Lives XP (13/5): Os desafios do setor de Propriedades Comerciais e a transformação digital na crise

Assista ao vivo nesta página às transmissões do dia


Compartilhar:


A programação ao vivo da XP desta quarta-feira (13) destacou um tema que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo: a transformação digital.

Na crise do coronavírus, a tecnologia ganhou ainda mais relevância e os negócios tiveram que se adaptar mais rápido. Esse foi o assunto discutido com grandes personalidades que abarcam o tema.

Veja também uma análise detalhada do setor de Propriedades Comerciais com os principais players brasileiros.


Confira a programação completa e assista às lives nesta página


Assista à Live de 18h30

Transformação digital nos negócios durante e após a Covid-19

Com Rafael Furlanetti, sócio e diretor da XP

Os convidados para discutir o assunto na Live são: Geraldo Thomaz, fundador e co-CEO da VTEX, Simone Okudi, CIO da Black & Decker Paula Cardoso, Carrefour eBusiness Brasil (CeBB)

Assista à Live de 17h

Properties: os aprendizados da crise atual e as tendências para o setor no longo prazo

Com Pedro Daltro , Maximo Lima e André Freitas

Pedro Daltro, CEO da CCP, Maximo Lima, CEO da HSI, e André Freitas, CEO da Hedge Investments, debatem os caminhos e perspectivas para o setor de Propriedades Comerciais.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM