XP Expert

Reforma da Previdência: A hora chegou

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA +1,2% | 106.022 Pontos

CÂMBIO +0,4% | 4,13/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa fechou ontem em forte alta de 1,23%, atingindo o nível recorde de 106.022 pontos em vista das expectativas em relação à Reforma da Previdência, que está prestes a ser aprovada

A votação da proposta da Reforma da Previdência em segundo turno no plenário está marcada para hoje, e pode se estender até amanhã. Antes de ser apreciada pelo plenário, a proposta deve passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado nesta manhã, de modo a validar alterações feitas no texto durante a votação em primeiro turno. A presidente da CCJ, Senadora Simone Tebet, afirmou que o texto não deverá sofrer novas mudanças nem na comissão e nem no plenário.

O tema da Reforma da Previdência dominou as expectativas dos brasileiros este ano, em vista do seu potencial transformacional para a economia daqui para a frente. O texto que será votado prevê uma economia fiscal de R$ 800 bilhões em 10 anos, acima das expectativas do mercado no início do ano.

Superada esta etapa, o foco passará a outras pautas tão ou mais importantes que a previdência, como reformas tributária e administrativa, além de pautas microeconômicas e setoriais, como a agenda de privatizações, o leilão dos excedentes da Cessão Onerosa, entre outros. Estamos só no começo, e continuamos otimistas.

Na pauta internacional, mercados europeus e asiáticos encerraram as sessões em leve alta, assim como os índices futuros das bolsas dos EUA. O otimismo foi pautado pelo alívio nas tensões comerciais entre EUA e China, após declarações positivas de autoridades americanas sobre o tema.

O diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou em entrevista que o aumento de tarifas dos EUA sobre importações chinesas previsto para dezembro pode ser suspenso caso haja progresso nas discussões da “fase 1” de um acordo comercial preliminar entre os países. A expectativa do mercado é que os presidentes Donald Trump e Xi Jinping firmem o acordo inicial durante a reunião da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC), prevista para o início de novembro no Chile.

Sobre o Brexit (processo de saída do Reino Unido da União Europeia), ontem o Primeiro Ministro Boris Johnson sofreu mais uma derrota, após parlamentares britânicos recusarem um pedido para colocar em votação o acordo fechado com o bloco europeu na semana passada. Johnson continua a insistir em uma tentativa de aprovação em tempo recorde de três dias do projeto que incorpora os termos do acordo na lei britânica.

Do lado das commodities, os preços de celulose de fibra curta na China continuam em tendência de queda, ainda que de maneira mais atenuada. Nessa terça-feira, os preços recuaram -US$1,9/t, indo para US$462/t. No ano, os preços acumulam queda de -28%. Na nossa visão, embora a visibilidade permaneça baixa, os preços parecem estar próximos de um piso. Olhando para frente, mantemos nossa visão positiva para a dinâmica de oferta/demanda no médio-longo prazo.

No campo das empresas, o Carrefour Brasil reportou desempenho de vendas do terceiro trimestre de 2019 em linha com o esperado. O Atacadão apresentou desaceleração no crescimento, pressionado principalmente pela queda na inflação de alimentos. Já a operação de varejo continua com crescimento sólido. Apesar da queda recente das ações, continuamos a ver o patamar atual de múltiplos como justo e mantemos nossa recomendação Neutra para a ação.

Por fim, amanhã começa a temporada de divulgação dos resultados do terceiro trimestre de 2019 (3T19). O calendário e nossas expectativas dos resultados das empresas da nossa cobertura, você confere aqui.

Tópicos do dia

Brasil

  1. Política Brasil: Maia diz que a reforma administrativa do governo terá tramitação rápida
  2. Antecipação do saque do FGTS deve injetar cerca de R$ 12 bilhões adicionais na economia
  3. Governo deve apresentar em novembro medidas que estimulem a geração de empregos

Empresas

  1. Carrefour Brasil (CRFB3): Desempenho de vendas do terceiro trimestre ​em linha com as expectativas
  2. Vale (VALE3): Operações no Complexo de Itabira suspensas temporariamente; Estimativa de produção para 2020 e 2021 segue inalterada  
  3. Frigoríficos: Ministra da Agricultura se reune com autoridades sanitárias da China

Renda Fixa

  1. São Martinho deverá ter injeção de R$40 milhões com venda de energia


Veja todos os detalhes

Brasil

Política Brasil: Maia diz que a reforma administrativa do governo terá tramitação rápida

  • O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que fará com que a reforma administrativa do governo tenha tramitação mais rápida. Segundo Maia, a proposta do governo será anexada a outras já em tramitação na Câmara e com processo mais avançado, de modo que tenha algumas etapas adiantadas. O presidente da Câmara também falou sobre a PEC da regra de ouro. Segundo ele, a proposta será iniciada no Senado, assim como o pacto federativo. As declarações foram após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O presidente da CCJ da Câmara, Felipe Francischini, decidiu pautar para esta semana a PEC 438/2019, do deputado Pedro Paulo. O relator será o deputado João Roma (Republicanos);
  • A ala bolsonarista conseguiu tomar a liderança do PSL do Delegado Waldir e colocar em seu lugar o filho “03” do presidente, Eduardo Bolsonaro. Assim que assumiu o posto, Eduardo desligou os vice-líderes do partido. A ala bivarista, que ainda comanda a cúpula partidária, promete dar o troco com o avanço de suspensões de parlamentares bolsonaristas. Cinco deles que já têm processo aberto foram ao STF para tentar suspender seus casos;
  • Joice Hasselmann foi entrevistada pelo Roda Viva e acusou os filhos de Jair Bolsonaro de terem uma milícia virtual de 1.500 perfis usados para distribuição de fake news. A ex-líder do governo afirmou que “nunca houve tanta interferência de família em um Poder”.

Antecipação do saque do FGTS deve injetar cerca de R$ 12 bilhões na economia

  • De acordo com a mídia local, a Caixa Econômica Federal anunciou ontem um novo calendário para o saque de até R$ 500 do FGTS, o que deve injetar cerca de R$ 12 bilhões na economia. Agora, todos os que têm direito ao saque de R$ 500 por conta ativa ou inativa poderão sacar ainda em 2019, enquanto o cronograma anterior previa que os nascidos entre e julho e dezembro poderiam fazer as retiradas somente em 2020;
  • A antecipação dos saques não estava prevista e foi anunciada em uma entrevista coletiva pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Além da liberação de R$ 12 bilhões com a medida, o pagamento de R$ 2,5 bilhões do 13.º para os beneficiários do programa Bolsa Família faz com que a injeção adicional de dinheiro suba para R$ 14,5 bilhões;
  • Outra medida anunciada pela Caixa é a isenção da cobrança da taxa da TED (Transferência Eletrônica Disponível) para outro banco após o saque imediato do FGTS, caso o beneficiário opte por utilizar esse serviço. Embora a equipe econômica rejeite a ideia de que a liberação dos recursos seja uma medida de estímulo nos moldes do que foi implementado nos governos anteriores, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, reconheceu que o dinheiro extra pode ajudar a economia brasileira a começar melhor o próximo ano.

Governo deve apresentar em novembro medidas que estimulem a geração de empregos

  • De acordo com o Correio Braziliense, o secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o governo pretende apresentar na primeira semana de novembro um programa para incentivar a geração de empregos;
  • A medida terá como principal objetivo melhorar a empregabilidade de jovens no primeiro emprego e de pessoas acima de 55 anos, que tendem a ter mais dificuldade de se reinserir no mercado de trabalho;
  • Para estimular a geração de empregos, a estratégia principal do governo deve ser a de reduzir os direitos trabalhistas em troca de desoneração tributária. Além da medida, Marinho destacou que pretende trabalhar em medidas que estimulem o empreendedorismo e a reabilitação profissional. 

Empresas

Carrefour Brasil (CRFB3): Desempenho de vendas do terceiro trimestre ​em linha com as expectativas

  • O desempenho de vendas do Carrefour no 3T19 (terceiro trimestre de 2019) veio em linha com as nossas expectativas. A bandeira Atacadão apresentou uma desaceleração no crescimento de vendas no conceito mesmas lojas, pressionado principalmente pela queda na inflação de alimentos. Já a operação de Varejo manteve um patamar de crescimento sólido;
  • Atacarejo: A bandeira Atacadão apresentou crescimento de vendas no conceito mesmas lojas de +1,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, uma desaceleração significativa em relação ao crescimento de +7,2% reportado na primeira metade do ano. Esse desempenho reflete a queda na inflação de alimentos observada desde junho e um cenário macroeconômico ainda desafiador;
  • Carrefour Varejo: A operação de Varejo apresentou forte crescimento de vendas no conceito mesmas lojas de +8,8% nesse trimestre (+6,7% excluindo e-commerce), uma  aceleração em relação ao crescimento de +7,1% (+3,8% excluindo e-commerce) observado na primeira metade do ano. De acordo com a empresa, esse desempenho se deu principalmente  em função do sólido crescimento da operação online (crescimento de vendas totais de +44% A/A), além de outras iniciativas como a estratégia de reposicionamento de preços nos hipermercados;
  • Nossa visão: O desempenho de vendas do trimestre confirma a nossa visão sobre os resultados de curto prazo da empresa, que devem continuar pressionados pela desaceleração da inflação de alimentos, principalmente na operação de Atacarejo (70% da receita da operação alimentar do Carrefour versus 50% para o GPA). Dessa forma, apesar da recente queda das ações (-14% desde o início de agosto), vemos o múltiplo atual de 16,4x P/L para 2020 (15x para GPA) como justo. Assim, mantemos nossa recomendação de Neutro para as ações do Carrefour Brasil (CRFB3).

Vale (VALE3): Operações no Complexo de Itabira suspensas temporariamente; Estimativa de produção para 2020 e 2021 segue inalterada  

  • A Vale informou ontem que suspendeu temporariamente, por decisão própria, as operações na barragem de Itabiruçu (MG), enquanto conduz avaliações sobre a segurança do local. A investigação ocorrerá durante os próximos 30 dias. A Declaração de Condição de Estabilidade (“DCE”) da barragem, emitida em 30 de setembro, permanece válida e a população da região não terá que ser evacuada;
  • Quanto ao impacto na produção, a Vale estima ser de 1,2mt em 2019, sem alteração nas estimativas de 2020, dado que o plano de produção para esse ano já previa a paralisação momentânea dessa barragem. Isso posto, o plano divulgado anteriormente segue mantido, com ~30mt a serem recuperadas em 2020 e ~25mt em 2021;  
  • Para 2019, a Vale reafirmou sua estimativa de vendas de minério de ferro e pelotas de 307-332mt. No entanto, em função da paralisação de Itabiruçu e pela revisão do seu plano de vendas, a empresa espera que as vendas se situem entre o limite inferior e o centro da faixa (vs. centro da faixa anteriormente). Mantemos nossa recomendação de Compra.

Frigoríficos: Ministra da Agricultura se reune com autoridades sanitárias da China

  • A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, iniciou ontem sua agenda de compromissos na China, principal destino das exportações brasileiras do agronegócio. É a segunda visita da ministra ao país asiático neste ano e a expectativa é que número de frigoríficos habitados a exportar ao país asiático aumente;
  • Vale lembrar que, depois da visita da ministra em maio, a China anunciou a habilitação de 25 plantas do Brasil. Com isso, o número de unidades habilitadas a vender carnes para os chineses passou de 64 para 89. Dentre elas, 2 foram da Marfrig (ambas de bovinos) e outras 2 da BRF (uma de frango e outra de suínos);
  • Segundo o ministério, Tereza Cristina já se reuniu com o ministro Ni Yuefeng, administrador-geral do serviço alfandegário chinês. As conversas giraram em torno da ampliação do número de produtos do setor exportados pelo Brasil à China e terão continuidade hoje. A delegação liderada pela ministra irá se juntar à comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que chegará a Pequim na sexta-feira, e a ministra retornará ao Brasil no dia 26 de outubro;
  • A potencial habilitação de mais plantas para exportar para a China é vista com bons olhos e, se confirmada, representa um avanço positivo para o setor. Reiteramos nossa visão positiva para os frigoríficos.

Renda Fixa

São Martinho deverá ter injeção de R$40 milhões com venda de energia

  • De acordo com o Valor Econômico, a São Martinho espera incremento de R$40 a 50 milhões ao seu EBIT (lucro antes de juros e impostos) com o contrato de longo prazo de venda de energia no leilão A-6. Outras cinco empresas sucroalcooleiras também fecharam contratos nesse leilão;
  • A expectativa de injeção ao EBIT se refere às operações de cogeração, atualmente em R$200 milhões de receita líquida e R$130 milhões de EBIT por safra, e será equivalente ao crescimento da capacidade de geração, que passará do atual 1 gigawatt-hora (GWh) ao ano para 1,2 GWh quando o projeto estiver concluído;
  • O investimento para aumento de capacidade será de cerca de R$320 milhões e a receita fixa anual com a venda de energia será de R$36,5 milhões a partir de 2025, por 25 anos. Estimamos que a empresa possua capacidade suficiente para realizar os investimentos necessários, uma vez que é forte geradora de caixa, e acreditamos que a notícia seja positiva para a empresa.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.