XP Expert

Ibovespa recupera os 120 mil pontos e se aproxima de novas máximas

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA 0,8% | 120.295 Pontos

CÂMBIO -1,13% | 5,65/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Seguindo o bom humor das bolsas americanas, que dia sim dia não batem novas máximas, o Ibovespa está perto de alcançar seu maior patamar histórico: ontem, o índice fechou em alta de 0,8%, aos 120.295 pontos, próximo do topo de 125.076 pontos alcançado em 8 de janeiro deste ano – uma alta de 4% já seria suficiente para um novo fechamento recorde – apertem os cintos.

Apesar do imbróglio envolvendo o Orçamento de 2021, a possibilidade do processo de vacinação se acelerar no Brasil, somada ao início da temporada de resultados corporativos nos EUA trouxeram otimismo ao Ibovespa. Entre as maiores altas do dia, destacam-se os pesos pesados do índice: VALE3 (+3,3%), PETR4 (+1,59%), ITUB4 (+1,28%). O dólar comercial teve queda de 1,13%, cotado a R$ 5,650 na venda, e, no mercado de juros futuros, os principais contratos também fecharam em queda.

Nesta manhã, bolsas internacionais amanhecem em alta: EuroStoxx sobe 0,22%, o futuro do S&P500 avança 0,44% e o Nasdaq +0,6% refletindo às expectativas positivas em relação a temporada de resultados. A saber: ontem, JP Morgan e Goldman Sachs soltaram resultados acima das expectativas de mercado e, nesta manhã, foi a vez do Bank of America divulgar lucro acima do consenso de mercado. Entre os balanços que serão divulgados hoje, destaque para Citigroup e UnitedHealth.

Do lado da economia, no Brasil, o veto parcial ao Orçamento volta a ser discutido. A ideia é vetar tanto gastos do Executivo como nas emendas parlamentares, além de enviar um projeto de lei para recompor as despesas obrigatórias que foram cortadas para acomodar tais emendas. Os programas emergenciais para o enfrentamento da Covid devem ser financiados por meio de créditos extraordinários, não sujeito ao teto, mas será necessária alteração da meta de resultado fiscal deste ano (déficit de R$ 247,1 bilhões).

Enquanto na política, plenário do tribunal decide hoje se mantém anulação de processos de Lula na Lava Jato.

Do lado das empresas, dando continuidade à nossa série de relatórios sobre a disrupção no setor financeiro (link), decidimos iniciar a cobertura de Méliuz (CASH3), uma empresa que se beneficia intrinsecamente da concorrência como um negócio de marketing de afiliados. Iniciamos a empresa com uma recomendação de Compra e um preço-alvo de R$41,0 para o fim do ano de 2021. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Na agenda, destaque para os pedidos de auxílio-desemprego, vendas no varejo e produção industrial nos EUA. À noite, a China informa o PIB do primeiro trimestre – espera-se crescimento de 1,4% t/t. No Brasil, pela manhã serão divulgados a leitura de abril do IGP-10 (expectativa do Broadcast de +1,38% a/a) e o volume de serviços de fevereiro (XP -3,5% a/a; Broadcast -3,7%).

Tópicos do dia

Acesse aqui o relatório internacional

Economia

  1. Pauta econômica segue paralisada à espera de uma solução para o Orçamento de 2021

Política

  1. Supremo mantém decisão que obrigou Senado a criar CPI e impasse sobre o Orçamento permanece
  2. Política internacional: negociações pelo pacote de infraestrutura de USD 2.25 trilhões em foco

Commodities

  1. Petróleo: Redução nos estoques dos EUA acima do esperado pelo mercado

Empresas

  1. Setor financeiro, um grande mercado sendo disruptado parte III: Iniciando cobertura de Méliuz (CASH3)
  2. Petrobras (PETR4): Possível alternativa para criação de um fundo para amortecer oscilações dos preços de combustíveis com recursos dos leilões de Atapu e Sépia
  3. EdP Energias do Brasil (ENBR3): Destaques operacionais do 1T21
  4. Magalu (MGLU3): Aquisição do Jovem Nerd
  5. GNDI (GNDI3): O fechamento da aquisição da Medisanitas
  6. Notícias Diárias do Setor Financeiro
  7. Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

ESG

  1. Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 15/04

Veja todos os detalhes

Economia

Pauta econômica segue paralisada à espera de uma solução para o Orçamento de 2021

  • Joe Biden deve impor uma série de novas sanções à Rússia em retaliação por suporta má conduta envolvendo as eleições americanas. A medida vai proibir instituições financeiras dos EUA de comprarem diretamente novos títulos do banco central, do ministério da Fazenda e do fundo soberano da Rússia a partir de 14 de junho;
  • Na agenda, os sobre pedidos de auxílio-desemprego, vendas no varejo e produção industrial nos EUA serão observados com atenção na parte da manhã. À noite, a China informa o PIB do primeiro trimestre, é esperado crescimento de 1,4% t/t. Entre os balanços que serão divulgados, destaque para Bank of America, Citigroup e UnitedHealth;
  • No Brasil, o veto parcial ao Orçamento volta a ser discutido. A ideia é vetar tanto gastos do Executivo como nas emendas parlamentares, além de enviar um projeto de lei para recompor as despesas obrigatórias que foram cortadas para acomodar tais emendas. Os programas emergenciais para o enfrentamento da covid devem ser financiados por meio de créditos extraordinários, não sujeito ao teto, mas será necessária alteração da meta de resultado fiscal deste ano (déficit de R$ 247,1 bilhões);
  • Essa manhã serão divulgados a leitura de abril do IGP-10 (Broad1,38%) e o volume de serviços de fevereiro (XP -3,5% a/a; Broad -3,7%).

Política

Supremo mantém decisão que obrigou Senado a criar CPI e impasse sobre o Orçamento permanece

  • O STF decidiu ontem por 10 votos a 1 manter a decisão que obrigou o Senado a instalar a CPI do Coronavírus. Os líderes partidários indicaram ontem seus representantes para a comissão, que terá apenas quatro nomes governistas – os sete restantes são dois da oposição e cinco com posição de independência. O governo trabalha para evitar que nomes com menos simpatia pelo Planalto ocupem os postos de relator e presidente do colegiado. Ainda não há data para o início dos trabalhos;
  • Também ontem, o STF confirmou que é o plenário da corte que vai decidir sobre a liminar de Edson Fachin que anulou os processos contra o ex-presidente Lula na Lava Jato, permitindo sua elegibilidade em 2022. O julgamento deve ser retomado hoje;
  • Quinze dias depois de o Orçamento ter sido enviado pelo Congresso para Jair Bolsonaro e a sete dias do prazo final, o impasse continua, com as posições de cada lado se entrincheirando – o Congresso quer a sanção do texto como aprovado, enquanto o Ministério da Economia ainda fala em veto a parte das emendas. O veto parcial segue em estudo como saída possível. O time econômico continua em defesa de uma PEC para dar segurança jurídica aos gastos extraordinários e permitir a recriação de programas emergenciais para combater efeitos da pandemia.

Política internacional: negociações pelo pacote de infraestrutura de USD 2.25 trilhões em foco

  • As negociações pelo pacote de infraestrutura de USD 2.25 trilhões apresentado pelo governo Biden permanecem destaque na seara internacional. No mais recente capítulo das conversas entre parlamentares americanos, o senador republicano Mitt Romney afirmou que avalia com grupo bipartidário uma contraproposta mais enxuta com valor menor. Apesar de não discutir um valor exato, indicou que seria algo abaixo de USD 800 bilhões;
  • Em nossa avaliação, será difícil conciliar as divergências de republicanos e democratas. Em vista disso, nosso cenário-base permanece de avanço do projeto via reconciliation, uma manobra que permite evitar o filibuster no Senado;
  • O Senado americano também confirmou nesta quarta-feira (14) Gary Gensler para presidiar a Comissão de Segurança e Câmbio (SEC) com 53 votos a favor de sua indicação e 45 contra. O ex-executivo do Goldman Sachs, promoveu reformas os mercados após a crise de 2008 e defende agenda de ajustes regulatórios para criptomoedas, promoção de transparência e desenvolvimento de padrões ESG;
  • No lado diplomático, após sugerir encontro com Vladimir Putin, o governo Biden deve adotar sanções contra indivíduos e entidades russas em retaliação por suas supostas condutas impróprias, incluindo o hacking da SolarWinds e esforços para interferir nas eleições americanas;
  • Na França, a um ano da eleição, a centro-direita enfrenta divisões internas por quem devem representar Les Républicains (LR) em 2022. A fragmentação do agrupamento fortalece a candidata mais à direita Marine Le Pen, que disputou a eleição de 2018 com Emmanuel Macron;
  • E no lado da pandemia, em meio a preocupação por suspensão de imunizastes, ex-líderes mundiais pedem a Biden suspender patentes de vacinas contra a Covid-19.  

Commodities

Petróleo: Redução nos estoques dos EUA acima do esperado pelo mercado

  • Ontem a Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA) divulgou, em seu relatório oficial de fornecimento, uma redução no estoque de -5.889 milhões de barris contra expectativa de -2.889 milhões de barris, o que foi visto como positivo por indicar uma menor oferta em relação à demanda. Com disso, ontem a commodity encerrou o pregão em alta de +4,6% em US$66,58/barril;
  • Ainda no viés positivo, os estoques de gasolina nos EUA cresceram +0,309 milhões de barris, abaixo das expectativas de mercado de um aumento de +0,786 milhões de barris;
  • Nessa manhã de quinta-feira, o petróleo tipo Brent opera em território ligeiramente negativo, em queda de -0,39% em US$66,32/barril (Brent).

Empresas

Setor financeiro, um grande mercado sendo disruptado parte III: Iniciando cobertura de Méliuz (CASH3)

  • Diante de múltiplos mais altos, enquanto o cenário se deteriora, decidimos atualizar nossa cobertura do setor financeiro. Desde que atualizamos nossa cobertura de bancos incumbentes, em junho de 2020, o preço médio das ações de bancos privados aumentou em média 30%, quase se igualando os preços pré-COVID;
  • Por outro lado, os mesmos enfrentam: i) um cenário de crédito deteriorado; ii) novos entrantes mais competitivos e capitalizados; iii) mudanças relevantes de comportamento do cliente, o que na nossa visão não favorece os bancos incumbentes; e iv) regulamentações bem-sucedidas por parte do Banco Central, em contraste com expectativas de atraso por parte do mercado. Dito isso, decidimos atualizar nossa cobertura do setor financeiro com uma visão mais cautelosa tanto dos incumbentes, quanto dos bancos de médio porte;
  • Neste terceiro relatório da série, decidimos iniciar a cobertura de Méliuz (CASH3), uma empresa que se beneficia intrinsecamente da concorrência como um negócio de marketing de afiliados. Iniciamos a empresa com uma recomendação de compra e um preço-alvo de R$41,0 para o fim do ano de 2021. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Petrobras (PETR4): Possível alternativa para criação de um fundo para amortecer oscilações dos preços de combustíveis com recursos dos leilões de Atapu e Sépia

  • Segundo o Broadcast, a Petrobras está levantando alternativas a serem apresentadas ao governo para viabilizar a criação de um fundo para amortecer oscilações dos preços de combustíveis. Entre as diversas possibilidades em estudo está o uso de recursos do leilão das áreas da cessão onerosa do pré-sal, previsto para o fim deste ano;
  • Como mencionamos anteriormente, recentemente a Petrobras chegou a um acordo com a União que estabelece as participações e o valor de compensação à Petrobras no caso de licitação dos volumes excedentes da Cessão Onerosa nos campos de Sépia e Atapu, na Bahia de Santos. Pelo campo de Atapu, a Petrobras receberá US$ 3,25 bilhões, e pelo campo de Sépia, a compensação líquida será de US$ 3,2 bilhões;
  • Parte da arrecadação do leilão poderia ser destinada ao fundo, que, na prática, bancária um subsídio para evitar as oscilações em um momento de elevação dos preços no mercado internacional e da cotação do dólar frente ao real;
  • Ainda que seja marginalmente positivo que estejam sendo estudadas formas de compensar à volatilidade dos preços de comustíveis fora do escopo da política de preços da Petrobras, notamos que a alternativa proposta não produzirá soluções até o leilão dos barris excedentes dos campos de Atapu e Sépia ocorrer. Também notamos que o governo não foi bem sucedido ao tentar licitar tais blocos em Novembro de 2019, tanto devido (i) aos valores de bônus de outorga considerados elevados (R$13,7 bilhões para Atapu e R$22,9 bihões para Sépia, totalizando R$36,6 bilhões), como (ii) devido à incertexa relacionada ao cálculo de compensação à Petrobras pelo diferimento da produção de seu contrato original das áreas da Cessão Onerosa, assinado em 2010 (ponto esse que foi recentemente endereçado). Assim, não acreditamos que a notícia reduz a percepção de risco para a manutenção de uma política de preços de combustíveis alinhada com à paridade de importação, tendo em vista que há incertezas a respeito do sucesso das licitações destas áreas;
  • Mantemos recomendação de Venda nas ações da Petrobras, com preço-alvo de 12 meses de R$24/ação para PETR4 e PETR3.

EdP Energias do Brasil (ENBR3): Destaques operacionais do 1T21

  • Ontem a EDP divulgou suas informações operacionais referentes ao 1T21. O principal destaque foi o aumento de +4,4% no volume de energia do segmento de distribuição, dividido em +3,9% para a EDP São Paulo e +5,1% para a EDP Espírito Santo;
  • Segundo a companhia, o aumento no consumo pode ser explicado por uma manutenção do ritmo de recuperação da atividade industrial, que era observado desde o final do ano passado, após meses de restrições para contenção da pandemia do COVID-19. Adicionalmente, também corroborou para o aumento no consumo, as temperaturas mais elevadas no trimestre;
  • Vemos o resultado operacional da EDP Energias do Brasil no trimestre como positivos, sinalizando uma recuperação da demanda. Temos recomendação de compra nas ações da EDP Energias do Brasil e preço-alvo de R$ 21,00/ação.

Magalu (MGLU3): Aquisição do Jovem Nerd

  • A Magalu anunciou a aquisição do Jovem Nerd, plataforma multimídia de produção de conteúdo focado no público nerd e geek. O Jovem Nerd possui forte presença digital, com mais de 5,5 milhões de inscritos nos canais do Youtube e 4,3 milhões de seguidores nas redes socais, além de ter sido o primeiro podcast brasileiro a superar a marca de 1 bilhão de downloads;
  • A aquisição está em linha com a estratégia da empresa de ganhar escala na produção de conteúdo, que já conta com as plataformas CanalTech e Steal the Look, e de aumentar o alcance da MagaluAds. Adicionalmente, o conteúdo do Jovem Nerd será integrado ao SuperApp Magalu, e tende a aumentar o engajamento do aplicativo;
  • Enxergamos a transação como positiva, mas não deve ter impacto financeiro relevante para os resultados no curto prazo. Mantemos a nossa recomendação neutra e preço-alvo para o fim de 2021 de R$ 27,0/ação.

GNDI (GNDI3): O fechamento da aquisição da Medisanitas

  • Conforme esperado, a GNDI anunciou a conclusão da aquisição da Medisanitas;
  • O negócio foi assinado em 26 de agosto de 2020 e foi um movimento importante em direção ao Estado de Minas Gerais adicionando ~340 mil vidas, 1 hospital, 1 pronto-socorro ambulatorial, 5 centros clínicos, 5 laboratórios de análises clínicas, 3 clínicas odontológicas, 1 centro oftalmológico e 1 clínica de oncologia;
  • Com a aquisição a GNDI passou a contar com 5 hospitais (647 leitos) e 414 mil beneficiários no estado de Minas Gerais;
  • Em suma, foi um evento esperado, pois não havia nenhum potencial risco relacionado ao CADE. Mantemos nossa recomendação de Compra da ação e o preço alvo de R$117/ação.

Notícias Diárias do Setor Financeiro

  • Acesse este relatório com notícias do setor financeiro que complementam nossos comentários publicados no Morning Call, mas que não consideramos relevantes o suficiente para serem analisadas. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo nacional e internacional

  • Nesta publicação diária, trazemos as principais notícias do setor de varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.) nacional e internacional, complementando nossa visão sobre as tendências e acontecimentos mais importantes do dia. Além disso, o relatório contém um resumo dos múltiplos e recomendações para as empresas de nossa cobertura.
  • Clique aqui para acessar o relatório.

ESG

Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 15/04

  • Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo falam sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança;
  • Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance histórica do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP;
  • Por que essas informações são importantes? Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.