XP Expert

Como saber se um fundo imobiliário é lucrativo ? Radar Imobiliário #75

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Cotações

Gráfico de Cotação IFIX


Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em queda de 0,59%, impulsionado negativamente pelos segmentos de Recebíveis, Lajes Corporativas e Shoppings. Quanto aos índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -0,63%, o XPFT de -0,79% e XPFP de -0,67%, enquanto o IBOV apresentou uma performance de -5,06%.

Nos mercados globais, as atenções se mantêm nas tentativas de contenção à inflação. O BCE (Banco Central Europeu) anunciou o encerramento do seu programa de estímulo monetário e um aumento da taxa de juros de 0,25 ponto percentual na sua próxima reunião, em julho. Divulgada também esta semana, a inflação nos EUA medida pelo CPI de maio foi de 1,0%, bastante acima das projeções do mercado e alcançando o maior índice anual em mais de quatro décadas. O valor deve aumentar a pressão sobre as decisões de política monetária do Federal Reserve.

No Brasil, o principal destaque no cenário econômico foi a divulgação do IPCA de maio, de 0,47%, que veio abaixo do esperado pelo mercado, após vários meses surpreendendo na direção contrária. Itens de cuidado pessoal e alimentação no domicílio estiveram entre as principais surpresas do índice. Para o ano de 2022, os economistas da XP esperam uma inflação de 9,2%.

Na pauta política, foram divulgados nesta semana detalhes a serem propostos como parte da “PEC dos Combustíveis”. A proposta inclui a determinação de um teto nas compensações devidas pela União aos estados que reduzam a alíquota de ICMS sobre diesel, GLP, gás natural e etanol.

No âmbito dos fundos imobiliários, em destaque ficou o anúncio do Pátria Investimentos de que formalizou um acordo para aquisição da VBI Real Estate, gestora que possui R$ 5,7 bilhões sob gestão e cinco fundos imobiliários no portfólio. Na etapa inicial da aquisição, o Pátria passa a deter 50% da VBI e transfere a gestão de dois de seus FIIs para a gestora. Com a transação, o Pátria demonstrou sua pretensão de crescer no mercado de fundos imobiliários impulsionado pela expertise na área detido pela equipe da VBI.


Sexta-Feira | Dia 10/06

Mercados

Pátria Investimentos confirma aquisição de 50% da gestora VBI, focada em fundos imobiliários

O Pátria Investimentos, um dos líderes em gestão de ativos na América Latina, confirmou, em fato relevante, que formalizou acordo de associação nesta quinta-feira (9) e passa a contar com 50% de participação na VBI Real Estate, gestora focada no mercado imobiliário brasileiro.


XPLG11 amplia dividendos e aumenta vacância; mudança é preocupante?

O XP Log FII (XPLG11) informou ao mercado nesta última terça-feira (7) o recente aumento nos dividendos do fundo. A XP Asset Management também explicou as mudanças recentes no portfólio com um leve aumento da vacância de sua carteira.


O que é Fiagro? Entenda a novidade do mercado financeiro em 7 pontos

O Fiagro é um produto novo no mercado dos investimentos, disponível aos investidores desde outubro de 2021. Mas, em pouco tempo, este tipo de fundo de investimento já mostrou a que veio: segundo estimativas da XP Investimentos, este mercado pode atingir um volume de R$ 75 bilhões até 2025.


Dividendos de Fiagros de “papel” passam de 1% ao mês, mas ainda não desbancam FIIs

Analistas acreditam que produtos possuem estratégias complementares para diversificar a carteira, com exposição tanto ao CDI quanto à inflação.


Ifix cai 0,18% e emenda quarta sessão seguida de perdas; FII RBRF11 é destaque de alta

O fundo RBR Alpha (RBRF11) liderou a lista das maiores altas desta quinta-feira (9), com elevação de 1,6%.


Economia

Inflação desacelera em maio, mas cenário segue negativo

IPCA avança 0,47%, menos que o esperado por analistas


Desaceleração do IPCA divide mercado; veja as projeções 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,47% em maio. É um ponto positivo para o mercado, que viu a inflação desacelerar ante os 1,06% registrados em abril. O indicador também ficou abaixo das projeções de alta de 0,60%. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA foi de 11,73%, ante 12,13%.


FATOS RELEVANTES 

VLOL11 - Positivo:  O Fundo informa que formalizou-se nessa data o TERCEIRO ADITAMENTO AO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL COMERCIAL de um locatário do segmento financeiro do Ed. Vila Olímpia Corporate. Estabeleceu-se no aditivo a repactuação do reajuste aplicado sobre o valor do aluguel a partir da competência de jan/22 para 5%. Nesse sentido, as partes acordaram que o prazo para revisional do contrato, conforme previsto na “Lei do Inquilinato”, foi reiniciado. As demais cláusulas do contrato permanecem inalteradas.

PATL11 e PATC11 – Informativo: Os Fundos informam que o gestor Pátria Investimentos Ltda. e a VBI Real Estate Gestão de Carteiras Ltda. formalizaram um acordo de associação, por meio do qual o Pátria, direta ou indiretamente, passará a deter a participação equivalente a 50% (cinquenta por cento) da VBI. A conclusão da Transação depende da superação de certas condições precedentes comuns a este tipo de transação. No âmbito da Transação, será realizada a incorporação, pela VBI, de parcela do patrimônio do Pátria, incluindo as atividades de gestão dos Fundos, de modo que, a partir da conclusão da Transação, a VBI sucederá o Pátria em tais atividades e passará a ser uma sociedade integrante do grupo do Pátria. Nesse contexto, os sócios do Pátria atualmente responsáveis pela área imobiliária passarão a integrar o comitê de investimentos e o conselho de administração da VBI.

Quinta-Feira | Dia 09/06

Mercados

Elon Musk está certo sobre home office? Chegou a hora de investir em FIIs de escritório?

FIIs do segmento negociam com desconto médio de 25%, mas recuperação do setor ainda pode demorar


‘FII da Morte’ se valorizou em mais de 10x em 6 meses: agora, analista indica 3 fundos imobiliários que podem se aproveitar do mesmo fenômeno

Por combinarem o gosto do brasileiro pela solidez dos imóveis com a possibilidade de ganhos maiores na Bolsa de Valores, os fundos imobiliários (FIIs) se tornaram muito populares entre os investidores brasileiros. Isso sem falar nos dividendos isentos de Imposto de Renda.


IFIX cai pela 3ª vez seguida; KNCR11 fica entre as maiores altas

O IFIX, índice de fundos imobiliários da Bolsa de Valores Brasileira (B3), terminou a sessão de baixa de 0,04%, aos 2.823 pontos. O FII KNCR11 ficou entre os destaques positivos do dia.


Construtora arremata Daslu, que deve virar grife de prédios classe A.

Conhecida como a marca de roupas de luxo da elite paulistana, em breve a Daslu deverá ajudar a dar personalidade a empreendimentos residenciais de alto padrão na capital paulista. Após muito mistério em torno do nome do vencedor do leilão de falência da Daslu, o novo dono da marca é um tanto inesperado: foi a construtora Mitre que desembolsou R$ 10 milhões no certame.


Economia

Inflação é principal problema econômico do país, diz pesquisa Quaest

Para 56% dos entrevistados em pesquisa, conjuntura econômica influencia “muito” na escolha do voto


Na OCDE, secretário-executivo da Economia defende privatizações e alta da Selic

A reunião em Paris, da qual participou Marcelo Guaranys (substituindo Paulo Guedes), teve a presença do secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, Mathias Cormann


Quarta-Feira | Dia 08/06

Mercados

O Impacto do E-commerce nos Fundos Imobiliários

Discutir qual a tendência para a taxa de penetração do e-commerce daqui para frente no Brasil é especialmente importante para dois grandes setores de fundos imobiliários no Brasil: os logísticos e os shoppings


Investir em FIIs por meio de fundo previdência? Veja como isso é possível

Pouca gente sabe, mas hoje é possível investir em fundos imobiliários dentro de uma estratégia de previdência. A Capitânia, gestora especializada em fundos de previdência, aloca parte do patrimônio destes fundos em FIIs desde 2018.


Veja os fundos imobiliários mais recomendados para junho entre 16 corretoras

O Bresco Logística (BRCO11) é o fundo imobiliário (FII) campeão de recomendações de compra pelo quarto mês consecutivo, conforme mostra o levantamento feito pelo Money Times com base nos portfólios de 16 corretoras.


Ifix volta a cair e fecha sessão com perdas de 0,15%; FII RCRB11 sobe 2%

O fundo Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11) foi o destaque entre as maiores altas da sessão, com alta de 2,11%


Economia

OCDE: Guerra afetará o crescimento mundial e provocará disparada da inflação

As consequências econômicas da guerra na Ucrânia afetarão muito o crescimento e a inflação mundiais este ano, advertiu nesta quarta-feira (8) a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE) em suas previsões mais recentes.


Banco Mundial eleva previsão de alta do PIB brasileiro de 2022 e corta para 2023

Já para 2024, a expectativa é por um avanço da economia doméstica de 2%


Terça-Feira | Dia 07/06

São Paulo construiu 1,2 milhão de apartamentos em seis décadas

Cidade lançou 38 mil unidades em 1950, número que saltou para 262,2 mil em 2010, mostra levantamento; zona oeste e zona sul ganham espaço do centro


Fundo imobiliário prevê acréscimo de 17% em dividendos após compra de imóvel

O fundo imobiliário (FII) Riza Arctium Real Estate (ARCT11) informou que finalizou a compra de um imóvel de 464 mil metros quadrados localizado na cidade de Frutal, em Minas Gerais, sendo que a propriedade já está locada para a Cervejaria Cidade Imperial pelo valor de R$ 1,1 milhão por mês.


5 fundos imobiliários que mais pagaram dividendos em maio, BB (BBAS3) desiste de vender BB Americas: veja as notícias mais lidas da semana

O destaque da semana foi a lista de Fundos Imobiliários (FIIs) que mais pagaram rendimentos no mês de maio.


FIIs que pagam até 20% de dividendos; veja recomendações do Itaú BBA para junho

Segundo relatório recente do Itaú BBA, em meio à alta de 0,2% do IFIX no acumulado de maio, não vale a pena ‘pôr a mão na carteira’. Os analistas da casa mantiveram inalteradas todas as suas recomendações de fundos imobiliários para o mês de junho, com foco em ativos bons pagadores de dividendos.


Os FIIs mais recomendados pelos analistas para comprar em junho; TRXF11 retorna à lista e HGRU11 sai

Com oito indicações, o Bresco Logística (BRCO11) mantém a liderança da lista pelo décimo mês consecutivo


Economia

Inflação alta não é exclusividade do Brasil; veja situação nas maiores economias

O Brasil enfrenta, desde 2021, um dos piores quadros inflacionários da economia nas últimas décadas, com a inflação passando dos dois dígitos e se mantendo em níveis elevados em 2022. Mas o país não é o único que tem batalhado contra o fantasma da inflação, em um fenômeno com raízes e difusão globais.


Previsão para Selic no fim de 2022 segue em 13,25% no Focus do BC

Mesmo diante da contínua piora do cenário inflacionário, a projeção para a Selic – a taxa básica de juros – no fim deste ano continuou em 13,25%, segundo a atualização parcial do Relatório de Mercado Focus, considerando as projeções feitas até a última sexta-feira (3/6). Essa já era a mediana na última divulgação da Focus, em 2 de maio.


FATOS RELEVANTES 

KNIP11 – Neutro: O fundo comunica que, na Assembleia Geral Extraordinária cuja apuração dos votos e das procurações recebidos ocorreu na presenta data, foi aprovada a 10ª emissão de cotas do Fundo, a ser realizada no Brasil. As Cotas da 10ª Emissão serão ofertadas publicamente após obtenção do respectivo registro perante a Comissão de Valores Mobiliários, pelo Banco Itaú, na qualidade de coordenador líder, e por instituições intermediárias integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários por ele contratadas em conjunto com o Administrador sob o regime de melhores esforços. As Cotas da 10ª Emissão ficarão bloqueadas para negociação até  o encerramento da Oferta por meio da divulgação do anúncio de encerramento; e  a conclusão do trâmite operacional perante a B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão  para iniciar a referida negociação, observado que a negociação das cotas das emissões anteriores do Fundo seguirá seu curso normal.

HGPO11 – Neutro: O fundo , vem, em complemento ao Fato Relevante de 23 de fevereiro de 2022 e assembleia geral extraordinária de cotistas de 28 de março de 2022, informar aos cotistas e ao mercado em geral sobre o andamento do processo competitivo de venda dos imóveis denominados  Edifício Metropolitan, localizado na Rua Amauri, 255, cidade e estado de São Paulo, e Edifício Platinum, localizado na Rua Jerônimo da Veiga, 384, Jardim Europa, cidade e estado de São Paulo, únicos ativos do Fundo. Durante os meses de abril e maio, a Administradora e a CBRE Consultoria do Brasil Ltda, realizaram os trabalhos comerciais para alienação dos Imóveis. A CBRE abordou potenciais compradores para as análises de aquisição dos ativos e, como resultado, mais de 25  deles aprofundaram suas análises, sendo que um grupo  apresentou propostas, às quais foram equalizadas e seguem em análises.

Segunda-Feira | Dia 06/06

Mercados

Fundos Imobiliários: Confira os FIIs preferidos dos analistas para junho de 2022

Warren diminui posição em RBRR11 e aumenta peso do GTWR11 na sua carteira de FIIs


Vale investir em FIIs de imóvel para locação de curto e médio prazo?

Os fundos de investimento imobiliário (FIIs) residenciais do tipo short stay (locação por até 90 dias) e mid stay (por até um ano) ainda são uma novidade no Brasil. Segundo analistas, com a retomada das atividades econômicas pós-pandemia, são uma oportunidade a ser considerada por quem pretende adquirir cotas.


Preço do aluguel cai em São Paulo e sobe no Rio de Janeiro em maio

O Índice QuintoAndar é pautado nos valores concretos de contratos fechados de aluguel


FIIs que podem subir até 18% e perda de valor patrimonial; confira os destaques da semana

Os fundos imobiliários (FIIs) despontaram entre as cinco matérias mais lidas das editorias de Imóveis e FIIs desta semana, com o Safra iniciando sua cobertura do segmento de lajes corporativas.


3 fatores que vão continuar pesando sobre as empresas do e-commerce, segundo o BTG

As ações de e-commerce ainda devem enfrentar três dificuldades, diante do cenário macroeconômico desafiador do Brasil, segundo o BTG Pactual.


Economia

Qual será o impacto do corte do ICMS na inflação?

Com a alta dos preços no centro do debate político no País, o Banco Central perguntou aos analistas do mercado financeiro o potencial impacto que uma aprovação da limitação da alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis, energia, telecomunicações e transporte coletivo teria sobre as projeções de IPCA – o índice oficial de inflação.


PIB per capita segue abaixo do que era antes da covid

Valor também não supera o da recessão de 2015/2016, aponta FGV Ibre

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.