XP Expert

Pandemia, guerra, inflação e juros em alta – cenário para FIIs: Radar Imobiliário #64

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Cotações

Gráfico de Cotação IFIX

Sexta- Feira | Dia 25/03

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em de 1,07%, impulsionado positivamente pelos Fundos de ativos de Shoppings . Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de 1,00%, o XPFT de 0,37% e XPFP de 1,41%.

No cenário global, Líderes dos EUA e da Europa se reúnem em Bruxelas para discutir a guerra na Ucrânia. O presidente dos EUA, Joe Biden, enfatizou que a Otan e seus aliados europeus estão unidos em apoio à Ucrânia e disse que a Rússia deveria ser expulsa do G20. Enquanto isso, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky pediu mais ajuda, alertando que a Rússia estava se reagrupando para lançar um novo ataque a Kiev. Em termos de fornecimento de energia, os Estados Unidos e a Europa anunciaram um acordo para aumentar o fornecimento de gás natural dos Estados Unidos à Europa e reduzir sua dependência do fornecimento da Rússia.

No Brasil, a atenção hoje se voltou ao IPCA-15 de março, a prévia apresentou alta de 0,95%, acima do esperado. O índice foi puxado principalmente pela alta dos alimentos. Em 12 meses, índice acelerou para 10,79%. Além disso, o banco central divulgou ontem seu relatório trimestral de inflação, sugerindo que o ciclo de alta das taxas está terminando. O documento mostra que as projeções do banco central para 2023 e 2024 estão convergindo na trajetória da meta, com a taxa Selic chegando a 12,75% (agora em 11,75%).

No âmbito político, o Instituto Datafolha divulgou pesquisa que aponta Lula com 43% e Bolsonaro com 26%. Como o último levantamento do instituto havia sido realizado em dezembro, o enunciado é o de “recuperação de fôlego” de Bolsonaro, mas o movimento já vinha sendo capturado por outras pesquisas no início do ano – não se trata de uma nova retomada, portanto. O mesmo se dá com a avaliação do governo

No segmento dos Fundos imobiliários, com o recente aumento da Selic para 11,75%, os economistas da XP estimam que alcance os patamares de 12,75% a.a. no final de 2022. Diante desse cenário, muito tem sido questionado se “Vale a pena investir em fundos Imobiliário? Nesse relatorio explicamos como o cenário imobiliário pode se comportar em anos turbulentos com Selic alta, e mostramos que existem oportunidades e pontos de

entradas atrativos.  

Mercados

IFIX fecha em queda após quatro altas consecutivas; BRCO11 trocará de inquilino

O IFIX, Índice de Fundos Imobiliários da B3 (B3SA3), terminou a sessão desta quinta-feira (24) em ligeira queda de 0,07%, aos 2.732,96 pontos.


O impacto Rússia vs Ucrânia no mercado imobiliário e nos investimentos

O setor imobiliário é percebido como uma proteção sólida contra a inflação e as incertezas do mercado, mas o conflito traz um elemento adicional de incerteza para o investidor


Fundos Imobiliários Encaram Mais Um Ano de Juros Alto

O aumento da Selic, afeta diretamente a indústria de fundos de investimento imobiliário.


Imposto ‘dedo-duro’? Entenda o tributo que incide em ações, FIIs e outros investimentos e fuja da malha fina

Imposto é retido na fonte e auxilia Receita Federal a monitorar operações do investidor


Economia

Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos recuam com relatório de inflação e câmbio

Prefixados oferecem até 11,92% na última atualização desta quinta-feira


Unctad reduz previsão de crescimento do PIB global em 2022 de 3,6% para 2,6%

Agência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento também projeta que os países em desenvolvimento vão precisar de US$ 310 bilhões para assegurar o pagamento do serviço de sua dívida externa pública


FATOS RELEVANTES 



PATC11 – Positivo: O fundo vem comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral, o quanto segue, vem comunicar aos Cotistas e ao mercado em geral, que O PÁTRIA INVESTIMENTOS LTDA., com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Avenida Cidade Jardim, na qualidade de gestor do Fundo deseja reduzir temporariamente a parcela da taxa de administração a ele devida pelo Fundo, conforme prevista na tabela da Cláusula 7.1.5 do Capítulo VII  do regulamento do Fundo. Assim, fica reduzida a cobrança da Taxa de Administração devida pelo Fundo, pelo período de 25 de março de 2022 a 30 de setembro de 2022  para que seja pago pelo Fundo, durante o Período Indicado, a título de Taxa de Administração, o montante correspondente ao percentual de 0,765% a.a, sem prejuízo do valor mínimo mensal estabelecido no Regulamento.


Quinta- Feira | Dia 24/03

Mercados

Fundos imobiliários: 2022 e 2023 serão os anos dos dividendos; entenda

O Professor Baroni, especialista em fundos imobiliários da Suno Research, diz que 2022 e 2023 serão anos de dividendos robustos para os cotistas de fundos imobiliários, devido ao momento “atípico” do mercado de imóveis neste período.


Fundos imobiliários voltam a subir e fecham sessão com alta de 0,15%

O fundo VBI Prime Properties (PVBI11) liderou a lista das maiores altas da sessão, com elevação de 2,87%


Bons e baratos: quatro fundos imobiliários de “tijolo” para diversificar a carteira com descontos de até 23%

A lista conta com VBI Prime (PVBI11), VBI Logístico (LVBI11), CSHG Renda Urbana (HGRU11) e HSI Malls (HSML11)


Fundos imobiliários (FIIs): Vale a pena investir no Vinci Offices (VINO11), fundo que comprou a sede da Rede Globo?

O fundo imobiliário (FII) Vinci Offices (VINO11), que ganhou destaque ao comprar a sede da Rede Globo na capital paulista, diminuiu em 47% o valor distribuído a seus cotistas por meio de dividendos entre dezembro de 2021 e fevereiro deste ano.


Vendas e lançamentos de imóveis residenciais batem recorde em 2021

Números absolutos são os maiores já registrados por associação do setor, mas aumento percentual de comercialização é tímido


Economia

Combate à inflação dificultará crescimento neste ano, diz Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse hoje que o combate à inflação dificultará se chegar a um crescimento econômico como o registrado no ano passado, ao mesmo tempo que disse reconhecer não ser possível um crescimento sustentado sem controlar a elevação dos preços.


Mundo terá menos crescimento e mais inflação, mas há oportunidade para o Brasil, diz Campos Neto

BRASÍLIA (Reuters) – O mundo após a guerra na Ucrânia terá um período relativamente longo de menos crescimento e mais inflação, disse nesta quarta-feira o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, ressaltando que a polarização pós-conflito redesenha as cadeias globais e pode criar oportunidades para o Brasil.


FATOS RELEVANTES 



BRCO11 – Neutro: O fundo  comunicam aos Cotistas do Fundo e ao Mercado, a locatária DHL LOGISTICS (BRAZIL) LTDA. manifestou interesse em rescindir antecipadamente o contrato de locação e promover a desocupação do Imóvel DHL Embu até 31/03/2022, haja vista o interesse da empresa MRO SERVIÇOS LOGÍSTICOS S.A. em assumir a locação do Imóvel. Em razão do acima exposto, a multa negociada pela rescisão antecipada do contrato de locação a ser paga pela DHL será de R$ 1.167.703,52 um milhão, cento e sessenta e sete mil, setecentos e três reais e cinquenta e dois centavos. Referido valor deverá ser integralmente pago pela DHL até o dia 31/03/2022. O contrato de locação celebrado com a MRO, equivalente a 100% da ABL do Imóvel, possui prazo de 60 meses, com início em 01/04/2022. Com a locação, o fundo permanece com 0% de vacância física de sua área logística. O valor do aluguel do referido contrato de locação com a MRO representa, aproximadamente, R$0,022 por cota do Fundo ao mês, descontadas eventuais despesas do Fundo e taxas praticadas nos termos do regulamento vigente.


Quarta- Feira | Dia 23/03

Mercados

Em ano desafiador, guerra na Ucrânia é um ônus a mais para os fundos imobiliários

Rompimento nas cadeias globais de suprimento decorrente do conflito tende a prolongar o ambiente de inflação e juros elevados no mundo, inclusive no Brasil, e deixar a classe de fundos imobiliários menos atrativa


IFIX fecha em alta de 0,38%; XPML11 anuncia pagamento de dividendos

O IFIX, Índice de Fundos Imobiliários da B3 (B3SA3), terminou na terça-feira (22) em alta de 0,38%, aos 2.730,52 pontos.


Plataforma de e-commerce da Getnet cresce 58% em 2021

Resultado foi impulsionado pelas vendas na Black Friday e ficou acima da média registrada pelo mercado de pagamentos online, que avançou 31% no ano passado


Preços de aluguel de imóveis comerciais avançam em fevereiro, aponta Índice FipeZAP+

Os preços de venda de imóveis comerciais oscilaram próximo da estabilidade nos últimos 12 meses


Economia

Por que a inflação alta é muito ruim para a população?

Compreenda os conceitos de juros nominais, juros reais, inflação e o efeito Fisher


Guerra pode melhorar economia do Brasil no curto prazo?

Para alguns economistas, Brasil pode faturar uns trocados com alta de commodities


Para equipe de Guedes, dólar abaixo de R$ 5 indica trégua em pressões sobre economia

Na avaliação de um integrante da pasta, o recuo ajuda a reorganizar a economia e trará algum alívio nos preços dos combustíveis e dos itens de alimentação


Terça- Feira | Dia 22/03

Mercados

Fundos imobiliários fecham sessão com leve alta de 0,04%; FIIs de escritório são negociados 31% abaixo do valor patrimonial

Diante da taxa de vacância e do desconto nas cotas, analistas se dividem sobre oportunidades e riscos do segmento


Momento de Baixa em Fundos Imobiliários Pede Seletividade

Uma pandemia, inflação em alta, taxa de juros na casa dos dois dígitos e, agora, uma guerra que pressiona ainda mais os preços das commodities. Para completar, o ano de 2022 no Brasil coloca ainda mais volatilidade no mercado com eleições presidenciais em outubro


Fundos imobiliários: Ifix fecha estável, com destaque para fundos de papel; veja maiores altas

O mercado de fundos imobiliários (FIIs) operou estável nesta segunda-feira (21), com o IFIX, índice de referência do setor, encerrando a sessão com ligeiro avanço de 0,04%, aos 2.720 pontos, segundo dados preliminares.


Shoppings têm resultados sólidos no 4º trimestre, com receitas e aluguéis maiores; 2022 é visto com otimismo

Com a divulgação dos balanços de três das quatro maiores operadoras de shoppings listadas na bolsa de valores, a avaliação do mercado até agora é a de que os resultados do quarto trimestre de 2021 foram positivos para o setor.


Dividendos: 15 fundos imobiliários que pagam mais que a Selic de 11,75%

A cada novo aumento da taxa básica de juros (Selic), os ativos em renda fixa, como títulos do Tesouro Direto, por exemplo, tornam-se mais atrativos para o investidor, uma vez que seus rendimentos acompanham o movimento da Selic.


Economia

Relatório Focus: projeção para a inflação deste ano sobe pela 10ª semana seguida

Pesquisa coletada semanalmente pelo BC também aponta aumento na expectativa para a Selic e para o PIB em 2022


Como a alta da taxa Selic mexe no crédito imobiliário: é hora de financiar?

Competição entre bancos pode ajudar consumidor a ter taxa mais atraente


Mercado monitora o risco de Selic acima de 14% como na crise de 2015

Essa perspectiva, considerada impensável até antes da disparada de commodities, já é um risco acompanhado pelo mercado


FATOS RELEVANTES 



BTLG11 - Positivo: O fundo informar aos cotistas e ao mercado em geral em complemento aos Fato Relevantes divulgados nos dias 10/02/2021 e 18/03/2021, nos quais foram informados que o Fundo havia celebrado um compromisso “Instrumento Particular de Compromisso de Compra e Venda de Imóvel”  vinculante envolvendo a aquisição de três Imóveis AAA localizados no Estado de São Paulo, com uma área bruta total de 86.863 m². Na presente data o Fundo realizou o pagamento da Parcela Remanescente, no valor de R$ 36 trinta e seis milhões de reais, prevista no Compromisso de Venda e Compra para ser paga no primeiro aniversário da Data do Fechamento, o qual ocorreu na presente data. A Parcela Remanescente, foi retido o montante de R$9 nove milhões de reais, a ser pago após a superação de algumas obrigações assumidas pelo Vendedor. A Administradora e a Gestora manterão o mercado e os cotistas informados acerca de quaisquer novos eventos materiais relacionados à aquisição.

Segunda- Feira | Dia 21/03

Mercados

Momento de baixa em fundos imobiliários pede seletividade.

Uma pandemia, inflação em alta, taxa de juros na casa dos dois dígitos e, agora, uma guerra que pressiona ainda mais os preços das commodities. Para completar, o ano de 2022 no Brasil coloca ainda mais volatilidade no mercado com eleições presidenciais em outubro. O cenário de incertezas já é sentido no mercado há algum tempo, e os Fundos Imobiliários (FIIs) não passaram ilesos. Por isso, analistas apontam oportunidades de investimentos nesses ativos, uma vez que vários estão com preços considerados baixos.


A polêmica na distribuição de rendimentos do fundo imobiliário

CVM precisa dar uma resposta que envolve contabilidade, finanças, além de direito societário e tributário


Fundos imobiliários: quanto aplicar para ter renda de R$ 2.000 por mês?

O investidor brasileiro tem olhado com mais atenção para os fundos imobiliários (FIIs) quando o assunto é renda variável. Mas é possível ter uma renda mensal de R$ 2.000 investindo neles? No Papo com Especialista, programa ao vivo do UOL, o economista César Esperandio mostra qual quesito olhar para calcular o montante a ser aplicado e, assim, chegar a esse objetivo.


Disparada da Selic encarece imóvel comprado na planta

Consumidores que devem contratar crédito imobiliário neste ano têm que comprovar renda maior


Fundos imobiliários de escritórios ainda são boa opção? Veja o que a Spiti acha

Apesar da alta de juros deixar a renda fixa atrativa e do home office e do modelo híbrido terem mudado a forma de trabalhar durante a pandemia, há oportunidades em produtos que adquirem escritórios em localizações melhores, afirma analista da casa


Até que ponto inflação e juros altos beneficiam FIIs de “papel”? Cenário pode elevar risco de crédito dos fundos de CRI, alertam especialistas

Até que ponto inflação e juros altos beneficiam FIIs de “papel”? Cenário pode elevar risco de crédito dos fundos de CRI, alertam especialistas


Fiagros nasceram inspirados no sucesso dos fundos imobiliários e ganham terreno

Instrumento financeiro é oportunidade para financiamento do agro através do mercado de capitais e rentabilidade ao investidor com mercado de commodities favorável


Economia

Inflação alta traz nova perspectiva para investimento de curto prazo

Ter títulos atrelados ao IPCA pode dar bons frutos já nos próximos meses


Crescem apostas em Selic acima de 13%

Após Copom, dia foi marcado por revisões de cenário

FATOS RELEVANTES 



RCRB11 - Positivo: O Fundo celebrou um Contrato de Locação de Imóvel Não Residencial com a empresas Visagio Consultoria Assessoria e Desenvolvimento LTDA referente aos conjuntos A, B e C do 2º andar do Internacional Rio, situado na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, que correspondem a 675,68 m², aproximadamente 46% da área BOMA da participação no Imóvel. Com a locação, a participação do Fundo no Imóvel passa a ter ocupação física de 100%. A Visagio é uma empresa de tecnologia e consultoria de gestão que atua no mercado há 19 anos, com atuação em projetos realizados em mais de 40 países por meio de sua plataforma de transformação e desenvolvimentos de negócios global. Com a nova locação, a vacância física projetada do Fundo passa de 28,4% para 26,9%. Abaixo, detalhamos as últimas locações do Fundo, resultado de um intenso trabalho de comercialização do time de gestão, tendo sido locados mais de 3.200 m² desde o início de 2022.



Últimos Relatórios

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.