XP Expert

O papel do investidor institucional em ESG

Eliane Lustosa, Maria Netto e Filipe Borsato discutem o dever e a responsabilidade dos investidores institucionais ao tratar do assunto ESG

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

No último dia da Expert ESG, Eliane Lustosa (Conselheira, Ex-Diretora do BNDESPAR), Maria Netto (Financial Institutions Principal Specialist do IDB) e Filipe Borsato (Head de Fundos de Investimento do BNDES) debatem sobre o papel do investidor institucional nos investimentos ESG.

“Investidores Institucionais são indutores das práticas ESG”

Filipe Borsato

Filipe ressaltou a importância dos investidores institucionais no desenvolvimento de investimentos sustentáveis. O gestor lembrou que, historicamente, investidores institucionais sempre catalisaram esse tipo de iniciativa, primeiramente nos anos 1980, com os chamados investimentos totalmente responsáveis, que foram impulsionados pelos movimentos cívicos dos anos 1960 e 1970, e agora atualmente, dando proeminência à investimentos que aliem boas práticas de governança, com impactos positivos nas áreas social e ambiental.

Eliane complementa afirmando que os investidores institucionais possuem a obrigação fiduciária para com seus cotistas de alocarem seus recursos em companhias e instrumentos que possuam boas práticas ESG. Filipe adiciona dizendo que os investidores institucionais devem começar a estudar e implementar novas estratégias que adotem tais práticas. Por fim, Maria trouxe a reflexão que os fundos de investimentos devem começar a demonstrar que possuem maior acompanhamento socioambiental de seus investimentos.

As oportunidades em ESG

De acordo com Maria, os investimentos ESG apresentaram acelerado crescimento em 2020, praticamente dobrando de tamanho em comparação ao ano anterior, o que mostra a forte tendência de crescimento e discussão sobre o tema. Ademais, os convidados ressaltaram que os investimentos ESG, na média, apresentaram maiores retornos de longo prazo.

Os palestrantes ainda destacaram as futuras oportunidades do setor. Segundo eles, o mercado de títulos verdes ajuda a fomentar projetos de impacto social e ambiental. A partir da maior maturidade desse mercado, há maior capacidade de realizar projetos mais complexos, unindo benefício monetário, valor econômico e propósito.

Os desafios dos gestores e das companhias

Para Filipe, o maior desafio do gestor é a falta de padronização das informações voltadas ao ESG. Segundo o gestor, os dados ainda são subjetivos, autodeclaratórios, com baixa transparência e verificabilidade, o que dificulta análises comparativas intersetoriais e intrasetoriais.

Os palestrantes ressaltam também que é dever dos cotistas de cobrarem os gestores quanto a sua responsabilidade relacionada às questões ESG. Com isso, espera-se que os fundos ‘pressionem’ as companhias a possuírem boas práticas de ESG, por meio de indicação de conselheiros independentes, fomento de debates relacionados ao tema e maior transparência das informações, criando métricas (KPIs) de suas atividades e impactos socioambientais.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.