XP Expert

Reunião do Copom na quarta-feira é destaque da semana

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA +0,6% | 105.070 Pontos

CÂMBIO +0,1% | 5,65/USD

O que pode impactar o mercado hoje

Em semana turbulenta por conta de notícias sobre a nova variante ômicron da Covid-19, o Ibovespa se descolou dos mercados globais e acumulou uma alta de 2,8%, atingindo os 105.069 pontos. O desempenho positivo do índice teria sido motivado pela aprovação, na quinta-feira (2), da PEC dos Precatórios no Senado, abrindo espaço para novas despesas no próximo ano, mas diminuindo as incertezas fiscais na percepção do mercado. Agora, o texto volta para Câmara após mudanças feitas pelos senadores, onde ainda há dúvidas sobre como será avaliado.

O alívio fiscal temporário teria compensado dados econômicos fracos: na semana, foi divulgado o PIB brasileiro para o terceiro trimestre, o qual recuou 0,1% no período, indicando que a economia entrou em recessão técnica. Além disso, o relatório de empregos dos Estados Unidos também teria vindo abaixo do esperado. Nesta semana, destaque para a divulgação do indicador de inflação ao consumidor (CPI) nos EUA, referente ao mês de novembro. Já no cenário doméstico, a reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) na quarta-feira (8) é o principal evento da semana: esperamos que a taxa Selic seja elevada em 1,5 ponto percentual, atingindo o patamar de 9,25%.

Hoje, os Mercados Globais amanhecem levemente positivos (EUA +0,3% e Europa +0,5%) recuperando parcialmente as perdas da última sexta-feira, catalisadas por dados mistos do mercado de trabalho americano. Na China, o índice de Hang Seng (-1,8%) se encontra no patamar mais baixo das últimas 14 semanas, devido a novas pressões regulatórias sob as empresas de tecnologia do país. Já o Bitcoin amanhece em campo negativo (-2,6%) devido ao movimento de risk-off dos investidores após forte movimentação de venda no final de semana, possivelmente causada por investidores institucionais alavancados. Por fim, o petróleo inicia o dia em alta (+2,1%), reverberando o aumento no preço dos barris de petróleo bruto vendidos aos EUA e para a Ásia.

No campo da Economia, destaque no fim de semana sobre a variante ômicron, cujas notícias foram marginalmente encorajadoras. Nos Estados Unidos, a diretora do CDC afirmou que casos da variante já foram encontrados em pelo menos 15 estados e que um aumento ainda maior é esperado para os próximos dias. Por outro lado, Antony Fauci, consultor médico do presidente americano Biden, disse que os primeiros sinais sugerem que a nova variante não parece ter um grau elevado de severidade. Já a África do Sul informou que a variante não está aumentando as hospitalizações. Todas as análises, no entanto, alertam que ainda é muito cedo para saber todas as consequências da nova cepa.

No campo da Política, no Brasil, o presidente Bolsonaro disse que a Petrobras vai cortar os preços da gasolina esta semana; a recente queda nos preços do petróleo permite uma redução entre 5 e 8% nos preços. Já no campo político internacional,  no Congresso americano, o ambiente polarizado e o calendário apertado continuam gerando entraves para a aprovação de iniciativas relevantes para o funcionamento do Estado, inclusive uma proposta de orçamento para Defesa, que costuma ter apoio bipartidário. Outro destaque é que democratas seguem buscando acordo com republicanos para elevar o teto da dívida, que pode ser infringido em breve mas, em paralelo, contemplam protocolos para elevá-lo sem o apoio republicano, conforme solicitado pela oposição.

No campo das Ações, destaque para a publicação de dois relatórios. Nosso time de Varejo publicou a edição de dezembro do Carrinho XP, focado no feedback da sua rodada de conversas com investidores locais: varejistas de alta renda parecem ser o consenso, sendo que o e-commerce teria se tornado o patinho feio – clique aqui para acessar o relatório. Já o nosso time de Utilities publicou mais uma edição do Sensor Elétrico XP: o cenário hidrológico veio acima do esperado em novembro, com os níveis dos reservatórios ficando em 26%, o que afasta a necessidade de racionamento de energia nos próximos doze meses – clique aqui para acessar o relatório.

Tópicos do dia

Economia

  1. As notícias da Omicron no fim de semana foram marginalmente encorajadoras. O banco central da China cortou a taxa dos depósitos compulsórios, para injetar liquidez nos mercados
  2. Boletim FOCUS

Política

  1. Ambiente polarizado complica agenda do Congresso americano no final do ano

Empresas

  1. Data Expert | Carrinho XP: Feedback da nossa rodada com investidores locais; Varejistas de alta renda como o consenso; e-commerce se tornou o patinho feio
  2. Setor Elétrico : Sensor Elétrico XP | Um presente de natal dos céus
  3. CCR: Notícias Sugerem Possível Fechamento de Capital
  4. Caixa Econômica Federal aumenta a taxa de juros do financiamento imobiliário aproximadamente 100p.p.
  5. Principais notícias dos setores

Mercados

  1. Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Vendas do Elon Musk

ESG

  1. UE busca parceria em projetos verdes com países da América Latina | Café com ESG, 06/12

Veja todos os detalhes

Economia

As notícias da Omicron no fim de semana foram marginalmente encorajadoras. O banco central da China cortou a taxa dos depósitos compulsórios, para injetar liquidez nos mercados

  • As notícias da Omicron no fim de semana foram marginalmente encorajadoras. A África do Sul informou que a variante não está aumentando as hospitalizações. Antony Fauci, consultor médico do presidente americano Biden, disse que os primeiros sinais sugerem que a nova variante não parece ter um grau elevado de severidade. Todas as análises, no entanto, alertam que ainda é muito cedo para saber todas as consequências da nova cepa;
  • O Banco Central da China cortou a taxa dos depósitos compulsórios em 0,5 pp para a maioria dos bancos. De acordo com a autoridade monetária, a medida libera 1,2 trilhão de yuans de liquidez. O comunicado que acompanhou a decisão deixou claro, no entanto, que este não é o início de uma tendência de afrouxamento monetário, mas sim uma “ação de política monetária regular” e acrescentou que “o rumo prudente da política monetária não mudou”;
  • No Brasil, o presidente Bolsonaro disse que a Petrobras vai cortar os preços da gasolina esta semana. A recente queda nos preços do petróleo permite uma redução entre 5 e 8% nos preços;
  • Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil (Copom) reúne-se terça e quarta-feira. Esperamos outra alta de 1,50 pp na taxa Selic, e a indicação de outra alta da mesma magnitude em janeiro.

Boletim FOCUS – data de referência 03/12

  • Destaques: Expectativas apontam PIB mais baixo em 2022 e inflação ainda elevada;
  •  A mediana de projeções para a variação do IPCA em 2021 subiu de 10,15% na semana passada para 10,18% na divulgação de hoje (estava em 9,33% há quatro semanas). No mesmo sentido, o consenso para o IPCA de 2022 ascendeu de forma sutil de 5,00% para 5,02% (4,63% há 1 mês), ficando ainda mais distante da meta de inflação estabelecida para o próximo ano (3,50%). Com base em atualizações nos últimos 5 dias úteis, a previsão para o IPCA de 2021 se manteve em 10,19%, enquanto a mediana para 2022 caiu de 5,15% para 5,01%. Por sua vez, a expectativa para o IPCA de 2023 ascendeu de 3,42% para 3,50% (3,27% há 4 semanas);
  • Enquanto isso, a previsão do mercado para o crescimento real do PIB em 2021 recuou de 4,78% para 4,71% (estava em 4,93% há 4 semanas). Para o PIB de 2022, a projeção também segue em trajetória de baixa, ao variar de 0,58% para 0,51% (estava em 1,00% há 1 mês);
  • A mediana das expectativas para a taxa Selic no final de 2021 continuou em 9,25% (9,25% há 4 semanas). E o consenso de mercado para a taxa básica de juros no final de 2022 segue em 11,25% (11,0% há quatro semanas);
  • Por fim, as projeções para a taxa de câmbio no final de 2021 ascenderam de R$/US$ 5,50 para R$/US$ 5,56 e final de 2022 de R$/US$ 5,50 para R$/US$ 5,55.

Política

Ambiente polarizado complica agenda do Congresso americano no final do ano

  • No Congresso americano, o ambiente polarizado e calendário apertado continua gerando entraves para a aprovação de de iniciativas de grande relevância para o funcionamento do Estado. Por exemplo, desde semana passada, uma proposta de orçamento para Defesa, que costuma ter apoio bipartidário, é ponto de embate entre senadores devido a demanda de um republicano para a inclusão de medidas contra a China e Rússia no pacote. A pauta complica ainda mais a agenda do Senado neste final de ano;
  • Democratas buscam ainda acordo com republicanos para elevar o teto da dívida, que pode ser infringido por volta do dia 12 dezembro. Em paralelo, contemplam protocolos para elevá-lo sem apoio republicano, conforme solicitado pela oposição;
  • Vale destacar ainda que continuam as negociações entre senadores democratas para avançar o Build Back Better Act de USD 1,75 trilhão.

Empresas

Data Expert | Carrinho XP: Feedback da nossa rodada com investidores locais; Varejistas de alta renda como o consenso; e-commerce se tornou o patinho feio

  • Tivemos mais de 25 reuniões com investidores locais nas últimas duas semanas para discutir o setor de varejo. No geral, o posicionamento no setor nos pareceu leve, com os clientes mais concentrados em nomes específicos do segmento de consumo discricionário;
  • Os principais destaques são: i) O varejo de alta renda é um consenso; ii) A visão negativa com os nomes de ecommerce permanece, mesmo após a recente correção das ações; iii) Atacarejo é o formato preferido no varejo alimentar, embora não exista um consenso quanto ao posicionamento dento do segmento; e iv) Farma é um setor pouco alocado;
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

Setor Elétrico : Sensor Elétrico XP | Um presente de natal dos céus

  • Melhor do que o previsto mais uma vez. O cenário hidrológico veio acima de nossas estimativas em novembro, com os níveis dos reservatórios ficando em 26%, impressionantes 8,9p.p. acima de nossas expectativas devido principalmente a: (i) 922 MWmed de energia importada (não considerada em nosso modelo) e (ii) geração hidrelétrica 6% abaixo de nossas expectativas. Mas o destaque foi uma ENA de 31,6 TWh, 26% acima de nossas expectativas junto com a geração solar, que veio 54% acima de nossas expectativas;
  • Os olhos se voltam para o final da próxima estação seca. Agora, o mês crítico para a nossa estimativa muda do final da estação seca deste ano para o do próximo ano, mas nossa previsão de ENA para 2022 melhorou significativamente com os reservatórios atingindo um pico de 77% (maio/22). Além disso, o aumento de 1,2 GW de capacidade proveniente do leilão emergencial ajuda a diminuir as preocupações sobre 2022. O leilão foi realizado em outubro e contratou 1.178 MW em termelétricas a gás, 33 MW em termelétricas a cavaco de madeira e 11 MW de capacidade solar;
  • Em nosso caso base, não vemos a necessidade de racionamento de energia nos próximos doze meses, pois vemos um cenário confortável encerrando a próxima estação seca com um nível de reservatório de 59% (novembro de 2022). O ponto de ruptura para o nosso modelo agora é se a energia natural afluente média (ENA) ficar abaixo de 50% da média de longo prazo (anteriormente 54%). Essa estimativa, no entanto, não incorpora medidas governamentais para reduzir o risco de racionamento.
  • Clique aqui para acessar o relatório completo.

CCR: Notícias Sugerem Possível Fechamento de Capital

  • De acordo com o jornal “O Globo”, o fundo de pensão canadense CDPQ,  com ~US$300 bilhões em ativos, contratou duas instituições financeiras para assessorá-lo na compra da participação da Andrade Gutierrez na CCR. Ainda, a notícia afirma que o objetivo do CDPQ pode ser de fechar o capital da empresa;
  • Se confirmada, enxergamos essa notícia como positiva por três motivos:
    • A venda da participação de ~15% da Andrade Gutierrez na empresa eliminaria pressão vendedora (“overhang”) nas ações da CCR;
    • Um possível player financeiro adicionaria percepção de governança na CCR, em eventual substituição de acionista controlador com perfil construtor. (O mesmo já havia ocorrido com a intenção de compra pelo fundo IG4, que não se confirmou);
    • O possível fechamento de capital da CCR (oferta de compra de todas as ações no mercado) poderia representar um upside para o acionista minoritário na eventual venda do controle (direito de “tag along”).
  • Esperamos possível reação positiva nas ações da CCR, em linha com nossa visão positiva no setor e preferencia relativa por CCR (recomendação de Compra) versus Ecorodovias (recomendação neutra).

Caixa Econômica Federal aumenta a taxa de juros do financiamento imobiliário aproximadamente 100p.p.

  • Na última sexta-feira, a Caixa Econômica Federal aumentou a taxa de juros do crédito imobiliário ~100p.p. de aproximadamente 8% + TR para 9% + TR;
  • Dito isso, esperamos ver o valor da parcela impactado negativamente em ~8%, o que ainda parece saudável comparado com níveis históricos de duplo dígito;
  • Portanto, reiteramos Cury como nossa preferência negociando em 5x P/L para 2022, especialmente em um cenário com taxas de juros do financiamento imobiliário estáveis vindo do programa CVA, e um funding robusto do FGTS.

Principais notícias dos setores

Nestas publicações diárias, trazemos as principais notícias nacionais e internacionais dos setores: Financeiro, Varejo (e-commerce, supermercados, lojas de roupa, farmácias, etc.), Agro, Alimentos e Bebidas e Energia (óleo & gás e elétricas).

  • Notícias Diárias do Setor Financeiro
    • BC facilitará abertura de instituições. Objetivo é desburocratizar a regulação, dar maior liberdade econômica ao mercado e, assim, estimular a concorrência (Valor Econômico);
    • Fintechs deveriam ser reguladas de acordo com o risco, diz Lazari (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Entrega XP: Notícias diárias do setor de varejo
    • Aumento do movimento anima varejo para o fim de ano (Valor Econômico);
    • Mercado Livre, Americanas e Magalu deverão provar a entrega mais rápida (Exame);
    • Clique aqui para acessar o relatório.
  • Agro, Alimentos & Bebidas: confira as principais notícias
    • Subindo a régua no campo (InfoMoney);
    • Petrobras, Marfrig e outras gigantes foram excluídas do índice de sustentabilidade da B3 (O Globo);
    • Clique aqui para acessar o relatório completo.
  • Radar Energia XP: Notícias diárias do setor de energia
    • Conta de luz pode subir 19% em 2022, segundo TR Soluções (Valor Econômico);
    • Bolsonaro diz que Petrobras vai anunciar redução de preços de combustíveis (Valor Econômico);
    • Clique aqui para acessar o relatório.

Mercados

Radar Global: Análises das principais empresas e tendências sob o nosso Radar | Vendas do Elon Musk

  • O volume de vendas na plataforma de “Compre agora, pague depois” do PayPal aumentaram em 400% na última Black Friday;
  • Elon Musk já acumula cerca de US$ 11bi em vendas de ações da Tesla;
  • Parceria da Toyota com a BYD para a produção de um novo veículo elétrico; 
  • Ações de tecnologia chinesas do índice Hang Seng Tech perderam aproximadamente US$ 1,5tri de capitalização de mercado desde o seu pico em fevereiro;
  • Acesse aqui o relatório internacional.

ESG

UE busca parceria em projetos verdes com países da América Latina | Café com ESG, 06/12

  • O mercado encerrou em campo positivo na sexta-feira, com o Ibov e o ISE em alta de +0,6% e +0,8%, respectivamente. Na semana, o Ibov fechou em alta de +2,8%, enquanto o ISE +2,6%;
  • No Brasil, o desmatamento e os riscos relacionados à emergência climática podem deixar de ser apenas riscos reputacionais e “rapidamente” se tornar riscos materiais para a qualidade do crédito das empresas de agronegócio que operam no país, de acordo com a agência de classificação de risco Moody’s;
  • No internacional, (i) a Procter & Gamble Co afirmou que a obtenção de plástico reciclado para embalagens mais sustentáveis é um desafio para atingir as elevadas metas elevadas que a empresa possui para reduzir seu impacto ambiental até 2030, mencionando os problemas da cadeia de abastecimento global, ao mesmo tempo em que luta para atender às demandas de uma base de consumidores cada vez mais ecologicamente consciente; e (ii) a União Europeia sinalizou que buscará parcerias com países da América Latina em projetos como desenvolvimento de hidrogênio verde e criação de cadeias de valor sustentáveis em matérias-primas, por meio de um novo programa para responder à crescente influência da China no mundo. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.