Radar Imobiliário XP #36

Confira as principais notícias do segmento e Fatos Relevantes dos Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em queda marginal de -0,2%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos lajes corporativas e recebíveis. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -0,15%, o XPFT de -0,29% e XPFP de -0,10%.

No Brasil, na agenda de indicadores econômicos, foi divulgado essa semana o IPCA referente ao mês de agosto, que apresentou alta de 0,87%, ficando acima das expectativas do consenso de mercado. O indicador foi puxado pela alta dos preços de alimentos e bebidas, que acelerou de 0,60% em julho para 1,39% em agosto. O resultado ficou acima do teto dos intervalos das projeções e com isso, em 12 meses acumula alta de 9,68% ante 8,99% acumulados até julho. Os economistas da XP revisaram nossa projeção para o IPCA de 2021 de 7,7% para 8,4%. A pior dinâmica da inflação pressiona a política monetária. Com isso, os mercados estão discutindo a possibilidade de o Banco Central acelerar o ritmo de alta da Selic, para acima de 1p.p. por reunião.

Na política, a semana foi marcada pelas manifestações de 7 de setembro. Após o clima pesado entre os Poderes gerado pela fala do presidente Bolsonaro, o mesmo, escreveu nota ao Supremo Tribunal Federal pedindo uma relação harmônica entre Executivo, Legislativo, Judiciário. A sinalização ajudou a amenizar as tensões do mercado, que vinham crescendo desde as manifestações de rua de 7 de setembro.

Por fim, no âmbito dos fundos imobiliários ainda permanecem em pauta discussões relacionadas à retomada aos escritórios. O assunto tem se tornado mais presente à medida que o número de novas infecções vem demonstrando arrefecimento nos últimos meses. No entanto, os mercados externos, China e Estados Unidos, vivem um cenário de aumento das infecções pela variante Delta, dificultando o processo de retomada aos escritórios.

Sexta-Feira | Dia 10/09

Microsoft adia data reabertura de escritórios nos EUA (MoneyTimes)

IPCA maior puxa projeções do ano para além dos 8% (Valor)

A renda em contratos atípicos dos fundos imobiliários (Valor)

Empresas fazem ‘retrofit’ de escritórios para o novo normal pós-pandemia (Estadão)

Panorama Mensal de FIIs e FIPs-IE | Setembro 2021 (Expert XP)

PATL11 – Positivo: O Fundo celebrou a Escritura Pública de Compra e Venda do imóvel logístico localizado Jundiaí 2, pelo valor de R$ 24.504.158,89. O valor será pago em duas parcelas – a primeira, de R$ 12.289.040,08 foi paga no ato da Escritura, enquanto a segunda, de R$ 12.215.118,81 deverá ser paga ao vendedor no prazo de 3 (três) meses, contados a partir desta data.

RECT11 – Positivo: Foi deliberada, no âmbito da securitização do saldo devedor referente à aquisição à prazo do Edifício Barra da Tijuca, a concessão ao Fundo de carência para o pagamento das parcelas de juros e amortização de principal dos CRI pelo período de 12 meses, a partir de 11 de setembro de 2021, inclusive. Esta negociação trará um impacto positivo no resultado caixa mensal, durante o Período da Carência, equivalente a aproximadamente R$ 0,09 por cota por mês.

Quinta-Feira | Dia 09/09

IPCA de agosto desacelera a 0,7% e chega a 9,5% em 12 meses, estimam economistas (Valor)

Bradesco: Nível de inflação atual do Brasil é constrangedor, afirma economista-chefe (Valor)

Brasil já é o quinto país no mundo com maior número de construções ESG (Estadão)

FIIs na Previdência: é um bom investimento? (Expert XP)

Trilogia Matrix (1/3): FIIs são Renda Fixa (Pílula azul) ou Renda Variável (Pílula vermelha)? (Expert XP)

RBCO11 – Negativo: Foi protocolada a petição concordando com do parcelamento legal requerido pelo locatário do setor de tecnologia do Ed. Rachid Saliba, reconhecendo o total do saldo devedor até o mês de competência Ago/21, inclusas todas as penalidades previstas em contrato. O parcelamento prevê o recebimento de 30% do saldo devedor à vista, e o restante em seis parcelas iguais com correção monetária e juros de 1% ao mês. Conforme regrado em contrato, o locatário perde o direito ao desconto de 50% no valor locatício que vigoraria até Dez/21, passando a pagar o valor integral a partir de Set/21.

Quarta-Feira | Dia 08/09

Focus: Mercado vê PIB menor e inflação mais alta no fim de 2021 (Valor)

Home office muda economia dos EUA (Estadão)

Vendas nos shoppings terminam julho 10,9% abaixo do nível pré-pandemia (Estadão)

Brasil vive boom recorde de galpões logísticos (O Globo)

PVBI11 – Informativo:  O fundo informou encerramento do período de exercício do direito de subscrição de sobras e montante adicional na B3, com o início do período de subscrição para investidores iniciado em 02 de setembro de 2021, no âmbito da oferta pública das cotas da 2ª emissão do Fundo, realizada nos termos da Instrução CVM nº 476.

Segunda-Feira | Dia 06/09

As expectativas do mercado imobiliário (Estadão)

Fundos imobiliários mais baratos: é hora de investir ou é melhor esperar? (Uol)

Flexibilidade é o novo normal nos escritórios (Valor)

Reunião no escritório e buscar filhos na escola: trabalhadores querem flexibilidade no pós-pandemia (Folha de S.Paulo)

Locação de escritórios começa a reaquecer após o pior período de pandemia, diz Martín Jaco (Valor)

HGLG11 – Positivo: O fundo informa aos cotistas e ao mercado em geral que foi firmado o 1ª Aditamento ao Instrumento Particular de Compromisso de Venda e Compra de Imóvel e Outras Avenças por meio do qual pactuou novas condições financeiras para a aquisição do imóvel logístico multiusuário com área bruta locável de 79.642 m² e 100% locado para empresas de grande e médio porte, conforme abaixo especificadas, localizado na cidade de São Carlos. As alterações do CVC têm como objetivo incluir uma operação de securitização, condicionada ao cumprimento das condições precedentes. Com isso, o objetivo do Fundo é concluir a aquisição do Imóvel com a referida operação, sendo possível conclui-la caso não seja possível realizar a securitização. O preço de aquisição do Imóvel passou a ser R$ 180 milhões, equivalente a R$ 2.260,11 por metro quadrado, cujo pagamento será dividido em 3 etapas.

RBVA11 – Positivo: O Fundo assinou uma Proposta de Aquisição para alienação do imóvel Bonsucesso, locado para a Caixa Econômica Federal. Vale destacar que a efetiva alienação do Imóvel se dará assim que concluídas algumas condições precedentes. O Imóvel de Bonsucesso possui contrato de locação atípico vigente até agosto/2023. A alienação será realizada acima do custo de aquisição e 45,9% acima do valor de laudo de avaliação, elaborado em dezembro de 2020. A operação deverá gerar um ganho de capital para os Cotistas de aproximadamente R$ 1,1 milhão, ou R$ 0,10/cota.

Últimos Relatórios

Como a Proposta da Reforma Tributária Impacta os FIIs

1 Ano de Pandemia: Segmentos mais impactados em FIIs

Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Setembro de 2021

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.