XP Expert

‘Investimentos de impacto não são uma oportunidade, e sim uma necessidade’, dizem especialistas em private equity e venture capital

Em sessão do último dia da Expert ESG, palestrantes desmistificam o papel de empresas de venture capital e private equity em relação a investimentos de impacto

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Compondo o último dia da Expert ESG, o painel mediado pela Head de Produtos ESG da XP, Beatriz Vergueiro, de tema ‘Investimento de Impacto na Prática’ contou com a presença dos palestrantes:

Paulo Bellotti – Sócio Fundador e Diretor Executivo da Mov Investimentos

Andrea Oliveira – Sócia Fundadora e CEO da Positive Ventures

Anibal Wadih – Sócio Fundador da GEF Capital

Daniel Izzo – Sócio, Co-Fundador e CEO da Vox Capital

Ainda envolto em muito preconceito, os investimentos que buscam retorno financeiro e, ao mesmo tempo, impacto social ou ambiental positivo têm crescido fortemente nos últimos anos. Parte dessa visão negativa deve-se à dicotomia inexistente entre retorno financeiro e objetivos maiores para a sociedade, sobretudo conforme mais exemplos de empresas mostram que os dois propósitos estão alinhados.

Investidores como protagonistas da mudança socioambiental

Com trajetórias distintas entre si, notamos um consenso entre os palestrantes presentes no painel de hoje: a busca por financiamento e apoio a empresas com forte potencial transformacional, muitas vezes utilizando de inovação e tecnologia como forma de se sobressaírem como soluções viáveis a problemas muitas vezes recorrentes no contexto socioambiental atual.

Muitas são as inspirações de investidores para alocarem recursos em investimentos de impacto. Ainda que o desejo e iniciativas pessoais por mudanças prevaleçam como uma das principais inspirações, palestrantes foram vocais em relação ao potencial financeiro dessa classe de investimentos, vislumbrando um potencial de retorno maior comparados a investimentos tradicionais, à medida que melhor ponderam e mitigam riscos futuros potencialmente não mensurados em classes usuais de ativos.

Investimento de impacto é a maneira eficiente de gerar retornos financeiros

Anibal Wadih

Ainda no tema, Daniel Izzo alerta para o cuidado por parte de investidores em olhar para alternativas de investimento sob uma ótica bidimensional, somente considerando a relação entre risco e retorno. Para o investidor, deve-se existir também uma preocupação com a real geração de valor que tal ativo traz para o mundo, o que resulta numa sustentabilidade de longo-prazo maior para tal classe de investimentos.

Brasil é um celeiro de oportunidades para investimentos de impacto

Olhando mais atentamente ao contexto brasileiro, país imerso em uma desigualdade social significativa, palestrantes pontuam ao fato que para cada problema decorrente desse desequilíbrio socioeconômico, abrem-se portas para empreendedores emergirem com soluções inovadoras com o intuito de preencher essas lacunas.

Além do mais, ao considerar a rica biodiversidade ambiental presente no Brasil e seu papel relevante no contexto atual de mudança climática, cria-se um horizonte enorme de oportunidades para parcerias estratégicas entre empreendedores e investidores, combinando capital e inovação ao mirar resultados de impacto socioambiental.

Brasil é um celeiro perfeito para fazer investimentos de impacto

Andrea Oliveira

Investimento de impacto na prática

Apesar do pouco tempo no painel, os convidados trouxeram inúmeros exemplos de investimentos realizados pela ótica de impacto social ou ambiental positivo e resultado financeiro, como: Magnamed (empresa especializada na produção de ventiladores pulmonares para UTIs que exerceu papel fundamental durante a pandemia), investida pela Vox Capital; Eureciclo (plataforma que emite, homologa e comercializa créditos de carbono obtidos a partir da reciclagem de embalagens) e Labi Exames (rede de laboratórios de exames clínicos de baixo custo), ambas investidas pela Positive Ventures; e Celcoin (app para celular que permite que estabelecimentos comerciais atuem como correspondentes bancários), investida pela Vox Capital, entre outras.

Em todos os casos, além da relevância do projeto para a sociedade, os investimentos apresentaram crescimento acelerado e possuem boas projeções de médio e longo-prazo. Conforme citado pelo sócio fundador da GEF Capital, “impacto positivo é a maneira mais eficiente de obter retorno financeiro”.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.