Impasse sobre orçamento chega à terceira semana consecutiva

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Clique para ouvir

IBOVESPA -0,5% | 117.670 Pontos

CÂMBIO 2.0% | 5,68/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa terminou a semana em alta de 2,1% aos 117.670 pontos e chegou a atingir, na quinta-feira (8), o seu maior patamar desde fevereiro. O movimento seguiu o desempenho positivo dos mercados globais, impulsionados pela ata da última reunião do Federal Reserve: o banco central americano reiterou que a política monetária do país seguirá frouxa por algum tempo. No cenário local, o mercado continuou a acompanhar as discussões em torno do Orçamento de 2021 – o presidente Bolsonaro disse que o Executivo o Congresso estão próximos de um acordo, enquanto a equipe econômica do governo insiste na necessidade do veto do presidente. 

Nesta manhã, mercados globais recuam (EUA e Europa -0,2%) após 20º fechamento recorde do S&P 500 na sexta-feira. Investidores estariam se preparando para o início da temporada norte-americana de resultados, que começa essa semana com a divulgação dos balanços do primeiro trimestre de grandes bancos dos EUA e deve trazer visibilidade das condições financeiras das empresas, bem como do ritmo da recuperação econômica no país.

Ainda do lado internacional, destaque para a retomada das atividades do Congresso americano após duas semanas. Espera-se que agora seja dado início às negociações pelo pacote de infraestrutura de USD 2.25 trilhões, prioridade na agenda democrata. Apesar de apoiadores de Biden manifestarem interesse em obter apoio republicano, eles não descartariam a possibilidade do projeto avançar via reconciliation, manobra que permite evitar sua obstrução no Senado: diante da forte resistência democrata, acreditamos que o pacote deve avançar dessa maneira.

No Brasil, dados de atividade são o destaque, em meio às incertezas do orçamento de 2021, cujo impasse chega à terceira semana consecutiva. Conforme destacado pelo noticiário econômico, o consenso parece apontar para um veto parcial do presidente ao orçamento, mas as incertezas permanecem. Em termos de indicadores econômicos, a agenda de divulgação inclui vendas no varejo de fevereiro na terça-feira e produção do setor de serviços quinta-feira.

No campo da política, também sob os holofotes está a instalação da CPI para apurar as responsabilidades do governo federal no combate à pandemia. O clima da semana começa contaminado depois do senador Jorge Kajuru divulgar telefonema em que o presidente Jair Bolsonaro teria dito ter receio de um “relatório sacana”, pediria pressão por impeachment de ministros do Supremo e ainda requisitaria a inclusão de estados e municípios no escopo da CPI.

Do lado das empresas, a Rede D’Or anunciou a assinatura de um memorando de entendimentos vinculante para a aquisição de 51% do Hospital Nossa Senhora das Neves, marcando sua entrada no mercado de João Pessoa, na Paraíba. Esta é a segunda aquisição realizada pela empresa em menos de sete dias e, novamente, com múltiplos atrativos e espaço para expansão e crescimento orgânico. Em nossa opinião, a notícia é positiva, pois confirma um dos pilares da nossa tese de investimento para a empresa – o crescimento inorgânico. Portanto, reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$85/ação.

Por fim, a Vale anunciou que a Samarco ajuizou um pedido de recuperação judicial, mas que isso não deve impactar o cumprimento dos compromissos de reparação assumidos em função do rompimento da barragem de Fundão. É importante destacar que a reparação de Mariana já está no balanço da Vale, tendo provisões de US$2,1 bilhões referentes aos acordos da Samarco & Fundação Renova. Nós assumimos que a Vale vai entregar o guidance de produção para os próximos anos e, portanto, não mudamos nossas estimativas: seguimos com recomendação de Compra para a Vale, com preço-alvo de R$122/ação.

Tópicos do dia

Acesse aqui o relatório internacional
Acesse aqui o gráfico da semana

Economia

  1. As pressões inflacionárias globais continuam, lideradas pelos custos de produção. No Brasil, dados de atividade são o destaque desta semana, em meio às incertezas do orçamento de 2021

Política

  1. Impasse sobre orçamento chega à terceira semana consecutiva; Senado deve dar primeiro passo para instalação da CPI sobre ação do governo contra a pandemia
  2. Política internacional: Congresso americano retoma atividades e deve dar prioridade ao pacote de infraestrutura

Empresas

  1. Petrobras (PETR4): Anuncia redução de -3,3% nos preços do diesel
  2. Rede D’Or São Luiz (RDOR3): Segunda aquisição em 1 semana, impressionante
  3. Vale (VALE3): Samarco entra com pedido de recuperação judicial
  4. Petrobras (PETR4): Assembleia extraordinária para definir novo conselho de administração ocorre hoje
  5. Petrobras (PETR4): Acordo com a União sobre cessão onerosa nos campos de Sépia e Atapu é assinado
  6. B3 (B3SA3): B3 finalizou a venda da totalidade de sua participação na Bolsa Mexicana de Valores
  7. Bancos: Samarco Pede Recuperação Judicial

ESG

  1. Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 12/04

Veja todos os detalhes

Economia

As pressões inflacionárias globais continuam, lideradas pelos custos de produção. No Brasil, dados de atividade são o destaque desta semana, em meio às incertezas do orçamento de 2021

  • Os preços ao produtor continuam subindo nas principais economias, sugerindo pressões inflacionárias ao consumidor adiante. O PPI dos EUA subiu 4,2% em março (acumulado em 12 meses) de 2,8% em fevereiro; enquanto o PPI da China atingiu 4,4%, ante 1,7% no mês anterior. A aceleração foi provocada pela alta dos preços das commodities, principalmente energia e metais, que aumentam os custos de produção. Até agora, a maioria dos bancos centrais está tratando esse movimento como um choque temporário relacionado à Covid;
  • As vendas no varejo na Zona do Euro aumentaram 3,0% em fevereiro ante janeiro, acima das expectativas (1,7%). É mais um sinal de que a segunda onda da Covid teve um efeito moderado na atividade econômica da região;
  • No Brasil, o noticiário econômico do fim de semana manteve o foco nos efeitos recessivos da Pandemia e na crise orçamentária de 2021. Sobre este último, o consenso parece apontar para um veto parcial do presidente, mas as incertezas permanecem;
  • Em seminário organizado pela XP Investimentos na sexta-feira, o Banco Central Roberto Campos Neto reforçou a projeção de alta de 0,75pp na próxima reunião do Copom, como parte de uma normalização parcial das condições monetárias, a menos que algo muito diferente ocorra;
  • Os destaques da semana são as vendas no varejo de fevereiro (terça-feira) e a produção do setor de serviços (quinta-feira).

Política

Impasse sobre orçamento chega à terceira semana consecutiva; Senado deve dar primeiro passo para instalação da CPI sobre ação do governo contra a pandemia

  • Na política, o foco se mantém nas negociações para a sanção ou veto do Orçamento, pela terceira semana consecutiva. As consultorias da Câmara e do Senado apresentaram pareceres que respaldam a tese da cúpula do Congresso de que não há risco para o presidente Jair Bolsonaro em sancionar a Lei Orçamentária sem vetos, fazendo as correções necessárias. A tese contraria o entendimento do Ministério da Economia, que vê necessidade de vetos. As discussões tendem a ser retomadas hoje;
  • Também sob os holofotes está a instalação da CPI para apurar as responsabilidades do governo federal no combate à pandemia. O clima da semana começa contaminado depois de o senador Jorge Kajuru divulgar telefonema em que o presidente Jair Bolsonaro diz ter receio de um “relatório sacana”, pede pressão por impeachment de ministros do Supremo e a inclusão de estados e municípios no escopo da CPI.

Política internacional: Congresso americano retoma atividades e deve dar prioridade ao pacote de infraestrutura

  • O Congresso americano retoma atividades após duas semanas e deve dar início às negociações pelo pacote de infraestrutura de USD 2.25 trilhões, prioridade na agenda democrata. Apesar de correligionários de Biden manifestarem interesse em obter apoio republicano, não descartam a possibilidade do projeto avançar via reconciliation, manobra que permite evitar o filibuster no Senado. Diante da forte resistência democrata, acreditamos que o pacote deve avançar dessa maneira;
  • Ainda sobre o pacote, a Casa Branca deve busca apoio do empresariado em reunião com lideres do setor privado sobre semicondutores nesta segunda-feira (12);
  • A reunião também deve abordar a estratégia da Casa Branca para relações comercias com a China, uma vez que o secretário do Estado alertou ao risco da política mais agressiva de Beijing para Taiwan, principal produtor mundial de semicondutores. O Mar Meridional da China e as Olimpíadas de Inverno de 2022 (também geram tensões entre as nações;
  • Na Europa, a disputa pela sucessão de Angela Merkel na Alemanha se acelera com disputa interna que pode gerar tensões entre os partidos de sua coalizão. E a UE e Reino Unido se aproximam de acordo sobre regras comerciais para Irlanda do Norte após quase duas semanas de protestos violentos impulsionados pelo Brexit.

Empresas

Petrobras (PETR4): Anuncia redução de -3,3% nos preços do diesel

  • Petrobras anunciou na última sexta-feira uma redução nos preços do diesel a partir de 10 de abril de 2021. Em relação à gasolina, os preços ficaram inalterados. Para resumir o anúncio: (i) Diesel: novos preços na refinaria de R$ 2,66/litro, o que se traduz em uma redução de -3,3% em relação aos níveis anteriores de preços (ou R$0,08/litro) e (ii) Gasolina: preços inalterados, permanecem R$ 2,60/litro na refinaria;
  • Embora o ajuste do preço do diesel pela Petrobras esteja em linha com a mudança nos preços de petróleo em reais (tipo Brent) desde o último reajuste de preço de combustíveis em 25/03, vemos como negativa a manutenção de uma defasagem em relação aos níveis de paridade de importação. Continuamos a enxergar riscos para o pleno funcionamento da política de preços da Petrobras em um cenário de preços de petróleo mais elevados e cenário de real mais depreciado, uma vez que a companhia implementa reduções de preços em uma velocidade mais rápida do que no caso dos aumentos. Isso por sua vez pode acarretar uma correlação menor da performance das ações com os preços de petróleo em ciclos positivos para a commodity;
  • No nosso relatório completo (link), analisamos os atuais níveis de preços de combustíveis praticados pela Petrobras, bem como apresentamos análise de potenciais impactos para as ações em diferentes cenários de câmbio e preços de petróleo. Mantemos recomendação de Venda nas ações da Petrobras, com preços-alvo de 12 meses de R$24/ação para PETR4 e PETR3.

Rede D’Or São Luiz (RDOR3): Segunda aquisição em 1 semana, impressionante

  • A Rede D’Or anunciou a assinatura de um memorando de entendimentos vinculante para aquisição de 51% do Hospital Nossa Senhora das Neves S.A. (“HNSN”), que tem como subsidiárias: Clim Hospital Geral, Luppa Laboratórios, Unigastro e Neves Medicina Diagnóstico;
  • HNSN e Clim possuem 235 leitos em João Pessoa (PA). A receita e o EBITDA esperados para os próximos 12 meses após o fechamento da aquisição serão de R$320M e R$70M respectivamente, portanto, com um alto nível de margem em 22%;
  • O valor da empresa (em inglês enterprise value – “EV”) da HNSN é de R$550M, o que implica em uma avaliação EV/Leito de R$2,3M (em comparação com ~R$3,5M que consideramos em nosso modelo para aquisições), ou um EV/EBITDA implícito de 7,9x (em comparação com o EV/EBITDA21e atual de RDOR3 de 24,6x);
  • A Rede D’Or ainda pode adicionar até 400 novos leitos com uma expansão brownfield na área;
  • A transação está pendente de aprovação do CADE (Órgão Antitruste), bem como do processo de diligência e assinatura de documentos definitivos;
  • Em nossa opinião, a notícia é positiva, pois confirma um dos pilares da nossa tese de investimento para a empresa – o crescimento inorgânico. Reiteramos nossa recomendação de Compra e preço alvo de R$85/ação.

Vale (VALE3): Samarco entra com pedido de recuperação judicial

  • Em Fato Relevante publicado na última sexta-feira (9), a Vale anunciou que a Samarco ajuizou um pedido de recuperação judicial (RJ). Segundo a companhia, a medida busca evitar que ações judiciais movidas por credores e em curso contra a empresa afetem as operações da Samarco, que foram reiniciadas em dezembro de 2020 depois de cinco anos de paralisação. A Samarco possui duas ações judiciais de credores no Brasil, no valor de US$ 325 milhões, e ações movidas nos EUA com relação aos títulos de dívida com vencimento em 2022, 2023 e 2024;
  • De acordo com a Vale, a motivação para o pedido de recuperação judicial é de preservar a recente retomada operacional, os empregos e o cumprimento das suas obrigações socioambientais;
  • Para mais informações, acesso o nosso relatório completo.

Petrobras (PETR4): Assembleia extraordinária para definir novo conselho de administração ocorre hoje

  • Nesta segunda-feira (12) está marcado para ocorrer, a partir das 15hrs, a assembleia extraordinária (AGE) que definirá o novo conselho de administração da Petrobras. Na pauta, está a aprovação do nome do general do Exército Joaquim Silva e Luna para assumir um assento no conselho de administração e, em seguida, a presidência da estatal, no lugar do Sr. Roberto Castello Branco;
  • Além do presidente, os acionistas devem eleger ao menos sete membros, com mandatos até 2023. Nessa disputa, concorrem oito nomes apresentados pela União e quatro indicados pelos minoritários, que recorreram ao voto múltiplo – mecanismo que, na prática, permite aos acionistas votarem em nomes alternativos à chapa do governo;
  • A União indicou oito nomes, além do Sr. Silva e Luna, Eduardo Bacellar Leal Ferreira, atual presidente do colegiado; Ruy Flaks Schneider (a pedido do Ministério de Minas e Energia); – os executivos do setor de petróleo e gás Márcio Weber e Murilo Marroquim; a administradora de empresas Sonia Vilallobos (a pedido do Ministério da Economia); a engenheira elétrica Cynthia Silveira, ex-funcionária da petrolífera Total; e a advogada especialista em Recursos Humanos e Governança Ana Silvia Matte. Já os minoritários propuseram a eleição do banqueiro Juca Abdalla, dos advogados Leonardo Antonelli e Marcelo Gasparino; e de Pedro Rodrigues Galvão de Medeiros;
  • Segundo o Valor Econômico, os resultados parciais mostram que os votos estão dispersos e que investidores poderão ter mais dificuldades na tentativa de aumentar a representatividade no colegiado.

Petrobras (PETR4): Acordo com a União sobre cessão onerosa nos campos de Sépia e Atapu é assinado

  • Na última sexta-feira (09) a Petrobras informou, via fato relevante, que seu Conselho de Administração aprovou a assinatura de um acordo com a União, que estabelece as participações e o valor de compensação à Petrobras no caso de licitação dos volumes excedentes da Cessão Onerosa nos campos de Sépia e Atapu, na Bahia de Santos. Os destaques do acordo são: (i) pelo campo de Atapu, a Petrobras receberá US$ 3,25 bilhões, e pelo campo de Sépia, a compensação líquida firme será de US$ 3,2 bilhões; (ii) em Atapu, a participação do contrato de cessão onerosa (Petrobras) será de 39,5%, enquanto a de partilha (novo contratante) será de 60,5%. Em Sépia, os percentuais são de 31,3% e 68,7%, respectivamente;
  • Segundo o mesmo documento, os valores de compensação acertados com a Pré-sal Petróleo S.A. PPSA, qualificada como representante pela União, ainda seriam acrescidos de complemento (earn out), devido entre 2022 e 2032, que será exigível a partir do último dia útil do mês de janeiro do ano seguinte àquele em que o preço do petróleo tipo Brent atingir média anual superior a US$ 40 por barril limitado a US$ 70/barril. Tais complementos tem carência de 1 ano para pagamento da 1ª parcela do earn out, de 2023 para 2024, corrigida à taxa de 8,99% a.a.;
  • O contrato de cessão onerosa incluiu o exercício de atividades de exploração e produção nas áreas de Sépia e Atapu, em volume de produção limitado a 500 milhões de barris de óleo equivalente (boe) em Sépia e 550 milhões de boe em Atapu. Em 2019, diante da ausência de ofertas na licitação em regime de partilha dos volumes excedentes ao contrato de cessão onerosa das áreas de Sépia e Atapu, a Petrobras e a União, negociaram condições mais competitivas à concretização de nova licitação das áreas;
  • Apesar de não haver efeitos positivos no curto prazo, acreditamos que o mercado reagirá positivamente às notícias referentes à compensação dos campos de Sépia e Atapu, quando e se tais blocos forem licitados. Na nossa visão, é mais importante monitorar o desfecho do acordo de coparticipação que ainda deverá ser anunciado entre Petrobras e as empresas parceiras com a qual a companhia arrematou o bloco de Búzios da Cessão Onerosa, em Novembro de 2019 (consórcio vencedor foi composto de 90% de participação da Petrobras, 5% da CNOOC Petroleum e 5% da CNOOC Brasil). Temos recomendação de venda nas ações da Petrobras, com preço-alvo de R$24/ação para PETR4 e PETR3. 

B3 (B3SA3): B3 finalizou a venda da totalidade de sua participação na Bolsa Mexicana de Valores

  • Na sexta-feira passada, o B3 anunciou que havia finalizado a venda da totalidade de sua participação na Bolsa Mexicana de Valores (BMV);
  • A participação era de 4,1% do capital total da BMV e foi avaliada em R$194 milhões nas demonstrações financeiras da Empresa em 31 de dezembro de 2020;
  • Vemos isso como positivo, dado que agora a B3 será capaz de se concentrar em seu negócio local e desenvolver novas oportunidades.

Bancos: Samarco Pede Recuperação Judicial

  • A Vale e a BHP anunciaram na última sexta-feira que a Samarco, uma joint venture igualmente controlada pela Vale e pela BHP com 50% de participação cada uma, entrou com o processo de recuperação judicial no Brasil;
  • Nossa primeira leitura é negativa, mas o impacto parece limitado porque: i) a dívida não deve ter concentração em bancos, muito menos concentrada em um único banco; ii) os fundos de dívidas emergenciais deveriam ser os principais detentores; iii) tais empréstimos já deveriam ter sido provisionados; e iv) mesmo que parcialmente não provisionado, acreditamos que as provisões para perdas com empréstimos dos bancos poderiam lidar com tal evento sem impacto significativo nos lucros;
  • Os bancos estão fortemente provisionados, caso estejamos errados. Mesmo se enganados, acreditamos que os bancos poderiam lidar com tal evento com facilidade, visto que players como o Bradesco têm 4x mais reservas de provisão do que saldo inadimplência. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Notícias Diárias do Setor Financeiro

  • Acesse este relatório com notícias do setor financeiro que complementam nossos comentários publicados no Morning Call, mas que não consideramos relevantes o suficiente para serem analisadas. Aqui você encontra o título com o link para a fonte original da notícia, além de uma breve descrição do conteúdo;
  • Clique aqui para acessar o relatório.

ESG

Café com ESG: Conteúdos diários que transformam | 12/04

  • Neste relatório diário publicado todas as manhãs pelo time ESG do Research da XP, buscamos trazer as últimas notícias para que você comece o dia bem informado e fique por dentro do que o Brasil e o mundo fala sobre um tema que tem ficado cada vez mais relevante: ESG – do termo em inglês Environmental, Social and Governance ou, em português, ASG – Ambiental, Social e Governança;
  • Quais tópicos abordamos ao longo do conteúdo? (i) Notícias no Brasil e no mundo acerca do tema ESG; (ii) Performance dos principais índices ESG em diferentes países; (iii) Comparativo da performance histórica do Ibovespa vs. ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial, da B3); e (iv) Lista com os últimos relatórios publicados pelo Research ESG da XP;
  • Por que essas informações são importantes? Porque elas indicam os temas dentro da agenda ESG que estão sendo cada vez mais monitoradas por parte dos investidores e das empresas, e podem impactar os preços das ações de diferentes companhias. Clique aqui para acessar o relatório e começar o dia bem informado com as principais notícias ao redor do Brasil e do mundo quando o tema é ESG.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.