XP Expert

Transição de governo nos EUA e discussões fiscais de volta aos holofotes no Brasil

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA 2,20% | 109.786 Pontos

CÂMBIO -1,08% | 5,38/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa fechou em alta nessa terça-feira, atingindo os 109 mil pontos e se aproximando mais um pouco do nível do dia 21 de fevereiro, quando o benchmark encerrou o pregão cotado em 113.681 pontos. Já as taxas futuras de juros fecharam em leve queda no dia de ontem, com aumento no apetite ao risco no mercado externo, o que favoreceu a moeda brasileira. O resultado do leilão de NTN-B do Tesouro Nacional também influenciou, com o lote sendo vendido em sua totalidade. DI jan/21 fechou em 1,94%; DI jan/23 encerrou em 5,19%; DI jan/25 foi para 7,01%; e DI jan/27 fechou em 7,74%.

Hoje, mercados internacionais amanhecem em leve baixa (EUA -0,1% e Europa -0,2%), após o S&P 500 fechar em patamar recorde no pregão de ontem. Investidores aguardam as minutas do Federal Reserve, que deve manter a política monetária acomodativa, mas sem novos afrouxamentos.

Em política internacional, após a agência do governo norte-americano autorizar o início da transição para o governo Joe Biden, o democrata informou que o processo está avançando rapidamente e que tem acesso a briefings de inteligência diários.

Não obstante, Donald Trump ainda não aceitou a vitória de Biden formalmente e continua apresentando recursos no Judiciário, embora suas ações não venham produzindo os resultados desejados. Os ‘swing states’ Michigan, Geórgia, Nevada, Carolina do norte, Pennsylvania e Minnesota já certificaram os resultados. Vale lembrar que estados devem resolver disputas sobre os resultados eleitorais até 8 de dezembro e que o colégio eleitoral se reúne para votar no dia 14.

Já no Congresso do país, o noticiário indica que parlamentares republicanos e democratas chegaram a um acordo sobre o projeto de lei de gasto público, assim evitando a paralisação do governo americano após 11 de dezembro.

Ainda no palco internacional, com o fim das incertezas eleitorais nos EUA e uma vacina contra o novo coronavírus cada vez mais próxima, o foco deste final de ano na Europa se volta para o processo de conclusão do Brexit. A possibilidade de um “no deal” para a saída do Reino Unido do bloco europeu freia os ânimos dos mercados e eleva a chance de uma recessão no país no primeiro trimestre de 2021.

No Brasil, ontem foi divulgado o IPCA-15 de novembro. O resultado de 0,81% veio em linha com nossas expectativas e acima das do mercado (0,72%), com as maiores surpresas inflacionárias vindo de serviços de um lado, e números abaixo do esperado para energia elétrica e gasolina. Esperamos uma inflação medida pelo IPCA em 3,9% ao final de 2020 e 3,8% em 2021.

Finalmente, no noticiário político econômico, o destaque segue para o imbróglio a respeito da prorrogação do auxílio emergencial e do risco de abertura de espaço na regra do teto de gastos para criação de um novo programa de transferência de renda. Ontem à noite, o presidente Jair Bolsonaro reforçou discurso da equipe econômica de que só haverá extensão do benefício se houver uma segunda onda de contágio pelo coronavírus.

Enquanto isso, o governo intensifica negociação com o Congresso para tentar um último esforço pela aprovação da PEC Emergencial ainda este ano – é ela quem abrirá espaço no teto para um novo programa. Estão em discussão os gatilhos que reduzem gastos com o funcionalismo, a desindexação de benefícios a partir de um salário mínimo e a revisão de subsídios – esta última não abre espaço no teto. A tentativa será para votar o projeto no Senado na segunda ou terceira semanas de dezembro para que ele siga à Câmara.

Ainda hoje está na pauta do Senado o texto da nova lei de falências, que já foi aprovado pelos deputados e, se passar sem alterações, segue para a sanção de Jair Bolsonaro. A Câmara não tem sessão convocada.

Tópicos do dia

Internacional

  1. Política internacional: Biden avança na transição enquanto Congresso evita ‘shutdown’
  2. Preços do petróleo sobem com esperança na vacina para COVID-19 apesar de dados de estoques mais negativos
    Acesse aqui o relatório internacional

Empresas

  1. Gerdau (GGBR4): Michelle Robert assume presidência da Gerdau Summit, sendo a primeira mulher no comando de uma siderúrgica
  2. Vamos às compras; O que esperar da Black Friday de 2020?


Veja todos os detalhes

Internacional

Política internacional: Biden avança na transição enquanto Congresso evita ‘shutdown’

  • Nos EUA, após agência do governo americano autorizar o início da transição para o governo Joe Biden, o democrata informou que o processo está avançando rapidamente e que tem acesso a briefings de inteligência diários;
  • Apesar de ter dado aval para o início do processo de transição, Donald Trump ainda não aceitou a vitória de Joe Biden formalmente e continua apresentando recursos no Judiciário para reverter resultados ou postergar a certificação desses. No entanto, suas ações não tem produzido os resultados desejados. Os ‘swing states’ Michigan, Geórgia, Nevada, Carolina do norte, Pennsylvania e Minnesota já certificaram os resultados. Vale lembrar que estados devem resolver disputas sobre os resultados eleitorais até 8 de dezembro e o colégio eleitoral se reune para votar no dia 14;
  • No Congresso do país, o noticiário indica que parlamentares republicanos e democratas chegaram a um acordo sobre o projeto de lei de gasto público, assim evitando a paralisação do governo americano após 11 de dezembro.

Preços do petróleo sobem com esperança na vacina para COVID-19 apesar de dados de estoques mais negativos

  • Os preços do petróleo Brent avançaram mais de 3,9% nesta terça-feira (24), ampliando os ganhos da semana anterior, após notícias positivas sobre testes de uma vacina contra a COVID-19 levarem a um otimismo com relação a recuperação da demanda. A alta ocorreu a despeito da divulgação do relatório da American Petroleum Institute (API), que mostrou que os estoques de petróleo dos EUA subiram mais do que o esperado, o que é visto como negativo;
  • Com relação às vacinas para a COVID-19, notícias apontam que não é provável que qualquer vacina viável esteja pronta para uso em massa nos próximos meses, o que implica riscos de que quarentenas e restrições de viagens estarão em vigor em parte próximo ano. Apesar de à primeira vista tal risco parecer uma ameaça aos preços de petróleo, por outro lado isso torna provável que a OPEP+, que reúne a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e aliados como a Rússia, mantenha os atuais patamares de cortes de produção de petróleo em 2021, após uma reunião marcada para começar em 30 de novembro seguindo conversas técnicas esta semana;
  • Quanto aos estoques de petróleo dos EUA, hoje às 11:30 da manhã (horário de Brasília) deve ser publicado o relatório oficial de fornecimento da Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA), com expectativas do mercado de um aumento de +0,127 milhões de barris nos estoques dos EUA. Por fim, nessa manhã de quarta-feira, os preços de petróleo operam em território positivo em alta de +1,34% em US$48,48 barril (Brent). 

Empresas

Gerdau (GGBR4): Michelle Robert assume presidência da Gerdau Summit, sendo a primeira mulher no comando de uma siderúrgica

  • De acordo com o Estadão, a siderúrgica Gerdau terá, pela primeira vez, uma mulher à frente de uma de suas operações industriais, dentro de um setor ainda predominantemente masculino. Engenheira de 43 anos, Michelle Robert estava há 18 anos na General Electric (GE), já ocupando um cargo de liderança e acaba de assumir o posto de presidente da Gerdau Summit, que nasceu com foco no fornecimento de peças para a geração de energia eólica e cujo controle é dividido com as japonesas Sumitomo Corporation e Japan Steel Works (JSW);
  • Com 30 mil funcionários, a Gerdau tem apostado em programas em suas bases para alavancar a diversidade na companhia. Desde janeiro, o número de mulheres diretoras passou de zero para três, enquanto o porcentual feminino nos cargos de liderança passou de 18% para 20,4% do ano passado até agora;
  • Vemos o anúncio da Gerdau como importante para o avanço da pauta social dentro da companhia, ao mesmo tempo em que reconhecemos a importância da diversidade e da inclusão. Em um momento em que as questões ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) ganham cada vez mais relevância, um avanço nessa agenda por parte das empresas, além de fazer-se necessário, tem sido monitorado de perto pelos investidores. Vemos o anúncio como positivo e recebemos com bons olhos os avanços da empresa no que diz respeito à diversidade de gênero. Temos recomendação de Compra para as ações da Gerdau, com preço-alvo de R$25,0/ação.

Vamos às compras; O que esperar da Black Friday de 2020?

  • Publicamos ontem (24) um relatório comentando nossa visão sobre a Black Friday de 2020. Segundo a Ebit / Nielsen, as vendas da Black Friday devem crescer 27% em relação a 2019, quando somaram R$ 3,2 bilhões. No entanto, de acordo com a ABComm, associação brasileira de e-commerce, espera-se que esse crescimento fique em torno de 77% A/A, considerando desde a quinta-feira antes da Black Friday até a segunda-feira seguinte;
  • Embora as medidas de distanciamento continuem em vigor, destacamos os cinco principais fatores que devem apoiar o desempenho mais forte da Black Friday, na nossa opinião: i. Os consumidores já estão acostumados a comprar online; ii. A Black Friday está consolidada no Brasil, sendo este ano sua 10ª edição; iii. O home office é um ponto positivo; iv. Aumento da poupança e demanda reprimida e  v. Taxas de juros mais baixas sustentam o consumo;
  • Além disso, mapeamos o que as companhias listadas estão oferecendo durante esta Black Friday e descobrimos que todos eles oferecerão algum tipo de iniciativa de Social Commerce, embora a B2W se destaque como a única com abordagem de Live Commerce (permite interação entre clientes e influenciadores). Além disso, a Via Varejo parece mais agressiva em relação ao frete grátis do que a B2W ou o Magalu, já que essas duas estão oferecendo frete grátis para itens selecionados, apenas no aplicativo ou para membros prime. Por fim, acreditamos que ser multicanal será um diferencial em relação ao varejo tradicional, principalmente por conta do aumento de preocupações com a segunda onda de COVID-19;
  • Clique aqui para conferir o conteúdo completo.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.