XP Expert

XP Morning Call 10/01/2019: Mercados respiram após 4 dias de alta

Diariamente compilamos e analisamos diversas notícias e publicamos um relatório com comentários relativos às notícias relevantes para nossa cobertura, assim como eventos importantes para monitorar no cenário político e macroeconômico, tanto no Brasil quanto no mundo, e seus respectivos impactos para a bolsa brasileira.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Tópicos do dia

Brasil

  1. Política Brasil: Dias Toffoli decide por eleição fechada no Senado

Internacional

  1. Mercados aguardam mais detalhes sobre negociações comerciais entre EUA-China
  2. Trump sai de reunião sobre paralisação do governo aumentando preocupações sobre o assunto
  3. Fed: Ata sugere pausa no aumento de juros ao longo do 1T19

Empresas

  1. Cemig: Governador Zema afirma que enviará à Assembleia Legislativa projeto de privatização da Cemig
  2. Produção de Soja em 2019 poderá ser inferior a 2018

COE News

  1.  Samsung lançará tela dobrável em fevereiro
  2. Amazon: O divórcio de Jeff Bezos pode reduzir sua participação

Resumo

Mercados respiram após 4 dias de alta

Os EUA foram o destaque do dia de ontem, com ata do Banco Central Americano e discurso de três dos seus dirigentes reforçando a mensagem de cautela na alta de juros, dando a entender que o ciclo pode estar chegando ao fim, positivo para países emergentes.

O dólar (DXY) teve dia de maior queda desde o início de novembro contra uma cesta de moedas, seguindo as declarações. Vale ressaltar também que o governo americano segue paralisado por conta do impasse em relação à verba para financiar a construção de um muro na fronteira mexicana.

Na China, a inflação surpreendeu para baixo, atingindo menor nível em dois anos, principalmente impactado pela queda do preço do petróleo. Uma menor inflação da espaço aos dirigentes Chineses intensificarem as políticas de estímulo, o que pode ser positivo.

Os mercados globais respiram após 4 dias de forte alta, com Ásia fechando em leve queda (-0,5%), Europa seguindo o movimento e petróleo caindo 1%. No Brasil, o foco segue na eleição da liderança do congresso, e em notícias sobre reforma da previdência.

O Presidente do STF Dias Toffoli decidiu por eleição fechada ao Senado, o que beneficia Renan Calheiros, que tenta aparar arestas com Jair Bolsonaro para se eleger. Na reforma da previdência, o regime de capitalização poderia não valer para faixas de menor renda, enquanto que a inclusão de militares ainda não é certa.

Do lado das empresas, o governador de Minas Gerais afirmou que enviará projeto de lei que prevê a privatização da Cemig, enquanto que uma série de consultorias revisaram para baixo a expectativa de produção de soja na safra desse ano, o que poderia impactar negativamente a Rumo.


Conteúdo na íntegra

Brasil
 

Política Brasil: Dias Toffoli decide por eleição fechada no Senado

  • O Presidente do STF Dias Toffoli decidiu por eleição fechada ao Senado, o que beneficia a candidatura de Renan Calheiros à presidência da Casa. O senador tenta aparar arestas com Jair Bolsonaro para se eleger;
  • Na reforma da previdência, o regime de capitalização poderia não valer para faixas de menor renda, enquanto que a inclusão de militares ainda não é certa.
     

Internacional


Mercados aguardam mais detalhes sobre negociações comerciais entre EUA-China

  • Os EUA e a China concluíram ontem três dias de negociações, observando o compromisso do governo do presidente Xi Jinping de comprar mais produtos agrícolas, energia e produtos manufaturados dos EUA, segundo a Bloomberg. A China disse que as reuniões foram “extensas, profundas e detalhadas” e lançaram as bases para uma resolução do conflito;
  • Os mercados aguardam mais detalhes sobre as negociações comerciais, uma vez que declarações de ambos os lados não mencionaram a próxima rodada de tarifas a ser implementada até março. O escritório do representante de Comércio dos EUA, disse que quer que qualquer acordo inclua “verificação em andamento e aplicação efetiva” e que os EUA decidirão os próximos passos depois que as autoridades reportarem a Washington;
  • O Ministério do Comércio da China disse que os dois lados “implementaram o consenso” alcançado pelos dois presidentes em conversas anteriores, e discutiram questões comerciais e estruturais nas reuniões.

 
Trump sai de reunião sobre paralisação do governo aumentando preocupações sobre o assunto

  • De acordo com o Financial Times, o presidente Donald Trump saiu abruptamente de uma reunião da Casa Branca com líderes democratas sobre segurança nas fronteiras, aumentando impasse em Washington já que o governo encerrou seu 19º dia sem nenhum fim do imbróglio à vista;
  • No Twitter, Trump escreveu: “Eu perguntei o que vai acontecer em 30 dias se eu abrir rapidamente as coisas, você vai concordar com a Segurança na Fronteira, que inclui um Muro ou Barreira de Aço? Nancy disse NÃO. Eu disse tchau, nada mais funciona”;
  • Mike Pence, vice-presidente americano, confirmou que o presidente estava considerando seriamente declarar uma emergência nacional – uma medida que permitiria que ele construísse seu muro sem aprovação do Congresso, enquanto potencialmente provocaria uma reação política e legal.

 
Fed: Ata sugere pausa no aumento de juros ao longo do 1T19

  • O Fed divulgou nesta quarta-feira (09/01) sua ata da reunião de 18 e 19 de dezembro, quando elevou as taxas em 0,25% para um intervalo alvo de 2,25% a 2,5%;
  • De acordo com a Bloomberg, o Banco Central poderia pausar as subidas de taxas de juros até março ou mais, à espera de clareza sobre os riscos para o crescimento global que poderiam afetar a economia dos EUA;
  • O documento também citou que “alguns aumentos graduais adicionais” seriam consistentes com o crescimento contínuo, porém destacou: (1) a desaceleração mais acentuada no crescimento global, (2) uma escalada da guerra comercial e (3) impacto maior do que o esperado de seu aperto atual como fatores que justificam a pausa. Hoje, Jerome Powell falará em Washington.

 
Petróleo retorna acima dos 60 dólares/barril com promessa da Arábia para estabilizar os mercados

  • Os preços do petróleo tipo Brent subiram acima de US$ 60 / barril, após declarações do Ministro da Energia da Arábia Saudita de que o reino está realmente interessado em restaurar o equilíbrio do mercado;
  • O Reino reduzirá suas exportações de petróleo em janeiro em -10% (ou 800 mil barris/dia) e também anunciou um novo corte de 100 mil barris / dia em fevereiro;
  • Após os ganhos de ontem, hoje os investidores estão realizando parte dos ganhos em linha com o movimento nos mercados globais, com preços em queda de -1,5%.

Empresas
 

Cemig: Governador Zema afirma que enviará à Assembleia Legislativa projeto de privatização da Cemig

  • Em entrevista ontem (09), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que enviará à Assembleia Legislativa projeto de lei que prevê a privatização da Cemig;
  • A proposta vai no sentido de levar adiante o esforço de redução de gastos do governo e da recuperação fiscal de Minas Gerias. O governador já declarou que quer a adesão de MG ao regime de recuperação fiscal dos Estados, que permite uma suspensão por 3 anos do serviço da dívida com a União em troca de medidas de redução de gastos, entre elas a privatização de estatais;
  • O governador afirmou que não discutiria a proposta no início de mandato, preferindo antes melhorar a gestão da companhia. Estimamos potenciais ganhos com redução de custos de R$0,70/ação sobre nosso preço-alvo de R$13,0 com redução de custos administrativos, bem como geração de valor entre R$3,5 e R$4,5 com a execução do plano de venda de ativos.

 
Produção de Soja em 2019 poderá ser inferior a 2018

  • De acordo com notícia da Folha, a consultoria AgRural revisou para baixo os números de produção de Soja para a safra de 2018/19, de 121,4 milhões de toneladas para 116,9 milhões;
  • Estimada inicialmente em até 130 milhões de toneladas por algumas consultorias, as estimativas hoje estão próximas a 117 milhões, inferior à produção de 119 milhões em 2018;
  • A irregularidade das chuvas e o calor do mês passado em algumas das principais regiões produtoras, como Paraná e Mato Grosso do Sul, foram apontados pela consultoria como alguns dos fatores responsáveis pela revisão. Uma safra mais fraca poderia impactar as expectativas de volume transportado pela Rumo. Soja representou ~40% dos volumes transportados nos 9M18.

COE News

Samsung lançará tela dobrável em fevereiro

  • A maior fabricante de smartphones do mundo lançará seu décimo modelo de smartphone em fevereiro deste ano. A novidade será a tela dobrável, com o lançamento no evento que ocorrerá em São Francisco e Londres;
  • O novo aparelho, Galaxy S10, também terá tecnologia 5G, seis câmeras fotográficas e tela de aproximadamente 7,3 polegadas;
  • A gigante coreana segue em busca de inovação suficiente para reverter o atual cenário negativo, no qual as vendas de smartphones seguem caindo mais do que a média da indústria, sobretudo pelo insucesso do Galaxy S9 e Note 9.


Amazon: O divórcio de Jeff Bezos pode reduzir sua participação

  • O homem mais rico do mundo, com patrimônio de ~US$ 137bi, possui participação de 16,3% na Amazon, sendo o maior acionista da empresa;
  • Após 25 anos de casamento, o divórcio com sua atual esposa, MacKenzie, pode ter implicações na estrutura de sociedade da Amazon. Tudo dependerá do resultado da separação ao longo dos próximos meses, dado a existência ou não de um acordo pré-nupcial que define os termos de uma possível divisão;
  • Se não houver acordo nupcial, a Sra. Bezos poderá obter metade da fortuna do casal dado o regime de comunhão de bens. O atual presidente da Amazon terá de sinalizar ao conselho da empresa qualquer plano para dividir sua participação antes que o mesmo seja divulgado. Isso poderá afetar a tomada de decisão por parte do conselho.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.