendação de Compra nas ações da Petrobras.

Magazine Luiza (MGLU3): Empresa anuncia programa de trainee exclusivo para pessoas negras

  • O Magalu, abriu inscrições, nesta sexta-feira, para seu programa de trainee 2021. A edição deste ano tem um formato inédito: aceitará apenas candidatos negros. O objetivo do Magalu com o programa é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil, no início da vida profissional;
  • Duas das causas mais importantes do Magalu são a igualdade de oportunidades e a inclusão. Por enxergar a equidade racial e de gênero como uma ponte para ambientes empresariais mais bem-sucedidos e para um país mais igualitário, a companhia desenvolveu o primeiro programa de trainee exclusivo para negros do Brasil. O programa de trainee da empresa foi criado há 15 anos e até hoje formou 250 trainees. Destes, só dez eram pretos e pardos. Atualmente, o Magalu tem em seu quadro de funcionários 53% de pretos e pardos, mas apenas 16% deles ocupam cargos de liderança. O alerta despertado por essa baixa participação fez com que o Magalu decidisse atuar, oferecendo oportunidades para quem ainda está começando a carreira;
  • Vemos o anúncio como importante para o avanço da pauta social dentro da companhia, ao mesmo tempo em que reconhecemos a importância da diversidade e da inclusão;
  • Temos recomendação Neutra para as ações da Magazine Luiza, com preço-alvo de R$78,0/ação.

Proteínas (BRFS3, MRFG3): boi gordo quebra recorde novamente ao atingir R$ 251/@ na semana passada

  • Confira os destaques do setor no Expresso Alimentos & Bebidas desta semana de 21 de setembro; às segundas-feiras, falamos dos preços dos animais vivos, para entender como estão as margens dos produtores e a pressão nos custos da indústria;
  • O preço do boi gordo novamente rompeu recordes, atingindo R$ 251/@ na quarta-feira passada. Esperamos que os preços sigam fortes pelo menos até o final de novembro devido à sazonalidade da oferta. Tanto o preço do suíno quanto o do frango vivo se mantiveram estáveis na semana, respectivamente, em R$ 8/kg R$ 4,10/kg;
  • Mantemos nossa visão favorável a frigoríficos expostos a suínos e bovinos que, apesar da alta dos custos, tem conseguido repassar essa alta nos preços por conta da demanda aquecida.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.