XP Expert

Momento favorável ao Fiagro: Radar Imobiliário#69

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Cotações

Gráfico de Cotação IFIX


Sexta- Feira | Dia 29/04

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em alta de 0,10%, impulsionado positivamente pelos Ativos Logísticos, Lajes Corporativas e Híbridos . Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de – 0,07%, o XPFT de – 0,30% e XPFP de 0,21%, enquanto o IBOV apresentou uma performance de – 2,88%

No cenário internacional, as tensões geopolíticas continuam a aumentar entre Rússia. Moscou está intensificando seus esforços para uma contra-ofensiva econômica ligada ao fornecimento de energia durante a invasão da Ucrânia. Nessa semana o País interrompeu o fluxo de gás para a Polônia e a Bulgária, Vladimir Putin emitiu uma ordem executiva dizendo que todos os países ‘hostis’ devem pagar pelos suprimentos russos em rublos, alertando que Moscou pode cortar o fornecimento para a Europa se os compradores não cumprirem.  

No Brasil, Destaque da vez foi o O IPCA-15 de abril, que subiu 1,73% e tem maior taxa para abril desde 1995 no mês. Os preços dos combustíveis continuaram subindo em abril e levaram o IPCA-15 a registrar a maior alta do mês em quase 30 anos, 12% do acumulado em 12 meses. Porém o resultado ficou abaixo da mediana do consenso. O mercado esperava um aumento de 1,82%

No âmbito político, nessa semana aconteceu a votação da MP, que criou o Auxílio Brasil. O governo está tentando manter o benefício na redação, mas alguns deputados estão querendo aumentar o valor de 400 R$ para 600 R$ e torná-lo permanente, um impacto de cerca de 40 bilhões por ano, segundo as estimativas do nosso time de economia.

Por fim, no campo dos Fundos Imobiliários, em destaque essa semana e os Fofs. Esses ativos são fundos de investimentos que aplicam em cotas de outros fundos de investimento. Ao aplicar seu dinheiro nesse tipo de fundo você conseguir uma elevada diversificação com pequeno valor investido. Na liga de Fiis dessa semana na InfoMoney, selecionamos quatro exemplo de Fofs com rendimento até 10% ao ano. Confira relatório completo.

Mercados

Novidade, fundos do agronegócio crescem rápido

Modalidade foi lançada no ano passado com o intuito de diversificar as fontes de crédito da cadeia do setor


Livres de IR, fundos de infraestrutura esperam cenário menos adverso

Criados em 2019, gestores consideram performance adequada, diante dos efietos da pandemia e da elevação dos juros


Dividendos: 10 fundos imobiliários com rendimento de até 16,96%

Nove entre os 10 fundos imobiliários (FIIs) com maior rendimento de dividendos, ou dividend yield (DY), são fundos de papel – isto é, investimento focado em ativos financeiros imobiliários e cotas de outros fundos, mostra levantamento feito pela Economatica a pedido do Money Times.


64% dos FIIs tiveram retorno positivo em março; confira o ranking

O destaque foi o Mérito Fundo e Ações Imobiliárias (MFAI11), que teve uma valorização de 8,64%.


Veja 4 fundos imobiliários de shoppings para você comprar agora, segundo o BTG

O BTG Pactual divulgou seus relatórios sobre o mercado de fundos imobiliários (FIIs) na quarta-feira (27).


Caixa libera uso do FGTS para pagar parcelas atrasadas de financiamento imobiliário

A Caixa Econômica Federal publicou o novo Manual do FGTS – Utilização na Moradia Própria (MMP) na quarta-feira (27).


Economia

Após surpresas com inflação, mercado quer ver para crer

Maioria dos gestores prefere aproveitar os bons juros pós-fixados e buscar proteção em títulos atrelados à inflação


Selic: juros devem subir mais com reunião do Copom na próxima semana?

A taxa básica de juros (Selic) saiu de 2% ao ano em janeiro de 2021 para 11,75% ao ano em março deste ano, em nove aumentos consecutivos promovidos pelo Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central. E agora, na próxima reunião, marcada para 3 e 4 de maio, pode haver nova alta da Selic? No Papo com Especialista, programa ao vivo do UOL, o economista César Esperandio diz que é “seguro e certo que sim” e explica os motivos


Quinta- Feira | Dia 28/04

Mercados

Por que os fundos imobiliários seguem descontados?

Esperava-se uma recuperação das cotas negociadas no mercado secundário em decorrência da melhora dos dados da pandemia no Brasil


HGLG11, BTLG11: Veja os FIIs de logística mais bem posicionados em São Paulo

Os fundos imobiliários (FIIs) de logística ganharam mais atenção dos investidores nestes últimos dois anos, impulsionados pelas vendas no e-commerce. Acontece que o mercado logístico no Brasil não evoluiu da mesma forma em todas as regiões. Em São Paulo, por exemplo, a demanda é forte, e FIIs como BTLG11, HGLG11 e XPLG11 estão bem posicionados.


HCTR11: A Desilusão dos Apaixonados por Fundos Imobiliários

Que os fundos imobiliários são ótimos pagadores de dividendos você já sabe, e esse é o principal motivo que fez com que esse tipo de ativo se tornasse o queridinho da pessoa física.


O FII de galpão com ‘elevado desconto’ para você comprar agora, segundo a Genial

O fundo imobiliário (FII) Pátria Logística (PATL11) recebeu a recomendação de compra da Genial Investimentos em relatório divulgado nesta quarta-feira (27). O fundo, administrado pela Vórtx, tem valor patrimonial de R$ 489,6 milhões.


Ganhar dividendos com FoFs? Confira quatro FIIs que investem em outros fundos e têm rendimentos de até 10% ao ano

A lista inclui os fundos BlueMacaw Renda + (BLMR11), VBI Reits (RVBI11), Capitânia (CPFF11) e XP Selection (XPSF11)


Economia

Prévia da inflação fica em 1,73% em abril, a maior para o mês desde 1995

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo 15), considerado uma prévia da inflação oficial (IPCA), registrou alta de 1,73% em abril, após ficar em 0,95% em março. Essa é a maior variação para o mês de abril em 27 anos — desde 1995 —, quando o índice foi de 1,95%. O resultado também é a maior variação mensal do indicador desde fevereiro de 2003 (2,19%).


Mercado ajusta previsões para Selic com IPCA-15, em dia de balanço da Vale

Cesta básica: O que você precisa saber hoje para ficar bem-informado


FATOS RELEVANTES 

HGRU11 - Positivo: O fundo vem informar aos cotistas e ao mercado em geral que, nesta data, o Fundo firmou uma Escritura Pública de Venda e Compra por meio do qual concluiu a venda de uma loja detida pelo Fundo, localizada na cidade de Lorena, estado de São Paulo, sob o nome fantasia de “Casas Pernambucanas”. Em contrapartida à outorga da Escritura, o Fundo recebeu, nesta data, o valor de R$ 5.600.000,00 cinco milhões e seiscentos mil reais, equivalente a R$ 4.404,49/m² quatro mil, quatrocentos e quatro reais e quarenta e nove centavos por metro quadrado. O Imóvel foi adquirido em 6 de novembro de 2020, e, até a presente data, o investimento total, considerando custos de aquisição, custos de transação e benfeitorias, foi de R$ 4.083.249,65 quatro milhões e oitenta e três mil e duzentos e quarenta e nove reais e sessenta e cinco centavos, equivalente a R$ 3.211,54/m² três mil e duzentos e onze reais e cinquenta e quatro centavos por metro quadrado. Com isso, a operação gerou um lucro em regime de caixa de R$ 1.516.750 um milhão e quinhentos e dezesseis mil e setecentos e cinquenta reais e trinta e cinco centavos, equivalente a aproximadamente R$ 0,08/cota oito centavos por cota.

Quarta- Feira | Dia 27/04

Mercados

Preço do aluguel comercial tem maior alta em 8 anos, aponta FipeZap

O valor do aluguel de salas e conjuntos comerciais registrou elevação de 0,58% no mês de março, de acordo com o índice FipeZap. A variação é a maior registrada pelo indicador desde novembro de 2014.


Santander (SANB11) realiza leilão de casas e apartamentos com descontos de até 66%

O Santander (SANB11), junto com a Zukerman Leilões, vai leiloar casas e apartamentos com descontos de até 66% sobre o valor de mercado das propriedades.


Como escolher o melhor financiamento imobiliário? Veja dicas para avaliar as opções disponíveis no mercado

O sonho da casa própria é bastante comum no Brasil: de acordo com o Censo QuintoAndar, 87% da população deseja ter um imóvel em seu nome. Nesse contexto, o financiamento imobiliário ainda é a alternativa mais utilizada no mercado, já que boa parte das famílias brasileiras não pode comprar um imóvel à vista.


BR Properties (BRPR3) pagará R$ 41,3 milhões em dividendos; confira valor por ação

A BR Properties (BRPR3) aprovou nesta terça-feira (26) o pagamento de R$ 41,3 milhões em dividendos aos seus acionistas em Assembleia Geral Ordinária (AGO)


Ifix acompanha mercado e fecha sessão em queda; FII RCRB11 sobe 4%

O fundo Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11) liderou a lista das maiores altas do dia, com elevação de 4,25%


Economia

Aperto do Fed põe em dúvida meta de inflação em 2023

Para Credit Suisse, sentimento em torno de moedas de emergentes, como Brasil, muda com política monetária dos EUA no campo restritivo e complica cenário


Boletim Focus: mercado passa a ver inflação de 7,65% em 2022 e Selic a 13,25%

Número, divulgado nesta terça-feira (26), atualiza as estimativas do mercado financeiro após o Banco Central passar três semanas sem publicar o Boletim Focus por conta da greve dos servidores


Terça- Feira | Dia 26/04

Mercados

RCRB11 e VISC11 estão entre as maiores perdas e IFIX fecha pregão em queda

O desempenho do IFIX hoje foi impulsionado por ganhos dos fundos imobiliários BZLI11 e BLMR11, que puxaram as altas do dia. Entre as perdas, as maiores foram dos FIIs RCRB11 e VISC11.


FIIs: Vale a Pena Participar da 8ª Emissão do HGLG11?

O CSHG Logística (HGLG11) é um Fundo Imobiliário cujo objetivo é a geração de renda e ganhos de capital a partir da exploração de galpões logísticos e industriais. Para tanto, a equipe de gestão costuma realizar investimentos tanto em imóveis em construção ou prontos quanto em terrenos para desenvolvimento.


Fundos imobiliários (FIIs): Entenda quais critérios observar antes de investir em tijolo

Hoje, analistas do mercado consideram que esses ativos estão sendo negociados com descontos atrativos, o que representa uma oportunidade de entrada no setor.


Ifix fecha a sessão com queda de 0,17%; BZLI11 sobe 1,99% e é destaque de alta

O fundo Brazil Realty BZLI11 liderou a lista de maiores altas do dia, com elevação de 1,99%


Economia

Inflação vai perder força depois de maio, diz Sachsida

Segundo assessor de Assuntos Estratégicos do Ministério da Economia, índice de preço no país está neste momento em seu pico


Poupança tem saque líquido recorde para março de R$ 15,4 bilhões

Esse é o maior volume de resgate para o mês na série histórica do BC, iniciada em 1995


Segunda- Feira | Dia 25/04

Mercados

Novo fundo de investimento para o agronegócio

O Fiagro é um interessante veículo de investimento, capaz de democratizar o acesso dos investidores no mercado de capitais aos ativos vinculados ao agronegócio


Por que os fundos imobiliários de papel são os melhores para lucrar com a inflação alta

Com mais de duas décadas de experiência no mercado financeiro, Laercio Boaventura atuou no Itaú BBA por metade desse período até deixar o banco em 2015, quando ocupava a vice-presidência de produtos na divisão de Renda Fixa.


Fundos imobiliários: O que o Tellus Properties (TEPP11) tem de bom, apesar da queda recente

O Brasil é um país de dimensões continentais, são 26 estados mais o Distrito Federal e 5.568 municípios. Assim, com certeza há muita heterogeneidade no país, quer seja quanto ao tamanho da população, cultura e economias.


Juros e inflação mais altos – reflexos na oferta e demanda do mercado imobiliário global

Investir no setor imobiliário funciona como uma poderosa proteção contra a inflação, dada sua capacidade de repasse de preços


Economia

Economia em Destaque: FMI reduz projeção de crescimento global, mas aumenta a do Brasil

Destaques internacionais foram a revisão para baixo da projeção do FMI para o crescimento global, os dados fracos de atividade na China devido ao lockdown e a sinalização de aumento de 0,5 pp na taxa de juros americana na próxima reunião do Fed.


Enquanto Mundo Indica Alta nos Juros, Copom Sinaliza Interrupção; É o Momento?

Nas últimas semanas, o Banco Central do Brasil deu sinais ainda mais claros de que pretende encerrar o ciclo de alta da Selic na próxima reunião, que ocorre nos dias 3 e 4 de maio. Hoje em 11,75%, a taxa básica deve subir ainda mais um ponto percentual até o encerramento do aperto. O mercado, no entanto, acredita em novas elevações uma vez que a inflação no mundo ainda segue pressionada.



XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.