ESG: Investimentos sustentáveis e rentáveis

Saiba porque você deve considerar fatores ESG em seus investimentos


Compartilhar:


O que significa ESG?

O termo ESG vem do inglês Environmental, Social & Governance que, traduzido, significa Ambiental, Social e Governança. Ou seja, investir em ESG é usado como sinônimo para investimentos sustentáveis e socialmente responsáveis em empresas que possuem, atreladas em sua missão e operação, a transformação do mundo em um lugar melhor, respeitando normas ambientais e administrativas.

Por que é relevante?

Em sua carta anual para CEOs, a BlackRock, a maior gestora de investimentos do planeta com mais de US$ 7 trilhões sob gestão, anunciou uma série de iniciativas para colocar a prática de investimentos sustentáveis no centro da construção de carteiras e da gestão de risco. Uma mensagem clara de que removeriam investimentos em empresas com alto risco ambiental como, por exemplo, usinas térmicas a carvão.

Ressaltam, ainda, que empresas são incapazes de gerar lucros no longo prazo caso não tenham um propósito e não considerem as necessidades de uma ampla base de stakeholders:

“Propósito, acima de tudo, é o motor da lucratividade no longo prazo”

Laurence D. Fink, CEO da BlackRock

Não é à toa que o Bank of America avalia um mercado potencial de US$ 20 trilhões para investimentos sustentáveis, isso equivale a 80% do valor de mercado das 500 maiores empresas americanas.

Mas dá dinheiro?

Estudos da MSCI indicam que estratégias focadas em aumentar a exposição da carteira a empresas com critérios ESG ou a empresas que estão melhorando os critérios ESG superaram o desempenho do S&P 500 nos últimos 30 anos. Como? Companhias com aderência às boas práticas administrativas, sociais e de sustentabilidade podem evitar perdas financeiras ocasionadas por disputas trabalhistas ou multas por danos ambientais, gerando valor no longo prazo para o acionista.

Criado em 1990, o MSCI KLD 400 Social Index foi desenhado para expor o investidor à companhias com alto padrão ESG ao passo que exclui da lista aquelas com produtos que podem ocasionar impactos negativos para o social e para o meio ambiente, como a indústria do álcool, tabaco e armas.

Abaixo, o desempenho comparativo do Índice MSCI KLD 400 Social contra o S&P 500 desde 1991. A diferença é gritante:

O Bank of America também realizou um estudo entre as 500 maiores companhias dos EUA e constatou que ESG pode ser uma excelente forma de se gerar retornos excedentes. O estudo mostra que o quintil com melhor pontuação ESG (de acordo com padrões MSCI) teve desempenho 12% superior ao quintil inferior, e essa diferença aumenta ainda para quase 50% quando filtrado por questões ambientais.

Entenda os fatores ESG:

E como funcionam na prática:

Filtro ambiental (E): No setor automotivo, por exemplo, uma das métricas mais relevantes do quesito ambiental é a emissão GHGs, conhecidos como gases estufa, que provocam aquecimento da atmosfera terrestre. Observe a diferença na emissão de poluentes entre algumas das principais empresas do setor:

Observamos que a Tesla emite 20% menos gases estufa que a média de 30 toneladas métricas para cada 1 milhão de dólares de faturamento, no grupo de montadoras avaliadas. Portanto, quando avaliado pelo quesito ambiental, os índices e fundos de investimento deveriam dar preferência à aportes financeiros na companhia ante as demais.

Filtro social (S): Um importante indicador de diversidade social é a proporção de mulheres que estão em cargos de gerência. Exemplo de diferenças significativas em 3 grandes empresas:

Quando avaliado por este critério, entre as 3 empresas acima, os índices ESG e fundos de investimento sustentáveis darão preferência para empresas como a Apple, por ter mais mulheres em cargos gerenciais se comparado com as competidoras que possuem, em média 14%.

.

.

.

“Existem ideias que só podem ser acessadas se trabalharmos com pessoas que trazem diferentes perspectivas”

Yael Garten, Diretora de Siri Data Science e Engenharia

.

Filtro de governança corporativa (G): Warren Buffett, o Oráculo de Omaha, e um dos mais respeitados investidores do planeta, destila em suas cartas anuais princípios fundamentais de valuation, bem como quesitos de governança corporativa, os quais considera essenciais para a boa prática de investimentos e obtenção de lucratividade no longo prazo. Alguns deles são:

Estrutura corporativa com atitude de parceria: A companhia deve tratar acionistas como sócios-parceiros para os quais a empresa busca entregar retornos.

..

Comer do próprio prato: A maior parte do patrimônio da diretoria deve estar investido na companhia, estimulando o alinhamento de proprietário do negócio.

..

Transparência máxima: O CEO que engana outros em público eventualmente se engana em suas decisões privadas. Não confundir com transparência excessiva: boas ideias de investimento são raras e valiosas e não precisam, necessariamente, ser levadas a público.

.

Independência dos conselheiros: A empresa deve possuir membros no conselho administrativo que não possuam relação contratual, de posse, de negócios e tampouco de auditoria com a companhia.

.

Observemos a composição do conselho de algumas empresas do mercado de jogos:

Verificamos, no caso das produtoras de jogos eletrônicos, que a EA se destaca no quesito de independência do conselho, por possuir 90% de seus membros independentes. Portanto, investimentos focados em ESG deverão dar preferência à companhia ao aportar recursos.

Conclusão

“Questões ambientais, sociais e de governança corporativa não são opcionais para o investidor. A incorporação de elementos ESG ao compor carteiras pode aumentar os retornos ao passo que reduzem o risco

Savita Subramanian, Estrategista Quant e de Ações do Bank of America

.

.

Maximizar retornos e minimizar riscos, ajudando a construir um mundo melhor no processo – esse é o valor agregado do ESG. Se o investidor tem interesse em evitar riscos que podem prejudicar o valor dos ativos e o desempenho de longo prazo de suas carteiras, é essencial que considere os quesitos ESG na construção de um portfólio balanceado.

Dessa forma, o investidor não só evita empresas com potencial de terem multas ambientais, trabalhistas e relacionadas à corrupção, gerando valor ao longo do tempo, como também acelera a transformação do mundo em um lugar melhor, por financiar empresas empenhadas em preservar o meio ambiente, a diversidade e a ética.

E como ter exposição ao investimento ESG?

Comentamos sobre o índice ESG da MSCI (índice MSCI KLD 400 Social) que tem desempenho histórico superior ao do índice amplo nos últimos 30 anos, mas como efetivamente ter exposição a este índice? Em 2006, a BlackRock criou um ETF (Exchange Traded Fund), veículo listado e negociado na bolsa americana, com o objetivo de seguir o mais fielmente possível o índice da MSCI. O nome do ETF é iShares MSCI KLD 400 Social ETF, e sua performance fala por si só, como podemos observar abaixo:

E o que tem neste ETF? Algumas das maiores e melhores empresas do mundo, incluindo representatividade de aproximadamente 1/3 do setor de alto de crescimento de tecnologia. A 10 maiores posições do ETF são:

Ok, mas como é possível ter exposição ao tema do Brasil?

Conheça o COE ligado ao ETF de ESG:

Detalhes da Estrutura

Emissor: Banco XP S.A.
Categoria: Valor Nominal Protegido
Vencimento: 19/02/2026
Risco de Crédito do Banco Emissor

LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS


Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Por conta da atividade de distribuição de COEs, a XP Investimentos recebe dos bancos emissores uma remuneração de no máximo 1,7% ao ano. Esta remuneração é recebida no momento da emissão do COE, independente do cliente manter o investimento até o vencimento.

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É DESTINADO A CLIENTES COM PERFIL DE INVESTIMENTO MODERADO (VALOR NOMINAL PROTEGIDO) E AGRESSIVO (VALOR NOMINAL EM RISCO), SENDO ESTE O PÚBLICO A QUE SE DESTINA O PRESENTE MATERIAL. O EMISSOR DO COE SE RESERVA AO DIREITO DE CANCELAR A EMISSÃO OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO, CASO O VALOR MÍNIMO NÃO SEJA ATINGIDO OU HAJA ALTERAÇÃO NAS CONDIÇÕES DE MERCADO. ESTE DOCUMENTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS MELHORES PRÁTICAS DE MERCADO PELO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DESTE CERTIFICADO ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR O COE É UM PRODUTO FINANCEIRO QUE NÃO CONTA COM GARANTIA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. A PRESENTE OFERTA FOI DISPENSADA DE REGISTRO PELA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS – CVM. A DISTRIBUIÇÃO DE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE NÃO IMPLICA, POR PARTE DOS ÓRGÃOS REGULADORES, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU DE ADEQUAÇÃO DO CERTIFICADO À LEGISLAÇÃO VIGENTE OU JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DO COE, DO SEU EMISSOR OU DA INSTITUIÇÃO INTERMEDIÁRIA. LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS ESTE CERTIFICADO. NÃO SE TRATA DE INVESTIMENTO DIRETO NO ATIVO SUBJACENTE. O CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE é um produto complexo. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. É obrigatória a leitura do Documento de Informações Essenciais – DIE previamente à aquisição do COE, com especial atenção aos fatores de risco. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM