XP Expert

XP Morning Call 08/01/2019: Mercados no aguardo de negociações comerciais

Diariamente compilamos e analisamos diversas notícias e publicamos um relatório com comentários relativos às notícias relevantes para nossa cobertura, assim como eventos importantes para monitorar no cenário político e macroeconômico, tanto no Brasil quanto no mundo, e seus respectivos impactos para a bolsa brasileira.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

Tópicos do dia

Brasil

  1.  Política Brasil: Proposta da previdência com maior economia pode ser apresentada hoje

Internacional

  1. Guerra Comercial: Principal conselheiro econômico da China faz aparição inesperada em rodada de negociações comerciais com EUA
  2. Trump planeja discurso para hoje à noite, viagem a fronteira no final da semana
  3. Dados mostram crescimento global mais lento

Empresas

  1. Petrobras: Muitas especulações em torno de possível ressarcimento da Cessão Onerosa de US$14 bi
  2. Banco do Brasil (BBAS3): Novo CEO assume; Mudanças na diretoria
  3. Companhias Aéreas: Tráfego da Azul e Prévia do 4T18 da Gol

COE News

  1. Netflix: Novo diretor financeiro será melhor remunerado
  2. Samsung: Lucro operacional poderá cair ~29% no 4T18

Resumo

Mercados no aguardo de negociações comerciais

Os mercados globais seguem em tom positivo, no aguardo de atualizações em relação às negociações comerciais entre os EUA e China, que começaram ontem. O dólar segue enfraquecendo, as commodities em tom de retomada e os principais mercados em leve alta.

A participação inesperada do vice premier Chinês, principal assessor econômico do país, foi divulgada hoje e é vista como sinalização forte de boa vontade da China para chegar em um acordo. Ainda estamos no começo das negociações, mas se um acordo for alcançado, seria bastante positivo para os mercados.

Do lado negativo, dados de atividade surpreenderam negativamente no mundo. Nos EUA, o ISM non-manufacturing, atividade do setor de serviços, caiu para 57,6 pontos, ainda em expansão acima de 50, mas abaixo dos 60,7 do mês passado. Na Alemanha, produção industrial caiu 1,9% em novembro, contra expectativa de queda de 0,3%, ressaltando risco de recessão na Europa.

No Brasil, proposta da previdência com maior economia pode ser apresentada a Bolsonaro hoje. A regra de transição pode ser encurtada de 21 para 10 ou 12 anos e idade mínima deve permanecer de 65 anos para homens. Para as mulheres, pode ficar em 62 anos ou ser aumentada para 63 anos.

Além disso, Dias Toffoli pode analisar o recurso pela retomada do voto secreto para eleição no Senado, o que poderia ajudar Renan Calheiros, favorito para o cargo. Com voto aberto a disputa fica mais incerta.

Do lado das empresas, a Petrobras fechou ontem em forte alta após notícias afirmando que a União deveria ressarci-la em aproximadamente US$14 bilhões (ou R$52 bilhões) pela renegociação da Cessão Onerosa, desmentido pelo governo posteriormente. Rubem Novaes assume como CEO do Banco do Brasil. Azul publicou dados de tráfego para dezembro em linha com o esperado e a Gol publicou prévia do 4T18, antecipando um trimestre forte.


Conteúdo na íntegra

Brasil

Política Brasil: Proposta da previdência com maior economia pode ser apresentada hoje

  • Equipe econômica pode apresentar hoje a proposta da reforma da previdência a Bolsonaro. A regra de transição pode ser encurtada de 21 para 10 ou 12 anos e idade mínima deve permanecer de 65 anos para homens. Para as mulheres, pode ficar em 62 anos ou ser aumentada para 63 anos;
  • Após ruídos na comunicação, Bolsonaro pede coesão a Onyx e Guedes, que fazem gesto público de aproximação;
  • Dias Toffoli pode analisar o recurso pela retomada do voto secreto para eleição no Senado. É o principal evento que pode mudar a disputa. Com voto secreto, Renan Calheiros é o favorito para ser eleito. Com voto aberto a disputa fica em aberto.

Internacional

Guerra Comercial: Principal conselheiro econômico da China faz aparição inesperada em rodada de negociações comerciais com EUA

  • De acordo com o Financial Times, o vice premiê Chinês Liu He, principal conselheiro econômico do governo, fez uma aparição inesperada nas cruciais negociações comerciais com os EUA e se reuniu com o representante dos EUA, Jeff Gerrish, ontem em Beijing;
  • A aparição do Sr. He surpreendeu analistas porque as negociações deveriam ser entre autoridades de nível intermediário e possivelmente sinalizam a disposição da China de encerrar a disputa com os EUA e encontrar um meio-termo;
  • ​No entanto, alguns esperam que o representante comercial dos EUA, Robert Lightizer, não esteja disposto a avançar rapidamente com as negociações, de modo a manter seu poder de barganha e obter mais concessões dos chineses.

Trump planeja discurso para hoje à noite, viagem a fronteira no final da semana

  • De acordo com a Bloomberg, o presidente Donald Trump planeja fazer discurso televisionado no horário nobre hoje (terça-feira) antes de viajar para a fronteira dos EUA com o México na quinta-feira, enquanto enfrenta os democratas por causa do muro de fronteira proposto por ele;
  • Trump disse que está considerando declarar emergência nacional para contornar o Congresso e construir o muro. A disputa pelo muro e a demanda de Trump por mais de US$ 5 bilhões por sua construção levaram a paralisação parcial do governo que está entrando em sua terceira semana.


Dados mostram crescimento global mais lento

  • Após queda relevante na atividade industrial alemã no final de 2018, o risco de que a maior economia da Europa entre em recessão aumenta. A produção caiu 1,9% M/M em novembro e registrou sua pior queda anual desde o fim da crise financeira, após um declínio maior do que o esperado nos pedidos para as fábricas;
  • Nos EUA, o crescimento dos serviços caiu mais do que o esperado em dezembro, para 57,6, atingindo o menor nível em cinco meses, sinalizando que o crescimento da maior economia desenvolvida do mundo esfriou no final de 2018;
  • Nos últimos seis meses, os números mostraram um crescimento global mais lento, focado principalmente na Europa e na China, mas também com sinais nos EUA.

Empresas

Petrobras: Muitas especulações em torno de possível ressarcimento da Cessão Onerosa de US$14 bi

  • Ontem, a Petrobras fechou em forte alta após notícias afirmando que a União deveria ressarcir à Petrobras em aproximadamente US$14 bilhões (ou R$52 bilhões) pela renegociação da Cessão Onerosa;
  • Entretanto, ao final do dia, o governo emitiu comunicado negando o pagamento de tal valor, afirmando que o montante constava em um documento apresentado pelo antigo governo para a equipe de transição como um cenário dentre vários em uma simulação;
  • Segundo notícias, há cenários que vão desde US$2,7 bilhões à US$14 bilhões. A equipe econômica pretenderia propor valores no limite inferior para garantir resultados fiscais mais favoráveis ao governo. Além disso, nota-se que as empresas vencedoras no leilão de excedentes da Cessão Onerosa deveriam ressarcir a Petrobras uma vez que as reservas já foram identificadas e poderiam ter receitas imediatas;​
  • Destacamos que não incluímos nenhum ressarcimento relacionado à renegociação da Cessão Onerosa nos nossos preços-alvo de R$31 e R$30 para PETR4 e PETR3. Mantemos a recomendação de compra, mas esperamos volatilidade com a especulação em torno dessas negociações​.

Banco do Brasil (BBAS3): Novo CEO assume; Mudanças na diretoria

  • ​Nesta segunda-feira o novo presidente do BB, Rubem Novaes, assumiu o cargo e comentou sobre temas como desinvestimento de subsidiárias, financiamento rural e criação de valor;
  • Sobre as subsidiárias, Novaes garantiu que preservará as “joias da coroa”, limitando-se a abrir o capital ou a fazer parcerias envolvendo esses negócios. Sobre ativos que não possuem sinergia com a atividade bancária, o executivo sinalizou que estes podem ser vendidos;
  • Foi destacado que o objetivo do banco é a maximização do valor, o que vemos como positivo e em linha com a gestão implementada por Paulo Caffarelli desde 2016. Sobre o financiamento rural, a intenção do banco não é reduzir a carteira;
  • Ontem ainda, o Banco divulgou através de Comunicado ao Mercado as indicações de Novaes para o Conselho Diretor. Tais indicações ainda precisam ser aprovadas pela Casa Civil.


Companhias Aéreas: Tráfego da Azul e Prévia do 4T18 da Gol

  • A Azul publicou ontem seus dados de tráfego para dezembro. A oferta consolidada no mês cresceu 13,5%, enquanto a demanda cresceu 13,4% (taxa de ocupação flat);
  • No trimestre a taxa de ocupação cresceu ~30 bps, impulsionada por um forte crescimento de 14,5% na demanda (tendo a demanda internacional contribuído com ~17% de crescimento). No ano, o crescimento de oferta ficou dentro do intervalo guiado pela empresa (16% a/a), em linha com o esperado;
  • Já a Gol publicou a prévia para os resultados do 4T18, antecipando um trimestre forte. Vale destacar a expectativa de margem operacional de ~20% (incluindo a venda de aeronaves anunciada recentemente) e alavancagem em ~2,3x dívida líquida/EBITDA. A devolução das aeronaves contribuiu com ~R$ 1,1 bi de redução na dívida líquida de acordo com a empresa.

Suzano emite R$4bi em debentures

  • A Suzano concluiu a emissão de R$4bi em debêntures para 2020, com taxa de 103% do CDI;
  • ​Com essa captação, a Suzano concluiu o refinanciamento de US$6,9bi tomado por meio de um empréstimo-ponte com um sindicato de bancos para financiar a operação de fusão com a Fibria;
  • ​Nós reiteramos nossa recomendação de compra para a Suzano, com preço alvo de R$62,5/ação.

COE News

Netflix: Novo diretor financeiro será melhor remunerado

  • Spencer Neumann, que assumiu o cargo de diretor financeiro na Netflix nesta segunda-feira, poderá receber uma remuneração anual de ~US$ 10 milhões, quase o dobro do que seu antecessor recebia. US$ 5 mihões serão pagos em forma de salário e o restante em ações da empresa;
  • A Netflix aumentou a remuneração do diretor financeiro com o intuito de equiparar o que Neumann recebia em seu ex-empregador Activision Blizzard, produtora de jogos online;
  • Em resposta a redução da carga tributária nos EUA em 2017, a gigante de streaming reformulou suas práticas de remuneração aos executivos. Como parte das mudanças, a empresa eliminou os bônus baseados em desempenho.

Samsung: Lucro operacional poderá cair ~29% no 4T18

  • Investidores reagiram negativamente após a gigante de tecnologia divulgar uma expectativa de lucro operacional de 10,8 trilhões em won sul-coreano, número ~29% inferior no ano contra ano. Recentemente a empresa também revisou negativamente as expectativas de receitas que poderão cair ~11% neste mesmo período. Os resultados serão divulgados no final deste mês;
  • Ao longo dos últimos 18 meses, a Samsung apresentou lucros recordes à medida que a proliferação de dispositivos e servidores de dados conectados à Internet elevou os preços dos chips de memória. Por outro lado, a demanda se estabilizou em outras divisões como smartphones, computadores e outros eletrônicos produzidos pela empresa;
  • Dirigentes da Samsung informaram que a demanda por chips de memória, que representa cerca de três quartos do lucro operacional, permanecerá moderado ao longo do 1T19. Enquanto isso, a maior fabricante de smartphones no mundo segue focada no desenvolvimento de um novo modelo que inclui a tecnologia 5G e seis câmeras fotográficas, além de seguir com a inovação da tela dobrável de 7,3 polegadas.
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.