Energia Renovável: Uma tendência estrutural inevitável

Entenda porque a hegemonia dos combustíveis fósseis tem data de validade


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Tão importante quanto as maiores descobertas da humanidade, a energia elétrica compõe um dos principais alicerces da Sociedade Moderna. Após o gênio Michael Faraday fundar as bases científicas da ‘eletricidade’, culminando em uma 2ª Revolução Industrial, o homem se tornou completamente dependente deste bem essencial, que abastece as nossas casas, comércios, indústrias e aparelhos 24h/dia. Hoje, a ideia de uma sociedade sem energia elétrica é tão distópica que pertence ao roteiro de filmes e séries como Planeta dos Macacos: O Confronto e Eu Sou a Lenda.

Mas a forma de utilizarmos a energia nem sempre foi a mesma; há 2 milhões de anos descobrimos o fogo para nos aquecer e iluminar as noites, há 6.000 anos utilizamos a energia eólica para mover veleiros e, mais tarde moinhos. E então, partir da 1ª Revolução Industrial, a matriz energética tem se tornado cada vez mais dependente de combustíveis fósseis, numa tendência que predominou até hoje, mas que está com os dias contados.

E por que o declínio? Autoridades ao redor do mundo têm se preocupado cada vez mais com os efeitos climáticos da emissão de gases estufa na atmosfera ocasionada pela queima de combustíveis fósseis como petróleo, gás e carvão. Portanto, governos têm aprovado grandes investimentos em empresas e tecnologias para, literalmente, renovar a Matriz Energética Global.

EUA

  • Economia 100% limpa e zero-carbono até 2050
  • US$ 1,7 tri de investimento federal em 10 anos
  • US$ 5 tri incluindo estados, municípios e setor privado
  • US$ 400 bi em 10 anos para tecnologias inovadoras
  • Multiplicar por 2 a geração eólica até 2030
  • Reduzir pegada de carbono das construções em 50% até 2035
  • Instalação de 500 mil pontos de carga para veículos até 2030

China

  • Matriz energética 50% renovável até 2050
  • 20% não-fóssil até 2030

União Europeia

  • Neutralidade climática até 2050
  • € 1 tri em investimentos sustentáveis até 2030

Conheça as empresas preparadas para as oportunidades desta transformação energética global:

Plug Power

À frente da inovação, a Plug Power é lider global no fornecimento de soluções de células de hidrogênio capazes de abastecer motores elétricos em meio a atual transformação da indústria de transportes, que inclui automóveis, aviões, locomotivas e embarcações.

A empresa criou a 1ª célula de hidrogênio comercialmente viável do planeta e já entregou mais de 35 mil sistemas para o setor de mobilidade elétrica, superando todos os seus concorrentes. Para se ter uma ideia, a Plug Power tornou-se a maior consumidora de hidrogênio líquido do mundo, entregando a seus clientes e parceiros soluções sustentáveis e com ganhos de eficiência.

Já atendeu projetos da Amazon, BMW, Carrefour e Walmart e busca aumentar seu portfólio para atender os mercados de mobilidade em rodovias, robótica e centros de dados. O crescimento de receitas é impressionante: foram 44% nos últimos 4 anos.

Investor Relations | Enphase Energy

Enphase

Fabricante de soluções de energia solar, a Enphase foca em produtos que aumentem a produtividade e a confiabilidade de módulos solares. Como? Fornecendo sistemas solares completos para imóveis residenciais e comerciais nos EUA e no Canadá.

Sua tecnologia de microinverters é superior aos mais difundidos painéis fotovoltaicos e, desde 2008, já venderam mais de 11 milhões de microinverters globalmente, alcançando um faturamento anual de mais de US$ 700 milhões, com perspectivas ainda mais animadoras para frente.

Trabalhando com uma rede de mais de 2 mil distribuidores e baseada na Califórnia, a empresa possui 85% de suas receitas originadas nos EUA, mas também busca mercados internacionais, fornecendo atendimento a clientes no Canadá, México, Reino Unido, China, França e Austrália.

Verbund

Com mais de 70 anos de história, foi fundada na Áustria pós 2ª Guerra quando a eletricidade era um recurso escasso no país. A empresa foi essencial na reconstrução do sistema energético austríaco e participou do Plano Marshall em projetos hidrelétricos no território nacional.

Depois de privatizada, expandiu para os mercados de produção e transmissão na extensão de quase toda a Europa. Hoje, a empresa possui negócios em mais de 20 países oferecendo soluções domésticas, comerciais e industriais para melhorar a eficiência da distribuição de energia elétrica.

A empresa fatura quase US$ 4 bilhões anualmente, com sólidas margens de lucro de aproximadamente 14% em suas operações de usinas hidrelétricas bem como em dutos de gás natural.

Meridian Energy Group

Com o propósito de abastecer o mundo com energia limpa, a empresa neozelandesa é uma geradora de energia elétrica 100% renovável via geradores eólicos, solares e usinas hidreléricas. O governo da Nova Zelândia possui 51% de participação na companhia, sendo o sócio-controlador.

A Meridian Energy opera 7 usinas hidrelétricas, 5 fazendas eólicas e milhares de painéis fotovoltaicos comerciais. Além disso, também possui operações na Austrália, país vizinho.

A companhia fatura mais de US$ 3 bi anualmente com margens líquidas estáveis de aproximadamente 8%.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Por conta da atividade de distribuição de COEs, a XP Investimentos recebe dos bancos emissores uma remuneração de no máximo 1,7% ao ano. Esta remuneração é recebida no momento da emissão do COE, independente do cliente manter o investimento até o vencimento.

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É DESTINADO A CLIENTES COM PERFIL DE INVESTIMENTO MODERADO (VALOR NOMINAL PROTEGIDO) E AGRESSIVO (VALOR NOMINAL EM RISCO), SENDO ESTE O PÚBLICO A QUE SE DESTINA O PRESENTE MATERIAL. O EMISSOR DO COE SE RESERVA AO DIREITO DE CANCELAR A EMISSÃO OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO, CASO O VALOR MÍNIMO NÃO SEJA ATINGIDO OU HAJA ALTERAÇÃO NAS CONDIÇÕES DE MERCADO. ESTE DOCUMENTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS MELHORES PRÁTICAS DE MERCADO PELO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DESTE CERTIFICADO ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR O COE É UM PRODUTO FINANCEIRO QUE NÃO CONTA COM GARANTIA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. A PRESENTE OFERTA FOI DISPENSADA DE REGISTRO PELA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS – CVM. A DISTRIBUIÇÃO DE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE NÃO IMPLICA, POR PARTE DOS ÓRGÃOS REGULADORES, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU DE ADEQUAÇÃO DO CERTIFICADO À LEGISLAÇÃO VIGENTE OU JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DO COE, DO SEU EMISSOR OU DA INSTITUIÇÃO INTERMEDIÁRIA. LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS ESTE CERTIFICADO. NÃO SE TRATA DE INVESTIMENTO DIRETO NO ATIVO SUBJACENTE. O CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE é um produto complexo. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. É obrigatória a leitura do Documento de Informações Essenciais – DIE previamente à aquisição do COE, com especial atenção aos fatores de risco. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.