Radar Imobiliário XP #22

Confira os principais acontecimentos de Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em alta de 0,57%, impulsionado positivamente principalmente pelos fundos de ativos logísticos e negativamente pelos fundos de fundos. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de 0,55%, o XPFT de 0,88% e XPFP de -0,04%.

No Brasil, o destaque no cenário político desta semana foi a aprovação pelo Congresso de cinco projetos de lei que recompõem despesas obrigatórias e remanejam recursos do Orçamento de 2021, encerrando o impasse sobre a matéria que se arrastava desde sua aprovação, no final de março.

Na seara econômica, foi divulgado essa semana o PIB do 1T21, que apresentou crescimento de 1,2%, ficando acima das expectativas de mercado, confirmando o desempenho sólido da atividade econômica no período recente. Desse modo, o nosso time de economia revisou suas projeções para o ano de 2021, com expectativa de crescimento do PIB em 5,2%, e a inflação anual do IPCA em 6,2%.

No âmbito dos fundos imobiliários, recentemente publicamos a carteira recomendada do mês de junho. Optamos em manter o caráter mais defensivo da carteira, preservando a distribuição das alocações como anteriormente, com maior exposição em Recebíveis (37,5%), Logística (35,0%), Híbridos (17,5%) e Lajes Corporativas (10,0%). Substituímos apenas o percentual alocado em PATL11 (10%) por BRCO11, retendo mesmo percentual. Acesse aqui o relatório completo.


Sexta-Feira | Dia 04/06

Indústria de fundos imobiliários amplia oferta de produtos com salto de investidores na pandemia (Valor)

A performance dos investimentos no mercado imobiliário (Estadão)

RBVA11 – Positivo: O Fundo assinou Instrumento Particular de Promessa de Cessão e Transferência de Direitos Aquisitivos e Possessórios sobre Imóvel para alienação do imóvel localizado em Itaquaquecetuba/SP e locado para a Caixa Econômica Federal. O Imóvel possui contrato de locação atípico, na modalidade “Sale and Lease Back” vigente até novembro/2022. A alienação será realizada acima do custo de aquisição e acima do valor de laudo de avaliação, elaborado em dezembro de 2020. A operação deverá gerar um ganho de capital para os Cotistas de aproximadamente R$ 3,4 milhões, ou R$ 0,30/cota. A efetiva alienação do Imóvel se dará assim que concluídas algumas condições precedentes.

MCCI11 – Informativo: O fundo informa que foi disponibilizado o Ato do Administrador para Aprovação da Oferta Primária de Cotas da 5ªEmissão do Fundo de Investimento Imobiliário Mauá Capital Recebíveis Imobiliários – FII.

ALZR11 – Informativo: Os Cotistas aprovaram a realização da 4ª emissão de cotas do Fundo, todas nominativas e escriturais, em série e classe únicas, as quais serão objeto de oferta pública de distribuição primária a ser realizada.

Quarta-Feira | Dia 02/06

A tributação em fundos imobiliários (FIIs) (Valor)

Fundos imobiliários: carteira de junho da XP tem mudança entre ativos de logística (MoneyTimes)

RCRB11 – Positivo: Foi concluída, nesta data, a lavratura da Escritura Pública de Venda e Compra de Imóveis e efetiva alienação do 20º andar do Edifício Cetenco Plaza, localizado na Av. Paulista, 1.842, em São Paulo/SP, com área BOMA de 1.152,12 m², pelo valor total de aquisição de R$ 17,3 milhões. Com a venda do Imóvel, o Fundo gerou ganho de capital na ordem de R$ 4.998.604,63, equivalente a R$ 1,35/cota.

PVBI11 – Positivo: Em complemento ao Fato Relevante publicado no dia 20 de abril de 2021 (clique aqui), foi realizado pelo Fundo na data de hoje, o pagamento da Primeira Parcela referente à aquisição do Ativo Union Faria Lima. O pagamento da Primeira Parcela estava sujeito à superação pelo vendedor de certas condições suspensivas do Instrumento Particular de Promessa de Venda e Compra de Imóvel, que foram devidamente cumpridas. O saldo remanescente será pago em 2 parcelas: 20% do valor total da transação será pago em janeiro de 2022; 40% do valor da transação será pago após a emissão do Habite-se, prevista para outubro de 2023. De acordo com as estimativas dos gestores, o pagamento da Primeira Parcela representa um incremento na receita imobiliária inicial de R$ 0,04 por cota.

PATC11 – Positivo: O fundo realizou o pagamento da segunda e última parcela para aquisição do 20º andar (1.152 m² de área BOMA) do Edifício Cetenco Plaza, imóvel classe A localizado na Av. Paulista, 1.842, conforme acordado entre as partes no Compromisso de Compra e Venda. Desta forma, o fundo desembolsou R$ 13.840.000,00, correspondentes a 80% do valor de aquisição do ativo, além dos custos e impostos envolvidos na transação. Concomitantemente ao pagamento, foi assinada também a Escritura de Compra e Venda do imóvel.

HGRU11 – Informativo: A administradora do fundo vem esclarecer detalhes sobre o último fato relevante.As partes da transação são o Fundo, na condição de comprador, e o Makro Atacadista S.A. na condição de vendedor; Os Imóveis, conforme definidos no Fato Relevante Original, não são operados pelo Makro e estão locados para terceiros, também varejistas de grande porte com atuação nacional; – Os Imóveis objeto do CVC assinado com o Fundo, conforme definido no Fato Relevante Original, estão localizados nas cidades de Belo Horizonte/MG, Cambé/PR, Contagem/MG, João Pessoa/PB, Juiz de Fora/MG, Natal/RN, São Carlos/SP, Uberaba/MG, Uberlândia/MG e Vitória/ES. Até a conclusão do negócio, o Makro e o Fundo continuarão empreendendo seus esforços para superar as condições precedentes previstas no CVC, entre elas a realização das diligências técnicas, ambientais, jurídicas e de compliance no vendedor e nos Imóveis, bem como a aprovação da transação pelo CADE.

MCCI11 – Informativo: Foi formalizado o Ato do Administrador para Aprovação da Oferta Primária de Cotas da 5ª Emissão do Fundo de Investimento Imobiliário Mauá Capital Recebíveis Imobiliários.

LVBI11 – Positivo:  O fundo celebrou Contrato de Compra e Venda e de Subscrição de Ações e Outras Avenças de forma que o Fundo tornou-se titular de ações preferencias com direito a voto que representam 70% (setenta por cento) do capital social da empresa ARATULOG ARMAZENAGEM. Aratulog é titular de direitos aquisitivos de um terreno de área total de 261.447 m², que está localizado na cidade Simões Filho, no estado da Bahia, e que possui um galpão logístico, com construção concluída em maio de 2021, e área bruta locável de 36.576 m², e um segundo galpão, em fase de construção com conclusão prevista para mês de junho de 2022, com uma área bruta locável que totalizará 63.976 m² totalizando, desta forma, 100.552 m² de área bruta locável. O valor total da operação é de R$ 196,5 milhões. A gestão espera um incremento médio mensal na receita imobiliária do Fundo de R$ 0,07 (sete centavos) por cota para os próximos 12 meses.

Terça-Feira | Dia 01/06

Para 40% dos empresários, retorno aos escritórios deve acontecer no 2º semestre (MoneyTimes)

Bom momento do mercado imobiliário (Estadão)

Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Junho de 2021 (Conteúdos XP)

RBVA11 – Positivo: O Fundo assinou Compromisso de Compra e Venda para alienação de dois ativos: i) imóvel Juiz de Fora, locado para o Banco Santander, cuja assinatura da proposta fora objeto do Fato Relevante de 09 de março de 2021; e ii) imóvel Quitaúna, localizado em Osasco/SP, locado para Caixa Econômica Federal. Seguindo esta estratégia, neste primeiro semestre já foram assinados CCVs para alienação de três ativos (Hebraica, Juiz de Fora e Quitaúna), que devem gerar resultado para o Fundo quando da conclusão de cada operação. Os gestores estimam que o ganho de capital gere impacto positivo de R$0,35 por cota.

THRA11 – Informativo: O fundo informa a seus cotistas e ao mercado que, a partir do dia 04 de junho de 2021, o serviço de escrituração das cotas do Fundo passará a ser prestado pela Nova Administradora, a HEDGE INVESTMENTS DTVM LTDA.

BLMG11 – Positivo: O fundo informa aquisição de galpão logístico localizado na cidade de Extrema, o qual se encontra atualmente locado para empresa do grupo Dafiti, em contrato atípico “Built to Suit” com vencimento em 2030. O valor total da Operação foi de R$ 272,7 milhões. A expectativa da BlueMacaw é que a aquisição do Imóvel gere impacto positivo na renda mensal do Fundo de R$ 0,05 por cota por mês.

Segunda-Feira | Dia 31/05

‘Algumas empresas estão pagando a conta de toda a economia’, diz associação de shoppings (Folha de S.Paulo)

Comunicado de Alteração – Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Junho de 2021 (Conteúdos XP)

TEPP11 – Positivo: O fundo informa a celebração de novo contrato de locação de 3 conjuntos do Edifício Passarelli, totalizando uma Área BOMA de 508,69m² pelo prazo de 5 anos, com início da vigência em 01 de junho de 2021 e término em 31 de maio de 2026. Os gestores estimam que a movimentação acima descrita impactará positivamente o Fundo no médio prazo em R$ 0,01/cota (um centavo por cota) na distribuição de rendimentos. Além de reduzir a taxa de vacância do portfólio do fundo para 18%.

Últimos Relatórios

1 Ano de Pandemia: Segmentos mais impactados em FIIs

Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários – Maio de 2021

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.