XP Expert

Dia de inflação nos EUA e no Brasil

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA -1,7% | 106.291 Pontos

CÂMBIO +0,7% | 5,57/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Depois de cinco dias seguidos de altas, o índice Ibovespa fechou ontem com uma queda de -1,7%, acompanhando o movimento nos mercados do exterior e repercutindo a elevação da taxa Selic. Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) subiu a taxa básica de juros em 1,5 p.p. para 9,25%, o maior nível desde 2017. No mercado de juros, as taxas futuras de curto prazo fecharam a sessão de ontem em alta, enquanto as longas terminaram a sessão em queda, em resposta à decisão do Copom conforme esperado. DI jan/22 fechou em 9,156%; DI jan/24 foi para 10,97%; DI jan/26 encerrou em 10,535%; e DI jan/28 fechou em 10,54%.

As Bolsas internacionais amanhecem mistas (EUA +0,3% e Europa -0,4%) enquanto investidores aguardam novos dados da inflação ao consumidor nos EUA. O consenso do Dow Jones projeta uma alta de 0,7% em novembro, totalizando +6,7% ano contra ano. Caso as estimativas se concretizem, este será o maior aumento da inflação americana desde 1982 e poderá influenciar a velocidade da retirada dos estímulos pelo Federal Reserve. Na China, ambos os índices CSI 300 (-0,5%) e Hang Seng (-1,1%) encerraram no negativo, reverberando o rebaixamento da Evergrande e Kaisa para restricted default pela Fitch, indicando que as empresas oficialmente deram calote em alguma obrigação financeira, mas que ainda não deram início ao processo normal de pedidos de falência e liquidação de ativos, permanecendo em operação. Além disso, esforços do Banco Central chinês para desvalorizar o yuan também contribuíram para a queda da bolsa no país. No universo das criptomoedas, a alta volatilidade continua, o Bitcoin (+1,0%) amanhece em campo positivo e negociando acima dos US$ 48 mil enquanto a Solana (-5,3%) sofre forte queda após uma falha na sua rede que desacelerou o ritmo de transações.

No Brasil, conforme esperado, o Senado aprovou ontem um projeto de lei que prorroga a desoneração da folha para 17 setores da economia. A medida representa R$ 10 bilhões em pressão adicional ao orçamento de 2022. Na agenda doméstica, o foco também será na divulgação da inflação IPCA de novembro. Esperamos que a inflação continue se elevando, refletindo o choque global de custos e a recuperação firme da demanda ao longo deste ano.

Do lado das Ações, estamos iniciando a cobertura de Kepler Weber (KEPL3) com recomendação de Compra e preço-alvo para o final de 2022 de R$ 47,00 por ação. Os pilares da nossa tese incluem: (i) o fato de que a Kepler é a líder indisputável no mercado de silos no Brasil; (ii) a exposição da companhia a tendências seculares de crescimento vinculadas ao agronegócio; (iii) o valuation atrativo, dado que enxergamos a empresa sendo negociada a 2,9x EV/EBITDA 2022 – clique aqui para acessar o relatório. Além disso, publicamos um relatório com a análise ESG de Kepler Weber (link). Vemos que a empresa está no caminho certo, com indicadores já sendo disponibilizados, enquanto acreditamos que há um amplo espaço para melhoria, e a próxima etapa, na nossa visão, é traçar um plano e metas ESG.

Tópicos do dia

Economia

  1. Inflação de preços ao consumidor em foco nos EUA e no Brasil

Política

  1. Senado americano supera obstáculo para elevação do teto da dívida

Empresas

  1. Kepler Weber (KEPL3): Armazenando potencial, colhendo qualidade; iniciamos a cobertura com recomendação de Compra
  2. Vamos (VAMO3): Anúncio de aquisição da HM Empilhadeiras (empresa que aluga e vende equipamentos intralogísticos novos)
  3. Enjoei (ENJU3): Aquisição da Gringa
  4. Principais notícias dos setores

Mercados

  1. Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | WhatsApp + criptos

ESG

  1. Radar ESG | Kepler Weber (KEPL3): Um começo promissor – Indicadores já são disponibilizados; a próxima etapa é traçar um plano e metas ESG
  2. Todos os olhos voltados para a redução das emissões de carbono | Café com ESG, 10/12

Veja todos os detalhes

Economia

Inflação de preços ao consumidor em foco nos EUA e no Brasil

  • O foco hoje será a Inflação dos Preços ao Consumidor (CPI) dos EUA em novembro. Esperamos que o Bureau of Labor Statistics anuncie que os preços ao consumidor aumentaram 0,4% mês a mês em novembro, deixando a taxa de variação anual em 6,5%. É a maior taxa de inflação anual desde meados de 1982. Apesar do choque inflacionário em curso, continuamos pensando que 2022 e 2023 serão anos de desinflação significativa. Continuamos acreditando na tese de que pelo menos 75% do atual choque inflacionário que os EUA estão experimentando está relacionado às ineficiências de abastecimento que se seguiram ao surgimento da crise Covid-19. Estes fatores devem se reequilibrar nos próximos anos;
  • Os mercados começaram o dia em tom negativo, refletindo o risco de um aumento nas infecções por coronavírus e de uma nova onda de medidas restritivas. Os casos e as hospitalizações estão aumentando em alguns estados dos EUA devido à temporada de tempo frio e de reuniões familiares;
  • No Brasil, a inflação do IPCA de novembro será divulgada hoje. Projetamos um aumento mensal de 1,08%, levando a taxa anual para 10,9%. A inflação ao consumidor está quase três vezes acima da meta do Banco Central (3,75%) por motivos internos e externos, e já obrigou o Banco Central a elevar a taxa Selic em 7,25pp neste ano;
  • Conforme esperado, o Senado brasileiro aprovou ontem um projeto de lei que prorroga a desoneração da folha para 17 setores da economia. A medida representa R $ 10 bilhões de reais em pressão adicional ao orçamento de 2022.

Política

Senado americano supera obstáculo para elevação do teto da dívida

  • Nos EUA, com 59 votos a favor e 35 em contra, o Senado aprovou projeto que que permite a elevação do teto da dívida por maioria simples, em vez dos 60 votos geralmente requeridos no Senado. A iniciativa já foi aprovada na Câmara e seria promulgada por Joe Biden ainda nesta semana. Desse modo, parlamentares democratas poderão aprovar a elevação do teto da dívida sem apoio republicano na semana que vem, evitando default.

Empresas

Kepler Weber (KEPL3): Armazenando potencial, colhendo qualidade; iniciamos a cobertura com recomendação de Compra

  • Estamos iniciando a cobertura de Kepler Weber (KEPL3) com recomendação de Compra e preço-alvo para o final de 2022 de R$ 47,00 por ação. Os pilares da nossa tese incluem:
    • (i) o fato de que a Kepler é a líder indisputável no mercado de silos no Brasil; com 42% de participação estimada, a empresa construiu uma reputação premium que permite que ela cobre preços mais altos do que a média;
    • (ii) Exposição ao crescimento secular do agronegócio: com a safra aumentando e os produtores se tornando mais capitalizados, a demanda por silos deve aumentar no Brasil. Além disso, a Kepler vem procurando expandir a linha de Reposição & Serviços, o que deve adicionar recorrência às receitas;
    • (iii) Valuation atrativo:  após atingir R$ 57/ação em Junho, a KEPL3 caiu quase 46%. Hoje, enxergamos a ação sendo negociada a 2,9x EV/EBITDA 2022, um patamar atrativo na nossa visão, e abaixo dos pares próximos como Rumo (9,5x), Hidrovias (7,2x) e Randon (4,1x).
  • Do lado dos riscos, destacamos: (i) exposição aos ciclos inerentes ao agronegócio; (ii) exposição à volatilidade dos preços do aço; (iii) demanda dependente em grande parte de financiamento público; (iv) liquidez relativamente baixa;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

Vamos (VAMO3): Anúncio de aquisição da HM Empilhadeiras (empresa que aluga e vende equipamentos intralogísticos novos)

  • Apesar de seu tamanho relativamente pequeno, vemos a aquisição positivamente devido:
    • (i) à criação de uma nova unidade de negócios para a Vamos (a maior operação de aluguel de ativos intralogísticos do Brasil com 3.818 equipamentos);
    • (ii) relacionamento reforçado com um grande stakeholder, a Toyota (referência mundial de qualidade no setor); e
    • (iii) a um valuation aparentemente atrativo (~4,1x EV/EBITDA LTM, vs. ~14,4x da Vamos).
  • Reiteramos nossa recomendação de Compra para a Vamos (nossa top-pick no setor de Transportes).
  • O guidance de capex sugere upside de crescimento. Além da aquisição, a Vamos anunciou sua proposta de investimento líquido consolidado para 2022 na faixa entre R$4,3-4,8 bilhões. De acordo com a administração da empresa, os investimentos previstos para 2022 (i) não requerem nova injeção de capital por parte dos acionistas, e (ii) não incluem aquisições. Observamos que o ponto médio da faixa guiada implica 23% de alta para nossa estimativa de R$3,7 bilhões de investimentos para 2022, sugerindo uma perspectiva de crescimento mais forte do que projetamos.

Enjoei (ENJU3): Aquisição da Gringa

  • O Enjoei anunciou a aquisição da Gringa, plataforma online de venda de artigos de luxo usados, por R$14,3 milhões, o que implica um múltiplo de 0,8 EV/GMV 2021 (vs. Enjoei em 0,3x);
  • A aquisição posiciona a empresa no crescente mercado de luxo, que deve oferecer maior resiliência frente ao cenário macro desafiador. Por outro lado, destacamos que o segmento já é explorado por outras plataformas, além de ser mais nichado, sendo menos escalável;
  • Apesar do valuation mais caro, enxergamos a transação como positiva, mas não deve ter impacto financeiro relevante para os resultados de curto prazo. Mantemos nossa recomendação Neutra e preço-alvo para o final de 2022 de R$7,0/ação para ENJU3.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • Crédito problemático do FGTS dobra desde 2018. BC monitora riscos das carteiras inadimplente e renegociada. (Valor);
    • Nubank salta na estreia e é sexta maior empresa latina. Fintech chegou ao fim de seu primeiro dia na bolsa com valor de mercado de US$ 47,5 bi, deixando para trás a Ambev, com US$ 45,6 bi. (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Economia está ruim ou péssima para 70% dos brasileiros, diz CNI (Folha);
    • Seis em cada dez bares e restaurantes não recuperaram as vendas pré-pandemia (Mercado&Consumo);
    • Supermercados podem rever projeção do ano (Valor);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Camil fecha aquisição da Silcom, do Uruguai (Valor);
    • Razões para escalada de fertilizantes são conjunturais e patamar deve ceder, diz indústria (Valor);
    • Argentina to loosen restrictions on beef exports (Reuters);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Mercado livre fecha agosto com 9.580 agentes consumidores. (Canal Energia);
    • Petróleo fecha em queda e interrompe rali de três dias de fortes ganhos. (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | WhatsApp + criptos

  • General Motors construirá duas fábricas de imãs nos EUA, sendo estes componentes fundamentais para veículos elétricos;
  • WhatsApp permitirá pagamentos através de criptomoedas em sua plataforma;
  • Amazon é multada em US$ 1,3bi por reguladores italianos;
  • Escassez de mão de obra é o assunto mais mencionado em documentos corporativos nos EUA;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

Radar ESG | Kepler Weber (KEPL3): Um começo promissor – Indicadores já são disponibilizados; a próxima etapa é traçar um plano e metas ESG

  • Para este setor, vemos o pilar de Governança como o mais importante em nossa análise, embora o Social e o Ambiental não estejam tão distantes. No que se refere à Kepler Weber, acreditamos que a empresa possui amplo espaço para melhorias, especialmente nas frentes E e S, que carecem de metas ESG claras olhando para frente, bem como os planos de ação para atingir as mesmas;
  • Do lado positivo, a Kepler parece estar no caminho certo, por já mensurar e disponibilizar uma série de indicadores desde 2017, o que vemos com bons olhos. Por fim, no G, vemos oportunidade para avanço no que diz respeito ao aumento da diversidade na liderança;
  • Clique aqui para acessar o conteúdo completo.

Todos os olhos voltados para a redução das emissões de carbono | Café com ESG, 10/12

  • O mercado reverteu os ganhos dos últimos dias e fechou o pregão de ontem em território negativo, com o Ibov e o ISE em queda de -1,7% e -1,8%, respectivamente;
  • No Brasil, a mineradora CBMM, maior produtora de nióbio do mundo, quer aproveitar a onda mundial de eletrificação e começar a colocar o nióbio em baterias, frente à uma demanda por armazenamento de energia que já é grande por causa dos celulares, laptops e carros – a expectativa é que o mercado global de baterias de íons de lítio chegue a US$ 116,6 bilhões em 2030;
  • No internacional, (i) o Walmart já tinha sido pioneiro com o “Projeto Gigaton”, uma iniciativa anunciada quatro anos atrás para medir e cortar uma gigatonelada das emissões de carbono de sua cadeia de suprimentos, agora, a anunciou que vai ajudar os fornecedores de menor porte nas suas jornadas de descarbonização; e (ii) a americana Mosaic, uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo, anunciou seu compromisso de chegar à neutralidade global de carbono até 2040, mas não incluiu o escopo 3 de emissões (relacionadas à cadeia de valor) em sua meta formal, ao mesmo tempo em que informou que atuará para a redução deste escopo via “engajamento de fornecedores”, parcerias e com tecnologias agrícolas e investimentos em soluções que podem reduzir as emissões da atividade agrícola. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.