BDRs poderão ser negociados por qualquer investidor a partir desta quinta-feira; entenda o que são e como investir

Saiba as últimas novidades sobre os BDRs e prepare-se para investir; Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP, comenta liberação desses ativos


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Desde o anúncio que os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) seriam liberados para o público em geral, a expectativa foi crescendo e os investidores brasileiros ficaram ansiosos com a novidade. Depois da deliberação dos últimos detalhes, a partir desta quinta-feira (22) já será possível investir em BDRs. Ou seja, qualquer investidor na Bolsa brasileira têm acesso a esses ativos, que funcionam como espelho de ações estrangeiras e uma opção para diversificação da carteira de investimentos.

Antes, apenas investidores qualificados, aqueles com mais de R$ 1 milhão em patrimônio investido ou profissionais específicos do mercado, tinham a possibilidade de investir nesse tipo de ativo na Bolsa. Mas, em agosto, o cenário mudou: a CVM divulgou uma nova resolução, abrindo os caminhos para a liberação dos BDRs.

No entanto, alguns pontos ainda estavam na mesa para discussão com a B3, a Bolsa oficial do Brasil, responsável pela operação de fato e, também, a CVM aprovou, enfim, as mudanças no Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários da B3, o que permitiu a liberação nesta quinta-feira (22).

Entre os ajustes impostos pela B3 estão que os BDRs liberados devem estar no que eles chamam de “mercado conhecido”, ou seja, as principais Bolsas dos Estados Unidos: NYSE e Nasdaq.

As opções para investir em BDRs

Atualmente, estão disponíveis 671 BDRs na B3, incluindo as maiores empresas do mundo. A equipe de Internacional da XP separou abaixo os 30 maiores BDRs atualmente (os valores são aproximados e sofrem alteração diariamente).

Estrategista-Chefe da XP comenta liberação dos BDRs

Fernando Ferreira, Estrategista-Chefe da XP e Head do Research

Fernando Ferreira, Estrategista-Chefe e Head de Research na XP, destaca que a nova regra coincide com um movimento sem precedentes de brasileiros migrando para a renda variável, estimulados pela taxa de juros em patamares historicamente baixos.

“O acesso a oportunidades de investimento antes restritas aos investidores qualificados significa que todos os brasileiros poderão agora investir em empresas globais e diversificar seus investimentos para além das fronteiras do país, se beneficiando das mais de 600 opções de BDRs já listadas na B3, além das que ainda estão por vir”.

Segundo o especialista da XP, há pelo menos 6 benefícios com a liberação dos BDRs.

1) Diversificação além das fronteiras, em mais de 600 empresas globais que hoje tem BDRs listados, além das centenas que ainda virão por aí. O Brasil é só 2% do PIB global e o nosso mercado de ações representa 0,7% do valor das ações globais. Investir em uma carteira global é também diversificar e reduzir o risco

2) Exposição a setores e empresas que não estão disponíveis nas ações brasileiras, como tecnologia, inteligência artificial, biotecnologia e farmacêuticas, bebidas destiladas e muitos outros.

3) Opção de investir na mesma conta do home broker e consolidar todos os seus investimentos, sem precisar abrir uma conta no exterior, mandar remessas caras de dólar ao exterior e ter que pagar o carnê leão todo mês de imposto.

4) Opção de converter esses BDRs nas próprias ações norte-americanas, caso o investidor queira.

5) Receber os mesmos direitos econômicos que um acionista direto, como em dividendos e venda daquela empresa (nos dividendos o investidor recebe o valor liquido descontado de impostos e taxas, o liquido fica em torno de 65% do valor pago em dividendos).

6) Aumento da liquidez nos BDRs é esperado a medida em que aumente a demanda por elas também.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.